You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
"MIB: Os regedores da Liga"
20 Respostas
2426 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Equipa Reservas
  • ****
  • 766
  "MIB: Os regedores da Liga"
« em: 28 de Setembro de 2008, 22:28 »
Como disse anteriormente, num outro post, na minha opinião o SCB está a fazer um mau início de campeonato.
Quando existe sucesso, a razão do mesmo não pode no futebol ser  atribuído a uma circunstância ou conjectura. O mesmo se aplica ao insucesso.
De entre as tais “circunstâncias” que refiro no parágrafo anterior está  a arbitragem. A arbitragem é muitas vezes o factor determinante nas vitórias em jogos equilibrados e competitivos que cada vez mais assistimos na nossa Liga. Se muitas vezes é o factor determinante nas vitórias de algumas equipas, também é bode expiatório de muitas derrotas da nossa Liga.
Com Apito Dourado ou sem Apito Dourado,  a realidade é que os erros dos árbitros sucedem-se e, regra geral,  beneficiam os ditos grandes e os seus interesses. Alguns  erros são evidentes e leva-nos a supor a existência de intenção, outros erros, se calhar a maioria, por má preparação e incompetência dos nossos árbitros.


Quero com este tópico debruçar-me acerca da influência da arbitragem no campeonato português e na influência na carreira de uma equipa.
Em Portugal a luta pelo título é só permitida a 3 equipas(com a excepção do CFB e BFC). Se uma das ditas grandes ganha logicamente as outras candidatas ficam aquém dos objectivos.  É chavão no futebol afirmar que o campeão é quem melhor futebol pratica. Regra geral é assim que acontece.
Mas o mesmo se passa, em sentido contrário, com as equipas que ficam arredadas dos objectivos. Seja pelos lugares cimeiros, seja na luta pelos lugares de permanência. Regra geral, quando uma equipa, não consegue alcançar os objectivos, começa a praticar mau futebol e raramente consegue estabilidade e tranquilidade para recuperar. Os exemplos são mais que muitos…
Quero com isto dizer que a classificação, dentro dos objectivos, ajuda a trazer tranquilidade e auto-confiança, essenciais para conseguir desenvolver bom futebol e almejar a tão importante vitória. Ao invés, uam classificação aquém do desejado, além de crises de confiança, traz habitualmente intranquilidade e pressão, muitas vezes causadas pelos próprios adeptos, que em nada contribui para a estabilidade da equipa e o mais natural é que a equipa não consiga ganhar e naturalmente afunda-se mais na tabela classificativa.

É aqui que queria chegar… Como está demonstrado, os jogos discutem-se ao pormenor. Há jogos em que a vitória é consequência de um golo fortuito. A diferença entre a vitória e a derrota; a diferença entre a tranquilidade  e a instabilidade; a diferença entre haver ou não pressão na equipa, está reduzida  a um lance fortuito ou a uma decisão do árbitro.

Com o aproximar do jogo com o Guimarães, não posso deixar de lembrar o jogo do ano passado e fazer uma relação com o que acabei de escrever. O VSC ao fim de 3 jornadas tinha 3 pontos fruto de outros tantos empates. Muitas queixas por parte dos adversários em dois jogos: VFC( o Eduardo que o diga) e LSC. À 4ª jornada o VSC ganhou ao Nacional num jogo muito controverso, em que Patacas foi expulso, tirado um fora de jogo a um jogador madeirense quando este estava isolado frente a Nilson , iniciando assim o desaguizado entre Cajuda e Jokanovic.
Ganharam incontestavelmente à Naval e no jogo com o SCB foi aquilo que sabemos… apesar do VSC ter jogado melhor, o golo que originou a vitória é precedida de 3 irregularidades.
A seguir jogaram com o SCP e perderam, e no jogo seguinte, com o Leiria, mais um jogo polémico: penalty por assinalar a favor do Leiria e o golo da vitória é marcado 1 minuto além do tempo de compensação…Se não me engano à 8ª jornada estavam em 2ºlugar.
Para não ser exaustivo fico com estes exemplos relacionados com o VSC, mas podem ter certeza, a saga continua…
Sabemos que o VSC fez excelentes jogos, demonstrou melhor futebol que os outros adversários. Sabemos que o SCB ao invés, fez maus jogos e demonstrou que não mereceu, pelo futebol praticado, melhor que o 7º lugar alcançado.
Fica a questão… se houvesse o mesmo trato, será que não teríamos ainda o Jorge Costa?
« Última modificação: 28 de Setembro de 2008, 22:33 por Zé »
Força Gverreiros
FIDELIS
FIDELIS Equipa Principal
  • *****
  • 1407
  • BRAGAHOLICS FAN CLUB - BRAGA E BASTA
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #1 em: 28 de Setembro de 2008, 22:47 »
tudo o que dizes é verdade.basta estar um bocadinho atentos e perceber como se fabricam classificações..muitas vezes é só preciso o empurrão certo no momento certo

