Quantcast
Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
8010 Respostas
324057 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8000 em: 31 de Julho de 2021, 09:43 »
maisfutebol.iol.pt

Supertaça: um guião de A a Z para o Sporting-SC Braga

Depois de 1982, leões e guerreiros voltam a encontrar-se na decisão da prova, à 43.ª edição. Os números e as curiosidades para a final deste sábado em Aveiro

Ricardo Jorge Castro

A: Andrés

Se há jogadores que sabem o que é vencer a Supertaça, são os Andrés do Sp. Braga: Castro e Horta. O primeiro venceu-a pelo FC Porto em 2012, embora não tenha saído do banco contra a Académica, na vitória por 3-0. Pelos mesmos números, mas em 2016 pelo Benfica, André Horta festejou a Supertaça, precisamente contra o SC Braga: jogou os 90 minutos. São dois de três nomes que vão a jogo este sábado [além de Paulo Oliveira, ver abaixo] que já sabem o que é conquistar o troféu.

B: Bis

Há 13 jogadores que já bisaram na Supertaça e quatro deles foram do Sporting: Jordão (o único da história que bisou por duas vezes), além de Ricardo Sá Pinto, Ricardo Fernandes e Yannick Djaló.

C: Carlos Carvalhal

O treinador do Sporting de Braga volta, 19 anos depois e novamente como treinador, a uma final da Supertaça. Em 2002, comandou o Leixões na final realizada no Estádio do Bonfim, perdida precisamente para o Sporting, por 5-1.

D: Dez

O número de vezes que o Sporting já esteve na Supertaça. Venceu a prova em oito dessas ocasiões.

E: Estreia

Seja para o lado de Ruben Amorim ou para o lado de Carlos Carvalhal, a Supertaça de 2021 vai trazer uma estreia com um novo treinador vencedor.

F: Formoso

«Pé-canhão» na elite do futebol português na década de 90, o esquerdino, hoje com 47 anos, foi o autor do último dos quatro golos do SC Braga na Supertaça. Foi há quase 23 anos, no Estádio 1.º de Maio, na final de 1998 a duas mãos, com o FC Porto. Recorde os golos desse jogo:

G: Goleada

É entre Sporting e Sporting de Braga que se regista uma das três maiores goleadas da história da Supertaça. Na segunda mão da final de 1982, os leões venceram o SC Braga por 6-1. A segunda foi do FC Porto ao Boavista, em 1996, por 5-0, o mesmo resultado do Benfica-Sporting em 2019.

H: Hat-trick

Só dois jogadores marcaram três golos num só jogo na história da Supertaça e um deles foi do Sporting, precisamente ao SC Braga: Manuel Fernandes, em 1982. Antes, Jacques fez o mesmo pelo FC Porto, em 1981, ante o Benfica. Será que há terceiro este sábado?

I: Inverso

Se é verdade que o Sporting conseguiu um das três maiores goleadas na prova com o 6-1 ao SC Braga em 1982, foram também os leões a sofrer uma das derrotas mais pesadas, com o 5-0 aplicado pelo Benfica há dois anos.

J: João Pinto

O camisola 2, que foi um dos heróis do FC Porto da Liga dos Campeões em 1987, é também o jogador com mais títulos na Supertaça. Ninguém ganhou mais do que ele: oito. Artur Jorge é o treinador com mais títulos: três.

L: Local

O local da final 2021 é Aveiro, tal como já tinha acontecido entre 2016 e 2018 e entre 2009 e 2014. É a décima vez que o Municipal aveirense recebe a prova, num estádio onde o FC Porto já festejou seis vezes e o Benfica três.

M: Mais golos

Foi o único e anterior duelo entre Sporting e SC Braga que proporcionou, até agora, a edição da Supertaça com mais golos: foram dez, em 1982, com um agregado de 7-3 para o Sporting. De notar, claro, que nesse ano foi disputada a dois jogos e não a um, como atualmente.

N: Nova tentativa

Há quatro jogadores que já estiveram em finais de Supertaça perdidas e que vão ter nova tentativa para vencer a prova este sábado. Coates, Luís Neto e Luís Maximiano estiveram na final do Sporting perdida para o Benfica em 2019 e Matheus Magalhães na final que o SC Braga perdeu para as águias em 2016.

O: Oito

O número de títulos do Sporting na prova, tantos quantos o Benfica e menos que o FC Porto, que tem 22. 1982, 1987, 1995, 2000, 2002, 2007, 2008 e 2015 foram os anos da glória leonina.

P: Paulo Oliveira

É um dos casos curiosos desta Supertaça. Não só é um dos poucos que volta à decisão da prova, como é o único dos protagonistas deste sábado que sabe o que é vencê-la pelo Sporting. Esteve na última conquista dos leões, em 2015, no Algarve: foi titular e fez os 90 minutos com o Benfica.

