Quantcast
NOTÍCIAS DO SPORTING CLUBE DE BRAGA
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
NOTÍCIAS DO SPORTING CLUBE DE BRAGA
14071 Respostas
834919 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6360 em: 23 de Maio de 2021, 09:47 »
.noticiasaominuto.com

SC Braga-Benfica: Coimbra serve "bolo", mas para onde pende a "cereja"?
Carlos Pereira Fernandes

Arsenalistas e encarnados vão a jogo na final da Taça de Portugal na esperança de encerrar a temporada com um título.

Após largos meses de competição e (muitas) emoções, a temporada 2020/21 do futebol nacional chega, este domingo, ao fim, com a tão aguardada final da Taça de Portugal, que colocará, frente a frente, Sporting de Braga e Benfica, no Estádio Cidade de Coimbra.

Arsenalistas e encarnados vão a jogo na esperança de conseguir evitar terminar a campanha a 'zeros' no que a troféus diz respeito. No entanto, nem Carlos Carvalhal, nem Jorge Jesus, aceitam a teoria de que uma eventual vitória 'salvará' a época.

O treinador dos minhotos admitiu, isso sim, que a conquista da prova-rainha do futebol luso "seria a cereja no topo do bolo" de uma temporada que começou bem, mas na qual a equipa "claudicou um bocadinho nesta parte final".

Jorge Jesus, por sua vez, sublinhou que "é sempre importante vencer a Taça de Portugal". Ainda assim, garantiu que "ganhando ou não ganhando, a pressão é a mesma" quanto à continuidade no comando técnico dos encarnados.

O Sporting de Braga-Benfica será ajuizado por Nuno Almeida, árbitro da Associação de Futebol do Algarve, e tem apito inicial agendado para as 20h30 (hora de Portugal Continental), no Estádio Cidade de Coimbra.

Treinadores em discurso direto

Carlos Carvalhal


Benfica: A dinâmica é muito própria no ataque, jogando com uma linha defensiva de quatro ou de cinco. Sabemos o que o Benfica vai fazer e acho que o Benfica saberá o que nós vamos fazer no jogo. Tanto o Benfica como o Flamengo do Jorge Jesus. Sabemos o que nos espera, mas isso que não quer dizer que seja fácil. Temos uma tarefa complicada pela frente.

Quebra na reta final: Acho perfeitamente normal. Tivemos alguns jogos que nos afastaram um bocadinho. Deu para recuperar alguns jogadores saturados e deu para juntar as tropas. Quando o árbitro apitar amanhã, tudo o resto fica para trás. O que contam são os 90 minutos. Quem estiver melhor e com maior equilíbrio mental é quem vai ganhar. O resto fica para trás.

Opções: Para estágio vão os jogadores que vão estar no jogo. Os lesionados viajam no domingo para estarem junto dos companheiros.

Jorge Jesus

Sporting de Braga quer ganhar: Para mim não é nada de anormal um treinador dizer que vai ganhar a final. Não é falta de respeito pelo adversário. É confiança e nós também pensamos assim. Estamos preparados para o duelo e para vencer esta final da Taça. Último jogo da época. Único título que o Benfica pode conquistar. É importante para nós ganhar esta final da Taça. O. Benfica nos últimos 20 anos ganhou três. Não é fácil ganhar a Taça de Portugal.

Final especial: São jogos com características especiais. Ou ganhas ou perdes. Tem muito a ver com a qualidade do jogo. Não é muito importante nas finais quem é mais forte ou não, teoricamente. Numa final tens de arriscar tudo porque queres sair de lá vencedor.

Benfica pressionado: É sempre importante vencer a Taça. Não vai valorizar nada aquilo que fizemos nesta ponta final da época, mas ganhando o troféu conquistamos este título. Ganhando ou não ganhando, a pressão é a mesma. Já falei daquilo que eu penso e sei que aconteceu esta época no Benfica. Se é importante vencer? Isso é. Queremos partilhar um título com os adeptos que eles merecem. Quanto ao futuro é tudo igual.

Últimos resultados

Sporting de Braga:
D-E-E-V-E

Benfica: V-E-V-V-V

Últimos onzes

Sporting de Braga:
Tiago Sá; Zé Carlos, Bruno Rodrigues, Guilherme Soares, Sequeira, Borja; Al Musrati, André Horta; Lucas Piazón, Ricardo Horta e Sporar.

Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Lucas Veríssimo, Otamendi, Morato, Nuno Tavares; Gabriel, Taarabt; Pedrinho, Darwin Núñez e Seferovic.

Ausências

Sporting de Braga:
David Carmo, Francisco Moura e Iuri Medeiros (lesionados).

Benfica: Lucas Veríssimo, Jan Vertonghen, André Almeida e Andreas Samaris (lesionados)

em: https://www.noticiasaominuto.com/desporto/1759937/sp-braga-benfica-coimbra-serve-bolo-mas-para-onde-pende-a-cereja
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6361 em: 23 de Maio de 2021, 09:51 »
futebol365.pt

Taça de Portugal: Benfica e Sporting de Braga tentam fechar época com troféu
Lusa

Benfica e Sporting de Braga defrontam-se hoje numa final inédita da Taça de Portugal em futebol, num jogo em que ‘águias’ e ‘arsenalistas’ procuram evitar uma época em ‘branco’.

Em jogo no Estádio Cidade de Coimbra, os ‘encarnados’, recordistas de Taças de Portugal, tentam chegar ao 27.º troféu na competição, enquanto o Braga tenta a sua terceira Taça da história.

Esta época, as duas equipas defrontaram-se três vezes, com um saldo de duas vitórias para o Sporting de Braga e uma para o Benfica, mas em jogos que tiveram circunstâncias muito diferentes.

O Benfica perdeu em novembro em casa na primeira volta por 3-2, num jogo em que esteve a perder por 3-0, e, em março, venceu em Braga, por 2-0, num jogo em que os minhotos ficaram reduzidos a 10 aos 39 minutos, ainda com o resultado a zero.

Entre estes dois jogos, as ‘águias’ foram ainda eliminadas pelo Sporting de Braga na meias-finais da Taça da Liga (2-1), em janeiro, em pleno surto de covid-19 no plantel, com Jorge Jesus a ir a jogo sem mais de metade dos habituais titulares.

Hoje, em Coimbra, tanto Benfica como Sporting de Braga têm a oportunidade de fechar a época com um troféu, depois de as ‘águias’ terem dececionado no campeonato, competição em que foram terceiras, o que não acontecia desde 2009, e os ‘arsenalistas’ quartos.

Até chegar a Coimbra, palco que substitui pela segunda época consecutiva o tradicional Estádio Nacional, no Jamor, o Benfica eliminou Paredes (1-0, fora), Vilafranquense (5-0, casa), Estrela da Amadora (4-0, fora), Belenenses SAD (3-0, casa) e Estoril Praia (3-1 fora e 2-0 casa), enquanto o Sporting de Braga afastou Trofense (2-1, fora), Olímpico Montijo (7-0, fora), Torreense (5-0, casa), Santa Clara (2-1, casa) e FC Porto (1-1 casa e 3-2 fora).

O jogo de hoje, com início marcado para as 20:30, tem arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de futebol do Algarve.

em: https://www.futebol365.pt/artigo/259386-taca-de-portugal-benfica-e-sporting-de-braga-tentam-fechar-epoca-com-trofeu/
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6362 em: 23 de Maio de 2021, 11:15 »
A Bola














Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6363 em: 23 de Maio de 2021, 11:26 »
Record















Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6364 em: 23 de Maio de 2021, 11:33 »
zerozero.pt

Os números que alimentam o confronto

Uma rivalidade separada pelo tempo: JJ leva vantagem, mas Carvalhal tem mais razões para sorrir esta época


Águias contra guerreiros, encarnados contra arsenalistas, ou, simplesmente, SL Benfica contra SC Braga. Chame-lhe o que quiser porque, independentemente do nome, a verdade é que a versão 151 de um clássico cada vez maior do futebol português está aí à porta.

Domingo, no Estádio Cidade de Coimbra, lisboetas e minhotos voltam-se a encontrar, mas desta vez o foco transcende a rivalidade e faz mira a objetivos mais altos: vencer a Taça de Portugal.

Mas, vamos a factos: se é verdade que em 150 jogos entre ambas as formações, as águias são quem tem voado bem mais alto (98 vitórias encarnadas contra apenas 21 triunfos bracarenses e 30 empates), não menos verdade é que há outro duelo em perspetiva para animar o derradeiro jogo da temporada 2020/21 e, quem sabe, para baralhar as contas: Jorge Jesus vs Carlos Carvalhal.