ás vezes penso que futebol não vale mesmo a pena em Portugal porque toda uma máquina enriquece à volta de uma mentira.....só tenho uma coisa que ainda não me fez mandar o futebol ás favas.......o SCBRAGA e a paixão que este clube desperta e continuo a viver e a alimentar um sonho que se calhar nunca concretizarei...vê-lo campeão

Fidelis Bracara
Braga e Basta
Anuncios M
Anuncios M
Kilo
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #2 em: 28 de Setembro de 2008, 22:59 »
só tenho uma coisa que ainda não me fez mandar o futebol ás favas.......o SCBRAGA e a paixão que este clube desperta e continuo a viver e a alimentar um sonho que se calhar nunca concretizarei...vê-lo campeão



 Faço destas tuas palavras...as minhas!  :-\
cardoso
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #3 em: 28 de Setembro de 2008, 23:12 »
Zé, colocaste o dedo na ferida. O Sporting "berrou". Nos dias seguintes "berraram" todos os jornais. Afinal,o homenzinho era "corajoso" (refiro-me ao do risco ao meio que faz propaganda ao azeite). Logo de imediato, foram 3 jogos seguidos a serem benificiados. De forma escandalosa!
Mas os erros que benificiaram o Sporting são claramente branqueados pela mesma Comunicação Social, à sombra o "errar é humano". O Braga tem sido constantemente espoliado, e os jornais passam ao lado de tudo isso. Mas num raro momento em que é benificiado, aí já não há erro humano; há escandalo!
Como se vê pelo que escrevi, os erros da arbitragem estão ligados sempre à força da Comunicação Social. Esta, alimentada pelos ditos "grandes" esconde e despreza qualquer prejuizo daqueles que consideram "pequenos". Este estado de coisas já se tornou endémico. É quase impossível dar a volta a isto porque o sistema auto-alimenta-se; ou melhor, os poderes instalados apoiam-se mutuamente e as injustiças auto-reproduzem-se.
Como sabemos da História, situações destas (em que o circulo vicioso do conservadorismo dos poderes instalados torna as injustiças permanentes) só se resolve com uma coisa que só alguns querem compreender: a REVOLUÇÃO.
Muitos, ingenuamente, acreditaram que o apito dourado resolveria muita coisa. Como se viu, não resolveu nada de substancial; o Boavista desceu, o Porto passou a ser menos benificiado mas os "grandes" continuam na maior!
Como fazer a revolução? Não sei, mas os dirigentes e adeptos têm que começar por algum lado. E não é à espera de milagres que se resolve seja o que for.
Na minha opinião, a mudança começaria pela relação com a Comunicação Social. É preciso criar alternativas ao poder da Comunicação Social. Criar novos meios de divulgação. Deixar de alimentar quem vive à custa do nosso prejuizo. Depois, será necessário criar meios de acesso ao poder dentro do futebol. Aí a tarefa é ainda mais árdua; só se conseguirá com união: clubes como o Braga, Guimarães e Vitória de Setúbal têm de criar uma força alternativa que permita combater a hegemonia dos ditos cujos. É difícil, mas vale a pena lutar. Têm é de acabar com toda e qualquer forma de subserviência, como, por exemplo, os empréstimos de jogadores que sobejam aos ditos cujos; como por exemplo mudar de estádio para jogar com eles; como por exemplo evitar vender-lhes os jovens valores; como por exemplo evitar alterar os horários dos jogos em função dos interesses de suas magestades... e por aí fora.
Anuncios V
A.COSTA
A.COSTA Equipa Principal
  • *****
  • 12663
  • ALLEZ, ALLEZ, MÁGICO BRAGA ALLEZ
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #4 em: 28 de Setembro de 2008, 23:17 »
Eu gosto cada vez menos de futebol. Se não fosse a vontade e o gosto de acompanhar o Braga nunca iria ver 1 jogo. Muito menos ao vivo a pagar. Precisava de me zangar de vez com o Braga e deixar de ver e acompanhar futebol. Era o melhor que me podia acontecer.