A 9 de agosto de 2015, Paulo Oliveira esteve do lado do Sporting na conquista da Supertaça. Aqui, num lance com Jonas

Q: Quatro

O número de jogadores que marcaram pelo Sporting de Braga na Supertaça. Além de Formoso, em 1998, fizeram-no Vítor Oliveira, Jorge Gomes e Fontes, estes últimos três na final a duas mãos com o Sporting, em 1982.

R: Rui Jordão

O melhor marcador do Sporting na Supertaça, com cinco golos, a um do máximo goleador da prova, Domingos Paciência. A «gazela» bisou por duas ocasiões (1980 e 1982). É mesmo o único jogador dos leões que marcou em três jogos distintos na prova.

S: Setenta

A Supertaça já teve um total de 70 jogos disputados nas 42 anteriores edições. Em 1979 (primeira edição) e de 2001 até ao presente, foi disputada a um jogo. De 1980 a 2000 foi a dois jogos, excetuando 1984, que precisou de uma finalíssima (quatro jogos) para apurar o campeão, bem como 1991, 1993, 1994, 1995 e 2000, anos de um terceiro jogo, necessário para desempate.

T: Três

O número de participações anteriores do Sporting de Braga na Supertaça, todas perdidas: uma para Benfica (2016), outra para FC Porto (1998) e outra para Sporting (1982).

U: Um a zero

O resultado mais comum na Supertaça. Aconteceu por 20 vezes em 70 jogos.

V: Vinte e sete

O número de golos do Sporting na Supertaça, nos 13 jogos das dez finais que disputou. Além de Rui Jordão (cinco golos), Manuel Fernandes (três), Yannick Djaló (dois), Ricardo Fernandes (dois), Ricardo Sá Pinto (dois) e Silvinho (dois) também marcaram por mais do que uma vez. Téo Gutiérrez, Marat Izmailov, Marius Niculae, Kutuzov, Carlos Martins, Acosta, Carlos Xavier, Paulinho Cascavel, Lito e Carlos Freire marcaram um golo cada. Houve ainda um autogolo a beneficiar os leões.

X: Xadrez

Foi nesses tons que se fez a primeira festa da competição, com o Boavista a vencer o FC Porto por 2-1, em 1979. De resto, a história da Supertaça tem origens com a transferência de Albertino do Boavista para o FC Porto. Depois de duas edições oficiosas, em 1981 a Supertaça passou a estar sob a organização da Federação.

Z: Zeros

Esta vai ser a 22.ª edição da Supertaça disputada a um só jogo, em campo neutro, e só por uma vez nas 21 anteriores é que o jogo terminou empatado a zeros. Foi em 2014, no Benfica-Rio Ave, só decidido nas grandes penalidades. Todas as outras finais a um jogo tiveram pelo menos um golo no tempo regulamentar.

em: https://maisfutebol.iol.pt/numeros/aveiro/supertaca-um-guiao-de-a-a-z-para-o-sporting-sp-braga
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8001 em: 31 de Julho de 2021, 10:14 »
desporto.sapo.pt

Antevisão: Sporting e SC Braga lutam pelo primeiro título da época

O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira em futebol, está marcado para sábado, no Estádio Municipal de Aveiro, com início às 20:45.

Esta noite, o campeão nacional Sporting e o vencedor da Taça de Portugal Sporting de Braga disputam o primeiro título da temporada, no Estádio Municipal de Aveiro, a partir das 20h45.

O Estádio Municipal de Aveiro não estará a 100%, mas já é permitida 33% da lotação, cerca de 10.000 espetadores - com máscara, distanciamento e certificados de vacinação completa ou teste de covid-19 negativos -, número que não se via num jogo de uma competição nacional há mais de um ano e quatro meses.

Se os ‘leões’ chegam a este jogo como campeões nacionais, enquanto o Sporting de Braga chega a Aveiro depois de arrebatar o último troféu da época passada, a Taça de Portugal, conquistado em Coimbra, numa final com o Benfica, que venceu por 2-0, em 23 de maio.

Os vencedores das duas principais provas da época passada vão também reeditar a final da Taça da Liga, que os ‘leões’ venceram por 1-0, em 23 de janeiro, em Leiria, com um golo do espanhol Pedro Porro, o grande ausente do jogo de sábado.

Histórico de confrontos

O encontro desta noite é o 153º entre Sporting e Sporting de Braga, em todas as competições: 130 no campeonato nacional, 16 na Taça de Portugal, dois na Supertaça e quatro na Taça da Liga.

No geral, os leões têm vantagem sobre os arsenalistas, sendo que venceram 94 jogos (62%) e perderam 35 (23%). Já 23 jogos (15%) terminaram com um empate no marcador.

