Quantcast
Mercado de Verão 2021/2022
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Mercado de Verão 2021/2022
779 Respostas
71104 Visualizações
Eskol, andromeda123, Filipalves, filipescb, Diogo-scb e 15 Visitantes estão a ver este tópico.
Somos Braga! Equipa Principal
  • *****
  • 1659
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #600 em: 29 de Março de 2021, 15:47 »
Uma coisa tenho certeza, não vai dar para satisfazer a todos!

Uns pedem espaço e coragem para aposta nos miúdos da formacao outros pedem contratação de jogadores experientes para não se correr o risco de ter que meter miúdos da formação.

Alguém não irá ficar satisfeito.

Enviado de meu POT-LX1 usando o Tapatalk

O verdadeiro adepto vê-se nas derrotas!
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4353
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #601 em: 29 de Março de 2021, 15:51 »
Filipe Soares é atleta do Sporting a partir de 2021/22.

Tomas Ribeiro é jogador do Braga a partir de 2021/22.
Fonte segura ? Ou especulação? O Tomás Ribeiro tem qualidade mas penso que fica ainda a faltar uma voz de comando.
Anuncios M
Anuncios M
Pé Ligeiro
Pé Ligeiro Equipa Principal
  • *****
  • 13694
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #602 em: 29 de Março de 2021, 16:45 »
Uma coisa tenho certeza, não vai dar para satisfazer a todos!

Uns pedem espaço e coragem para aposta nos miúdos da formacao outros pedem contratação de jogadores experientes para não se correr o risco de ter que meter miúdos da formação.

Alguém não irá ficar satisfeito.

Enviado de meu POT-LX1 usando o Tapatalk

O importante é satisfazer o plantel, ou seja, conseguir o melhor plantel possível, independentemente da proveniência dos jogadores.
BRAGA SEMPRE MAIS!
GverreirodoMinho
GverreirodoMinho Equipa Principal
  • *****
  • 1734
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #603 em: 29 de Março de 2021, 17:15 »
Fala-se do Liverpool contratar o Konaté ao RB Leipzig, portanto é uma porta que se fecha para o David Carmo (com muita pena minha, ia evoluir muito com o Klopp, e era bom também para o Braga mais um jogador da academia mas equipas de topo mundial)

Enviado do meu MI 8 Lite através do Tapatalk

Sócio 2669.
Anuncios V
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4353
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #604 em: 29 de Março de 2021, 17:31 »
Fala-se do Liverpool contratar o Konaté ao RB Leipzig, portanto é uma porta que se fecha para o David Carmo (com muita pena minha, ia evoluir muito com o Klopp, e era bom também para o Braga mais um jogador da academia mas equipas de topo mundial)

Enviado do meu MI 8 Lite através do Tapatalk
Com a lesão tudo se ia tornar mais complicado no mercado para ele, agora o importante é que recupere bem e volte com vontade de agarrar novamente um lugar.
GverreirodoMinho
GverreirodoMinho Equipa Principal
  • *****
  • 1734
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #605 em: 29 de Março de 2021, 20:21 »
Olhando para o plantel que iniciou a temporada no inicio do ano passado, vou tentar analisar o plantel da próxima (e peço já desculpa aos que vêm a um fórum e não gostam de ler "composições" ou análises detalhadas, mas se calhar no twitter ou nas caixas de comentários do Facebook encontrarão melhor casa):

Matheus, Tiago Sá e Hornicek: Se tudo correr normalmente, ficarão os 3. Gosto muito do Matheus, e o Tiago Sá dá ao balneário uma muita necessária noção do que significa ser de Braga e do Braga. O Hornicek espero que continue a ganhar experiência com o plantel principal, e que possa para o ano somar minutos. No entanto, o Matheus faz parte de um lote de jogadores que merece, por tudo o que deu ao Braga, assinar um contracto mais atractivo, se ele aparecer. Nesse caso, há algumas soluções no mercado interno que me agradam, entre elas o Jordi ou até mesmo o prórpio Kitsyuk, que conhece bem os cantos à casa.

Ricardo Esgaio/Zé Carlos: Um é indiscutivel, o outro é (parece-me óbvio, pelas poucas oportunidades que teve) demasiado curto para o treinador. Fala-se na CS de uma possível saída do Esgaio, e caso tenha propostas, está no mesmo lote do Matheus, merece um outro patamar financeiro (e quiçá desportivo) por tudo o que nos deu. A vender que seja para fora, e caso se venda deve-se também emprestar o Zé Carlos, porque sem o “Robocop” serão precisos dois jogadores aptos para o lugar. Um acredito que já esteja nos nossos quadros (pronto até, a meu ver, para ser titular), o Fabiano. Depois talvez devessemos contratar alguém que dê o que o Fabiano não dá, alguém mais velho e com mais experiência;

Sequeira/ Raúl Silva/F. Moura: Tal como Esgaio e Matheus, o Sequeira e o Raúl Silva merecem a oportunidade de fazerem o contracto de uma vida (especialmente estes dois, que tendo os dois 30/31 anos, ou é agora ou nunca será). O Borja acaba por ser já um substituto a um deles (veio numa altura em que estavam os dois lesionados). Mesmo que saiam os dois, acredito que com o retorno do F. Moura não seja necessário contratar ninguém (sendo o Moura o “novo Sequeira” e o Borja o “novo Raúl Silva”). Sim, eu sei que o Moura não está habituado a ocupar esse jogo interior, e talvez seja mais concorrência ao Galeno, mas o Sequeira também não o é e aprendeu a ser. Se um jogador de 30 anos consegue assimiliar uma função diferente na sua posição, um de 21 também há-de conseguir;

