You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Presidente da Junta
  grande texto
« em: 01 de Junho de 2007, 18:39 »
boa tarde
inscrevi-me neste site, que já conhecia por informação de um amigo propositadamente para vos dar conta de um artigo hoje publicado no Diário do Minho. Trata-se de um texto corajoso do Alberto Mendes que vem pôr o dedo na ferida de um conceito que está na moda, o "braguismo". A questão resume-se a alguns pontos fundamentais:
- o antibi-clubismo é um mito prejudicial ao crescimento do Braga.
- Um estádio cheio de bi-clubistas é óptimo - significa mais dinheiro, mais crescimento.
- O bairrismo exacerbado leva a um provincianismo nefasto e conservador.
- este apego ao braguismo e à exclusividade dos adeptos é uma forma camuflada de atacar a gestão actual. Aliás o título do texto é significativo: "PEDRAS CAMUFLADAS".
- A gestão de António Salvador tem sido exemplar por gerir com eficácia o dinheiro, sem o desbaratar, preferindo uma lucrativa aproximação aos clubes grandes em vez de os hostilizar como preferem os braguistas.

aurelio
  Re: grande texto
« Responder #1 em: 01 de Junho de 2007, 18:59 »
Conheço algumas pessoas com a mesma opinião!
Todos eles são metralhas com uma costela bracarense, em especial, quando o Braga está bem. Essa costela transforma-se em tronco quando o primeiro clube deles está mal!

Eu apenas sou do Braga e, sinceramente, não gosto de ver ninguém no meu estádio a aplaudir qualquer outro clube... mas são opiniões!
1
1 Equipa Principal
  • *****
  • 3359
  Re: grande texto
« Responder #2 em: 01 de Junho de 2007, 19:14 »
O anti-biclubismo ou torna as pessoas só do Braga ou afasta-as do Braga.

Mas isso que tu escreves aí (não pude ler o texto no jornal ainda) parece que os bi-clubistas é que tão certos e nós errados por defendermos o clube da nossa terra... e isso é ridículo  ::)
disco infiltrator
  Re: grande texto
« Responder #3 em: 01 de Junho de 2007, 19:43 »
O que me deixa mais triste é ver o EMB com pouca gente num jogo do SCB. No entanto, e mesmo assim, prefiro que estejam apenas braguistas do que ver o estádio cheio e onde grande parte são bi-clubistas.


ABAIXO O BI-CLUBISMO! Nunca entendi isso de se ser de 2 clubes ainda para mais num clube como o SCB, que cada vez rivaliza mais com os chamados 3 grandes.


Por exemplo, respeito bem mais um portista do porto do que um bracarense portista e que tem simpatia pelo SCB.

Bi-clubismo é um fenómeno típico dos clubes pequenos e o SCB não é de forma alguma um clube pequeno!
Ana Cunha
Ana Cunha Equipa Principal
  • *****
  • 2085
  Re: grande texto
« Responder #4 em: 01 de Junho de 2007, 19:51 »
O que me deixa mais triste é ver o EMB com pouca gente num jogo do SCB. No entanto, e mesmo assim, prefiro que estejam apenas braguistas do que ver o estádio cheio e onde grande parte são bi-clubistas.


ABAIXO O BI-CLUBISMO! Nunca entendi isso de se ser de 2 clubes ainda para mais num clube como o SCB, que cada vez rivaliza mais com os chamados 3 grandes.


Por exemplo, respeito bem mais um portista do porto do que um bracarense portista e que tem simpatia pelo SCB.

Bi-clubismo é um fenómeno típico dos clubes pequenos e o SCB não é de forma alguma um clube pequeno!

