Quantcast
Liga Europa
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Liga Europa
1037 Respostas
89370 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 13971
  Re: Liga Europa
« Responder #960 em: 19 de Abril de 2021, 21:24 »
Santa paciência
Quem não sente não é filho de boa gente.
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4800
  Re: Liga Europa
« Responder #961 em: 19 de Abril de 2021, 21:42 »
https://eco.sapo.pt/2021/04/19/tres-grandes-nacionais-estao-contra-a-superliga-europeia/

Interessante a reação no nosso Burgo .....

E cá já não será praticado isso na nossa liga ? Então a diferença de dinheiro dos diretos televisivos não faz a isso indiretamente ? não temos duas ligas dentro da nossa liga?! Vejo muita reação por cá que não é mais que o interiorizar que os clubes que cá são protegidos e ajudados não passam de clubes que agora na europa são pequenos !

No Basket a Euroliga é uma realidade e no inicio também a FIBA dizia o mesmo que agora a FIFA e a UEFA dizem mas não valeu de nada a Euroliga está criada e é um sucesso!
É tudo um bando de hipócritas. É isso mesmo que mais me chateia em todo este caso, hipócritas a aparecer por todo lado e a esconder-se por detrás da proteção do futebol tradicional (o que quer que isso seja nos dias de hoje, onde é que esta gente andou nos últimos 20 anos?) por estarem todos borrados com medo de perder o dinheiro.
Ao menos do outro lado dicidiram tirar a máscara e mostrar claramente o que pretendem.
É isto! Perceberam hoje que os clubes com quem andam constantemente ao colo são 0 e tem 0 importância lá fora! São os Zés Ninguéns tal como aqueles que dentro de portas passam a vida a ignorar. Sou contra a SuperLiga mas só o facto que esta hipocrisia toda levantou confesso que me está a dar um gozo tremendo!
« Última modificação: 19 de Abril de 2021, 23:07 por SEMPRESCB »
Anuncios M
Anuncios M
Sérgio Juniores
  • ***
  • 548
  Re: Liga Europa
« Responder #962 em: 19 de Abril de 2021, 23:32 »
Esta discussão hipócrita e bacoca quase me fez pensar que o futebol não era um negócio e sim um jogo popular.

É tanta a incongruência das posições tomadas pela UEFA, FIFA, Federações, Governos e até clubes que, uma vez na vida, admiro a frontalidade dos clubes ricos. Dizem ao que vão, sem rodeios. O futebol não é um jogo, é um negócio que gera muito dinheiro. Somos ricos e gananciosos, saibamos ser ainda mais ricos e gananciosos. É tão frontal e sensato que até chega a ser (quase) honesto!

A UEFA pateticamente a fazer ameaças com descida de divisões e de competições, impossibilidade de representar as seleções...enfim. Se tivessem defendido e tratado os clubes por igual enquanto foi oportuno e impedido a entrada do capitalismo desenfreado na gestão de clubes e competições talvez o fosso entre ricos e pobres fosse menor.

Assisto a tudo isto com redobrada alegria.

PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4802
  Re: Liga Europa
« Responder #963 em: 19 de Abril de 2021, 23:51 »
Esta discussão hipócrita e bacoca quase me fez pensar que o futebol não era um negócio e sim um jogo popular.

É tanta a incongruência das posições tomadas pela UEFA, FIFA, Federações, Governos e até clubes que, uma vez na vida, admiro a frontalidade dos clubes ricos. Dizem ao que vão, sem rodeios. O futebol não é um jogo, é um negócio que gera muito dinheiro. Somos ricos e gananciosos, saibamos ser ainda mais ricos e gananciosos. É tão frontal e sensato que até chega a ser (quase) honesto!

A UEFA pateticamente a fazer ameaças com descida de divisões e de competições, impossibilidade de representar as seleções...enfim. Se tivessem defendido e tratado os clubes por igual enquanto foi oportuno e impedido a entrada do capitalismo desenfreado na gestão de clubes e competições talvez o fosso entre ricos e pobres fosse menor.

Assisto a tudo isto com redobrada alegria.