Tormena/David Carmo: Depois da lesão de David Carmo que o impedirá de sair já no próximo mercado, em princípio transitarão os dois para a próxima época (mesmo que haja assédio pelo Tormena não deverá ser o suficiente para o convencer a sair);

Bruno Viana/Rolando: O Bruno Viana (felizmente) já saiu, e poderá dizer-se que a sua saída foi já colmatada pelo B. Rodrigues no plantel. Em relação ao Rolando, é óbvio que não tem o que é necessário para jogar cá, e tem um encargo financeiro demasiado elevado. Canalisar um investimento idêntico mas num central para se assumir a titular seria o ideal (o Fonte para mim devia ser o alvo, mas se se encontrar alguém com um perfil idêntico mas mais novo não sou contra);

Al Musrati/Castro: O Castro tem tudo para transitar para a próxima época, e a jogar como estava a jogar antes da lesão, não vejo como não será titular (desde que não se faça como fez este ano, e se exiga dele mais do que ele pode dar, com 33 anos). O Al Musrati deverá ser, de todos os jogadores que serão assediados no fim da época, o de maior prioridade para convencer a ficar. Só cá está há uma época, e deve-se tentar convencer a crescer pelo menos mais uma, para depois dar o salto para o estrangeiro. Caso seja vendido, jogadores como o Eustáquio ou o Morita devem ser a prioridade. Podem ser caros, mas substituir o Musrati é normal que saia caro (anormal é substituir o Palhinha com um jogador do rival a custo zero, mas não teremos essa sorte outra vez, até porque “jogadores a custo zero dos clubes antigos do nosso treinador” é uma categoria que não peca pela abundância);

André Horta/João Novais/Fransérgio: André Horta parece não contar para o treinador, João Novais é demasiado curto para um clube como o nosso e Fransérgio está também na idade do “agora ou nunca” para assinar o contracto de uma vida. Corremos o risco de perder aqui 3 jogadores (incluindo o capitão), e é essencial que se assegure qualidade para apoiar um meio-campo de Musrati/Castro. Samú (para João Novais) devia ser uma das prioridades, acima até de vender. Depois temos Lucas Mineiro (Fransérgio) e Ryan Gauld (André Horta) alinhavados aparentemente, e se assim for parece-me que mantemos a mesma qualidade (se calhar até melhoramos em alguns aspectos);

Gaitan/Iuri Medeiros: Se pagarmos para continuar com Iuri Medeiros (não vejo porque não, 1,5M é uma valor abaixo daquilo que Iuri vale), com Lucas Piazón devemos ter a ala direita fechada.

Galeno/F. Moura: Aproximando o F. Moura mais de um Sequeira do que propriamente de um Galeno, talvez a competição aqui possa ser o L. Singh (sendo que eu vejo o Luther muito mais perto da àrea do que nos trabalhos defensivos que se exige à posição de Galeno). Com Galeno, Singh, Piazón e Iuri, acho que as linhas estariam equilibradas e até mais fortalecidas do que este ano.

Ricardo Horta: O último dos jogadores a quem seria dificil negar a oportunidade de um melhor contracto no estrangeiro (junto com o núcleo de Matheus, Esgaio, Sequeira, Raúl e Fransérgio). Manter o Horta deve ser encarado como uma prioridade, mas também se deve perceber que já esta época era normal que já cá não estivesse. Está já pronto para dar o salto, e tendo a oportunidade, percebo que o queira. Se sair, o Fábio Martins pode ocupar o lugar dele no plantel.

Paulinho/Abel Ruiz/Schettine: O Abel já floresceu, e o Schettine terá o seu lugar ocupado pelo regresso de Rui Fonte. Fica então a faltar uma opção séria para subsituir o Paulinho (ou o Sporar neste momento). Gostava que se tentasse o Gonçalo Paciência, mas admito que possa ser muito caro. Outro jogador que não me importava nada de ver regressar ao Braga era o Éder, pela simbologia que tem no clube, no país, e pelo que oferece desportivamente ser diferente do que o Abel oferece (o Éder é um jogador mais físico, mais de jogo aéreo). Não sei como está fisicamente e qual será a sua forma, mas gostava muito de o ver terminar cá a carreira.

-------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-----------

Nota: Sei que a estratégia do Braga é incluir mais jovens no plantel, para vender produto da academia, mas é preciso saber em que jovens investir. Posso não incluir jogadores como o Hernani ou o Rodrigo Gomes, mas acho que há margem de manobra para jogadores como Fabiano, David Carmo, Francisco Moura, Samú, e até certo ponto, Bruno Rodrigues. Jogadores como Rodrigo Gomes, por exemplo, merecem mais tempo para evoluir e para se destacarem na sua categoria antes de serem atirados aos lobos com 16 ou 17 anos, e jogadores como o Hernani e com o Vítor Oliveira merecem o mesmo tratamento que tiveram o Fabiano, Sanca e Samú: um empréstimo numa segunda divisão que os permita evoluir a um ritmo mais estável, em vez de tentar logo arranjar espaço (quase impossível) numa equipa como o Braga, no meio de jogadores como R. Horta, Galeno ou Abel Ruiz, que são de um calibre completamente acima. O Braga deve montar uma boa equipa, e incluir nessa equipa jogadores jovens que já rodaram o suficiente para estarem prontos para essas andanças.

