You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
ABC/UMinho - Época 2020/2021
12 Respostas
1103 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  ABC/UMinho - Época 2020/2021
« em: 21 de Setembro de 2020, 12:52 »

1ª Jornada: FC Porto 36 – 18 ABC

     

Citar
No Dragão Arena, disputou-se um dos antigos clássicos da modalidade, mas que no presente momento, e face á grande diferença existente em termos de plantel entre o FC Porto e o ABC, o favoritismo da equipa do FC Porto, foi totalmente confirmado, pois é uma equipa com um fortíssimo poderio físico, em comparação com o seu adversário, além do forte entrosamento existente, colocando as duas equipas neste momento em patamares completamente diferenciados, de tal forma, que aos 12 minutos de jogo o FC Porto vencia por 7-0, demonstrando uma extraordinária solidez defensiva, e um ataque altamente trabalhado, com Alfredo Quintana, a fechar a baliza nestes primeiros 30 minutos, e aos 22 minutos já vencia por 12-3 (maior diferencial registado em todo o encontro, depois de aos 16 minutos já estar a vencer por 10-1, para se chegar ao intervalo a vencer por 16-7, com os golos, distribuídos por diversos jogadores da equipa, na equipa do ABC, destaca-se a forma honesta, como disputou o encontro e aceitou sem grande problemas a superioridade da equipa do FC Porto, e onde os seus reforços, não constituíram a diferença esperada, num encontro com poucas faltas técnicas. Nos segundo 30 minutos, Digo Rêma, substituiu e esteve muito bem, Alfredo Quintana, na baliza, com o FC Porto, a rodar toda a sua equipa, sem perder ritmo e a continuar a marcar e a dilatar o marcador, com o ABC a tentar dar uma maior réplica, no jogo onde Rui Baptista e João Fernandes, ambos com 5 golos, foram os seus melhores marcadores, quase todos no segundo período de jogo. O FC Porto que teve 13 jogadores a marcarem golos, destaca-se o Victor Iturriza com 7 golos, o melhor marcador da equipa e do jogo. Jogo dirigido pela dupla feminina, internacional do Porto, constituída por Vânia Sá e Marta Sá, que tiveram uma tarefa simplificada, e que souberam não complicar, estando bem durante todo o encontro.
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 08 de Outubro de 2020, 15:43 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #1 em: 21 de Setembro de 2020, 12:55 »

2ª Jornada: ABC 24 – 16 SC Horta

     

Citar
Em Braga no Flavio Sá Leite, realizou-se o ABC / SC Horta, que foi um encontro de sentido único com a jovem equipa do ABC a comandar o jogo e o marcador durante todo o jogo, chegando ao intervalo já a vencer por 12-7, para no segundo tempo, e após uma esporádica reacção do SC Horta, ao colocar o resultado em 16-14, a favor do ABC, foi esporádica, pois rapidamente os jovens do ABC, voltaram a dominar o encontro e terminaram com uma vitória por um diferencial que ninguém certamente esperaria. Foram os melhores marcadores da equipa minhota, André Rei com 6 golos, e Rui Baptista com 5, por sua vez no SC Horta, destaca-se Miguel Gomes com 8 golos, como melhor marcador da equipa e do jogo
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 08 de Outubro de 2020, 15:41 por PEDRØ XVI »
Anuncios M
Anuncios M
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #2 em: 27 de Setembro de 2020, 04:17 »

3ª Jornada: Sporting 32 – 29 ABC

     