Jorge Jesus vs SC Braga: A velha raposa 

Para falar da história que une Jorge Jesus ao SC Braga é preciso recuar até à época 1995/96, quando um FC Felgueiras orientado pelo agora treinador encarnado (e com um jovem de 21 anos no onze de seu nome Sérgio Conceição) recebeu e empatou com o SC Braga. Foi o primeiro de 46 capítulos de uma longa saga entre o treinador natural da Amadora e o clube bracarense.

Ao Felgueiras seguiu-se a mudança para a sua terra natal, e, no Estrela, JJ aprendeu a receita do complexo antídoto para levar de vencida a turma de Braga, seis jogos depois. A primeira de 18 vitórias aconteceu em dezembro de 1999, no Estádio Municipal 1º de maio.

Por Vitória SC, Moreirense e Belenenses (em dose dupla), o técnico somou mais quatro triunfos diante da turma bracarense e deu as cartas necessárias para chamar a atenção da formação minhota. Em 2008, trocou de barricada e o histórico de duelos nunca mais foi igual. Um ano na cidade dos arcebispos serviu de trampolim para regressar a Lisboa, mas desta vez com o Estádio da Luz como destino. O resto é história: 46 jogos, 18 vitórias para o «mestre da tática»; 17 para os arsenalistas e 11 empates.

O jogo de domingo marcará não só o 47º confronto entre estes dois velhos conhecidos, como será a primeira vez que JJ encontrará o SC Braga numa final. Enquanto timoneiro benfiquista, o treinador natural da Amadora venceu dez dos 20 jogos feitos diante dos arsenalistas (que apenas venceram sete e empataram três), mas em contrapartida foi eliminado pelos guerreiros do Minho numa meia-final da Liga Europa em 2011, numa meia-final da Taça da Liga nas grandes penalidades na época 2012/13 e, já esta época, nas meias-finais da Taça da Liga.

De resto importa dizer que a história recente tem sorrido mais para os lados da Pedreira do que para o timoneiro das águias, que apenas ganhou um dos últimos cinco jogos diante dos vermelhos do Minho (três desses jogos enquanto treinador do Sporting).

Carlos Carvalhal vs SL Benfica: O tímido aprendiz

A história de Carlos Carvalhal diante do SL Benfica é tão pequena quanto fácil de contar. Em 19 jogos, a turma da Luz leva clara vantagem sobre o técnico que saiu vencido em dez encontros e empatou outros cinco. Isto é o mesmo que dizer que, em toda a sua carreira, o treinador dos arsenalistas apenas venceu a formação lisboeta em quatro ocasiões.

No entanto, há dados que colocam o treinador natural de Braga à frente do seu homólogo benfiquista: não só Carlos Carvalhal precisou de menos jogos para bater pela primeira vez o adversário que vai encontrar no domingo, como o passado recente é lhe ligeiramente mais favorável.

Depois de uma passagem pela Vila das Aves (onde até comandou o CD Aves a um empate a quatro bolas diante das águias), o treinador natural de Braga ingressou no Belenenses onde comandou os azuis do Restelo a uma folgada vitória por 4x1 diante do Benfica. Ou seja, Carlos Carvalhal precisou apenas de três jogos para vencer o Benfica, enquanto JJ precisou do dobro para bater o SC Braga.

Quanto ao histórico recente, há que destacar as duas vitórias nos últimos três jogos diante dos encarnados, esta época. Uma balança que, à luz da época 2020/21, pende mais para os lados de Braga do que para os lados de Lisboa. 

Carlos Carvalhal vs Jorge Jesus

É um confronto que já foi mais comum do que é agora e o tempo tem dado mais argumentos ao técnico bracarense do que ao timoneiro benfiquista.

Apesar da esclarecedora vantagem nos 11 jogos já disputados entre os dois treinadores (JJ venceu 5 vezes contra apenas duas vitórias de Carlos Carvalhal), é justo dizer que o confronto entre os dois maestros tem sido vivido a dois tempos: de 2006 a 2010 e, uma década depois, retomado em 2020. Uma espécie de segunda parte de uma rivalidade cada vez mais clássica.

Até 2010 a vantagem do treinador natural da Amadora era por demais evidente: em oito jogos, quatro vitórias e quatro empates. Contudo, dez anos volvidos a história tem sido ligeiramente diferente e tem sorrido mais ao treinador arsenalista: desde 2020, em três jogos, Carvalhal venceu dois, Jesus apenas um.