O futebol é tantas vezes uma mentira que até dói. Como espectáculo é geralmente fraco em comparação com o Teatro ou a (boa) música por exemplo. Senti muito mais gozo ao ver "Um violino no telhado" do que a ver um qualquer jogo da Liga, com os quais já nem perco tempo, diga-se.

Na época passada a equipa do sistema foi claramente o Vitória de Guimarães. O sistema ajudou a criar 1 monstro que depois (na parte final da época) não soube controlar. Foi preciso roubar o Vitória na parte final para não ficar em 2º lugar e mesmo assim acordaram tarde, dado que o SLB ficou atrás e andou depois a tentar da forma vergonhosa que toda a gente viu a entrada na LC.

Este ano o Sporting vai à frente nos benefícios, pois em 4 jogos foi beneficiado directamente em pontos em 2 (Braga e Belém em casa) e não foi prejudicado desse modo, dado que o penalti mal assinalado contra o Trofense já tinha 3-0 de folga. O Vitória esta época vai ter vida mais difícil dado que o controlo que detinha na arbitragem deixou de existir. É isto que entristece o mundo da bola. Influências, jogos de bastidores e falsificação de resultados inúmeras vezes.

O Braga na época passada jogou mal, teve imensos problemas e foi variadas vezes prejudicado. Esta época já viu subtraídos, pelo menos, 3 pontos (1 contra o Sporting, se bem que ninguém sabe ao certo o que aconteceria com o penalti e a expulsão do Postiga, perdoada duas vezes, e 2 contra a Naval, pois 1 penalti daqueles só em Barcelona é que se assinala).


Nota:
Desportivamente gostava imenso de ver o meu Braga 1 dia campeão. Preferia o Braga campeão de Portugal do que Portugal campeão do mundo. Claramente. Mas para já contentava-me com 1 troféu do tipo Taça da Liga ou Taça de Portugal, com preferência para a segunda.
« Última modificação: 28 de Setembro de 2008, 23:24 por A.COSTA »
No S. C. BRAGA só nos baixamos para beijar o símbolo
Kilo
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #5 em: 28 de Setembro de 2008, 23:23 »
 Isso seria muito de realizar Cardoso, mas lá está, voltamos ao cancro do futebol portugues: os 3 grandes!

 A ideia dos canais de comunicação regionais é, no papel, excelente! Mas... a população nacional está maioritariamente dividida pelos 3 grandes, logo a informação veiculada por esses meios de comunicação regional vai ser sempre insuficiente, na perspectiva do público alvo dos 3 desportivos actuais, claro! O poder desses 3 jornais vai-se manter por causa disso mesmo!

 Quando se diz que os 3 grandes são a força do futebol portugues, deve-se dizer também que são ao mesmo tempo, e em muito maior escala, a sua grande fraqueza!


 E como o poder gira em torno de quem controla as massas, está tudo dito sobre a nossa realidade...

 Quanto aos clubes unirem-se, achas mesmo que é possível?
 