Nos últimos cinco embates, o Sporting venceu três e perdeu dois. O mais recente encontro entre os dois emblemas aconteceu a 25 de abril deste ano, para a 29ª jornada do campeonato nacional e terminou com uma vitória dos leões por 1-0, na Pedreira. Também o encontro da primeira volta da temporada 2020/2021 foi de vitória para o Sporting 2-0.

Pelo meio, as duas equipas enfrentaram-se na final da Taça da Liga, no final de janeiro deste ano, e foi mais uma vez o Sporting a vencer. A última vez que o Sporting de Braga venceu o clube de Alvalade foi em fevereiro de 2020, por 1-0, na 19ª jornada da época 2019/2020.

Olhando apenas para os dois encontros da Supertaça, estes remontam a 1982, quando a final ainda era disputada a duas mãos. O Sporting de Braga até venceu a primeira mão, por 2-1, mas foi goleada na segunda, por 6-1, e foi o Sporting quem levantou o troféu.

As equipas

Na qualidade de campeão, e de vencedor dos três duelos com os ‘arsenalistas’ em 2020/21, o Sporting parte como favorito, até porque, mais uma vez, reforçou-se em Braga – depois de Rúben Amorim e Paulinho, foi agora a vez de Ricardo Esgaio.

Os ‘leões’ poderão, assim, arrancar com Adán, os centrais Gonçalo Inácio, Coates e Feddal, os laterais Esgaio e Nuno Mendes, os médios centrais Palhinha e Matheus Nunes e um trio na frente, composto por Pedro Gonçalves, Jovane e Paulinho, precisamente o ‘onze’ do último teste, com o Lyon (3-2, no domingo).

Por seu lado, o Sporting de Braga também não deverá apresentar muitos reforços no ‘onze’, prevendo-se que sejam duas as novidades, o central Paulo Oliveira (ex-Eibar), que já foi ‘leão’, e o lateral direito brasileiro Fabiano, de regresso a Braga após empréstimo em 2020/21 à Académica.

Os comandados de Carlos Carvalhal deverão entrar no mesmo ‘3-4-3’ do Sporting, com os centrais Paulo Oliveira, Raul Silva e Sequeira, à frente de Matheus, Fabiano e Galeno nos corredores, Al Musrati e Castro como médios centrais e um trio na frente, composto por Fransérgio, Ricardo Horta e Abel Ruiz.

André Horta, Lucas Piazón e o espanhol Mario González, que brilhou a época passada pelo Tondela, são outras grandes ‘armas’ dos bracarenses, ainda desfalcados do central David Carmo, em recuperação de uma lesão grave.

O que dizem os treinadores

Rúben Amorim, treinador do Sporting: "A época vai ser muito mais desgastante, um desafio enorme, vamos jogar competições diferentes, temos mais responsabilidade, mas vamos encarar sem receio. Tivemos uma época muito boa, mas com pontos muito baixos também e temos de ter atenção a esses momentos, sabendo que no Sporting há muita cobrança. Olhamos para o novo desafio com muito entusiasmo."

Carlos Carvalhal, treinador do Sporting de Braga: "Se pudermos fazer o que não foi feito… O que nos move é ganhar os troféus, em ano e pouco esta é a terceira final, é um muito bom sinal o Braga estar presente nas decisões. Se pudermos ficar na história por ganhar pela primeira vez a Supertaça, tem o seu peso".

Arbitragem

O árbitro João Pinheiro vai ser o responsável por dirigir o encontro da Supertaça entre Sporting e Sporting de Braga, segundo anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

João Pinheiro, de 33 anos, da Associação de Futebol de Braga, será acompanhado pelos assistentes Tiago Costa e Nuno Eiras, enquanto Gustavo Correia foi designado quarto árbitro.

No videoárbitro (VAR) estará André Narciso.


O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira em futebol, está marcado para sábado, no Estádio Municipal de Aveiro, com início às 20:45.

em: https://desporto.sapo.pt/futebol/supertaca/artigos/antevisao-sporting-e-sc-braga-enfrentam-se-na-luta-pelo-primeiro-titulo-da-epoca
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8002 em: 31 de Julho de 2021, 12:50 »
Nomes e números da Supertaça

Sporting e SC Braga discutem, em Aveiro, o vencedor da Supertaça Cândido de Oliveira 2021. O zerozero apresenta-lhe as principais curiosidades, números e nomes da competição.