Quis o destino que o 12º jogo entre ambos fosse sem a presença do 12º jogador, mas, com ou sem público, indiscutível é que domingo o novo round entre os dois treinadores será o mais importante e, seguramente, o mais decisivo até à data.

Em plena cidade dos estudantes, sorrirá mais aquele que se preparar melhor para o exame (da) final.

em: https://www.zerozero.pt/news.php?id=323821
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6365 em: 23 de Maio de 2021, 12:43 »
zerozero.pt

Head-to-head na Taça: segurança máxima nas balizas, mas qual o mais importante?

É já este domingo que a Taça de Portugal vai conhecer o novo dono. SC Braga e Benfica disputam, no Estádio Cidade de Coimbra, um título num jogo único de 90 minutos (120 se necessitarem de prolongamento). Por se tratar de uma final, o aspeto defensivo ganha ainda mais importância e, por isso, o zerozero começa a sequência de confrontos pelas balizas.

A defender as redes arsenalistas está Matheus, o indiscutível dono do lugar. Ao contrário do seu adversário direto, o brasileiro foi aposta desde o início da temporada e assim continua devido à segurança apresentada quando chamado a intervir. Atrás de uma defesa instável e que tem nas marcações individuais a sua estratégia, o guardião teve de evitar golos quase certos ao longo da temporada. 

O reflexo da instabilidade defensiva bracarense é a quantidade de defesas (64) em jogos do campeonato (realizou 32). Para uma equipa habituada a jogar com olhos na baliza adversária, a necessidade de ter um guarda-redes preparado para sair aos passes longos também é fulcral e Matheus já demonstrou, em várias ocasiões, a capacidade para o fazer.

O seu adversário aproveitou uma quebra exibicional de um colega da equipa e uma preferência do treinador para agarrar um lugar que nunca mais largou. Helton Leite passou a ser o dono da baliza encarnada e também não se pode dizer que a experiência tenha corrido mal, antes pelo contrário.

As 11 vezes que deixou a baliza a zeros (mais uma que Matheus, apesar de menos 19 jogos) são suportadas pelo recorde europeu que conquistou pouco tempo depois de ter começado a ser aposta. Os 22 golos sofridos em 25 jogos colocam a média de golos sofridos abaixo de um por jogo.

Se também é verdade que tem uma defesa mais consistente e com nomes bem mais fortes e experientes, Helton Leite não sente tanta necessidade em arriscar com saídas (12 contra 30 de Matheus). Em cima da linha de golo é alvo duro de contrariar e Jorge Jesus parece ter gostado da aposta.

Dois guardiões muito experientes e com capacidade para fazer a diferença vão estar frente a frente este domingo e é o primeiro dos duelos que destacámos. A não perder.

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=324024
:
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6366 em: 23 de Maio de 2021, 12:47 »
zerozero.pt

Sabia que...by playmaker stats

TREINADORES
Jorge Jesus procura o 19.º título da carreira, o 11.º ao serviço do Benfica

TREINADORES
Carlos Carvalhal procura juntar a Taça de Portugal à Taça da Liga, que conquistou pelo Vitória FC, em 2008

TREINADORES
Em eliminatórias, Carlos Carvalhal e Jorge Jesus defrontaram-se por duas vezes, ambas na Taça da Liga: em 2009/10, levou a melhor Jesus (num Sporting x Benfica) e, já esta época, foi Carvalhal a ganhar

TREINADORES
Carlos Carvalhal regressa a uma final da Taça de Portugal 19 anos depois: em 2002, perdeu pelo Leixões, que então militava no 3.º escalão

TREINADORES
Jorge Jesus já venceu a Taça de Portugal por uma vez (2014) mas já perdeu três finais (2007, 2013 e 2018)

TREINADORES
Jorge Jesus e Carlos Carvalhal defrontam-se na Taça de Portugal pela 1.ª vez

EQUIPAS
O Benfica venceu os seis jogos realizados nesta edição da Taça de Portugal

EQUIPAS
O Benfica disputa a final da Taça de Portugal pela 38.ª vez: soma 26 vitórias e 11 derrotas

EQUIPAS
Nose 16 últimos jogos, o Benfica só perdeu um

EQUIPAS
O Benfica não perde há sete jogos (seis vitórias e um empate neste período)

EQUIPAS
O Benfica soma três vitórias consecutivas

EQUIPAS
O SC Braga disputa a final da Taça de Portugal pela 7.ª vez, somando duas vitórias e quatro derrotas