 Achas que o Salvador, p.e., abdicaria dos negócios extra e intra futebol que mantém com alguns dos alvos a abater do nosso futebol em favor de uma ideia que só adeptos "verdadeiramente apaixonados pelo beijar da bola na rede" ;D ;D defendem e gostariam de ver implementada?

 Veja-se esta guerra fria criada entre vitória, Braga e Porto, que clivou ainda mais a existência entre os clube de média dimensão...


 É dificil, muito dificil!

cardoso
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #6 em: 28 de Setembro de 2008, 23:43 »
É mesmo muito difícil, Kilo.
Eu tenho 43 anos. E sabes uma coisa? Há trinta e tal anos era muito, muito difícil eu imaginar sequer que conseguiria o que consegui na vida. Não que seja rico e poderoso, longe disso, nem estou só a falar de dinheiro e bens.
O dificil acontece muitas vezes; o muito difícil acontece às vezes; o muito, muito dificil acontece de vez em quando. E até o impossível muito de longe a longe... acontece.
Sabes o que é preciso? VONTADE E CRENÇA.
Na prática, seria preciso uma série de coisas, inclusivamente um presidente sem interesses em jogo. salvador é um grande presidente mas não era com ele que conseguiriamos isso.
Estou a falar de uma utopia? talvez, mas não estariamos aqui a escrever num bicho estupido chamado computador se não existissem utopias.
« Última modificação: 28 de Setembro de 2008, 23:44 por cardoso »
Kilo
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #7 em: 28 de Setembro de 2008, 23:47 »
É mesmo muito difícil, Kilo.
Eu tenho 43 anos. E sabes uma coisa? Há trinta e tal anos era muito, muito difícil eu imaginar sequer que conseguiria o que consegui na vida. Não que seja rico e poderoso, longe disso, nem estou só a falar de dinheiro e bens.
O dificil acontece muitas vezes; o muito difícil acontece às vezes; o muito, muito dificil acontece de vez em quando. E até o impossível muito de longe a longe... acontece.
Sabes o que é preciso? VONTADE E CRENÇA.
Na prática, seria preciso uma série de coisas, inclusivamente um presidente sem interesses em jogo. salvador é um grande presidente mas não era com ele que conseguiriamos isso.
Estou a falar de uma utopia? talvez, mas não estariamos aqui a escrever num bicho estupido chamado computador se não existissem utopias.


 Concordo 100% contigo!

 Só digo é que em vez de as coisas melhorarem, só as tenho visto seguir um caminho contrário!

 Mas impossível não é, longe disso! ;)
Anuncios M
Anuncios M
cardoso
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #8 em: 28 de Setembro de 2008, 23:56 »
Podes crer, Kilo. E isso é que desanima. Anda um gajo a alimentar a paixão, a acreditar, a fazer os ouytros acreditar, e depois... vemos as coisas a andar para trás. No entanto, o minimo que podemos fazer é mostrar aos outros todos que nós, os adeptos, ACREDITAMOS, CAR&#%#!!!!! Nós acreditamos que é possível abalar os poderes instalados.
Kramer
Kramer Equipa Principal
  • *****
  • 2757
  • Dream until your dream come true
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #9 em: 29 de Setembro de 2008, 00:10 »
Há certos "erros" que em determinadas alturas do campeonato ditam o sucesso de uma equipa, um erro pode significar mais que 3/2 pontos perdidos. Afecta  a equipa, os adeptos, os jogos seguintes.

Eu acho uma utopia pensar que as coisas vão mudar, pela simples razão que a maioria das pessoas não querem que exista mudança. E as que tentam mudar são corridas ou "abafadas".

Basta ver por exemplo a questão das leis de arbitragem e o recurso ou não a câmaras durante os jogos, não sei porque razão não se permite o recurso a estes meios durante os jogos (ao estilo do futebol americano). Acho que era uma forma de transformar o futebol para melhor, para algo mais claro.

