You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Primeira Liga - Nossos adversários
232 Respostas
13140 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
100%SCB Equipa Principal
  • *****
  • 5559
  • Quando o erro for só erro o SC Braga será campeão!
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #220 em: 03 de Abril de 2020, 15:02 »
A realidade é que o presidente do Brescia diz isso porque praticamente já desceu, logo pouca diferença lhe faz... embora não deixe de estar certo.
FORÇA BRAGA
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4466
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #221 em: 03 de Abril de 2020, 15:57 »
A realidade é que o presidente do Brescia diz isso porque praticamente já desceu, logo pouca diferença lhe faz... embora não deixe de estar certo.
Na teoria já desceram, mas não teve problema em assumir a descida se tiver que ser e assumir os erros dele próprio e da equipa, infelizmente poucos têm essa coragem.
O meu "problema" nisto tudo é que de uma época perdida querem prejudicar 2 ou 3 épocas! Já nem falandod e burocracias de contratos e dos play offs.
Isto com sorte (no caso azar) em Agosto ainda vai haver limitações. As coisas estão controladas, mas longe do fim.
Anuncios M
Anuncios M
Cão Vadio
Cão Vadio Equipa Reservas
  • ****
  • 756
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #222 em: 03 de Abril de 2020, 18:34 »

[/quote]Temos agora às 19:00 um fantástico Braga-Liverpool, da era Domingos P. na sportv1. Bom para desanuviar um pouco.
GUERREIROS Juvenis
  • **
  • 138
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #223 em: 03 de Abril de 2020, 19:47 »
e já nem me lembrava daquele estoiro do Silvio à barra aos 37
minutos...

[/quote]Temos agora às 19:00 um fantástico Braga-Liverpool, da era Domingos P. na sportv1. Bom para desanuviar um pouco.
[/quote]
Anuncios V
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5959
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #224 em: 03 de Abril de 2020, 21:08 »

Temos agora às 19:00 um fantástico Braga-Liverpool, da era Domingos P. na sportv1. Bom para desanuviar um pouco.
Que diferença de qualidade desse Liverpool para o de hoje...os valores astronómicos dos direitos televisivos em Inglaterra transformaram uma grande equipa, então avaliada em cerca de €360M, numa super equipa, hoje avaliada em cerca de €1,2Mil Milhões...nós também subimos um bocadinho o nível, em termos de valor crecemos quase para o dobro, passamos de €60M para cerca de €110M, mas os valores dos direitos televisivos que hoje se praticam nas grandes Ligas (neste caso em Inglaterra) aumentaram ainda mais o fosso que já era enorme em 10/11.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5959
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #225 em: 03 de Abril de 2020, 22:37 »
Que grande *****:

"Quem imitar os belgas arrisca ficar fora das competições europeias"

A UEFA considerou extemporânea a decisão da liga belga e avisou que as equipas do país poderão ficar afastadas das próximas competições europeias.

Em causa está a intenção dos belgas em consagrar campeã a equipa que liderava o campeonato no momento da suspensão das provas, devido à pandemia de covid-19 ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/atual-lider-da-liga-belga-sera-decretado-campeao ).

Numa primeira reação, através de uma carta, a UEFA apelou a que campeões fossem definidos "em campo" e não na secretaria ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/uefa-pede-que-campeoes-sejam-encontrados-em-campo-e-nao-na-secretaria ).

Mas o presidente, Aleksander Ceferin, optou por clarificar a mensagem, durante uma entrevista à ZDF.

"Quer os belgas, quer outros que possam estar a pensar em imitá-los arriscam a sua participação nas provas europeias da próxima época", avisou o dirigente.

Aleksander Ceferin insistiu no conselho, antes que a liga belga oficialize a decisão de encerrar antecipadamente a temporada 2019/20.

"Não me parece que seja uma boa solução. A solidariedade não é uma via de sentido único. Não podem andar a pedir ajuda e depois decidir por vós próprios qual o caminho que vos convém mais", reforçou o presidente da UEFA.

O dirigente deixou ainda entender que o regresso à competição será feito com os adeptos em casa, privilegiando os jogos à porta fechada.

"O futebol sem adeptos não é o mesmo do que com adeptos, mas é preferível jogar sem espetadores, com transmissão televisiva, do que não o fazer", defendeu.

"O futebol leva uma energia positiva à casa das pessoas", concluiu o presidente da UEFA.

em: https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/quem-imitar-os-belgas-arrisca-ficar-fora-das-competicoes-europeias
Cão Vadio
Cão Vadio Equipa Reservas
  • ****
  • 756
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #226 em: 03 de Abril de 2020, 23:37 »
Que grande *****:

"Quem imitar os belgas arrisca ficar fora das competições europeias"

A UEFA considerou extemporânea a decisão da liga belga e avisou que as equipas do país poderão ficar afastadas das próximas competições europeias.