Edições disputadas. 43 (contando já com a de 2021)

Equipas que já participaram na competição:

16 Vencedores: 5 (FC Porto, Benfica, Sporting, Boavista e Vitória SC)

Maior vencedor: FC Porto, 22

Mais jogos: FC Porto, 55

Mais vitórias: FC Porto, 27

Mais golos: FC Porto, 70

Mais golos sofridos: Benfica, 44

Jogador com mais jogos: João Pinto, 25

Jogador com mais golos: Domingos Paciência: 6

Jogadores com mais títulos: Vítor Baía e João Pinto, 8

Mais golos num jogo: Jacques (FC Porto, 1981) e Manuel Fernandes (Sporting, 1982)

Treinador com mais títulos: Artur Jorge, 3

Jogo com mais golos: Sporting x SC Braga, 6x1, em 1982

Maiores goleadas: Sporting x SC Braga, 6x1 (1982); Benfica x FC Porto, 0x5 (1996); Benfica x Sporting, 5x0 (2019)

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=331382

Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8003 em: 31 de Julho de 2021, 12:55 »
bolanarede.pt

Supertaça | Começar a época da melhor maneira

Supertaça Cândido de Oliveira: sábado, 20h45, 31 de julho de 2021

ANTEVISÃO: CAMPEÃO NACIONAL MEDE FORÇAS COM O VENCEDOR DA TAÇA


Sporting CP e SC Braga enfrentam-se neste sábado no Estádio Municipal de Aveiro. Num encontro que terá a Supertaça Cândido de Oliveira em jogo, leões e arsenalistas querem levar mais um troféu para casa. A equipa de Rúben Amorim conquistou a Primeira Liga, para além da Taça da Liga, pelo que os comandados de Carlos Carvalhal venceram a Taça de Portugal.

Na pré-época, o Sporting CP venceu oito dos nove encontros que disputou, arrecadando o Troféu Cinco Violinos após uma vitória por 3-2 diante do Lyon. Por sua vez, o SC Braga apenas conseguiu ganhar quatro jogos de oito disputados. Ainda assim, não perdeu nenhum, empatando os restantes.

No que diz respeito a baixas, o espanhol Pedro Porro será a única ausência no lado dos campeões nacionais, pelo que deverá avançar Ricardo Esgaio, ex-SC Braga, para o seu lugar. Na equipa minhota, destaque para as ausências de Lucas Piazón, que não poderá jogar por ter sido expulso na final da Taça de Portugal, Fábio Martins, também ele a cumprir castigo, e de David Carmo, ainda a recuperar de uma grave lesão contraída na temporada passada.

10 DADOS RÁPIDOS

O Sporting CP participará enquanto campeão nacional na Supertaça Cândido de Oliveira pela primeira vez desde 2002 (vitória por 5-1 diante do Leixões… de Carlos Carvalhal).

Os leões já conquistaram a prova oito vezes, sendo a última em 2015, diante do SL Benfica. O SC Braga nunca venceu a competição, tendo sido derrotado na final em três ocasiões.

O único confronto entre ambas as equipas na Supertaça Cândido de Oliveira foi em 1982, conquistada pelo Sporting CP (7-3 no agregado).

O último jogo entre as duas equipas foi histórico para o Sporting CP: vitória (0-1) em Braga, a jogar em inferioridade numérica desde o início da partida, naquele que foi o encontro que praticamente sentenciou o título para os Leões.

Será um jogo de muitos reencontros: para além de Rúben Amorim, João Palhinha e Paulinho, Ricardo Esgaio irá reestrear-se oficialmente pelo Sporting CP diante da sua antiga equipa.

Paulo Oliveira, de regresso a Portugal, irá enfrentar o Sporting CP, o último clube português que representou antes de se transferir para o Eibar.

Em finais nacionais, o SC Braga nunca derrotou o Sporting CP (duas finais da Taça de Portugal, uma da Taça da Liga e uma da Supertaça Cândido de Oliveira).

O melhor marcador do confronto é Manuel Fernandes, do Sporting CP, que apontou 23 golos em 26 jogos diante do SC Braga.

As equipas já se enfrentaram 152 vezes em jogos oficiais, com 94 vitórias do Sporting CP, 23 empates e 35 vitórias do SC Braga.

Se derrotar o SC Braga, o Sporting CP terá conquistado todos os troféus a nível nacional num espaço de dois anos.

JOGADORES A TER EM CONTA

Paulinho –
Contratação mais cara da história do clube, o avançado de 28 anos trocou Braga por Alvalade. Apesar de não ter marcado tantos golos quanto seria esperado, apontou o golo do título no jogo decisivo diante do FC Boavista. No último jogo desta pré-época, deixou uma boa impressão, marcando duas vezes frente ao Lyon. Um bom cartão de visita para a principal referência do Sporting CP, que certamente quererá marcar diante da sua antiga equipa.

Al Musrati – O médio defensivo líbio foi um dos melhores jogadores do último campeonato e, caso permaneça na cidade dos arcebispos, continuará a ser um jogador absolutamente fundamental para Carlos Carvalhal. O camisola oito arsenalista é um jogador com grande capacidade de passe e fortíssimo nas recuperações, um papel semelhante ao de João Palhinha no Sporting CP. Será travada, naturalmente, uma dura batalha a meio-campo em Aveiro.