Já nem quero falar no apito dourado...
\\\\"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos
cardoso
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #10 em: 29 de Setembro de 2008, 00:16 »
Kramer, as coisas mudam se houvem quem as queira mudar. Eu diria que depende do sonho e da força de o querer realizar. Não podemos é fazer aquilo que tens na assinatura ;) ;D ;D
Anuncios G
Kramer
Kramer Equipa Principal
  • *****
  • 2757
  • Dream until your dream come true
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #11 em: 29 de Setembro de 2008, 00:23 »
Kramer, as coisas mudam se houvem quem as queira mudar. Eu diria que depende do sonho e da força de o querer realizar. Não podemos é fazer aquilo que tens na assinatura ;) ;D ;D

Mas os que as querem mudar são poucos aqui está o problema. Enquanto não houver mais gente interessada em mudar, até digo mais, enquanto não houver mais gente honesta e imparcial no futebol vai ser difícil mudar. A mim não importa que quem esteja lá seja do fcp, slb ou aqui nossos vizinhos, desde que sejam honestos.

E a frase é apenas um brincadeira ;D
\\\\"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos
duke Juniores
  • ***
  • 448
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #12 em: 29 de Setembro de 2008, 00:30 »
Estou de acordo.

E agora, pergunto: cada vez que os clubes médios, Braga, Guimarães, Boavista, Belém, Setúbal, andam à guerra entre si, em vez andarem à guerra contra os 3, estão a servir a quem? Realmente, estão a servir a perpetuação dos poderes instalados. E estes agradecem.  Porque a massa etc, dá para repartir entre os 3. Convém-lhes é não haver outros a meterem-se no meio.
« Última modificação: 29 de Setembro de 2008, 00:34 por duke »
lipe
lipe Equipa Principal
  • *****
  • 3649
  • 100% braga
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #13 em: 29 de Setembro de 2008, 00:42 »
Os 3 estarolas que joguem sozinhos.
Em Braga, só baixamos a cabeça para beijar o símbolo.
A.COSTA
A.COSTA Equipa Principal
  • *****
  • 12663
  • ALLEZ, ALLEZ, MÁGICO BRAGA ALLEZ
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #14 em: 29 de Setembro de 2008, 00:51 »
Meu caro "colega" Cardoso, até concordo com o que dizes e escreves para que fique registado. Contudo parece-me que vai ser necessária muita fé e muita coisa mudar para que o nosso Braguinha possa vencer.

Ontem estava, de vez em quando, a olhar para o jogo disputado na Luz, e até disse: "como pode o Braga ser grande se neste jogo o Benfica mete no estádio mais de 50 mil pessoas a pagar bem, ao passo que o Braga coloca menos de 9 mil com a maioria a não pagar bilhete, por ter cadeira anual?  Depois a televisão paga bastante bem esses jogos e bastante mal os do Braga e outros equivalentes.  Vai ser difícil. Oh se vai. Bem sei que não temos "NUNOS GOMES" a ganhar 40 mil contos (200 mil euros) por mês e a falhar golos e 1 metro ou menos da linha de golo e sem ninguém a perturbar.

Também penso, como tu, que devemos ser exigentes e ambiciosos. Mas vai ser preciso mudar muita coisa a começar pelos adeptos e acabar em toda a estrutura dos clubes e as políticas seguidas. Os adeptos são livres de escolher, mas se em vez de haver tantos simpatizantes do Benfica (por exemplo) houvesse mais sócios e adeptos dos clubes médios as diferenças diluir-se-iam. Até as cúpulas, UEFA por exemplo, preconizam e patrocinam cada vez mais as diferenças entre "ricos" e "pobres". Assim ... haverá sempre um lugar grande para a tal UTOPIA de facto.
No S. C. BRAGA só nos baixamos para beijar o símbolo
spinto
spinto Equipa Principal
  • *****
  • 2237
  • Nascido, criado e vivido em Braga
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #15 em: 29 de Setembro de 2008, 09:25 »
A verdade é que nos jogos dos 3 grandes, é sempre a pagar e bem, e nós mais barato não pode ser e vê-se sempre os mesmos.
Começo a dar razão a quem gere colocando os preços altos, as pessoas são sempre as mesmas e aí as receitas duplicam pelo valor do bilhete.