Descer o nível da equipa para dar oportunidades nunca deve ser a solução, tem é que se trabalhar os jovens para elevar o nível deles ao nível da nossa equipa. O Hernani é bom, mas para já não é nenhum Singh, por exemplo, e não faz sentido emprestar jogadores melhores para apostar em jogadores piores, para tentar fazê-los evoluir à força. Com calma as coisas vão lá, temos jovens com muito talento, mas tem que se respeitar o processo e não se deve forçar as coisas e depois estragar os jogadores por não os deixar evoluir naturalmente (e.g Renato Sanches no Bayern, Bebé no Manchester, ou mesmo o próprio Gonçalo Ramos no Benfica, entre muitos outros).
« Última modificação: 29 de Março de 2021, 20:28 por GverreirodoMinho »
Sócio 2669.
100%SCB Equipa Principal
  • *****
  • 6537
  • Quando o erro for só erro o SC Braga será campeão!
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #606 em: 29 de Março de 2021, 21:24 »
O Almeria tendo opção de compra do Samu, à partida, deve comprar o Samu (pelo menos, segundo leio tem feito uma boa época). Logo, a sua permanência não depende de nós e o valor é bastante interessante.

O Tomás Ribeiro seria uma excelente contratação (o único central da Liga que eu ia buscar de caras).

De resto, ainda sendo cedo para falar, espero que consigamos manter a base do plantel, mas procurava vender alguns jogadores: Novais e Rolando (falta de qualidade), Raúl (tem problemas físicos constantes e precisa de 3/4/5 jogos para chegar ao seu nível), André Horta (pouco conta). Dos habituais titulares, admitia a saída de 2/3, entre um Esgaio, Sequeira, Fransérgio, Galeno... (o Horta e o Musrati tentava manter a qualquer custo)

Com a venda do Paulinho, a provável venda do Samu, mais a quantidade de jogadores que temos emprestados e não podem voltar todos (Fábio, Xadas, Singh, Pablo, Ryller...), acho que há margem para manter os melhores e investir algum dinheiro.

Voltava a fazer um plantel curto até porque o calendário será o normal e a equipa B irá subir o patamar competitivo, o que permite integrar melhor os jovens no contexto da equipa A. No entanto, tem que ter mais qualidade em certas posições.

Ps- Falando na questão do lateral direito: enquanto o Esgaio tiver cá e for o titular, o suplente não deve ter grandes oportunidades porque o Esgaio fisicamente é incrível. O Zé Carlos sempre que jogou foi cumprindo bem e parece-me ter qualidade suficiente para ser uma boa alternativa e fazer mais jogos do que os que fez.
FORÇA BRAGA
Hawk Juvenis
  • **
  • 106
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #607 em: 29 de Março de 2021, 21:28 »
Olhando para o plantel que iniciou a temporada no inicio do ano passado, vou tentar analisar o plantel da próxima (e peço já desculpa aos que vêm a um fórum e não gostam de ler "composições" ou análises detalhadas, mas se calhar no twitter ou nas caixas de comentários do Facebook encontrarão melhor casa):

Matheus, Tiago Sá e Hornicek: Se tudo correr normalmente, ficarão os 3. Gosto muito do Matheus, e o Tiago Sá dá ao balneário uma muita necessária noção do que significa ser de Braga e do Braga. O Hornicek espero que continue a ganhar experiência com o plantel principal, e que possa para o ano somar minutos. No entanto, o Matheus faz parte de um lote de jogadores que merece, por tudo o que deu ao Braga, assinar um contracto mais atractivo, se ele aparecer. Nesse caso, há algumas soluções no mercado interno que me agradam, entre elas o Jordi ou até mesmo o prórpio Kitsyuk, que conhece bem os cantos à casa.

Ricardo Esgaio/Zé Carlos: Um é indiscutivel, o outro é (parece-me óbvio, pelas poucas oportunidades que teve) demasiado curto para o treinador. Fala-se na CS de uma possível saída do Esgaio, e caso tenha propostas, está no mesmo lote do Matheus, merece um outro patamar financeiro (e quiçá desportivo) por tudo o que nos deu. A vender que seja para fora, e caso se venda deve-se também emprestar o Zé Carlos, porque sem o “Robocop” serão precisos dois jogadores aptos para o lugar. Um acredito que já esteja nos nossos quadros (pronto até, a meu ver, para ser titular), o Fabiano. Depois talvez devessemos contratar alguém que dê o que o Fabiano não dá, alguém mais velho e com mais experiência;