Na teoria o que tu dizes é muito bonito, na prática a UEFA fez quase a única coisa que era possível por muito que custe admitir. Não há clubes iguais, nunca houve e não vai ser agora que vai haver. O pessoal chama hipócritas aos grandes, mas é só ler este fórum para ver que a hipocrisia não está só nos grandes, bem a kilometros disso, cada vez mais por aqui se veem tiques de grandes. Alguem aqui admitia receber o mesmo que um Tondela? Duvido. Durante anos a UEFA conseguiu algum equilíbrio, entre a distribuição de receitas, com o crescimento das receitas e de algumas ligas isso tornou-se impossível de manter.
Dizer que a UEFA podia limitar alguns clubes, é bonito na teoria, na prática toda a gente sabe que isso é impossível. (veja-se Leipzig na Alemanha.)

A UEFA e FIFA têm a obrigação de defender o futebol na sua totalidade e apesar de tudo acho que têm conseguido, tentando ter pequenos e grandes no mesmo saco. (sem ir à corrupção e negociatas e afins)
Quantos de nós criticamos a FIFA por aumentar o nº equipas no mundial por exemplo? E mesmo a UEfA por fazer o mesmo no Euro? Ter um equilíbrio nestas decisões não é fácil, mais ainda quando as receitas estão dependentes de alguns clubes maioritariamente.
Aqui o problema não é a superliga, é a super liga fechada com base unicamente e só em dinheiro, zero de desporto, zero de mérito, uma treta. Isto para mim tem morte à nascença. (pode ter sucesso na China, e índia, mas na europa duvido, com clubes de 3 ou 4 países então é uma nulidade total)
Anuncios V
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17098
  Re: Liga Europa
« Responder #964 em: 20 de Abril de 2021, 10:14 »
Poiares Maduro explica papel da UE na 'guerra' entre a UEFA e a Superliga: «Será o árbitro»

Advogado diz que a questão é complexa e que pode estar em causa a destruição das ligas nacionais


"Os clubes da Superliga vão dizer que já há uma restrição da concorrência pelas competições organizadas pela UEFA; vão dizer que a UEFA tem o monopólio da organização desportiva e que nada impede a criação de outras ligas", prossegue o advogado.

Por isso, Poiares Maduro considera inevitável a entrada da União Europeia neste processo. "A UEFA vai acabar por pedir a intervenção da União Europeia, mas a verdade é que a Champions, e ainda mais o seu novo modelo, tem os mesmos efeitos restritivos da concorrência nos mercados nacionais.  Os clubes da Superliga vão argumentar, por exemplo, que, ao impedir que os jogadores representem as seleções, isso pode ser visto como uma limitação da circulação de trabalhadores no espaço europeu."

O advogado acredita que só há uma solução. "Do meu ponto de vista isto vai obrigar a União Europeia a ter um papel regulador mais amplo no futebol e a UEFA teria de aceitar isto. Ou então a UEFA pode ter esse papel de regulador, mas depois é também o organizador das provas... Isto cria um problema porque a organização das provas é o que dá dinheiro à UEFA. Vai obrigar a repensar todo o modelo de futebol."

A nova competição pode avançar já na próxima época, mas antevêem-se problemas. "A UEFA vai aplicar-lhes sanções, a FIFA entra em campo e isto levará casos a tribunal. A comissão europeia vai ter de ser chamada a intervir. Do ponto de vista da concorrência como é que isto funciona? A União Europeia vai ter de decidir entre dois monopólios concorrenciais, o da UEFA e o da nova Superliga." 

E será que a União Europeia pode ter uma mão mais firme sobre tudo isto? "Pode, mas terá de assumir uma nova regulação do futebol, coisa que a UEFA e a FIFA não vão gostar. É uma questão muito complexa. Mas a União Europeia pode apresentar um novo modelo de organização e de regulação mais forte."

Poiares Maduro diz que pode, no entanto, surgir outro problema. "A Superliga vai ter um impacto grande na redução da concorrência das ligas nacionais. A única forma de a manter será com o surgimento de outras superligas por parte de outros clubes. Qual é o impacto disto? A destruição das ligas nacionais, porque os clubes que participam nas superligas ganham vantagem sobre os outros."

