Quantcast
Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
58 Respostas
5769 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27466
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #40 em: 22 de Outubro de 2023, 07:55 »
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27466
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #41 em: 22 de Outubro de 2023, 08:17 »
Lá continuará o clube como sempre, sem património (tem 36,99% da sad até ver)...a SAD agarra-se como uma lapa à estória de não querer colocar o clube em dificuldades para "azabarcar" todo o património que pode à custa do nome do SCB (clube...sem clube não haveria sad) e eventuais condições favoráveis que lhe proporciona, quer para a sua construção (academia) quer para a sua aquisição (emb).

Anuncios M
Anuncios M
Kiki Juvenis
  • **
  • 107
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #42 em: 22 de Outubro de 2023, 11:02 »
Umas das AG's mais esclarecedoras para quem vive o quotidiano do clube, não ficando dúvidas quanto às intenções e à visão da administração clube.

Lamenta-se a adesão escassa dos associados, o que é demonstrativo do quão alienado é o nosso universo associativo da gestão do clube. No entanto, há menos de 10 anos, éramos 1/6 dos sócios ontem presentes.

Por motivos óbvios não vou divulgar o que foi apresentado e escrutinado (é deplorável que andem a circular informações na CS que deveriam ficar na esfera interna doclube), mas sem dúvida que quem está presente neste e noutros momentos, fica em vantagem em relação à restante massa associativa (que por norma é farta de opiniões com fundamentação e evidência zero).

Lamenta-se a arrogância e os laivos de má educação com que o Presidente, António Salvador, responde aos associados que têm uma visão distinta da gestão do clube. Quem deveria dar o exemplo para que continue a elevação do debate nas nossas AG's, é quem está a estimular precisamente o contrário. Não ficaria surpreendido que numa das próximas AG's sejamos notícia de jornal.

Ficou, uma vez mais, demonstrado que os jovens/jovens adultos, entre os 18 e os 35 anos, são o estrato etário que por larga margem mais comparece e participa ativamente na AG.

Vou apenas partilhar um momento que na minha opinião merece ser do conhecimento comum:

Um jovem de cerca de 18 anos pediu a palavra e "puxou as orelhas" ao presidente do clube pelo facto de andarmos a ir a escolas de outro concelho (Ponte de Lima) quando apregoamos a máxima do "Apoia o clube da tua terra". Diz a sabedoria popular - "Não faças aos outros, o que não queres que te façam a ti". O presidente respondeu, novamente com rastos de má educação, que não concorda e que o SCB tem de ter uma implementação nacional, dando até exemplos que não correspondem de todo à verdade. Portanto, a visão do Sr. António Salvador, não é a de querer destruir a força dos eucaliptos e ajudar o futebol português a progredir coletivamente (onde andas tu G15), mas sim tornar-se mais um eucalipto a secar o pouco que resta.

Pessoalmente estou bastante preocupado com o futuro democrático do clube e, parece-me, que muito em breve, em contexto de AG extraordinária para discussão e aprovação dos novos estatutos, o clube vai passar por um processo de transformação.

Aguardemos.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5904
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #43 em: 22 de Outubro de 2023, 11:43 »
Acho que nunca houve dúvidas que o Braga queria ser um grande e não lutar contra os grandes. Há muito que o clube se comporta como tal. Na realidade a visão dos sócios também não é/será muito diferente da do presidente seja neste tema seja nos restantes, e por isso disse o que disse atrás sobre o controlo da SAD.
Kiki Juvenis
  • **
  • 107
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #44 em: 22 de Outubro de 2023, 12:20 »
Acho que nunca houve dúvidas que o Braga queria ser um grande e não lutar contra os grandes. Há muito que o clube se comporta como tal. Na realidade a visão dos sócios também não é/será muito diferente da do presidente seja neste tema seja nos restantes, e por isso disse o que disse atrás sobre o controlo da SAD.