Em causa está a intenção dos belgas em consagrar campeã a equipa que liderava o campeonato no momento da suspensão das provas, devido à pandemia de covid-19 ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/atual-lider-da-liga-belga-sera-decretado-campeao ).

Numa primeira reação, através de uma carta, a UEFA apelou a que campeões fossem definidos "em campo" e não na secretaria ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/uefa-pede-que-campeoes-sejam-encontrados-em-campo-e-nao-na-secretaria ).

Mas o presidente, Aleksander Ceferin, optou por clarificar a mensagem, durante uma entrevista à ZDF.

"Quer os belgas, quer outros que possam estar a pensar em imitá-los arriscam a sua participação nas provas europeias da próxima época", avisou o dirigente.

Aleksander Ceferin insistiu no conselho, antes que a liga belga oficialize a decisão de encerrar antecipadamente a temporada 2019/20.

"Não me parece que seja uma boa solução. A solidariedade não é uma via de sentido único. Não podem andar a pedir ajuda e depois decidir por vós próprios qual o caminho que vos convém mais", reforçou o presidente da UEFA.

O dirigente deixou ainda entender que o regresso à competição será feito com os adeptos em casa, privilegiando os jogos à porta fechada.

"O futebol sem adeptos não é o mesmo do que com adeptos, mas é preferível jogar sem espetadores, com transmissão televisiva, do que não o fazer", defendeu.

"O futebol leva uma energia positiva à casa das pessoas", concluiu o presidente da UEFA.

em: https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/quem-imitar-os-belgas-arrisca-ficar-fora-das-competicoes-europeias
Ó Ceferin, vai dar banho ao cão!  Até aqui era, “cada federação ou liga de cada País que decida”. Agora já arriscam não ir às competições..?? A merd@ da televisão a falar mais alto, não é? Vai mamar !
« Última modificação: 03 de Abril de 2020, 23:39 por Cão Vadio »
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12545
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #227 em: 04 de Abril de 2020, 09:48 »

Temos agora às 19:00 um fantástico Braga-Liverpool, da era Domingos P. na sportv1. Bom para desanuviar um pouco.
Que diferença de qualidade desse Liverpool para o de hoje...os valores astronómicos dos direitos televisivos em Inglaterra transformaram uma grande equipa, então avaliada em cerca de €360M, numa super equipa, hoje avaliada em cerca de €1,2Mil Milhões...nós também subimos um bocadinho o nível, em termos de valor crecemos quase para o dobro, passamos de €60M para cerca de €110M, mas os valores dos direitos televisivos que hoje se praticam nas grandes Ligas (neste caso em Inglaterra) aumentaram ainda mais o fosso que já era enorme em 10/11.
Qualquer equipa.
Basta olhar para a evolução das equipas de topo. Por exempo Juventus, Dortmund, Manchestes united do período 97-99. Mesmo o Real Madrid pré-galáticos. Eram grandes equipas com bons jogadores mas não tinham 2 jogadores de topo para cada posição, tinha orçamentos que comparados com os de hoje, parecem comedidos.
Era equipas fortes, mas muito mais ao alcance das equipas do 2º pelotão, quer eram na altura os campeões de países secundários (grécia, turquia, portugal, ucrânica, roménia, holanda, etc).
Hoje a diferença aumentou e os clubes de 2ª linha são também do big-4. os clubes de países de 2ª linha nem pela LE (conquista) lutam actualmente
Quem não sente não é filho de boa gente.
Anuncios M
Anuncios M
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12545
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #228 em: 04 de Abril de 2020, 09:49 »
Que grande *****:

"Quem imitar os belgas arrisca ficar fora das competições europeias"

A UEFA considerou extemporânea a decisão da liga belga e avisou que as equipas do país poderão ficar afastadas das próximas competições europeias.

Em causa está a intenção dos belgas em consagrar campeã a equipa que liderava o campeonato no momento da suspensão das provas, devido à pandemia de covid-19 ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/atual-lider-da-liga-belga-sera-decretado-campeao ).

Numa primeira reação, através de uma carta, a UEFA apelou a que campeões fossem definidos "em campo" e não na secretaria ( https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/uefa-pede-que-campeoes-sejam-encontrados-em-campo-e-nao-na-secretaria ).

Mas o presidente, Aleksander Ceferin, optou por clarificar a mensagem, durante uma entrevista à ZDF.

"Quer os belgas, quer outros que possam estar a pensar em imitá-los arriscam a sua participação nas provas europeias da próxima época", avisou o dirigente.

Aleksander Ceferin insistiu no conselho, antes que a liga belga oficialize a decisão de encerrar antecipadamente a temporada 2019/20.