Citar
Jogo disputado no pavilhão João Rocha, e quando se esperava um encontro onde a superioridade do Sporting, fosse notória, eis que a equipa do Sporting, foi surpreendida por um ABC, a jogar com grande qualidade, a saber o que fazer e com grande aproveitamento da sua juventude, o Sporting, acaba por vencer o encontro, não porque tivesse praticado um andebol mais qualidade, mas sim porque dispõe de um plantel onde a sua gestão permite que se encontrem soluções que possam em determinado momento resolver o jogo. Neste encontro, o Sporting, apenas conseguiu passar para a frente do marcador (9-8), quando estavam passados cerca de 23 minutos de jogo, para se colocar a vencer por 4 golos (13-9), aos 25 minutos, para voltar a ter excesso de confiança, e chegar ao intervalo a vencer pela diferença mínima (14-13), e porque teve um Carol (8 golos), em dia sim, enquanto no ABC, Cláudio Silva na baliza defendia tudo e mais alguma coisa, e tinha na sua frente uma defesa que sabia o que estava a fazer, enquanto Manuel Gaspar do outro lado não tinha sequer quem defendesse, pois a recuperação era nula. No segundo tempo o ABC volta a entrar melhor e iguala a 14 golos, e a 15 cerca dos 32 minutos, para então o Sporting, passar em definitivo para o comando do marcador, chegando aos 46 minutos a vencer por 26-20 (máxima diferença, registada ao longo dos 60 minutos), mas a jovem equipa do ABC, comandada por André José (6 golos, e com o seu pivô Erekle (8 golos) em grande plano, bem acompanhados por outro jovem Rui Batista (3 golos),levaram a equipa minhota aos 3 golos de diferença por exemplo aos 58 minutos (31-28), valendo ao Sporting a reconhecida qualidade de Skok (entrou no segundo tempo), e de Ruesga (5 golos), muito bem acompanhados por Darko Dukic (7 golos) e história final do encontro poderia ter sido outra.
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 08 de Outubro de 2020, 15:10 por PEDRØ XVI »
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 13146
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #3 em: 03 de Outubro de 2020, 18:58 »
Derrota com o Benfica por 30-31. O GR do benfica fez a diferença da parte que consegui ver.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Anuncios V
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #4 em: 05 de Outubro de 2020, 13:57 »

4ª Jornada: ABC 29 – 30 Benfica

     

Citar
No Pavilhão Flavio Sá leite, realizou-se o ABC / Benfica, e onde a jovem equipa do ABC, entrou com todo o “gaz”, e a provar que o seu último jogo, não tinha sido por acaso, e com os jovens André José (6 golo, 66% de eficácia), e Rui Batista (6 golos, 60% de eficácia), assim como Cláudio Silva (23% de eficácia) na baliza, rapidamente chegaram aos 5-1 (cerca dos 6 minutos), e aos 7-3 (cerca dos 9 minutos), quando se verifica um oportuno Time-Out do Benfica, o que leva a equipa a registar algumas melhoras, em especial através de Keita (3 golos, 100% de eficácia), e aos 18 minutos o ABC vence por 10-9, para rapidamente e com o seu reforço Ceballos (6 golos, 75% de eficácia) em bom plano, chega aos 13-10 (22 minutos), para comandar o resto do jogo até ao final dos primeiros 30 minutos, que terminou como ABC na frente do marcador por 16-13, num primeiro tempo que comandou sempre o marcador para surpresa de muita gente, com o Benfica abaixo do esperado, incluindo o seu guarda-redes Sergey Hernandez (32% de eficácia), que foi substituído por Capdeville (16% de eficácia), que voltou e muito bem no segundo tempo, onde tudo mudou desde a atitude do Benfica, que faz um parcial de 5-0, e coloca o resultado em 18-16 a seu favor, situação, onde a diferença dos planteis teve toda a influência, e Petar (8 golos, 61% de eficácia) e Paulo Moreno (8 golos, 100% de eficácia) em grande plano, o Benfica, foi-se mantendo no comando do marcador, apesar da excelente réplica da jovem equipa do ABC, que consegue igualar o marcador a 22 aos 48 minutos de jogo, para de seguida o Benfica, com um aumento da sua profundidade defensiva, recupera novamente o comando do marcador, chegando aos 4 golos de vantagem 27-23, aos 54 minutos, mas o ABC apesar do maior número faltas técnicas cometidas, consegue nos últimos minutos com uma defesa mais aberta, chegar à diferença mínima com que terminou o encontro.
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 08 de Outubro de 2020, 14:46 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #5 em: 07 de Outubro de 2020, 21:42 »

5ª Jornada: Águas Santas 28 – 30 ABC

     