O antigo ministro de Pedro Passos Coelho entende, mesmo assim, que algo de bom pode advir de tudo isto. "Para a UEFA proteger as ligas nacionais vai ter de aceitar uma intervenção muito mais forte da União Europeia no futebol. Esta Superliga pode vir a permitir, ironicamente, a reposição de um maior controlo sobre a UEFA e até da FIFA...", sublinha, considerando que será "difícil para a Superliga avançar". Miguel Poiares Maduro não tem dúvidas que a União Europeia será chamada a intervir, assumindo o papel de "árbitro" no conflito entre a Superliga Europeia e a UEFA. O advogado e antigo ministro, que fez parte do comité...

em: https://www-record-pt.cdn.ampproject.org/v/s/www.record.pt/internacional/competicoes-de-clubes/superliga-europeia/amp/poiares-maduro-explica-papel-da-ue-na-guerra-entre-a-uefa-e-a-superliga-sera-o-arbitro?amp_js_v=a6&amp_gsa=1&usqp=mq331AQHKAFQArABIA%3D%3D#aoh=16189098325769&referrer=https%3A%2F%2Fwww.google.com&amp_tf=De%20%251%24s&ampshare=https%3A%2F%2Fwww.record.pt%2Finternacional%2Fcompeticoes-de-clubes%2Fsuperliga-europeia%2Fdetalhe%2Fpoiares-maduro-explica-papel-da-ue-na-guerra-entre-a-uefa-e-a-superliga-sera-o-arbitro
reg107 Juvenis
  • **
  • 116
  Re: Liga Europa
« Responder #965 em: 20 de Abril de 2021, 12:36 »
Isto só pode ser bom para quem gosta de desporto. Estamos mais perto do zero, de um começar de novo.
O futebol precisa de um reboot, nesse lote de 12 contam-se dois clubes (o resto são empresas usadas sabe-se lá com que intenções por ultra milionários). Mesmo cá no burgo, há muito que os sinais de que o público não interessa para nada são evidentes. Existem inclusivé clubes que nem adeptos devem ter (BSAD por exemplo). Com a pandemia tornou-se evidente que o que interessa é o showoff. Os estádios transformaram-se em estúdios gigantes e o jogo numa espécie de Reality show (veja-se caso Conceição/Paulo Sérgio, Amorim/Carvalhal, Conceição/Carvalhal) onde até as conversas passaram ter interesse dentro do jogo.
Se houver duas realidades paralelas melhor, separa-se já o trigo do joio. Quem quiser reality shows, mais pseudojogos espetaculares (como se um Real Madrid vs Juventus fosse sinónimo de jogo com espetáculo garantido) leva com isso via tv (paga de preferência).
O atual modelo está gasto e cheira a podre por todo o lado. Que força tem os sócios dentro do próprios clubes, quando nem sequer têm direito a saber nada sobre contas/transferências/infraestruturas, no fundo tudo o que está debaixa da alçada de SAD's. SAD's falidas com passivos ao nível de pequenos países e que mesmo assim atraiem todo o tipo de "investidores".
Pelo menos um avanço já temos, os politicos sempre tão descoprometidos com o mundo do futebol (têm um medo que se pelam) nesta questão parecem todos de acordo (pudera, lá se vai o escape).
No nosso caso, é sempre uma situação win-win. Porque se é verdade que nunca estivemos tão perto do topo, também me parece que nunca estivemos tão longe de um possível titulo de campeão nacional.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17098
  Re: Liga Europa
« Responder #966 em: 20 de Abril de 2021, 14:15 »

rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 13971
  Re: Liga Europa
« Responder #967 em: 20 de Abril de 2021, 15:00 »
https://mobile.twitter.com/Wolves Wolverhampton a trollar Super Liga

https://www.newsandstar.co.uk/sport/19241835.reasons-european-super-league-great-football/
Artigo em que explica as vantagens da Super Liga para o futebol global.
« Última modificação: 20 de Abril de 2021, 17:35 por rpo.castro »
Quem não sente não é filho de boa gente.
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17098
  Re: Liga Europa
« Responder #968 em: 20 de Abril de 2021, 16:24 »



NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3617
  Re: Liga Europa
« Responder #969 em: 20 de Abril de 2021, 20:15 »
A superliga nem 2 dias durou.

