You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
NOTÍCIAS DO ENORME DO DIA 06/07
1 Respostas
1219 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Apenas_Braga
Apenas_Braga Equipa Principal
  • *****
  • 1203
  • De nascimento até à Eternidade Apenas_Braga
  NOTÍCIAS DO ENORME DO DIA 06/07
« em: 06 de Julho de 2006, 10:29 »

Estrelas entusiasmadas

ABERTURA de época discreta e fechada: só para jogadores. Com o presidente ausente na Alemanha, a apresentação formal fica para esta manhã, mas o Sp. Braga, à partida, é das equipas que têm o trabalho muito adiantado. Aliás, o maior problema é colocar alguns jogadores... 
Com Portugal pendente dos novos conquistadores, a abertura oficial da época bracarense, como a maioria dos assuntos da Nação, ficou para trás. Hoje, sim, há a pompa que domina e caracteriza qualquer regresso ao trabalho, que no caso dos minhotos não deixará de ser um manifesto de ambições reforçado, de acordo com o considerável reforço de um plantel que já tinha como dominante a qualidade. Sem novas perdas e com jogadores como João Pinto ou Zé Carlos a reforçarem ainda mais o ataque, as ilusões que assaltam o adepto bracarense só podem faiscar de ansiedade pelo início da competição. O Sp. Braga foi a primeira equipa a atacar formalmente o mercado e fê-lo com precisão, contratando com zelo e eficiência, daí chegar ao dia da apresentação com a inestimável vantagem de ter quase tudo ordenado, o que é raro em Portugal. Há, claro que há, alguns casos em aberto, mas Carlos Carvalhal pode sentir-se um privilegiado: a maioria das questões pendentes é apenas relacionada com colocações. Os responsáveis bracarenses mexeram-se sem aparato e apanharam as trutas que lhe interessavam, e agora o doloroso da questão é emagrecer o plantel à custa de alguns jogadores que contribuíram, e muito, para o formidável ciclo de Jesualdo Ferreira, dominado por três presenças consecutivas na Taça UEFA, inédito nos 85 anos de vida do clube.

Pressas

Oito e vinte da manhã, entrava o primeiro jogador no Estádio Municipal, com o interior vedado aos jornalistas. O magnífico «CL» transportava a estrela maior da nova constelação bracarense, João Pinto abria um cortejo por onde passariam, três horas depois, Maciel e Paíto a voar. Os dois últimos reforços, cuja apresentação tinha sido abortada na véspera, entraram e saíram de pé na tábua, num contraponto absoluto com a atitude anti vedetista de jogadores como João Pinto e Hugo Leal, Nem ou Paulo Jorge, cuja elegância comportamental e noção da sua verdadeira importância enquanto elementos fundamentais de comunicação com o universo associativo do clube, lhes permitiu parar alguns minutos no local onde se concentravam os jornalistas e, apesar da proibição de falarem, oferecendo, numa aprazível informalidade, os tópicos do entusiasmo que é, para já, a dominante do reino bracarense. Carlos Carvalhal também fez o estômago esperar alguns minutos para as primeiras trocas de impressões, nesta altura ainda apenas para se congratular com a normalidade do arranque do grupo que vai liderar e que, sublinha-se, cria, como nunca, um mar imenso de expectativas no coração dos adeptos do actual quarto clube da hierarquia lusa.
 
A Bola

_______________________________________________________________________

O Braga regressou ontem de manhã ao trabalho, em silêncio. Os profissionais arsenalistas apresentaram-se cedo no novo municipal para a primeira jornada da nova época, que se iniciou com a apresentação da equipa técnica aos atletas e dos reforços aos companheiros, a que se seguiu uma conversa de grupo, com o técnico Carlos Carvalhal como principal orador, obviamente. Posteriormente, os profissionais arsenalistas efectuaram uma série de exames médicos no local, saindo mais tarde para o almoço, regressando ao anfiteatro bracarense pouco depois do almoço para completar os exames.

Votados à lei do silêncio - e com os repórteres-fotográficos impedidos de recolher imagens no interior das instalações- , os futebolistas foram saindo sem prestar declarações, embora os mais credenciados tenham parado para curtos diálogos de circunstância com os jornalistas presentes, a exemplo do que sucedeu com o treinador, Carlos Carvalhal, que saiu do carro para cumprimentar os representantes da Comunicação Social, com quem manteve uma breve conversa de circunstância, tal como o adjunto Carlos Garcia e o técnico de guarda-redes, Jorge Vital.

Mas, como em tudo, há sempre uma excepção, como sucedeu com Maciel, que entrou a cem e saiu a duzentos, com os vidros do jipe fechados... Se se pode compreender a ausência de declarações, por força da disponibilidade agendada para a apresentação de hoje, é mais difícil perceber os efeitos nefastos de uma simples fotografia...