Citar
No pavilhão do Águas Santas, realizou (na nossa opinião), o principal encontro desta jornada, embora os outros não sejam de menosprezar, e não nos enganamos pois assistimos a um excelente jogo de andebol, taticamente bem disputado, com grande equilíbrio, e alternâncias no marcador, com dois guarda-redes a realizarem grandes prestações desportivas, quer António Campos pelo Águas Santas, quer Cláudio Silva pelo ABC, e com jogadores a serem nucleares para as suas equipas, como foi o caso de Francisco Fontes (5 golos) nos 6 metros na sua ligação coma 1.ª linha, mas com o ABC a responder de igual modo com Erekle (6 golos), que nos 6 metros respondia bem ao trabalho em especial de André José (7 golos) e de Rui Batista (2 golos), mas um grande estratega da equipa, que soube aproveitar e bem as poucas falhas defensivas do Águas Santas, que permitiram que André Rei (5 golos), aproveitasse e bem as mesmas para realizar ataques rápidos. No Águas Santas, apesar das diversas alterações táticas que o seu técnico introduziu, o ABC respondeu sempre bem, cometendo menos faltas técnicas e aproveitando melhor as superioridades numéricas que teve, nos maiatos Pedro Cruz com 12 golos, foi mais uma vez o seu melhor marcador, mas teremos de dizer que a sua maioria foi de livre de 7 metros (oito), e apenas a rapidez e a sagacidade de Mário Lourenço com 4 golos, conseguiram que concretizasse em contra ataque. Os maiatos começaram bem fazendo 3-0, aos 4 minutos, mas cerca dos 15 minutos de jogo, o resultado era uma igualdade a 7 golos, igualdade que se repetiu por diversa vezes nos 30 minutos iniciais, chegado o intervalo com o Águas Santas a vencer por 16-15, no segundo tempo o ABC, voltou com o mesmo espirito, e passa pela primeira vez para a frente do marcador aos 46 minutos (23-22), mas o encontro com as equipas a jogarem em 5:1, e com os ataques a não serem perdulários, aos 51 minutos registou.se a ultima igualdade a 25 golos, com a equipa minhota a assumir o comando do marcador, e aos 59 minutos vencia por 30-27, maior diferença que registou a seu favor, devendo salientar-se a qualidade e sagacidade de Ceballos (7 golos) quer no seu posto especifico quer em contra ataque, quer aos 6 metros, foi um dos seus principais elementos.
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 08 de Outubro de 2020, 14:20 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #6 em: 10 de Outubro de 2020, 19:23 »

6ª Jornada: ABC 31 – 21 Boavista

     

Citar
No pavilhão Flávio Sá Leite, disputou-se o ABC / Boavista, que terminou com a vitória esperada da equipa minhota, embora tenha passado por dificuldades com que não esperava, em especial durante os primeiros 30 minutos, onde a registar uma igualdade a 11 golos, perto do intervalo, mas a equipa do ABC, a partir desse momento passou para a frente do marcador e chegou ao intervalo já a vencer por 16-12. No segundo tempo como seria de esperar a equipa do ABC foi progressivamente aumentando a diferença no marcador e após um parcial de 5-0, passou de 19-15 para uns confortáveis 24-15, aumentando ainda o diferencial na parte final do encontro. Na baliza do ABC, Cláudio Silva (34% de eficácia), foi mais uma vez um dos seus principais elementos com Daniel Paiva na baliza do Boavista FC com 30% de eficácia, a responder igualmente muito bem, No ABC, Rodic (66% de eficácia), e Erekele (66% de eficácia), ambos com 6 golos cada foram os seus melhores marcadores com 5 e 7 golos respectivamente. Por sua vez António Aparício com 6 golos (54% de eficácia), foi mais uma vez o seu melhor marcador.
em Banhadas Andebol
« Última modificação: 12 de Outubro de 2020, 11:50 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #7 em: 17 de Outubro de 2020, 16:28 »

7ª Jornada: Gaia 18 – 29 ABC

     