Sequeira/ Raúl Silva/F. Moura: Tal como Esgaio e Matheus, o Sequeira e o Raúl Silva merecem a oportunidade de fazerem o contracto de uma vida (especialmente estes dois, que tendo os dois 30/31 anos, ou é agora ou nunca será). O Borja acaba por ser já um substituto a um deles (veio numa altura em que estavam os dois lesionados). Mesmo que saiam os dois, acredito que com o retorno do F. Moura não seja necessário contratar ninguém (sendo o Moura o “novo Sequeira” e o Borja o “novo Raúl Silva”). Sim, eu sei que o Moura não está habituado a ocupar esse jogo interior, e talvez seja mais concorrência ao Galeno, mas o Sequeira também não o é e aprendeu a ser. Se um jogador de 30 anos consegue assimiliar uma função diferente na sua posição, um de 21 também há-de conseguir;

Tormena/David Carmo: Depois da lesão de David Carmo que o impedirá de sair já no próximo mercado, em princípio transitarão os dois para a próxima época (mesmo que haja assédio pelo Tormena não deverá ser o suficiente para o convencer a sair);

Bruno Viana/Rolando: O Bruno Viana (felizmente) já saiu, e poderá dizer-se que a sua saída foi já colmatada pelo B. Rodrigues no plantel. Em relação ao Rolando, é óbvio que não tem o que é necessário para jogar cá, e tem um encargo financeiro demasiado elevado. Canalisar um investimento idêntico mas num central para se assumir a titular seria o ideal (o Fonte para mim devia ser o alvo, mas se se encontrar alguém com um perfil idêntico mas mais novo não sou contra);

Al Musrati/Castro: O Castro tem tudo para transitar para a próxima época, e a jogar como estava a jogar antes da lesão, não vejo como não será titular (desde que não se faça como fez este ano, e se exiga dele mais do que ele pode dar, com 33 anos). O Al Musrati deverá ser, de todos os jogadores que serão assediados no fim da época, o de maior prioridade para convencer a ficar. Só cá está há uma época, e deve-se tentar convencer a crescer pelo menos mais uma, para depois dar o salto para o estrangeiro. Caso seja vendido, jogadores como o Eustáquio ou o Morita devem ser a prioridade. Podem ser caros, mas substituir o Musrati é normal que saia caro (anormal é substituir o Palhinha com um jogador do rival a custo zero, mas não teremos essa sorte outra vez, até porque “jogadores a custo zero dos clubes antigos do nosso treinador” é uma categoria que não peca pela abundância);

André Horta/João Novais/Fransérgio: André Horta parece não contar para o treinador, João Novais é demasiado curto para um clube como o nosso e Fransérgio está também na idade do “agora ou nunca” para assinar o contracto de uma vida. Corremos o risco de perder aqui 3 jogadores (incluindo o capitão), e é essencial que se assegure qualidade para apoiar um meio-campo de Musrati/Castro. Samú (para João Novais) devia ser uma das prioridades, acima até de vender. Depois temos Lucas Mineiro (Fransérgio) e Ryan Gauld (André Horta) alinhavados aparentemente, e se assim for parece-me que mantemos a mesma qualidade (se calhar até melhoramos em alguns aspectos);

Gaitan/Iuri Medeiros: Se pagarmos para continuar com Iuri Medeiros (não vejo porque não, 1,5M é uma valor abaixo daquilo que Iuri vale), com Lucas Piazón devemos ter a ala direita fechada.

Galeno/F. Moura: Aproximando o F. Moura mais de um Sequeira do que propriamente de um Galeno, talvez a competição aqui possa ser o L. Singh (sendo que eu vejo o Luther muito mais perto da àrea do que nos trabalhos defensivos que se exige à posição de Galeno). Com Galeno, Singh, Piazón e Iuri, acho que as linhas estariam equilibradas e até mais fortalecidas do que este ano.

Ricardo Horta: O último dos jogadores a quem seria dificil negar a oportunidade de um melhor contracto no estrangeiro (junto com o núcleo de Matheus, Esgaio, Sequeira, Raúl e Fransérgio). Manter o Horta deve ser encarado como uma prioridade, mas também se deve perceber que já esta época era normal que já cá não estivesse. Está já pronto para dar o salto, e tendo a oportunidade, percebo que o queira. Se sair, o Fábio Martins pode ocupar o lugar dele no plantel.

Paulinho/Abel Ruiz/Schettine: O Abel já floresceu, e o Schettine terá o seu lugar ocupado pelo regresso de Rui Fonte. Fica então a faltar uma opção séria para subsituir o Paulinho (ou o Sporar neste momento). Gostava que se tentasse o Gonçalo Paciência, mas admito que possa ser muito caro. Outro jogador que não me importava nada de ver regressar ao Braga era o Éder, pela simbologia que tem no clube, no país, e pelo que oferece desportivamente ser diferente do que o Abel oferece (o Éder é um jogador mais físico, mais de jogo aéreo). Não sei como está fisicamente e qual será a sua forma, mas gostava muito de o ver terminar cá a carreira.