A julgar pela amostra ontem na AG fico precisamente com a ideia contrária, todavia a amostra é pequena. Para aferir, factualmente, o que a massa associativa quer, só através de referendo (referendo que foi prometido pelo Sr. Salvador aquando da venda das acções da CMB e que nunca veio a acontecer). 
Zusco
Zusco Equipa Principal
  • *****
  • 2275
  • Quem não sente não entende
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #45 em: 22 de Outubro de 2023, 13:38 »
Lá continuará o clube como sempre, sem património (tem 36,99% da sad até ver)...a SAD agarra-se como uma lapa à estória de não querer colocar o clube em dificuldades para "azabarcar" todo o património que pode à custa do nome do SCB (clube...sem clube não haveria sad) e eventuais condições favoráveis que lhe proporciona, quer para a sua construção (academia) quer para a sua aquisição (emb).
apregoa que clube não tem dinheiro e não pretende dívidas ou situações de problemas financeiros. aí tudo bem. mas inventou-se tanto "subsídio" para passar dinheiro da SAD para o clube e era só arranjar outro para a situação da segunda fase ou estádio.

sobre os estatutos estou com um feeling que aquela cláusula de o clube ter que ter maioria nas sociedades que pertence, será removida ou alterada.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5904
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #46 em: 22 de Outubro de 2023, 15:41 »
Acho que nunca houve dúvidas que o Braga queria ser um grande e não lutar contra os grandes. Há muito que o clube se comporta como tal. Na realidade a visão dos sócios também não é/será muito diferente da do presidente seja neste tema seja nos restantes, e por isso disse o que disse atrás sobre o controlo da SAD.

A julgar pela amostra ontem na AG fico precisamente com a ideia contrária, todavia a amostra é pequena. Para aferir, factualmente, o que a massa associativa quer, só através de referendo (referendo que foi prometido pelo Sr. Salvador aquando da venda das acções da CMB e que nunca veio a acontecer).
A maioria dos que vão às assembleias são os que realmente se preocupam com o assunto, não necessariamente os únicos que se preocupam com o clube, mas com estes assuntos e outros do género e com o dia da dia do clube. 90% dos sócios do Braga (e nos outros não é diferente) não querem saber destes pormenores, desde que o clube ganhe, está tudo bem, importam-se lá se o clube é da SAd, do um chinês ou dos sócios.
Não me parece que algum dia vá haver referendo, nem se calhar faz sentido.
Mas o caminho do Braga e dos outros clubes tugas (ena europa o caminho é o mesmo) tem vindo a ser traçado aos poucos e poucos, até um dia que será isto ou não há clube, estilo do que aconteceu em Belenenses e outros semelhantes.
Bracarus
Bracarus Equipa Reservas
  • ****
  • 803
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #47 em: 22 de Outubro de 2023, 16:05 »
Sou sócio há várias décadas mas habitualmente vou às AGs da SAD da qual sou accionista também.
Mas confesso que fico meio estupefacto quando com o 2º maior resultado de sempre do SCB haja sócios a se absterem e até votarem contra...
Queixam-se que o Presidente fica mal educado ? Eu não estive, pelo que não sei se foi ou se não foi...
Mas se eu fosse presidente e perante isto, ia reagir como ? Se estamos a aprovar as contas, são as contas que se aprovam e não vamos misturar coisas. As contas são más ? Queriam mais ainda ??? Porque raio votam contra ????


Por fim acho muito bem que o SCB expanda o seu raio de ação para a região. Nós temos de crescer e o campo ajustado, é a nossa região, da quel Braga é capital de distrito e de província. Que mal há nisso ??? Querer comparar uma ação de marketing a clubes que espalham escolas e filiais suas de nore a sul ? Às vezes não entendo que raio de sócios nós temos. Arre....
« Última modificação: 22 de Outubro de 2023, 16:07 por Bracarus »
Anuncios M
Anuncios M
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5904
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #48 em: 22 de Outubro de 2023, 17:18 »
Sou sócio há várias décadas mas habitualmente vou às AGs da SAD da qual sou accionista também.
Mas confesso que fico meio estupefacto quando com o 2º maior resultado de sempre do SCB haja sócios a se absterem e até votarem contra...
Queixam-se que o Presidente fica mal educado ? Eu não estive, pelo que não sei se foi ou se não foi...
Mas se eu fosse presidente e perante isto, ia reagir como ? Se estamos a aprovar as contas, são as contas que se aprovam e não vamos misturar coisas. As contas são más ? Queriam mais ainda ??? Porque raio votam contra ????