EQUIPAS
O percurso do SC Braga nesta edição da Taça de Portugal: seis jogos, cinco vitórias e um empate

EQUIPAS
Nos seis últimos jogos, o SC Braga só ganhou um

EQUIPAS
O SC Braga não perde há quatro jogos

CONFRONTOS
O Benfica marcou em todos os jogos realizados frente ao SC Braga na Taça de Portugal

CONFRONTOS
O último jogo entre as duas equipas na Taça de Portugal foi na época passada, com vitória do Benfica em casa por 2-1, nos oitavos de final da prova

CONFRONTOS
Esta época, as duas equipas já se defrontaram por três vezes, com duas vitórias para o SC Braga e uma para o Benfica

CONFRONTOS
SC Braga e Benfica protagonizam uma final inédita: nunca se defrontaram no jogo decisivo da competição

CONFRONTOS
Em campo neutro, este é apenas o terceiro jogo entre as duas equipas, com uma vitória para cada uma

CONFRONTOS
Olhando apenas para as eliminatórias da Taça de Portugal entre as duas equipas, há um empate total: em 10 eliminatórias, cinco qualificações para os bracarenses e outras cinco para o Benfica

CONFRONTOS
Na Taça de Portugal, realizaram-se 12 jogos entre as duas equipas, com sete vitórias para o Benfica e cinco para o SC Braga

CONFRONTOS
SC Braga e Benfica defrontaram-se por 150 vezes, com clara vantagem dos encarnados, que somam 98 vitórias, contra 21 triunfos dos bracarenses

em: https://www.zerozero.pt/playmakerstats.php
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6367 em: 23 de Maio de 2021, 13:29 »
zerozero.pt

Head-to-head na Taça: qual dos trincos tem a chave para a vitória?

Este domingo é dia de final da Prova Rainha do futebol português, a Taça de Portugal e na contagem decrescente para esse duelo entre o SC Braga e o Benfica. é tempo de olhar para os vários jogadores que fazem a diferença por setores nos dois clubes. Antes da bola rolar, o zerozero preparou-lhe uma análise comparativa entre as duas equipas, desde a baliza até ao ataque, passando pelo meio-campo, onde está o foco deste artigo e onde surgem em destaque Julian Weigl e Al Musrati.

Comecemos pelo médio dos bracarenses. Al Musrati chegou no último mercado de verão à Pedreira, depois de passagens um pouco modestas - embora com algumas boas anotações - pelo Rio Ave e pelo Vitória SC e a aposta não podia ter corrido melhor. Apesar de ter começado com uma menor relevância na equipa de Carlos Carvalhal, a mesma foi subindo com o passar do tempo, fruto das suas sólidas exibições, que cedo o trouxeram para as luzes da ribalta.

A concorrência no miolo bracarense é alta - há João Novais, Castro, Fransérgio e até, por vezes, Piazón ou Gaitán -, mas mesmo assim Al Musrati esteve envolvido em 43 jogos do SC Braga esta temporada, a grande maioria (34) como titular. Apesar de ser um médio que possui características predominantemente defensivas (um género de trinco ou médio defensivo), a importância de Al Musrati no ataque é de destacar, contando este com quatro golos (três na liga e outro na Liga Europa) e três assistências nesta temporada.

Além disso, o médio líbio conta com uma percentagem de passe , em jogos do campeonato - segundo os dados do nosso Playmaker -, bastante invejável de 85% de acerto. Esse já foi, de resto, um tema abordado por Carlos Carvalhal no passado. A essa boa percentagem ao nível do passe, Al Musrati junta ainda uma percentagem - também apenas em jogos do campeonato - de duelos ganhos aos adversários de 49%. Números que demonstram a sua importância nos dois lados do campo.

Virando as atenções para o lado benfiquista, o jogador mais parecido a nível posicional e com uma importância na equipa semelhante é o alemão Julian Weigl. O médio de 25 anos chegou à Luz no mercado de inverno da temporada passada, por uma verba de 20 milhões de euros, e o seu início acabou por ser tremido, mas esta temporada tem sido fundamental no esquema tático de Jorge Jesus e até foi eleito como o melhor jogador do ano das águias.

Prova dessa importância, é que o centrocampista germânico participou num total de 42 jogos dos encarnados nesta época, sendo que desses 31 foram enquanto titular. Além de ser peça frequente no meio campo, Weigl é ainda utilizado por Jorge Jesus no centro da defesa em certas ocasiões, seja por necessidade ou por opção.