O Chelsea e o Man City já pediram os papéis para sairem
O Chairman do Man Utd demitiu-se devido às reações dos adeptos
O Barça condicionou a entrada à aprovação dos sócios em assembleia
Os jogadores do Liverpool, em bloco, lançaram um comunicado contra a prova
« Última modificação: 20 de Abril de 2021, 21:19 por NightHawk »
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 2986
  Liga Europa
« Responder #970 em: 20 de Abril de 2021, 22:01 »
A superliga nem 2 dias durou.

O Chelsea e o Man City já pediram os papéis para sairem
O Chairman do Man Utd demitiu-se devido às reações dos adeptos
O Barça condicionou a entrada à aprovação dos sócios em assembleia
Os jogadores do Liverpool, em bloco, lançaram um comunicado contra a prova
Ou seja...já podem convidar os eucaliptos cá do burgo
Anuncios G
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 13971
  Re: Liga Europa
« Responder #971 em: 20 de Abril de 2021, 22:44 »
A superliga nem 2 dias durou.

O Chelsea e o Man City já pediram os papéis para sairem
O Chairman do Man Utd demitiu-se devido às reações dos adeptos
O Barça condicionou a entrada à aprovação dos sócios em assembleia
Os jogadores do Liverpool, em bloco, lançaram um comunicado contra a prova
Demasiado conveniente não?
E entretanto uma mudança na liga dos campeões com mais um clube para França, pro 11ª liga (quando Ceferin ontem disse que era mais um do play off do caminho dos campeões) e 2 clubes do ranking que falhem acesso mais jogos, que não era assim muito popular já parece uma vitória.
E engraçado que só hoje os jogadores surgiram com posts contra competição e entretanto os clubes desistem quando o panorama é o que se conhecia antes.
Um teatro muito amador.

Daqui a uns anos virão os jogos internacionais ao domingo. Ressuscita a SL, desiste a SL e os jogos ao domingo já serão aceites porque são um mal menor.

E tudo arrumado um mês antes do aniversário de Baya Agnelli (não dava jeito pai e padrinho estarem chateados).
Viva o circo

PS: o gajo do Man. United já ia sair no final da época.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Sérgio Juniores
  • ***
  • 548
  Re: Liga Europa
« Responder #972 em: 20 de Abril de 2021, 23:02 »
Esta discussão hipócrita e bacoca quase me fez pensar que o futebol não era um negócio e sim um jogo popular.

É tanta a incongruência das posições tomadas pela UEFA, FIFA, Federações, Governos e até clubes que, uma vez na vida, admiro a frontalidade dos clubes ricos. Dizem ao que vão, sem rodeios. O futebol não é um jogo, é um negócio que gera muito dinheiro. Somos ricos e gananciosos, saibamos ser ainda mais ricos e gananciosos. É tão frontal e sensato que até chega a ser (quase) honesto!

A UEFA pateticamente a fazer ameaças com descida de divisões e de competições, impossibilidade de representar as seleções...enfim. Se tivessem defendido e tratado os clubes por igual enquanto foi oportuno e impedido a entrada do capitalismo desenfreado na gestão de clubes e competições talvez o fosso entre ricos e pobres fosse menor.

Assisto a tudo isto com redobrada alegria.

Na teoria o que tu dizes é muito bonito, na prática a UEFA fez quase a única coisa que era possível por muito que custe admitir. Não há clubes iguais, nunca houve e não vai ser agora que vai haver. O pessoal chama hipócritas aos grandes, mas é só ler este fórum para ver que a hipocrisia não está só nos grandes, bem a kilometros disso, cada vez mais por aqui se veem tiques de grandes. Alguem aqui admitia receber o mesmo que um Tondela? Duvido. Durante anos a UEFA conseguiu algum equilíbrio, entre a distribuição de receitas, com o crescimento das receitas e de algumas ligas isso tornou-se impossível de manter.
Dizer que a UEFA podia limitar alguns clubes, é bonito na teoria, na prática toda a gente sabe que isso é impossível. (veja-se Leipzig na Alemanha.)