Ora nem mais.
braguista365
braguista365 Equipa Reservas
  • ****
  • 775
  • Surf é vida!
  Re: grande texto
« Responder #5 em: 01 de Junho de 2007, 21:02 »
Eu não li o texto mas se ele diz que o biclubismo é positivo e o bairrismo é algo de muito mau,das duas uma ou esse sr não percebe peta de futebol ou então tem problemas mentais de certeza.
No futebol ou noutra modalidade colectiva tem de haver bairrismo,ou então a verdadeira essência do futebol (neste caso) deixa de existir!
Afonso Matos
Afonso Matos Juniores
  • ***
  • 662
  Re: grande texto
« Responder #6 em: 01 de Junho de 2007, 21:14 »
O que me deixa mais triste é ver o EMB com pouca gente num jogo do SCB. No entanto, e mesmo assim, prefiro que estejam apenas braguistas do que ver o estádio cheio e onde grande parte são bi-clubistas.
ABAIXO O BI-CLUBISMO! Nunca entendi isso de se ser de 2 clubes ainda para mais num clube como o SCB, que cada vez rivaliza mais com os chamados 3 grandes.
Por exemplo, respeito bem mais um portista do porto do que um bracarense portista e que tem simpatia pelo SCB.
Bi-clubismo é um fenómeno típico dos clubes pequenos e o SCB não é de forma alguma um clube pequeno!

Boa. Essa gente quer-se a milhas!
nandes
nandes Equipa Principal
  • *****
  • 2121
  • Gverreiro nandes!!!
  Re: grande texto
« Responder #7 em: 01 de Junho de 2007, 22:25 »
boa tarde
inscrevi-me neste site, que já conhecia por informação de um amigo propositadamente para vos dar conta de um artigo hoje publicado no Diário do Minho. Trata-se de um texto corajoso do Alberto Mendes que vem pôr o dedo na ferida de um conceito que está na moda, o "braguismo". A questão resume-se a alguns pontos fundamentais:
- o antibi-clubismo é um mito prejudicial ao crescimento do Braga.
- Um estádio cheio de bi-clubistas é óptimo - significa mais dinheiro, mais crescimento.
- O bairrismo exacerbado leva a um provincianismo nefasto e conservador.
- este apego ao braguismo e à exclusividade dos adeptos é uma forma camuflada de atacar a gestão actual. Aliás o título do texto é significativo: "PEDRAS CAMUFLADAS".
- A gestão de António Salvador tem sido exemplar por gerir com eficácia o dinheiro, sem o desbaratar, preferindo uma lucrativa aproximação aos clubes grandes em vez de os hostilizar como preferem os braguistas.





NEM QUERO COMENTAR, mas muito sinceramente admito que gostaria de ler esse tal "grande texto"... aliás segundo dizes o título do texto diz tudo, "PEDRAS CAMUFLADAS"(que me parece ser o que tu és, "pedra" e além disso, "camuflada")!!!





« Última modificação: 01 de Junho de 2007, 22:26 por nandes »
UNS TÊM INVEJA DA NOSSA ASCENSÃO
OUTROS TÊM MEDO DA NOSSA AMBIÇÃO
SCB / BL
jeba Equipa Principal
  • *****
  • 1280
  • Sócio 1140... desde 1980...
  Re: grande texto
« Responder #8 em: 01 de Junho de 2007, 23:46 »
Eu sou Bi-Clubista... amo o BRAGa e estou apaixonado pelo ENORME!!! :D


Agora quanto aos verdadeiros bi-clubistas... para mim os maus adjectivos seriam insuficientes para os qualificar!

lipe
lipe Equipa Principal
  • *****
  • 3656
  • 100% braga
  Re: grande texto
« Responder #9 em: 02 de Junho de 2007, 00:48 »
Sempre BRAGA, O ENORME. ;)
Em Braga, só baixamos a cabeça para beijar o símbolo.
perrinchon 66 Juniores
  • ***
  • 631
  Re: grande texto
« Responder #10 em: 02 de Junho de 2007, 02:13 »
o alberto mendes escreve uns textos "interessantes"mas nao sei sei se e braguista "bracarense" do tipo BRAGAFICA
aurelio
  Re: grande texto
« Responder #11 em: 02 de Junho de 2007, 02:17 »
o alberto mendes escreve uns textos "interessantes"mas nao sei sei se e braguista "bracarense" do tipo BRAGAFICA

É um BragaFica que sente q as coisas estão a mudar! E vão mudar cada vez mais de forma a que esses BragaFicas se sintam mal em Braga...