No entanto, a sua importância na equipa do Benfica, ao contrário de Al Musrati no SC Braga, é essencialmente ao nível defensivo e de ligação do jogo, como os números do nosso Playmaker comprovam. A nível ofensivo, o alemão apenas esteve diretamente envolvido num golo do Benfica nesta temporada (marcou na vitória por 4x0 frente ao Lech Poznan, na fase de grupos da Liga Europa), mas as suas percentagens nos outros dois campos em análise são invejáveis.

Embora «perca» para com o seu colega de posição e de profissão do SC Braga ao nível do processo ofensivo, nos outros dois parâmetros é Weigl quem leva a melhor. Ao nível do passe, o antigo jogador do Borussia Dortmund tem uma percentagem de acerto no campeonato de 91%, uma das mais altas da Liga NOS, ao qual junta ainda uma percentagem de sucesso nos duelos que disputa de 55%. O próprio Jorge Jesus já destacou a grande subida de rendimento de Weigl nesta temporada.

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=323882
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6368 em: 23 de Maio de 2021, 13:52 »
Público



Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6369 em: 23 de Maio de 2021, 13:55 »
tribunaexpresso.pt

A final da Taça de Portugal: três defesas contra três defesas

Carlos Carvalhal e Jorge Jesus deverão optar por sistemas semelhantes na final da Taça de Portugal (20h30, TVI), antecipa à Tribuna Expresso o treinador e comentador Blessing Lumueno

Há quem se mantenha fiel a um sistema (como o caso de Rúben Amorim no Sporting) e quem vá variando conforme a estratégia para cada encontro. SC Braga e Benfica foram duas destas equipas, optando ao longo do ano por sistemas de quatro defesas ou de três centrais, de acordo com o momento e as necessidades, ainda que ambas tenham enfrentado a reta final do campeonato a apoiar-se mais numa tática de três homens mais recuados.

Por isso mesmo, o treinador e comentador Blessing Lumueno acredita que não haverá surpresas na abordagem tática da final da Taça de Portugal por parte dos técnicos e que teremos frente a frente uma equipa a jogar com três centrais frente a outra também com três centrais. Por parte do Benfica, o jogo com o Sporting da penúltima jornada do campeonato foi um bom teste para o que vai encontrar no domingo. “O Sporting joga com um sistema muito parecido com o do SC Braga, pelo menos na forma como a equipa pressiona no meio-campo ofensivo e como joga ofensivamente, por isso penso que não haverá surpresas”, diz o treinador, que sublinha que, no entanto, o Braga poderá “apresentar uma nuance relativamente aos centrais, que deverão envolver-se mais do ponto de vista ofensivo, sobretudo quando a bola estiver no corredor lateral, em Galeno ou em Ricardo Esgaio”.

em:
https://tribunaexpresso.pt/futebol-nacional/2021-05-23-A-final-da-Taca-de-Portugal-tres-defesas-contra-tres-defesas-8f7e1080
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6370 em: 23 de Maio de 2021, 13:58 »
ribunaexpresso.pt

Contos do jogo que pode salvar uma época

Carlos Carvalhal e Jorge Jesus: ambos precisam de um troféu para fechar a época com o sucesso possível, este domingo, em Coimbra (20h30, TVI).

Este domingo (20h30, TVI), no Estádio Cidade de Coimbra, fica fechada a temporada 2020/21, comprimida em menos meses do que o costume (efeitos colaterais da pandemia), com a final da Taça de Portugal entre SC Braga e Benfica, uma decisão inédita entre duas equipas que queriam mais desta época.

Final inédita

Parece impossível, mas em 81 edições nunca o confronto decisivo se tinha jogado entre Benfica e SC Braga — 2020/21 será, portanto, temporada com uma final inédita na história da Taça de Portugal. Em outras eliminatórias, SC Braga e Benfica já jogaram um total de 12 vezes na Taça, e o frente a frente está bem dividido, com sete vitórias para os encarnados e cinco para os minhotos. O último duelo aconteceu na última edição, ainda pré-pandemia, nos oitavos de final, com triunfo para o Benfica por 2-1. No banco, dois técnicos que não acabariam a época: Bruno Lage e Sá Pinto. Os encarnados seguiram até à final, onde seriam derrotados pelo FC Porto.