A UEFA e FIFA têm a obrigação de defender o futebol na sua totalidade e apesar de tudo acho que têm conseguido, tentando ter pequenos e grandes no mesmo saco. (sem ir à corrupção e negociatas e afins)
Quantos de nós criticamos a FIFA por aumentar o nº equipas no mundial por exemplo? E mesmo a UEfA por fazer o mesmo no Euro? Ter um equilíbrio nestas decisões não é fácil, mais ainda quando as receitas estão dependentes de alguns clubes maioritariamente.
Aqui o problema não é a superliga, é a super liga fechada com base unicamente e só em dinheiro, zero de desporto, zero de mérito, uma treta. Isto para mim tem morte à nascença. (pode ter sucesso na China, e índia, mas na europa duvido, com clubes de 3 ou 4 países então é uma nulidade total)

A Superliga é um nado-morto, por agora. É de estranhar o timming de anúncio coincidir com a apresentação do novo formato da Liga dos Campeões. No fim da história, visa reclamar mais dinheiro para os mais ricos do futebol, ponto. E vai conseguir alcançar os seus objectivos. Talvez daqui a uns anos a ideia volte com mais força. Aliás, pensar que o surguimento de novas competições é, em si, uma novidade no panorama futebolístico é um erro. A única novidade é ser fechada mas será sempre uma competição. Penso que há aqui alguma americanização ao estilo do formato NBA. Sinceramente se a ideia voltar a avançar e se as equipas mais poderosas aderirem, não vejo como a UEFA e a FIFA  consigam impedir a sua realização. Ninguém é dono do futebol.

Não me choca em nada TODOS os clubes receberem o mesmo ou praticamente o mesmo se se aplicarem critérios justos. Os únicos critérios que parecem contar são a proporcionalidade e o mediatismo. Nenhum clube joga sozinho. Cada um terá a sua legitima opinião sobre os mais diversos temas, nada contra.

A UEFA e a FIFA empurram os problemas com a barriga e a cada novo passo que dão surge, mais à frente, um novo problema. A busca do lucro e de receitas toldou completamente o mundo do futebol. Os clubes deixaram de ser dos sócios, são empresas corporativas cotadas em bolsa, SAD´s, estações de lavagem de dinheiro, parasitados por empresários dos mais diversos podres setores da sociedade. Procurou-se hierarquizar os clubes através de três competições europeias com uma diferença de prémios e receitas absolutamente abismal. Tudo isto teve o aval das mais altas instâncias que gerem o futebol. A criação de uma nova competição de ricos que querem ser mais ricos parece-me um passo lógico e sequencial de todo o processo. Como chegamos aqui é que deve ser analisado. Mais, a justificação mais ouvida para a não realização desta competição é que desvirtua os valores do futebol. Acordamos agora, foi? Risível.

Não tenho dificuldade em imaginar uma competição deste género ser uma realidade aqui na Europa.

Falta acrescentar que agora o problema é a falta de receitas e (e não de adeptos ) mas durante anos e anos qualquer clube falido e endividado pôde continuar a jogar como se nada fosse. E já agora de onde vêm essas receitas, dos adeptos (bilheteira e quotas) ou da publicidade, das transferências, dos direitos televisivos e prémios de jogos? O que eu quero dizer é que o adepto de futebol há muito que foi expulso do seu próprio jogo.
« Última modificação: 20 de Abril de 2021, 23:18 por Sérgio »
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3617
  Re: Liga Europa
« Responder #973 em: 20 de Abril de 2021, 23:42 »
A superliga nem 2 dias durou.

O Chelsea e o Man City já pediram os papéis para sairem
O Chairman do Man Utd demitiu-se devido às reações dos adeptos
O Barça condicionou a entrada à aprovação dos sócios em assembleia
Os jogadores do Liverpool, em bloco, lançaram um comunicado contra a prova
Demasiado conveniente não?
E entretanto uma mudança na liga dos campeões com mais um clube para França, pro 11ª liga (quando Ceferin ontem disse que era mais um do play off do caminho dos campeões) e 2 clubes do ranking que falhem acesso mais jogos, que não era assim muito popular já parece uma vitória.
E engraçado que só hoje os jogadores surgiram com posts contra competição e entretanto os clubes desistem quando o panorama é o que se conhecia antes.
Um teatro muito amador.