XI’S PROVÁVEIS

Sporting CP:
Adán, Inácio, Coates, Feddal, Nuno Mendes, João Palhinha, Matheus Nunes, Ricardo Esgaio, Pedro Gonçalves, Jovane e Paulinho.

Treinador: Rúben Amorim

‘’Estamos bem, foi um mês que deu para trabalhar bem, recuperar os índices físicos e para a malta voltar a ganhar rotinas. Estamos preparados para o jogo de amanhã.’’

SC Braga: Matheus, Paulo Oliveira, Raul Silva, Sequeira, Fabiano, Al Musrati, Castro, Galeno, Fransérgio, Ricardo Horta e Abel Ruiz.

Treinador: Carlos Carvalhal

‘’Com muito respeito pelo Sporting, mas queremos vencer e trazer a Supertaça para Braga. Em cem anos de história, o clube nunca venceu.’’

em: https://bolanarede.pt/nacional/sporting/supertaca-comecar-a-epoca-da-melhor/
Anuncios V
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8004 em: 31 de Julho de 2021, 12:57 »
tribunaexpresso.pt

Já há vencedor na Supertaça: as bancadas do estádio

Além do primeiro troféu que há para conquistar na temporada, Braga e Sporting vão jogar em Aveiro, este sábado, (20h45, TVI) diante de adeptos pela primeira vez em ano e meio


É verdade que de um lado está o campeão que pôde aparar as longas barbas de náufrago eremita numa ilha ao fim de 19 anos, vivendo agora num incomum clima de tranquilidade. É factível também que, do outro, estará a equipa alvo de muitas eulogias à forma como estava em campo com bola, em organização para atacar a baliza dos outros, durante a época passada. O regresso aos futebóis oficiais do titulado Sporting de Rúben Amorim e o prometedor Braga de Carlos Carvalhal, contudo, não será a mais atraente das novidades a entrar no Estádio Municipal de Aveiro.

Quando, este sábado (20h45, TVI), um dos recintos moribundos que foi erguido para o Europeu de 2004 e, com o tempo, deixado ao acaso abrir as portas, deixará entrar pessoas para se sentarem nas bancadas e assistirem à final da Supertaça de Portugal. Será a primeira vez em ano e meio que haverá um jogo em Portugal continental com público — o último, a 12 de março de 2020, foi em Guimarães, onde o Vitória ganhou ao Paços de Ferreira, a contar para a I Liga. No final, como tantos outros antes dele, André André, o capitão dos vimaranenses, admitiu que “foram os adeptos que [os] levaram à vitória”.

em: https://tribunaexpresso.pt/futebol-nacional/2021-07-31-Ja-ha-vencedor-na-Supertaca-as-bancadas-do-estadio-243b6c93
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8005 em: 31 de Julho de 2021, 12:59 »
tribunaexpresso.pt

Carlos Carvalhal: “Se pudermos fazer o que não foi feito... O que nos move é ganhar os troféus”

Presente na final da Supertaça deste sábado (20h45, TVI) por ter conquistado a Taça, na época passada, o treinador do Braga sublinhou mais uma vez que o objetivo do clube minhoto é ir ganhando mais troféus. Vai jogar para vencer este título pela primeira vez na história


O treinador Carlos Carvalhal frisou, na sexta-feira, que, apesar do “respeito pelo Sporting”, o Sporting de Braga quer vencer pela primeira vez na sua história a Supertaça Cândido de Oliveira de futebol, no sábado.

“Com muito respeito pelo Sporting, mas queremos vencer e trazer a Supertaça para Braga, em 100 anos de história o clube nunca a venceu”, afirmou o treinador na conferência de imprensa de antevisão da partida, que contou com a presença do presidente António Salvador, na sala de imprensa.

Carlos Carvalhal disse que espera uma equipa do Sporting de Braga “extremamente competitiva”, depois de uma pré-época em que destacou três jogos particulares pela sua “competitividade enorme”, diante de Farense, Marselha e Paços de Ferreira.

“Isso foi importante, respondemos bem, sempre de uma forma crescente e evolutiva e chegámos a 15 dias, uma semana de iniciar a época, já perto do nosso melhor”, disse.

O treinador disse ainda que as duas equipas chegam em “igualdade de circunstâncias” ao jogo de sábado, que “é de 50/50”.

“Os pormenores são muito importantes [nestes jogos], a concentração e o foco, trabalhámos isso com os jogadores para estarmos no top no sábado”, mas é um jogo de resultado imprevisível”, considerou.

O técnico, que notou haver uma “ansiedade natural de cada jogo e de uma final”, frisou que o Sporting de Braga “tem sempre a obrigação de lutar por vencer todos os jogos que disputa” e que “nunca entra para empatar”.