Citar
Encontro disputado no pavilhão do FC Gaia, onde estranhamente notamos a presença de algum público, será que já existe autorização para tal, apesar do Boletim de jogo nada referir. Encontro praticamente comandado pelo ABC durante 50 minutos, pois aos 10 minutos de jogo tínhamos uma igualdade a 3 golos, o ABC com uma defesa mais assertiva, e com o seu ataque planeado mais planeado, não cometendo tantas faltas técnicas como o seu adversário, e aproveitando melhor as diversas superioridades numéricas de que dispôs ao contrario do FC Gaia, cuja defesa se mostrou mais passiva, e com um ataque mais mastigado, permitiu que o ABC, onde Cláudio Silva (50% de eficácia) na baliza esteve muito bem, embora David Sousa (25% de eficácia) na baliza do FC Gaia, também não tenha estado mal, depois de aos 24 minutos o resultado ser aparentemente equilibrado, o ABC vencia por 10-8, para chegar ao intervalo a vencer por 14-8, resultado completamente esclarecedor, e onde o jovem André José (6 golos, 66% de eficácia, 3 assistências) teve total influência. No segundo tempo a superioridade da equipa minhota nunca esteve em causa, até porque o FC Gaia, mostrou-se uma equipa demasiado passiva, onde Luís Carvalho (4 golos, 66% de eficácia), e em especial Diogo Ferreira (5 golos, 71% de eficácia) na ponta esquerda, conseguiam fazer a diferença de tal forma que aos 42 minutos o ABC vencia por 20-10, com dois jogadores a saberem aproveitar muito bem as falhas técnicas do adversário, e executar ataques rápidos, André Rei (7 golos, 70% de eficácia), e Rafael Peixoto (5 golos, 100% de eficácia), aos 56 minutos vencia por 26-14, maior diferencial registado em todo o encontro, e nem as diversas alterações quer táticas quer no jovem plantel, surtiram qualquer efeito na equipa do FC Gaia, que teve apesar de tudo em Tiago Costa (2 golos, 100% de eficácia, 2 assistências), um dos seus jogadores mais esclarecidos.
Banhadas Andebol
« Última modificação: 21 de Outubro de 2020, 10:09 por PEDRØ XVI »
Anuncios M
Anuncios M
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #8 em: 24 de Outubro de 2020, 16:32 »

8ª Jornada: ABC 30 – 30 Belenenses

     

Citar
Jogo disputado no Flávio Sá Leite, com a presença notada de alguns espectadores (não sabemos o motivo, por isso o referimos), entre duas equipas que têm tido um bom comportamento na prova, e onde por aldo imperava a juventude (ABC), pelo outro lado tínhamos a experiencia (Belenenses), foi um encontro sempre disputado com grande equilíbrio, com sistemas defensivos, bastantes parecidos, embora o ABC no segundo tempo tenha por momentos utilizado o 3:2:1, o normal em ambas as equipas foi o 5:1, o equilíbrio e as alternâncias foram de tal forma, que a maior vantagem, que uma equipa teve sobre a outra foi de 2 golos, sucedendo-se as igualdades, o que demonstra o equilíbrio do jogo, que deu origem a que sobressaíssem as suas figuras individualmente, com o ABC (em nossa opinião), a ter em André José (8 golos, 61% de eficácia, e 4 assistências) a sua principal figura, não esquecendo a prestação de Rodic (5 golos, 83% de eficácia) e de Cláudio Silva (25% de eficácia), por sua vez no Belenenses, temos igualmente na nossa opinião uma boa prestação de Manuel Moreira (32% de eficácia) na baliza, que entrou aos 21 minutos a substituir João Moniz (30% de eficácia), e os experientes Tiago Pereira (5 golos, 50% de eficácia, e 3 assistências) e Bruno Moreira (6 golos, 66% de eficácia), embora Rui Barreto, com 8 golos e 100% de eficácia, tenha estado em dia sim. Aos 20 minutos de jogo tínhamos uma igualdade a 9, que se repetiu aos 25, a 12 golos, para o ABC, chegar aos 15-13 aos 29 minutos e ir para o intervalo a vencer por 15-14. No segundo tempo o Belenenses iguala a 15 golos, mas o ABC passa a comandar o jogo e o marcador até cerca dos 40 minutos quando o Belenenses, iguala a 19 golos, e passa depois do minutos inicial para a frente do marcador por 20-19 (42 minutos), como ABC a passar para uma defesa mais agressiva, após o Belenenses fazer 22-20 a seu favor (45 minutos), volta a igualar o marcador a 23 golos, aos 48 minutos, após a entrada do jovem Rui Batista (3 golos, 60% de eficácia), daqui até ao final do tempo regulamentar, a diferença de um golos a favor do Belenenses, foi a dominante, com o ABC a igualar, através de um livre de 7 metros, a 10 segundos do final do encontro.
Banhadas Andebol
« Última modificação: 25 de Outubro de 2020, 01:42 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #9 em: 11 de Novembro de 2020, 23:36 »