João Pinto foi o primeiro atleta a marcar presença no novo municipal arsenalista. Quando o ex-internacional português chegou ao anfiteatro bracarense faltavam ainda 40 minutos para o horário previsto para a chegada, ou seja, chegou às 8h20 quanto a hora marcada eram as 9h00, o que pode ser atribuído ao seu elevado grau de profissionalismo, porventura por uma questão de precaução, uma vez que o atleta reside ainda no Porto e saiu cedo para evitar algum contratempo pelo caminho...

Por motivos de atraso de voos, chegaram tarde Paíto e Maciel. O primeiro, que chegou às 11h45 e saiu às 12h08 - ou seja, tal como Maciel fez os exames médios da parte da tarde -, apresentou-se só e estacionou junto do local onde se encontravam os jornalistas, que lhe indicaram o caminho para o interior das instalações. Ligeiramente mais tarde, às 11h58, chegou Maciel, que saiu pouco depois, às 12h16.
 

Boa disposição reinou no primeiro dia

No primeiro dia de trabalho, foi visível boa disposição de todos, sobretudo à saída. Confiantes e disponíveis, praticamente todos foram deixando escapar uma mensagem de esperança no futuro, reflectindo uma enorme convicção quanto aos êxitos da próxima época. Inclusive por parte de alguns que durante os últimos tempos não foram primeiras opções, o que significa uma grande fé nas suas potencialidades... e a vontade de provocar dores de cabeça ao novo treinador, daquelas que os técnicos gostam.
 

Hoje há apresentação formal


A apresentação oficial do plantel arsenalista à Comunicação Social está marcada para hoje de manhã, com início às 10h30. A seguir à cerimónia, da qual estarão ausentes Paulo Santos (ao serviço da selecção nacional), assim como o atacante Zé Carlos (e os dois reforços que faltam - um guarda-redes e um central, uma vez que não estão previstas surpresas), os profissionais bracarenses efectuarão um ligeiro treino nos relvados de apoio do novo municipal, que será aberto ao público. Importa ainda referir que entretanto o grupo será divido em vários de forma a que enquanto uns treinam os outros complementem os exames médicos, numa clínica de cidade.
 

Zé Carlos segunda-feira, Diego Costa amanhã

Zé Carlos e Diego Costa foram os únicos ausentes no arranque da nova temporada. Enquanto a chegada do atacante contratado ao Marítimo está projectada para a próxima segunda-feira, a do jovem Diego Costa está prevista para hoje, em ambos os casos com a autorização dos responsáveis arsenalistas. Ontem marcaram presença o guarda-redes Eduardo, os defesas Luís Filipe, Pedro Costa, Nem, Paulo Jorge, Maurício, Carlos Fernandes e Paíto, os médios Madrid, Ricardo Chaves, João Pinto, Hugo Leal, Frechaut, Vandinho e Castanheira e os atacantes Davide, Maciel, Wender, Cesinha, Matheus, João Tomás e Kim.

Irineu é o central escolhido pelo Braga para a colmatar a saída de Wellington. O brasileiro, de 23 anos, que pertence aos quadros do Cruzeiro e encontrava-se emprestado ao Ipatinga, na sequência de um protocolo estabelecido entre os dois clubes, deixou ontem o clube de Minas Gerais - entregou, inclsuive, a casa onde vivia - e afirmou à Imprensa brasileira que estava a caminho de Portugal, mais concretamente do Braga. E, embora não haja confirmação oficial da parte do clube, tudo aponta para que Irineu seja o jogador que completará o quadro de defesas com que Carlos Carvalhal irá trabalhar.

Natural de S. Paulo, Irineu Calixto Couto - 1,86 m de altura e 80 kg - virá cedido por uma época com o Braga, que ficará com o direito de opção de aquisição do passe no final da temporada, pagando 400 mil euros.

O JOGO
_______________________________________________________________________

Está tudo acertado com o Cruzeiro para que Ireneu Calixto Couto seja jogador dos bracarenses por uma temporada, tendo a SAD minhota garantido ainda a opção de compra sobre o central de 23 anos. Quanto a números, a SAD de António Salvador paga cerca de 40 mil euros pelo empréstimo, estando também definido que a contratação do defesa a título definitivo implica o pagamento de 400 mil euros.

Marconi Barbosa, do clube de Belo Horizonte, confirmou o negócio a Record, acrescentando que a presença do dirigente Eduardo Maluf em Portugal o fechará. O central, que fez 5 jogos pelo Brasil nos Jogos Panamericanos de 2003, provém do Ipatinga, onde cumpriu uma temporada por empréstimo. Jogador do Cruzeiro desde 2000, tem passagens pelo Nacional de São Paulo, Corinthians e Juventus de São Paulo. É tricampeão mineiro e venceu também o Campeonato e a Copa do Brasil.

Mais informação na edição impressa de Record
Rita
  Re: NOTÍCIAS DO ENORME DO DIA 06/07
« Responder #1 em: 06 de Julho de 2006, 14:56 »
Alguém sabe mais alguma coisa desse tal Irineu que se diz vir para o nosso clube?