Ó Perrichon já estás na net?...  ;D
« Última modificação: 02 de Junho de 2007, 02:30 por aurelio »
BRAGA FOREVER
BRAGA FOREVER Equipa Principal
  • *****
  • 6807
  • QUEM NÃO SENTE NÃO ENTENDE!
  Re: grande texto
« Responder #12 em: 02 de Junho de 2007, 02:39 »

- Um estádio cheio de bi-clubistas é óptimo - significa mais dinheiro, mais crescimento.




Só posso estar a sonhar acordado...o melhor mesmo é  ir para a cama, e pensar que este tópico é uma "miragem". >:(
S.C.BRAGA NÃO O MAIOR, MAS O MELHOR CLUBE DO MUNDO!
Chiquitilha Juvenis
  • **
  • 203
  Re: grande texto
« Responder #13 em: 02 de Junho de 2007, 03:40 »
   Boas a todos os Braguistas.

    O presidente da Junta tem razão...ser "Bi" é o que esta a dar...nada melhor que ter uma mulher e uma amante. A mulher para a lida da casa, comidinha a horas na mesa  e tratar da raça dos miudos que só nos dão dor de cabeça..a amante é só para pôr  a "escrita em dia....". Nada melhor que ter dois empregos...aquele em que não fazemos a ponta de um corno e o outro em que enganamos o patrão e gamamos o "matrial" para fazermos uns biscates por fora e onde, ai sim, ganhamos dinheiro...e assim por diante...bem vistas as coisas até ser bi-sexual dá direito a ser noticia nas revistas côr de rosa.
   O que me esta a parecer é que os bi-clubistas estão um pouco incomodados com o crescimento deste sentimento braguista...bem vistas as coisas este modo de estar na vida é em certa parte um reflexo de anos e anos de subserviencia aos ditos grandes, (que só o são porque existe uma camada enorme de clubes pequenos, mas honrados, que lhe vão alimentando o vicio). É também um reflexo do pais tacanho em que vivemos, onde a vassalagem e o lambe-botismo parace ser cultura nacional. Sim sou bairrista e com muito orgulho, e se todos os Portugueses fossem bairristas nas pequenas coisa do dia-a-dia esta tristeza franciscana em que o pais se esta a transformar nunca teria acontecido.
   Ao jornalista que escreveu tal artigo só tenho a dizer que não o conheço nem sei quêm é, e se escreve só para destabilizar os Braguistas e/ou a direcção do clube...meu caro amigo toma um Xanax que isso pode ser que passe. 
   Quanto a ti novo forista dou-te as boas vindas a este forum, mas se é com este espirito que aqui chegas só tenho que fazer minhas as palavras do padre da freguesia depois da homilia:
   Vai em paz e que o juizo te acompanhe...

   Viva o BRAGA
snOOpy
snOOpy Juvenis
  • **
  • 174
  Re: grande texto
« Responder #14 em: 02 de Junho de 2007, 13:15 »
com alguem já disse o Alberto Mendes até tem textos interessantes publicados no DM... agora classificar este texto de grande é duma diarreia mental...

Provavelmente o Alberto Mendes é um bi-clube e está com medo da perda de imporatncia do seu outro clube... ou apenas "camuflou" uma boa discussão do braguismo com ironismo, mentiras.. e disparates...

À falta do texto integral apenas discuto o k aki foi dito...