"Não me parece que seja uma boa solução. A solidariedade não é uma via de sentido único. Não podem andar a pedir ajuda e depois decidir por vós próprios qual o caminho que vos convém mais", reforçou o presidente da UEFA.

O dirigente deixou ainda entender que o regresso à competição será feito com os adeptos em casa, privilegiando os jogos à porta fechada.

"O futebol sem adeptos não é o mesmo do que com adeptos, mas é preferível jogar sem espetadores, com transmissão televisiva, do que não o fazer", defendeu.

"O futebol leva uma energia positiva à casa das pessoas", concluiu o presidente da UEFA.

em: https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/quem-imitar-os-belgas-arrisca-ficar-fora-das-competicoes-europeias
Ó Ceferin, vai dar banho ao cão!  Até aqui era, “cada federação ou liga de cada País que decida”. Agora já arriscam não ir às competições..?? A merd@ da televisão a falar mais alto, não é? Vai mamar !
"Não nos metemos, cada federação faz o que quiser. Desde que seja terminar o campeonato"
Quem não sente não é filho de boa gente.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4466
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #229 em: 04 de Abril de 2020, 10:38 »
A UEFA está num caminho sem qualquer rumo.
Primeiro as ligas acabavam em Junho e até havia euro, depois não há euro e acabavam até 30 junho, depois afinal talvez em julho e agora até já pode ser até 2 de agosto, um dia destes é até ao natal. Depois cada liga é que decide, desde que seja como nós queremos.
Se calhar cada vez percebo melhor o G20 ou lá como é que se chama quando querem criar uma superliga fora da uefa.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5959
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #230 em: 04 de Abril de 2020, 11:53 »
FIFA adia todos os jogos internacionais marcados para junho

Um grupo de trabalho da FIFA recomendou hoje o adiamento de todos os jogos internacionais marcados para junho, devido à pandemia de covid-19, a mais forte de um conjunto de recomendações aprovadas por unanimidade.

Em comunicado, o organismo de cúpula do futebol mundial esclarece que este grupo é composto por membros diretivos da própria FIFA e de todas as federações continentais, que aprovaram por unanimidade esta medida.

Na quarta-feira, a UEFA já tinha anunciado esta tomada de posição para o futebol europeu, desde março suspenso de forma generalizada, numa decisão que abrange o futebol masculino e feminino durante todo o mês de junho.

O grupo de trabalho decidiu ainda que cada federação continental deve nomear "alguém que possa coordenar as discussões" em torno da criação de um fundo de emergência para apoiar clubes e ligas em dificuldades devido aos efeitos da pandemia.

em: https://bancada.pt/futebol/grandefutebol/fifa-adia-todos-os-jogos-internacionais-marcados-para-junho
Anuncios G
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5959
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #231 em: 04 de Abril de 2020, 18:24 »
Clubes unidos no problema dos salários: Três asseguram pagamento integral (Liga)

A BOLA foi tirar a pulsação às finanças dos clubes da Liga após o aparecimento da crise gerada pelo Covid-19.

O futebol está parado e não se sabe quando voltará à normalidade, pelo que o desaparecimento de todas as receitas associadas está a deixar os clubes numa situação muito complicada. Por todo o Mundo, sobretudo na Europa e até em clubes financeiramente com outra robustez (Barcelona ou Juventus, entre outros), há notícias dos dirigentes tentarem chegar a entendimento com os jogadores tendo em vista a redução dos seus vencimentos, permitindo assim não apenas equilibrar as finanças em tempos de crise, mas também a manutenção de alguns empregos indiretos.

Estarão os clubes portugueses preparados para continuar a pagar os seus ordenados apesar da tremenda crise financeira? Ou, ao invés, já projetam cortes salariais? A BOLA ouviu, oficialmente ou não, respostas de todos os clubes da principal liga. Algumas das reações foram expressas pelos respetivos presidentes.

Quase todos admitem que apenas em conjunto poderá e deverá ser tomada uma posição relativamente ao eventual corte de salários dos jogadores. Estão todos conscientes de que a crise poderá ainda vir a crescer, mas ninguém quer, de momento, avançar com medida tão drástica como a de cortes salariais.

Há três clubes que asseguraram que pagarão, integralmente, todos os salários: SC Braga, Santa Clara e Portimonense.

em:https://www.abola.pt/nnh/2020-04-04/liga-clubes-unidos-no-problema-dos-salarios-tres-asseguram-pagamento-integral/837838
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5959
  Re: Primeira Liga - Nossos adversários
« Responder #232 em: 04 de Abril de 2020, 18:34 »
Jogadores já foram abordados para reduzir salários
 José Carlos Lourinho e José Varela Rodrigues

Presidente do Sindicato dos Jogadores revelou que já houve um clube a abordar atletas para uma revisão salarial. Jogadores estão disponíveis para reduzir salários, mas tem de existir regras. Negociação poderia ser liderada pela Liga.