Quando não há jogos grandes em braga as pessoas pouco fazem para ver a bola.

A jogar assim concordo e acredito que 2 a 3mil pessoas são uma excelente assistencia, acho que é a equipa que deve puxar e chamar pelos adeptos e não os adeptos a puxar pela equipa.
SOMOS 4 EM CASA E TODOS SÓCIOS , FAZ O MESMO - JUNTA-TE Á LEGIÃO BRAGUISTA !!!
ric Equipa Principal
  • *****
  • 3325
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #16 em: 29 de Setembro de 2008, 10:16 »
Ando  há muito tempo a defender uma alteração nas menstalidades e relacionamentos entre dirigentes.

A Liga existe não para defender os clubes mas sim para dirimir disputas entre os 3G.
O resto da comandita (leia-se os outros clubes) andam alí a "treinar" os grandes e a fazer figura de parvos.

A subservi~encia aos 3G é enorme. Veja-se o que acontece no final das temporadas com presidentes de chapeu na mão a mendigar as sobras dos 3G. veja-se a forma como a TV impoem hor
arios, na maior parte dos quais para servir interesses destes mesmo clubes. E veja-se a forma como  determinados jogos são aletrados , não para defender interesses desportivos mas sim para fazer encaixar nos pequenos mais uns cobres.

e é desta hipocrisia que vamos vivendo. Sem deixar de assumir o peso dos 3G nos aerópagos do nosso futebol, está urgente a revolução. Os 3 G nunca seriam o que são hoje se não fossem os ...outros... Ou então que joguem a Liga do BES.... mesmo esta pseudo competição é um escarro e uma falat de ética. Não percebo como a Liga permite um atenbtado destes ...nem sei se estye ano ainda se disputa organizado pelo pasquim ao serviço dos mesmos que se chama A Bola.

E estes mesmos detentores da verdade e do fair-+lay - os jornalistas - são os primeiros a vendar os olhos quando devem escrever com isenção.

mas para mim, a revolução de mentalidades deve ser dada pelos...outros clubes.
Braga, guimaraes, setubal, belenenses, paços, leixões , etc não podem viver com os seus esquemazitas de se darem bem com Deus e o diabo e fazerem de paus mandadaos pelos senhores todo poderosos da LIga(e dos representantes dos 3G). é urgente que se redefinam os valores das transmossões televisivas. masis iguais e equitativas. é uregente que se deixem de travar de disputas e pseudo alianças para conseguirem hoje o beneplácito do benfica ou do porto porque existem negócios a momtante. e ao mesmo tempo acenam ao Sporting... é hipocrita e é desajustado. os clubes pequenos t~em uam força incrivel. Devem exercê-la e muitas vezes fico admirado como é que os Presidentes se degladiam com questiunculas e não discutem os seus verdadeiros interesses. Unir Guimares e Braga co  setubal e os restantes clubes deve ser o destino correcto. da união faz a força e como disse não há campeonato sem os...outros.

Agora se quiserem continuar a ter as reservas dos outros, e a terem de pagar um baurdio por jogadores medianos só pq os 3G inflacionaram o mercado então...siga a ronda.
xpt_nautilus
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #17 em: 29 de Setembro de 2008, 14:29 »
No outro dia li as declarações de João Eusébio, técnico do Rio Ave antes do jogo contra o Porto, em que dizia o seguinte:
"Mas, como na natureza há animais que existem para engordar outros, no nosso campeonato há equipas que sobrevivem para serem comidas pelas outras"

Este é o futebol portugues! Não tenhamos ilusões, a classificação final já esta delineada e decidida.

Mudar isto é possível, acerdito que sim.