O bairrismo exacerbado leva a um provincianismo nefasto e conservador...
sim.. sim.. klaro.. é por causa desse bairrismo exacerbado k, em Inglaterra, Espanha e noutros paises, clubes k nao lutam pelas têm adeptos verdaeiroas e estadios cheios

"este apego ao braguismo e à exclusividade dos adeptos é uma forma camuflada de atacar a gestão actual"...
como é t alguem no seu perfeito juizo pode dizer k braguismo é sinonimo de oposição ao A.Salvador???
será por axar k AS é bi-clube ?? Será que apesar da boa gestao do AS n se pode apontar criticas?? Será pk existem braguistas com mais k um neuronio e ao apontar essas lacunas na gestao do AS já sao classificados de oposição ???

este "grande texto" é dakeles fiascos como os ditos 3 grandes...grandes na corrupção... grandes no passivo... grandes nas dividas...
prefiro "pekenino" e honrado... k mafioso e grande
Pedro
Pedro Juvenis
  • **
  • 150
  • Orgulhosamente Bracarense
  Re: grande texto
« Responder #15 em: 02 de Junho de 2007, 14:30 »
Quem têm c* têm medo, e este senhor deve ter medo do culto braguista, e ao Sporting de Braga que cresce a olhos visto e faz tremer muita gente.
Presidente da Junta
  Re: grande texto
« Responder #16 em: 02 de Junho de 2007, 14:50 »
Alguns de vocês levaram o texto que eu escrevi um bocado à letra e eu se calhar também não foi muito claro. O Alberto Mendes não diz que é contra o bairrismo. Ele é contra o facto de esse bairrismo impedir muitos adeptos de aceitar com bons olhos a presença de uma maioria de bi-clubistas no estádio. Afinal de contas, se só os braguistas fossem ao estádio, não tinhamos assistencias maiores que as do Leiria. Esta é a verdade nua e crua. Tudo o que vocês disserem contra isto será pura revolta contra a realidade (que eu compreendo, aliás).
Muitos dos "braguistas" lutam contra si mesmos para recusar o preferenciazinha que eles próprios sentem por um dos grandes. Por isso acham que todos deviam ser assim. acho que é um bocado egoista, essa posição.
Por outro lado, acho que fica bem clara uma coisa: tendo Salvador feito um obra magnifica e sendo ele ligado a um grande, o braguismo pode ser entendido como anti-salvador neste sentido: se Salvador não é só do Braga, não é braguista. Daí eu entender (e o Alberto Mendes também) que o braguismo é uma forma camuflada de atacar o Presidente da SAD.
Jazzdevill Juniores
  • ***
  • 478
  Re: grande texto
« Responder #17 em: 02 de Junho de 2007, 15:14 »
Alguns de vocês levaram o texto que eu escrevi um bocado à letra e eu se calhar também não foi muito claro. O Alberto Mendes não diz que é contra o bairrismo. Ele é contra o facto de esse bairrismo impedir muitos adeptos de aceitar com bons olhos a presença de uma maioria de bi-clubistas no estádio. Afinal de contas, se só os braguistas fossem ao estádio, não tinhamos assistencias maiores que as do Leiria. Esta é a verdade nua e crua. Tudo o que vocês disserem contra isto será pura revolta contra a realidade (que eu compreendo, aliás).
Muitos dos "braguistas" lutam contra si mesmos para recusar o preferenciazinha que eles próprios sentem por um dos grandes. Por isso acham que todos deviam ser assim. acho que é um bocado egoista, essa posição.
Por outro lado, acho que fica bem clara uma coisa: tendo Salvador feito um obra magnifica e sendo ele ligado a um grande, o braguismo pode ser entendido como anti-salvador neste sentido: se Salvador não é só do Braga, não é braguista. Daí eu entender (e o Alberto Mendes também) que o braguismo é uma forma camuflada de atacar o Presidente da SAD.