Questionado sobre se ficou convencido da superioridade do Sporting nos três confrontos (final da Taça da Liga e campeonato) da época passada, todos ganhos pelos campeões nacionais, Carlos Carvalhal notou que o Sporting de Braga teve a “postura habitual” nesses jogos de jogar sempre para vencer.

“Seja com Sporting, FC Porto ou Benfica, o Braga vai entrar para jogar cara na cara, olhos nos olhos, para vencer”, disse.

O treinador admitiu que poder ganhar um troféu que ainda não existe no museu do Sporting de Braga “tem o seu peso”.

“Se pudermos fazer o que não foi feito… O que nos move é ganhar os troféus, em ano e pouco esta é a terceira final, é um muito bom sinal o Braga estar presente nas decisões. Se pudermos ficar na história por ganhar pela primeira vez a Supertaça, tem o seu peso”, disse.

Carlos Carvalhal afirmou ainda estar “extremamente satisfeito” pelo regresso dos adeptos aos estádios.

“Somos das equipas que, com o apoio deles, poderíamos ter feito mais ainda, são muito bem-vindos, esperamos dar uma alegria aos 5.000 que estiverem em Aveiro e, depois, comemorar em Braga com os que não puderam viajar”, disse.

Lucas Mineiro, Piazon e Fábio Martins, todos devido a castigo, estão fora das opções do técnico para o jogo.

Sporting de Braga e Sporting defrontam-se no Estádio Municipal de Aveiro, na disputa pela Supertaça Cândido de Oliveira, no sábado, a partir das 20h45, jogo que será arbitrado por João Pinheiro, da associação de Braga.

em: https://tribunaexpresso.pt/futebol-nacional/2021-07-31-Carlos-Carvalhal-Se-pudermos-fazer-o-que-nao-foi-feito.-O-que-nos-move-e-ganhar-os-trofeus-2d11ec36
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8006 em: 31 de Julho de 2021, 13:07 »
academiadasapostas.com

Sporting e Braga encontram-se no Estádio Municipal de Aveiro, em Aveiro, num embate a contar para a Supertaça Portuguesa.

O histórico entre os dois emblemas é favorece o conjunto de Lisboa, sendo que nos últimos sete embates entre as duas turmas podemos assistir a dois triunfos para o Braga e a cinco vitórias para o Sporting.

O cenário mais provável para este desafio será ambas as equipas marcarem, pelo menos, um golo. Para além das duas turmas terem marcado golos com alguma facilidade nos últimos jogos amigáveis, espera-se uma partida bastante aberta, com oportunidades dos dois lados. É possível atribuir algum favoritismo ao clube verde e branco, todavia, o Braga apresenta uma equipa bastante completa, capaz de causar calafrios na defensiva “inimiga”. Deste modo, espera-se um encontro com várias oportunidades de golo de parte a parte.

Análise Sporting CP

O conjunto orientado por Rúben Amorim chega a este encontro motivado depois de um triunfo, por 3-2, num amigável frente ao Lyon: Paulinho e Pedro Gonçalves brilharam na partida, marcando os golos da vitória. O Sporting deverá atuar num sistema tático em 5-3-2, privilegiando um estilo de jogo mais interior, onde os três homens responsáveis por ocupar a zona mais central do terreno deverão ser João Palhinha, Matheus Nunes e Pedro Gonçalves. Na frente de ataque, o técnico Rúben Amorim deverá fazer alinhar Paulinho e Tiago Tomás. Para esta Supertaça Portuguesa, o treinador dos leões não deverá poder contar com o lateral direito Pedro Porro por se encontrar lesionado.

Análise Braga

O emblema comandado por Carlos Carvalhal entra neste embate motivado depois de um triunfo, por 2-1, num particular frente ao Paços de Ferreira: Abel Ruiz e Mario Gonzalez autografaram os “tentos” desta vitória. O treinador do Braga deverá colocar a sua equipa num habitual 4-4-2, onde os dois intervenientes mais avançados deverão ser Abel Ruiz e Ricardo Horta. Na zona mais central do terreno o técnico da equipa minhota deverá fazer alinhar Fransérgio, Al Musrati, Galeno e André Castro. O treinador Carlos Carvalhal não vai poder contar com David Carmo, Francisco Moura e Iuri Medeiros por se encontrarem lesionados. De salientar que Lucas Piazon e Fábio Martins também vão estar de fora por se encontrarem castigados.

em: https://www.academiadasapostas.com/stats/match/portugal/supertaca/sporting-cp/braga/g0WZv33exmLJv/preview
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8007 em: 31 de Julho de 2021, 13:13 »
noticiasaominuto.com

Sporting-SC Braga: Nono título ou à primeira é de vez?

Supertaça Cândido de Oliveira está marcada para as 20h45 deste sábado.

Que role a bola! O primeiro troféu da temporada 2021/22 em Portugal discute-se já este sábado, no estádio Municipal de Aveiro. Sporting e SC Braga dão o pontapé de saída às 20h45, debaixo do olhar atento de 10 mil espectadores presentes nas bancadas. Será também um jogo especial por este regresso dos adeptos aos estádios.