Por fim acho muito bem que o SCB expanda o seu raio de ação para a região. Nós temos de crescer e o campo ajustado, é a nossa região, da quel Braga é capital de distrito e de província. Que mal há nisso ??? Querer comparar uma ação de marketing a clubes que espalham escolas e filiais suas de nore a sul ? Às vezes não entendo que raio de sócios nós temos. Arre....
Acho que houve um sócio que votou contra e um que se absteve... diria que a aprovação das contas é um não assunto.
No resto se o Braga expandir o raio de ação para a região basicamente está a roubar adeptos a outros clubes de outras cidades, é simples, seja o Vilaverdense (equipa que está mais perto da 1ªliga e até acaba de eliminar o farense), seja o Liminanos, seja o Gil Vicente ou o Guimarães ou o Esposende.
É exatamente isso que os grandes fizeram e fazem e vão continuar a fazer. O Porto também era essencialmente regional e às vezes nem isso, hoje é o que é. Obviamente a discussão regional acontece porque nem lá chegamos, a seguir se lá chegarmos a desculpa será outra qualquer para ser nacional.
Embora não vejo nada contra em o Braga ir a Ponte de lima (que até é distrito de Viana), ao Porto, a Faro ou à China, é-me completamente indiferente.
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 3360
  Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #49 em: 22 de Outubro de 2023, 17:40 »
Lá continuará o clube como sempre, sem património (tem 36,99% da sad até ver)...a SAD agarra-se como uma lapa à estória de não querer colocar o clube em dificuldades para "azabarcar" todo o património que pode à custa do nome do SCB (clube...sem clube não haveria sad) e eventuais condições favoráveis que lhe proporciona, quer para a sua construção (academia) quer para a sua aquisição (emb).
apregoa que clube não tem dinheiro e não pretende dívidas ou situações de problemas financeiros. aí tudo bem. mas inventou-se tanto "subsídio" para passar dinheiro da SAD para o clube e era só arranjar outro para a situação da segunda fase ou estádio.

sobre os estatutos estou com um feeling que aquela cláusula de o clube ter que ter maioria nas sociedades que pertence, será removida ou alterada.


Para não falar das “obrigações com o futebol feminino”…que além de saírem do clube (não vá ser rentável no futuro) tb já vai fomentar mais construção.
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 3257
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #50 em: 22 de Outubro de 2023, 19:17 »
Esta se calhar vai custar a alguns mas a verdade é que hoje em dia é muito fácil pra nós andarmos a pregar o credo do "apoia o clube da tua terra". Temos o clube sempre lá em cima, na Europa, e a crescer.

Esperar que um puto de Ponte de Lima tenha a mesma facilidade em apoiar o Limianos como nós temos em apoiar o Braga... completamente irrealista e isso é ser mais papista que o Papa.

Verdade pura e crua é que se o Braga fosse um Limianos ainda podíamos jogar no 1° de Maio porque quase ninguém ia aparecer.

Perdoem o desabafo.
Anuncios G
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5904
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #51 em: 22 de Outubro de 2023, 20:19 »
Esta se calhar vai custar a alguns mas a verdade é que hoje em dia é muito fácil pra nós andarmos a pregar o credo do "apoia o clube da tua terra". Temos o clube sempre lá em cima, na Europa, e a crescer.

Esperar que um puto de Ponte de Lima tenha a mesma facilidade em apoiar o Limianos como nós temos em apoiar o Braga... completamente irrealista e isso é ser mais papista que o Papa.

Verdade pura e crua é que se o Braga fosse um Limianos ainda podíamos jogar no 1° de Maio porque quase ninguém ia aparecer.

Perdoem o desabafo.
Obviamente o que dizes é verdade...
E também é fácil ir "roubar " adeptos às vilas à volta quando tens champions ou europa e estás na mó de cima.
Ponte de Lima tem 40 mil pessoas, podia perfeitamente um dia chegar à 1º liga, não faltam equipas de vilas com menos meios ou pelo menos possibilidades a chegar lá, isto já nem indo a Viana por exemplo.
Em Braga as coisas vão mudando muito graças aos resultados, felizmente. Mesmo socialmente ser dos chamados grandes já foi mais cool um pouco por todo o lado. O impacto social do futebol embora grande também já foi bem maior, hoje está muito longe de ser "obrigatório" ter um clube de futebol.
Já agora no caso do Braga seria curioso saber o nº de sócios "estrangeiros", parece-me que a chegada de brasileiros à cidade teve mais impacto que qualquer outra medida até hoje.
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 3257
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #52 em: 22 de Outubro de 2023, 20:30 »
Esta se calhar vai custar a alguns mas a verdade é que hoje em dia é muito fácil pra nós andarmos a pregar o credo do "apoia o clube da tua terra". Temos o clube sempre lá em cima, na Europa, e a crescer.