Daqui a uns anos virão os jogos internacionais ao domingo. Ressuscita a SL, desiste a SL e os jogos ao domingo já serão aceites porque são um mal menor.

E tudo arrumado um mês antes do aniversário de Baya Agnelli (não dava jeito pai e padrinho estarem chateados).
Viva o circo

PS: o gajo do Man. United já ia sair no final da época.

Saiu-lhes foi o tiro pela culatra, porque não esperavam uma revolta tão grande e agora fica a UEFA bem na fita e com o poder todo na mão.
Achavam que mandavam no futebol e afinal quem "manda" ainda são os adeptos. Tal como eu e o PAF vaticinamos, os clubes ingleses sem os adeptos, sem a sua base social são 0. Sem o apoio deles na decisão jamais conseguiriam que isto fosse para a frente. É cultural e é esta a grande diferença do desporto europeu para o americano.

Com que cara vão agora o Florentino e o Agnelli negociar com o Ceferin quando tiveram adeptos e jogadores contra eles e a favor da UEFA? Com que cara vão agora voltar à ECA depois de traírem vários outros clubes (como ainda agora disse o Boto do Shakhtar). Agnelli, aliás, que agora está já a ver o lugar dele na Juve por um fio. O do Arsenal já veio pedir desculpa, o do Liverpool se calhar vai no mesmo caminho do do Man Utd (os americanos vendo que afinal isto não dá para o modelo que eles querem provavelmente vão se por de fora) e o Laporta vai passar incólume porque tinha a carta da assembleia de sócios para aprovar a entrada. A UEFA é uma máfia, mas afinal os presidentes dos clubes de topo são uma máfia ainda pior. Pelo menos é isto que 90% dos adeptos europeus ficaram a pensar.

A UEFA agora vai mandar e desmandar, obter ainda mais dinheiro dos contratos (já se fala numa "bazuca" da UEFA) e distribuí-los como quiser (e assegurar a sua fatia de leão). Claro que vai ter que dar mais dinheiro aos clubes mais poderosos, mas dificilmente a sua hegemonia vai voltar a ser atacada, porque ficou no lado bom da história. E também porque quase de certeza a UE vai agora legislar para matar de vez este tipo de tentativas. Já se viu a posição de todos os governos, incluindo o inglês. Portanto isto de secessões no futebol Europeu acabou aqui. A UEFA tem o monopólio e assim vai ficar.

O problema aqui é que a UEFA em vez de aproveitar isto para melhorar o futebol vai continuar a alimentar o negócio mantendo os clubes de topo a ganharem mais. Se alguém na UEFA fosse inteligente, até para continuar a preservar a sua hegemonia a longo prazo e evitar ficar refém dos apetites dos clubes, deveria dividir os pagamentos de forma aos clubes médios e médios-altos se aproximarem dos outros, colocarem entraves aos valores das transferências e equilibrar os clubes. Ah, e acabar com os clubes-Estado como City e PSG. É assim que deixam de haver 12 DDTs.
« Última modificação: 20 de Abril de 2021, 23:55 por NightHawk »
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4802
  Re: Liga Europa
« Responder #974 em: 20 de Abril de 2021, 23:53 »
A superliga vai existir um dia, mais cedo ou mais tarde, mas terá que ser sempre muito diferente desta aberração que uns lunáticos tentaram inventar.
O mérito desportivo terá sempre que existir como base de alguma coisa, as ligas internas terão que continuar a existir, são a base do futebol, são a sua história e são a razão da existência dos adeptos. Por muito que nós gostemos de um Braga Liverpool, também gostamos e muito de um Braga Guimarães.E gostamos muito mais de um Braga Guimarães que um Braga Galatasaray por exemplo.
Pode até ser uma liga um pouco fechada, mas terá sempre que existir a possibilidade de um Braga lá chegar, o sonho, por muito pequeno que seja.
E no fim terá que existir solidariedade entre clubes, se não mais, pelo menos os mínimos dos mínimos que existe hoje. Este devia ser o papel da UEFA, distribuir não pelos gigantes que no fim serve apenas e só para espatifar em contratações aberrantes pagando 200 por algo que vale 50milhões só porque têm dinheiro de sobra.
Os americanos mentores desta aberração que vão para os EUA que o pessoal na europa (ainda) gosta de futebol e não de circo.
Pela primeira vez em décadas o poder dos adeptos e dos clubes pequenos e não tão grandes acima de todos os outros prevaleceu, em particular os ingleses.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 13971
  Re: Liga Europa
« Responder #975 em: 21 de Abril de 2021, 00:54 »
A superliga nem 2 dias durou.