Sem estranheza, os dois treinadores fizeram a antevisão da partida e ambos concordaram que só a vitória interessa. No entanto, claro que a mesma só cairá para um dos lados.

O Sporting conta com oito Supertaças no currículo e quer entrar em 2021/22 com o pé direito, embalados pelo sucesso da temporada passada, onde acabaram com um jejum longo no que à conquista do campeonato dizia respeito. Já o SC Braga também terminou bem a época, com a conquista da Taça de Portugal, e conta com um aliciante para esta partida: os arsenalistas nunca conquistaram o troféu.

João Pinheiro será o árbitro principal do jogo entre Sporting e SC Braga, e estará auxiliado por Tiago Costa e Nuno Eiras. A função de quarto árbitro pertencerá a Gustavo Correia. Por seu turno, André Narciso estará na Cidade do Futebol, em Oeiras, a liderar o videoárbitro, e terá como assistentes Vasco Santos e Ricardo Santos.

Treinadores em discurso direto

Rúben Amorim:


Cobrança dos adeptos no estádio: São rapazes inteligentes, mas que ainda não viveram isso. Se houve fases da época em que nós, com a ajuda dos adeptos, ainda seríamos melhores e eu sinto isso, eles têm de estar preparados. Eles têm de saber que há alguns momentos em que vamos sentir esses assobios, vamos sentir alguns ‘bruáás’ e acho que os jogadores devem passar por isso e eles estão preparados mas só vivendo é que vamos saber a reação deles.

Lenços brancos e assobios: Os lenços brancos e os assobios, num clube grande, temos de estar sempre preparados. Vai ser diferente, é um grupo que olha muito para o lado positivo das coisas, o que eles pensam e esperam é que os adeptos os vão apoiar, mas têm de estar preparados para o outro lado, porque faz parte de jogar num clube muito grande. Portanto, olhar para o lado positivo, vamos ter os nossos adeptos, vai ser uma festa e há que ganhar, é o foco.

Maior responsabilidade: Falo nisso porque é o senso comum. Quando começámos o campeonato no ano passado ninguém dava nada por nós. Temos de apresentar uma forma de jogar ainda melhor. A responsabilidade aumenta. Não estamos num nível superior aos nossos adversários, não temos o mesmo orçamento nem a mesma experiência, mas o que temos é uma época de trabalho e um campeonato. Não mudou assim tanto. Chamo muito a atenção a isso para que os jogadores e todos no clube não se agarrem a um título, e possamos ter uma rede de apoio. O título já passou.

Carlos Carvalhal:

SC Braga nunca venceu: "Se pudermos fazer o que não foi feito... O que nos move é ganhar os troféus, em ano e pouco esta é a terceira final, é um muito bom sinal o Braga estar presente nas decisões. Se pudermos ficar na história por ganhar pela primeira vez a Supertaça, tem o seu peso".

Regresso dos adeptos: "Somos das equipas que, com o apoio deles, poderíamos ter feito mais ainda, são muito bem-vindos, esperamos dar uma alegria aos 5.000 que estiverem em Aveiro e, depois, comemorar em Braga com os que não puderam viajar".

Últimos onzes

Sporting:
Adán, Gonçalo Inácio, Coates, Feddal, Esgaio, Nuno Mendes, Palhinha, Matheus Nunes, Pedro Gonçalves, Nuno Mendes, Jovane e Paulinho.

SC Braga: Matheus, Fabiano, Paulo Oliveira, Raul Silva, Sequeira, Al Musrati, Fransérgio, André Castro, Galeno, Ricardo Horta e Abel Ruiz.

Últimos resultados

Sporting:
E-V-V-V-V

SC Braga: E-E-E-E-V

Ausências

Sporting:
Pedro Porro.

SC Braga: David Carmo, Lucas Mineiro, Piazon, Fábio Martins e Iuri Medeiros

em: https://www.noticiasaominuto.com/desporto/1805981/sporting-sp-braga-nono-titulo-ou-a-primeira-e-de-vez
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8008 em: 31 de Julho de 2021, 13:20 »
tsf.pt

Dia de Supertaça. Adeptos voltam às bancadas para ver Sporting e SC Braga

Dez mil pessoas vão assistir ao jogo que vale o primeiro troféu da época, em Aveiro.

Sporting e Sporting de Braga decidem hoje a 43.ª edição da Supertaça Cândido de Oliveira, o primeiro troféu da temporada do futebol nacional, numa partida que marca o regresso dos adeptos às bancadas.

Perante uma assistência autorizada de 10.000 pessoas no Estádio Municipal de Aveiro, os leões, campeões nacionais após interregno de 19 anos, vão ter pela frente os minhotos, vencedores da Taça de Portugal, naquela que é a segunda decisão entre os dois emblemas.