9ª Jornada: ABC 30 – 24 ISMAI



Citar
No Pavilhão Flávio Sá Leite, disputou-se o ABC / Ismai, que terminou com a esperada vitória do ABC (face ao que as duas equipas têm vindo demonstrando), jogo que foi de algum equilíbrio nos primeiros 15 minutos, com o arcador sempre equilibrado (7-6) a favor do ABC, que no entanto chegou ao intervalo já a vencer por 17-14, nunca permitindo que os maiatos estivessem na frente do marcador, situação que continuou a verificar-se no segundo tempo, com a s diferenças a aumentarem nos minutos finais do encontro, pois a diferença final, não traduz o que na realidade se passou em termos de jogo praticado, pois a grande diferença apenas se começou a verificar após o 27-22. No ABC, Ceballos (7 golos, 77% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), foi o melhor marcador da equipa bem acompanhado pelo jovem André José com 6 golos (75% de eficácia), tendo na baliza Cláudio Silva em bom plano com 34% de eficácia, com Manuel Lima e os seus 7 golos (70% de eficácia) a ser o melhor marcador do Ismai, e dos dois guarda-redes utilizados apenas Francisco Oliveira atingiu bons níveis de eficácia (33%).
Banhadas Andebol
« Última modificação: 13 de Novembro de 2020, 21:26 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #10 em: 14 de Novembro de 2020, 13:02 »

10ª Jornada: Avanca 26 – 22 ABC



Citar
No Pavilhão Adelino Costa, realizou-se este encontro, que foi um dos jogos que mais atenção despertava nesta jornada. Começou melhor o ABC, que abriu o marcador, mas rapidamente a AA Avanca, iguala e passa para o comando do marcador, mas o encontro manteve uma toada de equilíbrio até cerca dos 24 minutos, quando se registava uma igualdade 6 golos, para a AA Avanca, passar em para a frente do marcador, chegando ao intervalo a vencer por 10-8, com o seu guarda-redes Luís Silva e bom plano, juntamente com André Sousa (6 golos). Por sua vez no ABC, Cláudio Silva na baliza dava e bem conta do recado, bem acompanhado por André José (5 golos), mas ambos os conjuntos a cometerem algumas faltas técnicas, no segundo tempo, o ABC com uma excelente reação chega a nova igualdade aos 45 minutos a 15 golos, e repetiu a 16 golos, já depois de ficar sem André José, lesionado num choque com Francisco Silva, dando origem à desqualificação deste, com a AA Avanca a aproveitar e bem este facto (a ausência de André José), e achegar aos 25 minutos a vencer por 24-17, maior diferencial em todo o encontro com Gualther Furtado em grande plano com os seus 10 golos, cotando-se como o melhor marcador da sua equipa. O ABC, que nunca se deu por vencido ainda diminuiu o diferencial nos últimos instantes do encontro, onde Ceballos (8 golos), foi determinante cotando-se como o melhor marcador da equipa, Pena este encontro não ter o relatório estatístico elaborado no momento em que escrevemos a crónica do jogo, pois seria interessante analisar o mesmo.
Banhadas Andebol
« Última modificação: 19 de Novembro de 2020, 12:56 por PEDRØ XVI »
Anuncios G
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #11 em: 20 de Novembro de 2020, 22:14 »

11ª Jornada: ABC 25 – 25 Povoa AC

     
« Última modificação: 04 de Dezembro de 2020, 14:34 por PEDRØ XVI »
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3266
  Re: ABC/UMinho - Época 2020/2021
« Responder #12 em: Hoje às 12:30 »

13ª Jornada: ABC 26 – 27 Madeira SAD
 

Anuncios M
Anuncios M