Desde puto que idolatro o 25 de Abril, para mim foi o momento mais alto da nossa história, mesmo acima dos Descobrimentos. Porque? Porque foi um momento espontâneo, em que se tentou mudar, em que pela ultima vez tentamos mudar algo. No entanto apenas alguma coisa mudou, muito continuou na mesma e a corrupção reina e faz lei. O futebol! O futebol é um espelho do resto da sociedade, seria necessário limpar uma serie de coisas antes de chegarmos ao futebol, alias o futebol anda de mãos dadas com tantas outras coisas. A Britalar por exemplo subitamente ganha todos os concursos públicos em Braga, o futebol é apenas um tentáculo.
Acredito que seja possível mudar o status quo, basta que cada um de nós seja honesto, não é pedir muito. Mas há sempre o apelo de algo superior, algo que torna possível os sonhos daqueles que necessitam do brilho para (vi)ver.

Basta ser honesto e isso está ao alcance de qualquer um, por isso e só por isso acredito que seja possível um dia as coisas mudarem.
cardoso
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #18 em: 29 de Setembro de 2008, 14:46 »
...
Desde puto que idolatro o 25 de Abril, para mim foi o momento mais alto da nossa história, mesmo acima dos Descobrimentos. Porque? Porque foi um momento espontâneo, em que se tentou mudar, em que pela ultima vez tentamos mudar algo. No entanto apenas alguma coisa mudou, muito continuou na mesma e a corrupção reina e faz lei. O futebol! O futebol é um espelho do resto da sociedade, seria necessário limpar uma serie de coisas antes de chegarmos ao futebol, alias o futebol anda de mãos dadas com tantas outras coisas. A Britalar por exemplo subitamente ganha todos os concursos públicos em Braga, o futebol é apenas um tentáculo.
Acredito que seja possível mudar o status quo, basta que cada um de nós seja honesto, não é pedir muito. Mas há sempre o apelo de algo superior, algo que torna possível os sonhos daqueles que necessitam do brilho para (vi)ver.

Basta ser honesto e isso está ao alcance de qualquer um, por isso e só por isso acredito que seja possível um dia as coisas mudarem.


E isto não é ser tanso. É acreditar num mundo melhor e contribuir para isso!
Vlad
Vlad Equipa Principal
  • *****
  • 2808
  Re: "MIB: Os regedores da Liga"
« Responder #19 em: 29 de Setembro de 2008, 14:57 »
No outro dia li as declarações de João Eusébio, técnico do Rio Ave antes do jogo contra o Porto, em que dizia o seguinte:
"Mas, como na natureza há animais que existem para engordar outros, no nosso campeonato há equipas que sobrevivem para serem comidas pelas outras"

Este é o futebol portugues! Não tenhamos ilusões, a classificação final já esta delineada e decidida.

Mudar isto é possível, acerdito que sim.

Desde puto que idolatro o 25 de Abril, para mim foi o momento mais alto da nossa história, mesmo acima dos Descobrimentos. Porque? Porque foi um momento espontâneo, em que se tentou mudar, em que pela ultima vez tentamos mudar algo. No entanto apenas alguma coisa mudou, muito continuou na mesma e a corrupção reina e faz lei. O futebol! O futebol é um espelho do resto da sociedade, seria necessário limpar uma serie de coisas antes de chegarmos ao futebol, alias o futebol anda de mãos dadas com tantas outras coisas. A Britalar por exemplo subitamente ganha todos os concursos públicos em Braga, o futebol é apenas um tentáculo.
Acredito que seja possível mudar o status quo, basta que cada um de nós seja honesto, não é pedir muito. Mas há sempre o apelo de algo superior, algo que torna possível os sonhos daqueles que necessitam do brilho para (vi)ver.

Basta ser honesto e isso está ao alcance de qualquer um, por isso e só por isso acredito que seja possível um dia as coisas mudarem.


xpt a presidente!
Bravo!!!! Gostei!
BRAGA... um dia ainda te vou ver a campeão!

Nota:desprezo os chamados "grandes"
 

Anuncios M
Anuncios M