Esperar que um puto de Ponte de Lima tenha a mesma facilidade em apoiar o Limianos como nós temos em apoiar o Braga... completamente irrealista e isso é ser mais papista que o Papa.

Verdade pura e crua é que se o Braga fosse um Limianos ainda podíamos jogar no 1° de Maio porque quase ninguém ia aparecer.

Perdoem o desabafo.
Obviamente o que dizes é verdade...
E também é fácil ir "roubar " adeptos às vilas à volta quando tens champions ou europa e estás na mó de cima.
Ponte de Lima tem 40 mil pessoas, podia perfeitamente um dia chegar à 1º liga, não faltam equipas de vilas com menos meios ou pelo menos possibilidades a chegar lá, isto já nem indo a Viana por exemplo.
Em Braga as coisas vão mudando muito graças aos resultados, felizmente. Mesmo socialmente ser dos chamados grandes já foi mais cool um pouco por todo o lado. O impacto social do futebol embora grande também já foi bem maior, hoje está muito longe de ser "obrigatório" ter um clube de futebol.
Já agora no caso do Braga seria curioso saber o nº de sócios "estrangeiros", parece-me que a chegada de brasileiros à cidade teve mais impacto que qualquer outra medida até hoje.
Sim, eu não discordo com nada do que disseste, apenas quis apontar alguma da hipocrisia que reina nalguns dos nossos adeptos, especialmente entre os mais novos que praticamente nunca viram um Braga medíocre e de meio de tabela, quanto mais de divisões secundárias. Quer as pessoas o admitam a elas próprias ou não, a performance desportiva importa e não é pouco; é muito mais entusiasmante apoiar um clube que compete e por vezes ganha que um que anda pelo Campeonato de Portugal sem grandes perspetivas de subir.
Eu tenho muito apreço pela nossa massa adepta mas temos que ser realistas: ser do Braga é o "mais fácil" que há no que toca a ser de um não grande. Pode um dia vir a mudar, o futebol dá muitas voltas, mas ao dia de hoje a verdade é essa.

Em relação aos brasileiros, não me parece que nesse aspeto eles sejam muito diferentes de nós. Já apanhei de tudo: dos nossos e dos grandes.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 16317
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #53 em: 22 de Outubro de 2023, 21:23 »
O Limianos deve ter estado meia duzia de vezes na II Divisão B.
Não devem ter existido muitas equipas das áreas onde a agricultura é forte e a industria reduzida: Alto Minho, Trás os montes, Alentejo. Além disso é nestas zonas que provavelmente ajudada pela falta de clubes fortes foi onde mais se instalou o "ser dos 3 grandes" apesar de serem as áreas mais distantes.

Hoje em dia a população e tecido empresarial pouco importam. O dinheiro vem de qualquer lado. Veja se o AVS que andou a dançar. Ou o vilaverdense. O Famalicão tb podia ter vindo de qualquer lado.

E ser dos 3 grandes não era por ser cool. É porque são mesmo. Porque cresceram e continuam a crescer. Por acaso na tv ou noutra publicação há alguma coisa para lá dos 3 grandes. Não é ser cool. É responder sou do Braga e perguntarem "ta bem, mas dos 3 grandes de qual és?" Isto não é passado é presente. O que terá mudado é que agora existe gente que liga pouco ou nada ao futebol.

Mas quem muito critica os bracarenses que são dos metralhas ou até os biclubistas, os que se insurgem contra lojas e quiosques não podem concordar que o Braga meta foice em seara alheia.

Ou o apoiar o clube da terra, e como tal, quem é de Braga deveria apoiar o Braga tem um * que diz "só se o clube da tua terra estiver na I Liga"?
Pro ano com sorte já podemos fazer prospecção em Chaves ou Vizela?