O Chelsea e o Man City já pediram os papéis para sairem
O Chairman do Man Utd demitiu-se devido às reações dos adeptos
O Barça condicionou a entrada à aprovação dos sócios em assembleia
Os jogadores do Liverpool, em bloco, lançaram um comunicado contra a prova
Demasiado conveniente não?
E entretanto uma mudança na liga dos campeões com mais um clube para França, pro 11ª liga (quando Ceferin ontem disse que era mais um do play off do caminho dos campeões) e 2 clubes do ranking que falhem acesso mais jogos, que não era assim muito popular já parece uma vitória.
E engraçado que só hoje os jogadores surgiram com posts contra competição e entretanto os clubes desistem quando o panorama é o que se conhecia antes.
Um teatro muito amador.

Daqui a uns anos virão os jogos internacionais ao domingo. Ressuscita a SL, desiste a SL e os jogos ao domingo já serão aceites porque são um mal menor.

E tudo arrumado um mês antes do aniversário de Baya Agnelli (não dava jeito pai e padrinho estarem chateados).
Viva o circo

PS: o gajo do Man. United já ia sair no final da época.

Saiu-lhes foi o tiro pela culatra, porque não esperavam uma revolta tão grande e agora fica a UEFA bem na fita e com o poder todo na mão.
Achavam que mandavam no futebol e afinal quem "manda" ainda são os adeptos. Tal como eu e o PAF vaticinamos, os clubes ingleses sem os adeptos, sem a sua base social são 0. Sem o apoio deles na decisão jamais conseguiriam que isto fosse para a frente. É cultural e é esta a grande diferença do desporto europeu para o americano.

Com que cara vão agora o Florentino e o Agnelli negociar com o Ceferin quando tiveram adeptos e jogadores contra eles e a favor da UEFA? Com que cara vão agora voltar à ECA depois de traírem vários outros clubes (como ainda agora disse o Boto do Shakhtar). Agnelli, aliás, que agora está já a ver o lugar dele na Juve por um fio. O do Arsenal já veio pedir desculpa, o do Liverpool se calhar vai no mesmo caminho do do Man Utd (os americanos vendo que afinal isto não dá para o modelo que eles querem provavelmente vão se por de fora) e o Laporta vai passar incólume porque tinha a carta da assembleia de sócios para aprovar a entrada. A UEFA é uma máfia, mas afinal os presidentes dos clubes de topo são uma máfia ainda pior. Pelo menos é isto que 90% dos adeptos europeus ficaram a pensar.

A UEFA agora vai mandar e desmandar, obter ainda mais dinheiro dos contratos (já se fala numa "bazuca" da UEFA) e distribuí-los como quiser (e assegurar a sua fatia de leão). Claro que vai ter que dar mais dinheiro aos clubes mais poderosos, mas dificilmente a sua hegemonia vai voltar a ser atacada, porque ficou no lado bom da história. E também porque quase de certeza a UE vai agora legislar para matar de vez este tipo de tentativas. Já se viu a posição de todos os governos, incluindo o inglês. Portanto isto de secessões no futebol Europeu acabou aqui. A UEFA tem o monopólio e assim vai ficar.