Quase quatro décadas depois da final de 1982, então realizada a duas mãos, o Sporting vai tentar repetir o triunfo e adicionar ao historial a nona Supertaça, que não conquista desde 2015, quando bateu o rival Benfica, por 1-0, enquanto o Sporting de Braga procura ainda o primeiro troféu, face às três derrotas em três presenças, a última em 2016, perante as águias (3-0).

Na qualidade de campeão, e de vencedor dos três duelos com os arsenalistas em 2020/21, o Sporting parte como favorito, apresentando-se, previsivelmente, com o onze base da última temporada, no qual Rúben Amorim deverá integrar apenas um reforço, precisamente um ex-bracarense, Ricardo Esgaio, apto a fazer o corredor direito no '3x4x3'.

Além do mesmo sistema tático, idealizado por Carlos Carvalhal, o Sporting de Braga também não subirá ao Municipal de Aveiro com alterações de 'fundo' na equipa titular, sendo o central Paulo Oliveira e o lateral Fabiano as possíveis novidades em relação a 2020/21.

Meio ano após ter recebido a partida da Supertaça entre FC Porto e Benfica, vencida pelos 'dragões', o Estádio Municipal de Aveiro não terá bancadas cheias, mas será permitido até um terço da lotação do recinto - respeitando a utilização de máscara, o distanciamento e a apresentação de certificados de vacinação completa ou teste de Covid-19 negativo -, número que não se via num jogo de uma competição nacional há mais de um ano e quatro meses, quando a pandemia fez desvanecer o 'colorido' da modalidade.

O jogo entre Sporting e Sporting de Braga tem início marcado para as 20:45 e será dirigido pelo árbitro João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

em: https://www.tsf.pt/desporto/dia-de-supetaca-adeptos-voltam-as-bancadas-para-ver-sporting-e-sc-braga-13994052.html
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8009 em: 31 de Julho de 2021, 13:27 »
zerozero.pt

1.ºtroféu da época em jogo com regresso do público

18 curiosidades sobre o Sporting x SC Braga


Sporting e SC Braga defrontam-se este Sábado pelas 20h45m, no jogo que decide o vencedor da Supertaça Cândido de Oliveira, numa partida que será arbitrada por João Pinheiro.

Conheça as principais curiosidades do desafio.

Sporting e SC Braga defrontam-se pela 153.ª vez, com os leões a apresentarem vantagem: somam 94 vitórias, contra 35 triunfos dos bracarenses

Esta é a 2.ª vez que as duas equipas se defrontam na Supertaça. Em 1982, numa altura em que a competição era disputada a duas mãos, o Sporting levou a melhor: depois de uma derrota em Braga por 2-1, goleou em Alvalade por 6-1

O Sporting venceu as quatro finais disputadas frente ao SC Braga: uma na Supertaça, duas na Taça de Portugal, outra na Taça da Liga

O Sporting venceu os três últimos jogos frente ao SC Braga

O SC Braga não marcou nos três últimos jogos realizados frente ao Sporting

A última vitória do SC Braga sobre o Sporting foi em fevereiro de 2020, era Rúben Amorim o treinador dos bracarenses (1-0)

O Sporting disputou 10 finais da Supertaça, apresentando um histórico bastante positivo: venceu o troféu por oito vezes

O Sporting venceu oito das nove últimas edições da Supertaça que disputou

O Sporting perdeu a última final da Supertaça que disputou: 5-0 frente ao Benfica, em 2019

O SC Braga procura o 1.º título na Supertaça: os bracarenses perderam as três finais que disputaram

A última vez que o SC Braga disputou a Supertaça foi em 2016, perdendo frente ao Benfica por 3-0

A última vitória do Sporting na Supertaça foi em 2015, quando derrotou o Benfica por 1-0

Manuel Fernandes é o goleador dos duelos entre Sporting e SC Braga, com 23 golos

Enquanto jogador, Rúben Amorim venceu a Supertaça em 2014, ao serviço do Benfica

Rúben Amorim venceu os cinco Sporting x SC Braga que disputou: dois pelo SC Braga, três pelo Sporting

19 anos depois, Carlos Carvalhal volta a disputar a Supertaça. Em 2002, ao serviço do Leixões, perdeu frente ao Sporting por 5-1

Os dois treinadores já orientaram o clube adversário: Rúben Amorim esteve no SC Braga em 2019/20, enquanto Carlos Carvalhal treinou o Sporting em 2009/10

Esta é a 20.ª vez que Carlos Carvalhal defronta o Sporting enquanto treinador, apresentando um histórico negativo: soma seis vitórias, três empates e 10 derrotas

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=331377

Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 17244
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #8010 em: 31 de Julho de 2021, 14:13 »





 

Anuncios M
Anuncios M