Enviado do meu SM-A346B através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5904
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #54 em: 22 de Outubro de 2023, 23:54 »
Quando falei em ser cool ser dos grandes, era quando não havia nada para além do futebol. Hoje em dia se disser que não é de nenhum passa-se à frente. Antes era obrigatório ser de um clube e claro dos 3 grandes. E era cool responder dos grandes. Hoje o futebol é o que é, os putos gostam de futebol, jogam futebol, mas têm milhentas outras coisas a que ligam mais que o futebol.
Hoje é verdade que em Braga vai mudando graças aos resultados, mas no resto do país nota-se alguma mudança, por pouca que seja, mesmo tendo como dizes Rpo castro os grandes a exclusividade das TVs e jornais ainda mais que no passado, por incrível que pareça.
Mesmo as enchentes dos grandes não é bem o que já foi no passado diria que quase em lado nenhum, embora ainda aconteçam, especialmente quando os resultados também ajudam.
Por mim cada um que seja de quem quiser, desde que não me chateiem, tudo bem, seja em Braga, Guimarães ou Lisboa.
guerreiro1921 Equipa Principal
  • *****
  • 3022
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #55 em: 23 de Outubro de 2023, 00:47 »
Assembleia riquíssima em termos de conteúdo. É como disseram aqui anteriormente, quem está presente nestes momentos acaba por estar mais à frente que os restantes sócios. Muita muita informação relevante.

Para além da questão da composição da SAD, a questão dos estatutos também me deixou muito preocupado. Vai ser preciso estar muito atento!

Acho muito bem que a AG seja no pavilhão. Mas estou como o Tiago, em termos de conforto e de visibilidade deixa muito a desejar.

Nota para a composição da plateia com muitos jovens, assim como para as intervenções dos sócios mais jovens, muito bem feitas,  com bons argumentos e sustentadas em dados concretos. É muito bom ver que a geração mais nova se preocupa com o futuro do clube, muito mais do que qualquer golo ou vitória conseguida. Sem desprimor para uma ou duas intervenções de sócios mais velhos, também elas muito boas.

Por fim, um lamento. Acho que está mais do que na altura de se implementar o voto secreto. Primeiro, porque só assim o voto é totalmente livre. Segundo, porque deixa-me desconfortável as cabeças levantadas à caça dos sócios que votam contra e se abestêm. E, terceiro, para evitar as ideias da direcção de que são sempre os mesmos a votar contra e que votam contra só por votar.
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 3360
  Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #56 em: 23 de Outubro de 2023, 01:30 »
Assembleia riquíssima em termos de conteúdo. É como disseram aqui anteriormente, quem está presente nestes momentos acaba por estar mais à frente que os restantes sócios. Muita muita informação relevante.

Para além da questão da composição da SAD, a questão dos estatutos também me deixou muito preocupado. Vai ser preciso estar muito atento!

Acho muito bem que a AG seja no pavilhão. Mas estou como o Tiago, em termos de conforto e de visibilidade deixa muito a desejar.

Nota para a composição da plateia com muitos jovens, assim como para as intervenções dos sócios mais jovens, muito bem feitas,  com bons argumentos e sustentadas em dados concretos. É muito bom ver que a geração mais nova se preocupa com o futuro do clube, muito mais do que qualquer golo ou vitória conseguida. Sem desprimor para uma ou duas intervenções de sócios mais velhos, também elas muito boas.

Por fim, um lamento. Acho que está mais do que na altura de se implementar o voto secreto. Primeiro, porque só assim o voto é totalmente livre. Segundo, porque deixa-me desconfortável as cabeças levantadas à caça dos sócios que votam contra e se abestêm. E, terceiro, para evitar as ideias da direcção de que são sempre os mesmos a votar contra e que votam contra só por votar.
Acho que a questão dos estatutos vai ser fulcral e sinceramente tem tudo para dar grande barraca caso o escrutínio continue a ser marginal por parte dos sócios.

São notórias as decisões opacas e sem consulta tomadas pela direção nos últimos tempos (desde a cidade desportiva, constituição da SAD, estádio, relação SAD-Clube/modalidades etc) e nem por termos associados a manifestar o seu desagrado, de forma clara e fundamentada nas suas intervenções, existem explicações suficientemente claras…é só chavões de crescimento e de competitividade.
Aliás, do lado da direção o sentimento que passa é sempre o mesmo, as AGs são um pro-forma que eles querem despachar o mais rápido possível sem grande alarido. E mesmo assim o AS consegue sempre mostrar a sua característica falta de auto-controlo…a verdade é que sempre que ele se “enerva” é bom sinal. No entanto, ele enerva-se com pouco diga-se.

