Quantcast
EXTRA SC BRAGA - Europeu de Hoquei
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
EXTRA SC BRAGA - Europeu de Hoquei
0 Respostas
1034 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Reis
Reis Equipa Reservas
  • ****
  • 855
  • 1 REGIÃO, 1 IDENTIDADE. BRAGA
  EXTRA SC BRAGA - Europeu de Hoquei
« em: 18 de Julho de 2006, 10:43 »
"Não foi preciso forçar
Missão cumprida. Portugal somou os primeiros três pontos, tal como a Espanha e a Itália. A tendência é que as candidatas às medalhas cheguem aos quartos-de-final só com vitórias. Face ao novo modelo competitivo, convém a Portugal marcar muitos golos para levar vantagem sobre os líderes do Grupo A e B com vista ao emparelhamento dos “quartos”. Para já venha a Suíça
enviada especial, PAULA CAPELA MARTINS, em Monza (Itália)

Primeiro dia de Europeu e nada para contar. Quer dizer, nada de surpreendente. Como manda a tradição, Espanha, Itália e Portugal – por esta ordem – entraram no “rinque” e lá tiveram de encostar adversários sem chama, demasiado fáceis de bater. Tão fáceis que fazem destes jogos iniciais da Fase de Grupos uma espécie de treino para as selecções mais habituadas a ganhar medalhas.

Andorra foi o primeiro teste à Selecção Nacional. Num piso pesado, os jogadores portugueses não tiveram a sorte de Espanha e Itália, que defrontaram equipas bem mais acessíveis. É que a formação do principado tem a maioria dos seus jogadores a actuar na OK Liga, além de que é orientada por um catalão, oriundo da região onde a modalidade tem uma fortíssima implantação. Assim, Portugal encontrou um adversário muito defensivo, a apostar no contra-ataque, causando ansiedade. Houve coesão e domínio de jogo do lado luso, mas a finalização falhou, em parte por culpa do guardião Marc Vila.

Os remates de meia-distância não saíram bem aos portugueses, especialmente, a Sérgio Silva e Reinaldo Ventura que não deixaram de insistir e foi à boca da baliza que o médio Valter Neves marcou aos oito minutos. O segundo golo surgiu perto do intervalo através de um livre do avançado Reinaldo Ventura. Sem ter criado perigo, Andorra acabou por ganhar na defesa, o que fez com que Portugal não tenha goleado à semelhança de Espanha e Itália, pelo que o terceiro, e último golo, apareceu a seis minutos do apito final depois de um remate cruzado do avançado Jorge Silva.

A Suíça é o próximo obstáculo. Espera-se, de novo, um adversário defensivo, mas o campeonato só começa a doer a partir dos “quartos”.
 

Portugal 3 - Andorra 0

árbitros | Anton Sorensen (Holanda)/Alberto Bisacco (Itália)
local | Pavilhão PalaCandy (Monza, Itália)

Carlos Silva Gr
Valter Neves 1
Sérgio Silva -
Reinaldo Ventura 1
Ricardo Barreiros
Vítor Hugo -
Tiago Rafael -
Jorge Silva 1
Pedro Moreira nj
João Pereira Gr/nj
T: Paulo Batista

Gr Marc Vila
- Ferran Vila
- Ivan Villaro
- Guillem Sarle
- Juan Sebastian
- Marc Montafdit
- Alex Matin
- Ramon Bassols
- Marc Martin
Gr/nj Nelson Alves
T: Carles Puig

intervalo | 2-0"


In www.ojogo.pt





De realçar na organização por o pavilhão ter o ar condicionado avariado, e para este jogo, ter sido nomeado um árbitro Italiano.........
Vás para onde fores, veste a tua camisola para mostrares identidade gverreira.
 

Anuncios M
Anuncios M