em: https://tribunaexpresso.pt/futebol-nacional/2021-05-23-Contos-do-jogo-que-pode-salvar-uma-epoca-8acab23a
Anuncios G
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6371 em: 23 de Maio de 2021, 14:40 »
CM



Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6372 em: 23 de Maio de 2021, 14:45 »
zerozero.pt

Os números de Galeno e Rafa

Head-to-head na Taça: Dois velocistas com olho para o golo


A final da Taça de Portugal aproxima-se a grande velocidade, um pouco como Rafa Silva e Wenderson Galeno têm tendência a fazer. Para marcar a ocasião, o zerozero traz-lhe uma comparação dos craques de cada equipa em estilo frente a frente, desde a baliza até aos atacantes. Desta vez falamos dos extremos já referidos, que em tanto são semelhantes.

Num plantel extenso e competitivo como é o do SC Braga, há poucos homens que sejam tão importantes como Wenderson Galeno. O brasileiro é o terceiro jogador mais utilizado por Carlos Carvalhal, e por bons motivos. A dinâmica, velocidade e criatividade que coloca no jogo bracarense é mais do que evidente, sendo quase sempre um dos elementos mais perigosos da sua equipa.

Leva sete golos e 10 assistências no total da temporada, um registo que já é bom mas passa a impressionante quando se tem em conta que Galeno tem jogado como ala esquerdo, uma posição que acarreta muita responsabilidade defensiva. Só na Taça de Portugal são dois golos e duas assistências, números que o ex-FC Porto certamente vai querer aumentar na final.

A criatividade fica bem explícita nos números do jogador na Liga NOS. No campeonato, Galeno criou um total de 11 oportunidades para os seus colegas, e a essa criatividade junta-se a fantasia, que tão bem combina com o resto do seu jogo, pois o brasileiro completou 48 por cento dos dribles que tentou esta temporada.

Joga numa posição diferente, mas o Benfica têm em Rafa Silva um perfil muito semelhante ao de Galeno. Velocidade, técnica e muita explosividade são as características do quinto mais utilizado por Jorge Jesus esta temporada.

Não foi a melhor temporada da carreira do ex-SC Braga, mas ainda assim Rafa marcou nove golos e deu oito a marcar, o que significa que é um dos jogadores mais produtivos no Benfica. Apenas um golo e uma assistência surgiram na prova rainha, mas essa é uma prova em que o internacional português teve apenas 261 minutos de jogo.

Para além do envolvimento em golos, Rafa criou 11 oportunidades, as mesmas que Galeno, na Liga NOS, mas tem um maior aproveitamento que o brasileiro na hora de driblar. São 57 por cento dos dribles que são concluídos com sucesso, um rácio positivo e que pode muito bem vir a ser útil na final da Taça este domingo, frente à sua antiga equipa.

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=324010


Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6373 em: 23 de Maio de 2021, 14:51 »
zerozero.pt

23 curiosidades sobre o SC Braga x Benfica

0 SC Braga e Benfica defrontam-se pelas 20h30m, no jogo que define o sucessor do FC Porto como vencedor da Taça de Portugal , numa partida que será arbitrada por Nuno Almeida. Conheça as principais curiosidades do desafio.

SC Braga e Benfica defrontaram-se por 150 vezes, com clara vantagem dos encarnados, que somam 98 vitórias, contra 21 triunfos dos bracarenses

Na Taça de Portugal, realizaram-se 12 jogos entre as duas equipas, com sete vitórias para o Benfica e cinco para o SC Braga

Olhando apenas para as eliminatórias da Taça de Portugal entre as duas equipas, há um empate total: em 10 eliminatórias, cinco qualificações para os bracarenses e outras cinco para o Benfica

Em campo neutro, este é apenas o terceiro jogo entre as duas equipas, com uma vitória para cada uma

SC Braga e Benfica protagonizam uma final inédita: nunca se defrontaram no jogo decisivo da competição

Esta época, as duas equipas já se defrontaram por três vezes, com duas vitórias para o SC Braga e uma para o Benfica

O último jogo entre as duas equipas na Taça de Portugal foi na época passada, com vitória do Benfica em casa por 2-1, nos oitavos de final da prova

O Benfica marcou em todos os jogos realizados frente ao SC Braga na Taça de Portugal

O SC Braga não perde há quatro jogos

Nos seis últimos jogos, o SC Braga só ganhou um

O percurso do SC Braga nesta edição da Taça de Portugal: seis jogos, cinco vitórias e um empate