Em relação aos momento de intervenção dos sócios…em relação às votações nem vi nada de mais. Tendo em conta as alterações no RC do próximo até me pareceu que a votação foi bem simpática para a direção. O homem não pode ver meia dúzia de abstenções que lhe dá logo a cólica. Gostei das intervenções de modo geral, como tem sido apanágio das AGs transatas. Sem desmerecer as intervenções, que foram de grande valor, só tenho pena que não haja intervenções de sócios com outro “peso” ou com outras ambições…isso seria sempre importante e a falta de concorrência (para mim) será sempre preocupante.
« Última modificação: 23 de Outubro de 2023, 01:54 por AMartins »
Kiki Juvenis
  • **
  • 107
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #57 em: 23 de Outubro de 2023, 12:15 »
Sou sócio há várias décadas mas habitualmente vou às AGs da SAD da qual sou accionista também.
Mas confesso que fico meio estupefacto quando com o 2º maior resultado de sempre do SCB haja sócios a se absterem e até votarem contra...
Queixam-se que o Presidente fica mal educado ? Eu não estive, pelo que não sei se foi ou se não foi...
Mas se eu fosse presidente e perante isto, ia reagir como ? Se estamos a aprovar as contas, são as contas que se aprovam e não vamos misturar coisas. As contas são más ? Queriam mais ainda ??? Porque raio votam contra ????


Por fim acho muito bem que o SCB expanda o seu raio de ação para a região. Nós temos de crescer e o campo ajustado, é a nossa região, da quel Braga é capital de distrito e de província. Que mal há nisso ??? Querer comparar uma ação de marketing a clubes que espalham escolas e filiais suas de nore a sul ? Às vezes não entendo que raio de sócios nós temos. Arre....

Como disse anteriormente, malta cheia de opiniões mas sem conhecimento de causa. A função do presidente do clube é responder às perguntas que lhe são endereçadas, no caso da AG, muito bem fundamentadas. Se a reacção perante este processo normal em democracia é má educação e normaliza-se esse comportamento, possivelmente, no futuro, vamos ter troca de murros em vez de argumentos. 
« Última modificação: 23 de Outubro de 2023, 12:19 por Kiki »
guerreiro1921 Equipa Principal
  • *****
  • 3022
  Re: Assembleia Geral 2023 - 21 de Outubro - 9h30 - Pavilhão da Cidade Desportiva
« Responder #58 em: 26 de Novembro de 2023, 19:42 »
Os lamentáveis acontecimentos na última AG do Porto deviam fazer toda a gente refletir sobre aquilo que queremos para o nosso clube.

1- Já tivemos momentos quentinhos nas AGs - quem não se lembra de quando o Salvador se levantou e foi embora "refletir" depois de alguns sócios terem votado contra o orçamento; ou das constantes picardias entre sócios e o presidente da Mesa (agora muito mais calmo e pacificador) mas, felizmente, nada que se assemelhe àquelas vergonhas no Dragão Caixa

2- Aliviado por saber que as nossas claques nunca serão uma "guarda pretoriana" da direcção. Antes pelo contrário, têm mostrado ter muito sentido crítico (e construtivo) na defesa e melhoria do nosso clube.

3- Já tinha falado sobre isto e volto a reforçar. Sou totalmente a favor, e acho extremamente necessário, que se altere a forma de votar de braço no ar para voto em urna. Primeiro, porque só assim se garante o voto em plena liberdade. Segundo, porque acaba com as cabeças dos sócios levantadas a rodopiar para um lado a para o outro à procura de quem vota contra ou se abstem. E, terceiro, evita algumas boquinhas desnecessárias e perseguições da direção a alguns sócios (ainda na última AG voltou a acontecer)

4- a questão dos estatutos - a par da constituição da SAD - é o assunto que mais me preocupa neste clube. Andamos há anos a discutir a alteração dos estatutos. A revisão dos estatutos está atrasada 2 anos e, pela postura do presidente do Conselho Geral nas AGs, não parece haver grande preocupação com isso. Não sabemos que alterações serão feitas. Não sabemos quem constitui a equipa que está a trabalhar nessas alterações. Não há abertura para que os sócios participem e discutam os estatutos. Não sabemos quando serão apresentados. Não sabemos quanto tempo teremos para analisá-los antes da votação.

Um assunto tão importante para a vida do clube merecia mais transparência por parte de quem está encarregue dele; e mais preocupação de todos os sócios com aquela que é a Constituição do nosso clube. Não adormeçamos!
 

Anuncios M