-------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-----------

Nota: Sei que a estratégia do Braga é incluir mais jovens no plantel, para vender produto da academia, mas é preciso saber em que jovens investir. Posso não incluir jogadores como o Hernani ou o Rodrigo Gomes, mas acho que há margem de manobra para jogadores como Fabiano, David Carmo, Francisco Moura, Samú, e até certo ponto, Bruno Rodrigues. Jogadores como Rodrigo Gomes, por exemplo, merecem mais tempo para evoluir e para se destacarem na sua categoria antes de serem atirados aos lobos com 16 ou 17 anos, e jogadores como o Hernani e com o Vítor Oliveira merecem o mesmo tratamento que tiveram o Fabiano, Sanca e Samú: um empréstimo numa segunda divisão que os permita evoluir a um ritmo mais estável, em vez de tentar logo arranjar espaço (quase impossível) numa equipa como o Braga, no meio de jogadores como R. Horta, Galeno ou Abel Ruiz, que são de um calibre completamente acima. O Braga deve montar uma boa equipa, e incluir nessa equipa jogadores jovens que já rodaram o suficiente para estarem prontos para essas andanças.

Descer o nível da equipa para dar oportunidades nunca deve ser a solução, tem é que se trabalhar os jovens para elevar o nível deles ao nível da nossa equipa. O Hernani é bom, mas para já não é nenhum Singh, por exemplo, e não faz sentido emprestar jogadores melhores para apostar em jogadores piores, para tentar fazê-los evoluir à força. Com calma as coisas vão lá, temos jovens com muito talento, mas tem que se respeitar o processo e não se deve forçar as coisas e depois estragar os jogadores por não os deixar evoluir naturalmente (e.g Renato Sanches no Bayern, Bebé no Manchester, ou mesmo o próprio Gonçalo Ramos no Benfica, entre muitos outros).

Mas costumo ler sempre o primeiro parágrafo.
Twitter tenho mas raramente uso e Facebook só pra dar tanga a manolos mesmo.. Sou mais de Instagram.
Mas também nao tenho nada contra quem escreve composições, é pra isso que serve um fórum, eu é que passo à frente esses comentários.
« Última modificação: 29 de Março de 2021, 21:41 por Hawk »
Anuncios M
Anuncios M
Hawk Juvenis
  • **
  • 106
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #608 em: 29 de Março de 2021, 21:30 »
O Almeria tendo opção de compra do Samu, à partida, deve comprar o Samu (pelo menos, segundo leio tem feito uma boa época). Logo, a sua permanência não depende de nós e o valor é bastante interessante.

O Tomás Ribeiro seria uma excelente contratação (o único central da Liga que eu ia buscar de caras).

De resto, ainda sendo cedo para falar, espero que consigamos manter a base do plantel, mas procurava vender alguns jogadores: Novais e Rolando (falta de qualidade), Raúl (tem problemas físicos constantes e precisa de 3/4/5 jogos para chegar ao seu nível), André Horta (pouco conta). Dos habituais titulares, admitia a saída de 2/3, entre um Esgaio, Sequeira, Fransérgio, Galeno... (o Horta e o Musrati tentava manter a qualquer custo)

Com a venda do Paulinho, a provável venda do Samu, mais a quantidade de jogadores que temos emprestados e não podem voltar todos (Fábio, Xadas, Singh, Pablo, Ryller...), acho que há margem para manter os melhores e investir algum dinheiro.

Voltava a fazer um plantel curto até porque o calendário será o normal e a equipa B irá subir o patamar competitivo, o que permite integrar melhor os jovens no contexto da equipa A. No entanto, tem que ter mais qualidade em certas posições.

Ps- Falando na questão do lateral direito: enquanto o Esgaio tiver cá e for o titular, o suplente não deve ter grandes oportunidades porque o Esgaio fisicamente é incrível. O Zé Carlos sempre que jogou foi cumprindo bem e parece-me ter qualidade suficiente para ser uma boa alternativa e fazer mais jogos do que os que fez.
Concordo com quase tudo, apenas acho que ser bom fisicamente nao devia ser motivo para ser sempre titular no nosso clube, até porque é das poucas coisas que oferece à equipa, a sua prestação defensiva contra bons extremos é sofrível e é quase sempre comido facilmente.
Pé Ligeiro
Pé Ligeiro Equipa Principal
  • *****
  • 13694
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #609 em: 29 de Março de 2021, 23:28 »
Olhando para o plantel que iniciou a temporada no inicio do ano passado, vou tentar analisar o plantel da próxima (e peço já desculpa aos que vêm a um fórum e não gostam de ler "composições" ou análises detalhadas, mas se calhar no twitter ou nas caixas de comentários do Facebook encontrarão melhor casa):

Matheus, Tiago Sá e Hornicek: Se tudo correr normalmente, ficarão os 3. Gosto muito do Matheus, e o Tiago Sá dá ao balneário uma muita necessária noção do que significa ser de Braga e do Braga. O Hornicek espero que continue a ganhar experiência com o plantel principal, e que possa para o ano somar minutos. No entanto, o Matheus faz parte de um lote de jogadores que merece, por tudo o que deu ao Braga, assinar um contracto mais atractivo, se ele aparecer. Nesse caso, há algumas soluções no mercado interno que me agradam, entre elas o Jordi ou até mesmo o prórpio Kitsyuk, que conhece bem os cantos à casa.