O problema aqui é que a UEFA em vez de aproveitar isto para melhorar o futebol vai continuar a alimentar o negócio mantendo os clubes de topo a ganharem mais. Se alguém na UEFA fosse inteligente, até para continuar a preservar a sua hegemonia a longo prazo e evitar ficar refém dos apetites dos clubes, deveria dividir os pagamentos de forma aos clubes médios e médios-altos se aproximarem dos outros, colocarem entraves aos valores das transferências e equilibrar os clubes. Ah, e acabar com os clubes-Estado como City e PSG. É assim que deixam de haver 12 DDTs.
Mas alguém acredita que aquelas pessoas esperavam que esta ideia fosse bem recebida quando ainda há bem pouco tempo em inglaterra foi recusava uma proposta de favorecimento dos chamados 9 (big 6 mais 3 clubes com grandes bases)?
Cabe pela cabeça?
Atiram um valor de 10 biliões pro ar que é apenas 3,5 a 4 vezes as receitas atuais da champions. Um anúncio e um site às 3 pancadas. E não esperavam reação forte da UEFA?
É que parece a 1a vez. Se ainda fosse no verão passado, antes da FIFA ter apoiado a UEFA (que levantou objeções à FIFA champions league) e ter dito que os jogadores seriam proibidos participar?

Quer dizer ou achavam que de repente toda a gente ia dizer "boa ideia", ou então preparados para anos e anos de batalhas em tribunais, desistem ao fim de 30 e tal horas devido a posts no facebook? É que chamar reação dos adeptos ao que quase não chegou a existir (precisamente por ter passado 30 e tal horas) é ridículo.
Para mim parece tudo concertado.

Quanto é distribuição de receitas é o equilíbrio possível. Os grandes são responsáveis por uma enorme fatia e por isso têm algumas benesses: lugares garantidos (os N4 nem ao play off vão pk ia lá um Braga e despachava os). As receitas vêm depois pelos jogos. Mas além disso existe ainda alguma distribuição do fundo de solidariedade.

Uns dizem que é pouco. Outros que é muito para quem contribui 0. Acho que é o possível. Também não gosto do modelo pós 2014. Nem dos 10 jogos, mas é o compromisso para não ter uma superliga,ou melhor adiar.

Quanto ao modelo de superliga parece me que a proposta apresentada por Ajax e outros clubes do Norte seria a melhor: liga dos campeões com despromoção para Liga Europa. Promoção para LC a partir da LE e play-off entre campeões (de modo à Liga dos campeões ter sempre mesmo número campeões).
Quem não sente não é filho de boa gente.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17098
  Re: Liga Europa
« Responder #976 em: 21 de Abril de 2021, 09:23 »


SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4800
  Re: Liga Europa
« Responder #977 em: 13 de Maio de 2021, 20:06 »
Só para dizer que para o ano temos a escumalha que não quis transmitir um único jogo nosso esta época aqui enfiada em pelo menos 3 ocasiões que sejam bem recebidos  ;D

Se tivesse alguma vergonha na cara acho que deviam manter a tendência e nem cá aparecer que transmitam um Krasnodar vs Partizan.






joaoPC Juniores
  • ***
  • 636
  Re: Liga Europa
« Responder #978 em: 13 de Maio de 2021, 20:09 »
Só para dizer que para o ano temos a escumalha que não quis transmitir um único jogo nosso esta época aqui enfiada em pelo menos 3 ocasiões que sejam bem recebidos  ;D

Se tivesse alguma vergonha na cara acho que deviam manter a tendência e nem cá aparecer que transmitam um Krasnodar vs Partizan.
O Benfica já se apurou para a Champions?
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4800
  Re: Liga Europa
« Responder #979 em: 13 de Maio de 2021, 20:14 »
Só para dizer que para o ano temos a escumalha que não quis transmitir um único jogo nosso esta época aqui enfiada em pelo menos 3 ocasiões que sejam bem recebidos  ;D

Se tivesse alguma vergonha na cara acho que deviam manter a tendência e nem cá aparecer que transmitam um Krasnodar vs Partizan.
O Benfica já se apurou para a Champions?
Nem me lembrei dissso, vai na volta e ainda tem os jogos do seu Queridão novamente.
 

Anuncios M
Anuncios M