Ó amigo, se genuinamente acreditas nas palermices que dizes então não posso fazer mais do que ter pena de ti. Sou absolutamente contra essa gente que gosta do braga como passatempo, pelos vistos tu além disso ainda és lambe-botas de algum idiota a quem dão o direito de escrever barbaridades. É um bom sinal, um excelente sinal, que essa raça em vias de extinção se sinta incomodada com a sua condição de vira-casacas. O seu incómodo é consigo mesmos, de todos estes anos viverem como traidores e nada mais. No que depender de mim irei continuar a incomodá-los, a provocá-los, para ou serem braguistas de corpo e alma ou abandonarem de vez as nossas bancadas para lá deixarem apenas os que honestamente se identificam com o seu clube. Quanto a ti, rapaz, puxa da graxa e dá ao lustro, mas do sofá, pois caso te sentes ao meu lado na pedreira com outro cachecol irás desejar ter tido outra escolha.
aurelio
  Re: grande texto
« Responder #18 em: 02 de Junho de 2007, 15:45 »
Alguns de vocês levaram o texto que eu escrevi um bocado à letra e eu se calhar também não foi muito claro. O Alberto Mendes não diz que é contra o bairrismo. Ele é contra o facto de esse bairrismo impedir muitos adeptos de aceitar com bons olhos a presença de uma maioria de bi-clubistas no estádio. Afinal de contas, se só os braguistas fossem ao estádio, não tinhamos assistencias maiores que as do Leiria. Esta é a verdade nua e crua. Tudo o que vocês disserem contra isto será pura revolta contra a realidade (que eu compreendo, aliás).
Muitos dos "braguistas" lutam contra si mesmos para recusar o preferenciazinha que eles próprios sentem por um dos grandes. Por isso acham que todos deviam ser assim. acho que é um bocado egoista, essa posição.
Por outro lado, acho que fica bem clara uma coisa: tendo Salvador feito um obra magnifica e sendo ele ligado a um grande, o braguismo pode ser entendido como anti-salvador neste sentido: se Salvador não é só do Braga, não é braguista. Daí eu entender (e o Alberto Mendes também) que o braguismo é uma forma camuflada de atacar o Presidente da SAD.

Acho mesmo que o que queres é meter um pouco de veneno no fórum!
Se fosses ao futebol ver o Braga, por exemplo, contra o Benfica verias que apenas escreves barbaridades. Alias, registaste-te apenas para dar um pouco de tanga!

Qdo a tua equipa jogar contra o Braga, em Braga, aparece e vais certamente ver quantos somos!
ZGANDULO
ZGANDULO Equipa Principal
  • *****
  • 1258
  Re: grande texto
« Responder #19 em: 02 de Junho de 2007, 16:03 »
   Boas a todos os Braguistas.

    O presidente da Junta tem razão...ser "Bi" é o que esta a dar...nada melhor que ter uma mulher e uma amante. A mulher para a lida da casa, comidinha a horas na mesa  e tratar da raça dos miudos que só nos dão dor de cabeça..a amante é só para pôr  a "escrita em dia....". Nada melhor que ter dois empregos...aquele em que não fazemos a ponta de um corno e o outro em que enganamos o patrão e gamamos o "matrial" para fazermos uns biscates por fora e onde, ai sim, ganhamos dinheiro...e assim por diante...bem vistas as coisas até ser bi-sexual dá direito a ser noticia nas revistas côr de rosa.
   O que me esta a parecer é que os bi-clubistas estão um pouco incomodados com o crescimento deste sentimento braguista...bem vistas as coisas este modo de estar na vida é em certa parte um reflexo de anos e anos de subserviencia aos ditos grandes, (que só o são porque existe uma camada enorme de clubes pequenos, mas honrados, que lhe vão alimentando o vicio). É também um reflexo do pais tacanho em que vivemos, onde a vassalagem e o lambe-botismo parace ser cultura nacional. Sim sou bairrista e com muito orgulho, e se todos os Portugueses fossem bairristas nas pequenas coisa do dia-a-dia esta tristeza franciscana em que o pais se esta a transformar nunca teria acontecido.
   Ao jornalista que escreveu tal artigo só tenho a dizer que não o conheço nem sei quêm é, e se escreve só para destabilizar os Braguistas e/ou a direcção do clube...meu caro amigo toma um Xanax que isso pode ser que passe. 
   Quanto a ti novo forista dou-te as boas vindas a este forum, mas se é com este espirito que aqui chegas só tenho que fazer minhas as palavras do padre da freguesia depois da homilia:
   Vai em paz e que o juizo te acompanhe...

   Viva o BRAGA

Ora cá está!!! ;)

Sem tirar uma virgula... ;D