Ricardo Esgaio/Zé Carlos: Um é indiscutivel, o outro é (parece-me óbvio, pelas poucas oportunidades que teve) demasiado curto para o treinador. Fala-se na CS de uma possível saída do Esgaio, e caso tenha propostas, está no mesmo lote do Matheus, merece um outro patamar financeiro (e quiçá desportivo) por tudo o que nos deu. A vender que seja para fora, e caso se venda deve-se também emprestar o Zé Carlos, porque sem o “Robocop” serão precisos dois jogadores aptos para o lugar. Um acredito que já esteja nos nossos quadros (pronto até, a meu ver, para ser titular), o Fabiano. Depois talvez devessemos contratar alguém que dê o que o Fabiano não dá, alguém mais velho e com mais experiência;

Sequeira/ Raúl Silva/F. Moura: Tal como Esgaio e Matheus, o Sequeira e o Raúl Silva merecem a oportunidade de fazerem o contracto de uma vida (especialmente estes dois, que tendo os dois 30/31 anos, ou é agora ou nunca será). O Borja acaba por ser já um substituto a um deles (veio numa altura em que estavam os dois lesionados). Mesmo que saiam os dois, acredito que com o retorno do F. Moura não seja necessário contratar ninguém (sendo o Moura o “novo Sequeira” e o Borja o “novo Raúl Silva”). Sim, eu sei que o Moura não está habituado a ocupar esse jogo interior, e talvez seja mais concorrência ao Galeno, mas o Sequeira também não o é e aprendeu a ser. Se um jogador de 30 anos consegue assimiliar uma função diferente na sua posição, um de 21 também há-de conseguir;

Tormena/David Carmo: Depois da lesão de David Carmo que o impedirá de sair já no próximo mercado, em princípio transitarão os dois para a próxima época (mesmo que haja assédio pelo Tormena não deverá ser o suficiente para o convencer a sair);

Bruno Viana/Rolando: O Bruno Viana (felizmente) já saiu, e poderá dizer-se que a sua saída foi já colmatada pelo B. Rodrigues no plantel. Em relação ao Rolando, é óbvio que não tem o que é necessário para jogar cá, e tem um encargo financeiro demasiado elevado. Canalisar um investimento idêntico mas num central para se assumir a titular seria o ideal (o Fonte para mim devia ser o alvo, mas se se encontrar alguém com um perfil idêntico mas mais novo não sou contra);

Al Musrati/Castro: O Castro tem tudo para transitar para a próxima época, e a jogar como estava a jogar antes da lesão, não vejo como não será titular (desde que não se faça como fez este ano, e se exiga dele mais do que ele pode dar, com 33 anos). O Al Musrati deverá ser, de todos os jogadores que serão assediados no fim da época, o de maior prioridade para convencer a ficar. Só cá está há uma época, e deve-se tentar convencer a crescer pelo menos mais uma, para depois dar o salto para o estrangeiro. Caso seja vendido, jogadores como o Eustáquio ou o Morita devem ser a prioridade. Podem ser caros, mas substituir o Musrati é normal que saia caro (anormal é substituir o Palhinha com um jogador do rival a custo zero, mas não teremos essa sorte outra vez, até porque “jogadores a custo zero dos clubes antigos do nosso treinador” é uma categoria que não peca pela abundância);

André Horta/João Novais/Fransérgio: André Horta parece não contar para o treinador, João Novais é demasiado curto para um clube como o nosso e Fransérgio está também na idade do “agora ou nunca” para assinar o contracto de uma vida. Corremos o risco de perder aqui 3 jogadores (incluindo o capitão), e é essencial que se assegure qualidade para apoiar um meio-campo de Musrati/Castro. Samú (para João Novais) devia ser uma das prioridades, acima até de vender. Depois temos Lucas Mineiro (Fransérgio) e Ryan Gauld (André Horta) alinhavados aparentemente, e se assim for parece-me que mantemos a mesma qualidade (se calhar até melhoramos em alguns aspectos);

Gaitan/Iuri Medeiros: Se pagarmos para continuar com Iuri Medeiros (não vejo porque não, 1,5M é uma valor abaixo daquilo que Iuri vale), com Lucas Piazón devemos ter a ala direita fechada.

Galeno/F. Moura: Aproximando o F. Moura mais de um Sequeira do que propriamente de um Galeno, talvez a competição aqui possa ser o L. Singh (sendo que eu vejo o Luther muito mais perto da àrea do que nos trabalhos defensivos que se exige à posição de Galeno). Com Galeno, Singh, Piazón e Iuri, acho que as linhas estariam equilibradas e até mais fortalecidas do que este ano.

Ricardo Horta: O último dos jogadores a quem seria dificil negar a oportunidade de um melhor contracto no estrangeiro (junto com o núcleo de Matheus, Esgaio, Sequeira, Raúl e Fransérgio). Manter o Horta deve ser encarado como uma prioridade, mas também se deve perceber que já esta época era normal que já cá não estivesse. Está já pronto para dar o salto, e tendo a oportunidade, percebo que o queira. Se sair, o Fábio Martins pode ocupar o lugar dele no plantel.

Paulinho/Abel Ruiz/Schettine: O Abel já floresceu, e o Schettine terá o seu lugar ocupado pelo regresso de Rui Fonte. Fica então a faltar uma opção séria para subsituir o Paulinho (ou o Sporar neste momento). Gostava que se tentasse o Gonçalo Paciência, mas admito que possa ser muito caro. Outro jogador que não me importava nada de ver regressar ao Braga era o Éder, pela simbologia que tem no clube, no país, e pelo que oferece desportivamente ser diferente do que o Abel oferece (o Éder é um jogador mais físico, mais de jogo aéreo). Não sei como está fisicamente e qual será a sua forma, mas gostava muito de o ver terminar cá a carreira.