A indústria do futebol vive por estes dias uma crise sem precedentes, devido à suspensão das competições, uma medida excecional tomada por causa da pandemia da Covid-19. A interrupção abrupta das competições vai condicionar as receitas dos clubes, o que já levou alguns dos maiores emblemas do mundo, como o FC Barcelona e o Bayern de Munique, a implementar uma redução significativa na massa salarial dos seus planteis. Cenário idêntico estará a ser estudado pelos emblemas portugueses, tendo havido já um clube a abordar os seus jogadores, revelou o presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF), Joaquim Evangelista, ao Jornal Económico.

Para o presidente da SJPF, que não identificou o clube em causa, a abordagem não terá sido a mais adequada, pelo que não surtiu efeito. Contudo, suscitou uma questão que Joaquim Evangelista clarificou: “Os jogadores são esclarecidos e sabem o que querem. Qual é o problema de negociar diretamente com o clube? É que a maioria dos clubes não tem capacidade negocial”.

Ou seja, o dirigente do Sindicato dos Jogadores entende que qualquer discussão sobre uma eventual redução salarial, dado o atual contexto, deve ser feita entre todos os clubes e em articulação com os organismos dirigentes, como a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (que controla os campeonatos da primeira e segunda ligas).

“Os jogadores estão disponíveis para fazer sacrifícios, desde que justificados e partilhados por todos”, acrescentou, indicando que a discussão sobre os salários deve ser sempre “ponderada, responsável e acertada”, considerando as diferenças salariais e os escalões desportivos, porque a maioria não tem salários elevados.

“Agora, é diferente falar a uma só voz do que em grupo”, frisou.
Para que a abordagem aos atletas seja frutífera, Joaquim Evangelista defende que os clubes devem dar, antes de mais, um sinal de boa fé. Como? “Os clubes deveriam cumprir com o vencimento de março, dando um sinal de confiança aos jogadores, para depois obterem deles disponibilidade para os meses mais problemáticos [abril, maio e junho]”, respondeu.

Contudo, salientou que há clubes “que não querem pagar o mês de março e sem justificação”, lembrando o caso do Desportivo de Aves, que anunciou não ter condições para pagar os salários de março devido à crise suscitada pela pandemia da Covid-19. Mas os atletas também não auferiram, ainda, os salários de janeiro e fevereiro.

“É uma ação de má gestão e de oportunismo de um clube que não tem condições para estar numa competição profissional”, sublinhou o dirigente sindical.

Para encontrar uma solução face à crise que se instalou no mundo do futebol profissional, em Portugal, foi criado um grupo de crise pela FPF. Paralelamente, foi criado um grupo de trabalho conjunto do SJPF e da Liga. São dois grupos cujo objetivo é coordenar políticas para o futebol nacional.

Quanto à questão salarial, existem três fundos de emergência a que os jogadores poderão vir a recorrer. “A FPF criou um para as competições não profissionais, para fazer face a estas situações mais urgentes, e a Liga criou um fundo de emergência para o futebol profissional. Paralelamente, existe um fundo de garantia salarial criado pelo sindicato, Liga e FPF”, contou Joaquim Evangelista.

Mas o dirigente vai mais longe e acredita que a FIFA e a UEFA - e em Portugal, a FPF - “têm a obrigação de, se o futebol necessitar, exigir regras aos clubes, nomeadamente garantindo os postos de trabalho e apoiando, evitando o colapso da indústria do futebol”.

Reduções salariais? “Hipótese mais do que provável”
Contactado pelo JE, o diretor do Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM) e especialista em marketing desportivo, Daniel Sá, afirmou que uma eventual redução salarial nos vencimentos dos futebolistas, em Portugal, “é uma hipótese mais do que provável”.

Porquê? “ Os clubes à data de hoje mantêm os custos que tinham e ficaram esvaziados praticamente de um dia para o outro de quase todas as receitas que tinham. Ora, não há nenhuma empresa que consiga funcionar nesse sistema”, respondeu.

Para este académico, apenas falta saber de que forma a hipótese de rever os salários dos atletas vai avançar. E nesse ponto, também defende que uma negociação não deve ocorrer diretamente entre um clube e um jogador. “Seria melhor que fosse a própria Liga a comandar de alguma forma este processo, com algumas regras, porque senão os desequilíbrios serão ainda maiores”. 

em: https://leitor.jornaleconomico.pt/noticia/jogadores-ja-foram-abordados-para-reduzir-salarios
 

Anuncios M
Anuncios M