-------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-------------//-----------

Nota: Sei que a estratégia do Braga é incluir mais jovens no plantel, para vender produto da academia, mas é preciso saber em que jovens investir. Posso não incluir jogadores como o Hernani ou o Rodrigo Gomes, mas acho que há margem de manobra para jogadores como Fabiano, David Carmo, Francisco Moura, Samú, e até certo ponto, Bruno Rodrigues. Jogadores como Rodrigo Gomes, por exemplo, merecem mais tempo para evoluir e para se destacarem na sua categoria antes de serem atirados aos lobos com 16 ou 17 anos, e jogadores como o Hernani e com o Vítor Oliveira merecem o mesmo tratamento que tiveram o Fabiano, Sanca e Samú: um empréstimo numa segunda divisão que os permita evoluir a um ritmo mais estável, em vez de tentar logo arranjar espaço (quase impossível) numa equipa como o Braga, no meio de jogadores como R. Horta, Galeno ou Abel Ruiz, que são de um calibre completamente acima. O Braga deve montar uma boa equipa, e incluir nessa equipa jogadores jovens que já rodaram o suficiente para estarem prontos para essas andanças.

Descer o nível da equipa para dar oportunidades nunca deve ser a solução, tem é que se trabalhar os jovens para elevar o nível deles ao nível da nossa equipa. O Hernani é bom, mas para já não é nenhum Singh, por exemplo, e não faz sentido emprestar jogadores melhores para apostar em jogadores piores, para tentar fazê-los evoluir à força. Com calma as coisas vão lá, temos jovens com muito talento, mas tem que se respeitar o processo e não se deve forçar as coisas e depois estragar os jogadores por não os deixar evoluir naturalmente (e.g Renato Sanches no Bayern, Bebé no Manchester, ou mesmo o próprio Gonçalo Ramos no Benfica, entre muitos outros).

Concordo em parte com a análise feita. Não concordo sobretudo com uma ideia várias vezes repetida, que é a de deixar sair A, B ou C, porque já terão dado o seu contributo à equipa, ou porque estão em idade de poderem fazer um bom contrato fora do Braga. Esta ideia é muito bonita, se estivéssemos a falar de alguém que jogava de borla. Ora o que acontece é que os jogadores têm cada vez maiores salários e o clube (SAD) precisa de se defender e segurar os seus ativos até onde for possível. Assim como os jogadores não abdicam de nenhum cêntimo do seu ordenado, também o clube não deve abdicar do cumprimento dos contratos por parte dos jogadores. Se aparecer alguma proposta que possa ser financeiramente interessante para o clube, deve ser analisada e ponderada.
BRAGA SEMPRE MAIS!
GverreirodoMinho
GverreirodoMinho Equipa Principal
  • *****
  • 1734
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #610 em: 30 de Março de 2021, 00:15 »
Concordo em parte com a análise feita. Não concordo sobretudo com uma ideia várias vezes repetida, que é a de deixar sair A, B ou C, porque já terão dado o seu contributo à equipa, ou porque estão em idade de poderem fazer um bom contrato fora do Braga. Esta ideia é muito bonita, se estivéssemos a falar de alguém que jogava de borla. Ora o que acontece é que os jogadores têm cada vez maiores salários e o clube (SAD) precisa de se defender e segurar os seus ativos até onde for possível. Assim como os jogadores não abdicam de nenhum cêntimo do seu ordenado, também o clube não deve abdicar do cumprimento dos contratos por parte dos jogadores. Se aparecer alguma proposta que possa ser financeiramente interessante para o clube, deve ser analisada e ponderada.

Como é óbvio que não é isso que eu quero sugerir, não digo que se deva deixar sair um jogador automaticamente a custo zero quase, só porque recebe uma proposta boa e o Braga não a consegue acompanhar. Obviamente que não. Algumas notas de esclarecimento:

1) De todos os jogadores que falei (Matheus, Esgaio, Sequeira, Raúl, Fransérgio e R. Horta), só mesmo o Raúl é que não deve ter mercado acentuado. Todos os outros certamente que conseguem ainda render bom dinheiro, e a sair terá que ser, obviamente, com bom dinheiro a entrar nos cofres;
2) Acredito que a prioridade, tanto do clube como do treinador, seja de manter esse núcleo de jogadores. Mesmo os jogadores, certamente que terão outros interesses para além do monetário, e desportivamente, talvez apenas o R. Horta e o R. Esgaio conseguirão propostas melhores, das ligas top 5, os outros jogadores a sair só mesmo para Arábias, Turquia, Brasil ou por aí fora;
3) Longe de mim acreditar que todos estes jogadores recebam propostas impossíveis de recusar este verão, todos estes jogadores queiram sair, e que todas as propostas por todos estes jogadores sejam benéficas. Apenas coloquei os hipotéticos em todos porque não sei quem sairá ou quem ficará, mas acredito mesmo que deste núcleo 2/3 sairão.

No fundo, aquilo que eu quero dizer é que, por tudo o que esses jogadores em específico deram ao Braga, deve ser cedido da nossa parte alguma margem de manobra para que não se pense apenas no bem estar do clube mas também no bem estar desses atletas em questão (basta ver a minha diferença de atitude com o Musrati, por exemplo, que acho que a não ser que paguem mesmo balúrdios por ele, deve ficar e crescer pelo menos mais um ano). São jogadores que eu não me importo de pensar "se calhar podia sair por um bocadinho mais, mas por tudo o que fez por nós, o jogador merece" (assumindo sempre, claro, que saem para o estrangeiro, e por valores minimamente aceitáveis, chega de Dyegos/Paulinhos).
Sócio 2669.
Anuncios G
andromeda123 Juniores
  • ***
  • 577
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #611 em: 30 de Março de 2021, 09:08 »
No Record fala que o " Benfica luta por Lucas Mineiro"??? O próximo mercado vai ser lindo vai...!
RuberAlbus
RuberAlbus Equipa Principal
  • *****
  • 1295
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #612 em: 30 de Março de 2021, 09:19 »
Manobra de empresário, interesse genuíno ou terá algo que ver com o Musrati?
bruce Equipa Principal
  • *****
  • 1779
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #613 em: 30 de Março de 2021, 09:24 »
No Record fala que o " Benfica luta por Lucas Mineiro"??? O próximo mercado vai ser lindo vai...!

No record diz que ele atirou duas bolas perigosas a baliza do vlachodimos.
Só por isso já deve merecer contratação 😂😂😂.
andromeda123 Juniores
  • ***
  • 577
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #614 em: 30 de Março de 2021, 09:29 »
Depois do ultimo BragaxBenfica em que o Salvador apareceu, eles não devem ter gostado e para mim é pura manobra para nos enfraquecer, pode ter a ver com o Musrati pode, mas parece-me mais uma posição de pseudo superioridade por parte dos galinacios, volto a dizer "Roma não paga a traidores" quer vir vem, não quer,  que vá para lá e rompa bancos ou seja emprestado.
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 4353
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #615 em: 30 de Março de 2021, 10:12 »
Isto é muito simples o Braga se de facto estava interessado no jogador já devia estar acautelado para isto, este é apenas o primeiro de um mercado interno que será muito disto daí se falar em antecipações e rapidez na condução e fecho dos processos. Quanto a esta espécie de retaliação dos galináceos simplesmente é c**** para eles, agora não podem fazer o que faziam à anos atrás de comprar para emprestar por isso certamente não vão poder ir a todos até porque dinheiro depois do falhanço do All in também não deve abundar para aquelas bandas. Quanto ao Mineiro em si se de facto já havia algo a correr e ele for homenzinho respeita a palavra se quiser ir para o galinheiro é menos um que não fará falta nenhuma porque só faz falta quem cá está e quem cá quer estar.
100%SCB Equipa Principal
  • *****
  • 6537
  • Quando o erro for só erro o SC Braga será campeão!
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #616 em: 30 de Março de 2021, 10:21 »
Se o comprarem vão ter de ficar com ele pelo menos até janeiro por isso não é algo que me preocupe muito.
FORÇA BRAGA
bruce Equipa Principal
  • *****
  • 1779
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #617 em: 30 de Março de 2021, 12:31 »
Eu não estou muito preocupado com o Mineiro. Mas já sei que ontem não valia muito por aqui, hoje como falam no benfica aposto que já vai ser craque e perdemos uma grande oportunidade  ;D
bruce Equipa Principal
  • *****
  • 1779
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #618 em: 30 de Março de 2021, 13:16 »
Gil Vicente reage a interesse do Benfica e vai exercer opção por Lucas Mineiro

Presidente do emblema de Barcelos sublinha que clube vai "pagar o valor estipulado"

Record avança esta terça-feira que o Benfica está na corrida para garantir Lucas Mineiro, médio, de 25 anos, que se tem destacado na presente temporada, ao serviço do Gil Vicente, por empréstimo da Chapecoense. O presidente do clube de Barcelos já reagiu e garante que o Gil Vicente vai exercer o direito de opção que consta no acordo efetuado com o emblema brasileiro.

"Não tenho contacto com nenhum clube, nem em Portugal ou fora. Está tudo bem definido no contrato, temos uma data para exercer a opção. Tudo o que possa vir é bom, que surjam propostas, mas neste momento não há absolutamente nada. Vamos exercer [a opção] na data, até ao fim de maio. Temos de pagar o valor estipulado, como em qualquer outra situação. Podia-me preocupar com a estabilidade do jogador, mas conhecendo bem a personalidade dele não vai criar qualquer perturbação e a seu tempo as coisas irão resolver-se", afirmou hoje Francisco Silva à Rádio Renascença.
O Sp. Braga, recorde-se, está igualmente na corrida pelo médio.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3432
  Re: Mercado de Verão 2021/2022
« Responder #619 em: 30 de Março de 2021, 13:30 »
O Gil vai lá jogar daqui a 15 dias. O jogo com o Marítimo, com quem jogam esta semana, já está tratado com o Pinho. É provável que durante a semana apareça também interesse no Tanque já que jogam contra o Paços antes do Gil.
 

Anuncios M
Anuncios M