O SC Braga disputa a final da Taça de Portugal pela 7.ª vez, somando duas vitórias e quatro derrotas

O Benfica soma três vitórias consecutivas

O Benfica não perde há sete jogos (seis vitórias e um empate neste período)

Noses 16 últimos jogos, o Benfica só perdeu um

O Benfica disputa a final da Taça de Portugal pela 38.ª vez: soma 26 vitórias e 11 derrotas

O Benfica venceu os seis jogos realizados nesta edição da Taça de Portugal

Jorge Jesus e Carlos Carvalhal defrontam-se na Taça de Portugal pela 1.ª vez

Jorge Jesus já venceu a Taça de Portugal por uma vez (2014) mas já perdeu três finais (2007, 2013 e 2018)

Carlos Carvalhal regressa a uma final da Taça de Portugal 19 anos depois: em 2002, perdeu pelo Leixões, que então militava no 3.º escalão

Em eliminatórias, Carlos Carvalhal e Jorge Jesus defrontaram-se por duas vezes, ambas na Taça da Liga: em 2009/10, levou a melhor Jesus (num Sporting x Benfica) e, já esta época, foi Carvalhal a ganhar

Carlos Carvalhal procura juntar a Taça de Portugal à Taça da Liga, que conquistou pelo Vitória FC, em 2008

Jorge Jesus procura o 19.º título da carreira, o 11.º ao serviço do Benfica

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=324038

Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6374 em: 23 de Maio de 2021, 15:48 »
zerozero.pt

Head-to-head na Taça: Dois goleadores que crescem na prova rainha

A final da Taça de Portugal joga-se já este domingo, entre Benfica e SC Braga! Para marcar a ocasião, o zerozero traz-lhe uma comparação dos craques de cada equipa em estilo frente a frente, desde a baliza até aos atacantes. E é essa última categoria, onde encaixam Abel Ruiz e Seferovic, que abordaremos agora.

Comecemos pelo homem do SC Braga, que se prepara para disputar a primeira final da sua ainda jovem carreira. Abel Ruiz, de 21 anos, tem oscilado nas suas exibições da mesma forma que oscila entre a titularidade e o banco, mas mesmo assim conseguiu atingir os dois dígitos nos golos marcados. São já onze, em 1973 minutos jogados.

A boa notícia para os adeptos bracarenses é que o espanhol tem sido muito mais certeiro na prova rainha, pois é daí que vem a maioria dos golos. Ruiz marcou só em três ocasiões na Liga NOS, mas na Taça de Portugal já celebrou sete vezes, em apenas 370 minutos jogados (divididos por seis jogos). É o melhor marcador da prova, e o seu registo goleador pinta uma bonita imagem acerca da campanha do clube...
[/url][/IMG]
Um golo ao Trofense (1x2), na terceira eliminatória (primeira dos arsenalistas). Outro ao Olímpico Montijo (0x7), na quarta eliminatória. Os oitavos de final trouxeram o Torreense (5x0), e Abel Ruiz respondeu com um bis, antes de voltar a marcar frente ao Santa Clara (2x1) nos quartos de final. Ainda houve mais um bis, provavelmente o mais saboroso de todos, frente ao FC Porto (2x3), para garantir o lugar nesta final.

Se os números na Taça foram espetaculares, então os do campeonato são extremamente desapontantes, mas é de lá que surgem dados relevantes acerca do aproveitamento do ponta de lança. Ao longo dos 25 jogos que fez na Liga NOS, Ruiz só conseguiu rematar à baliza em 11 ocasiões, e converte apenas um quarto das grandes oportunidades de que dispõe, o que são números bastante inferiores aos do seu adversário.
[/url][/IMG]
Falamos de Haris Seferovic, o avançado que não consegue gerar consenso entre os adeptos do Benfica, mas que consegue fazer algo bem mais importante: marcar golos. O suíço ficou a um tento de se afirmar como melhor marcador da Liga NOS, numa época que não deixa de ser brilhante.

26 golos e seis assistências, divididos por 47 jogos em que várias vezes começou no banco de suplentes, e os números na Taça de Portugal também não são nada maus. Tal como Abel Ruiz, Seferovic começou a marcar logo na terceira eliminatória e só parou nas meias-finais, registando um total de quatro golos em apenas 213 minutos, o que significa que precisa de apenas 53 minutos para marcar na prova rainha.

Foram 35 remates à baliza nos 2265 minutos que jogou na Liga NOS, e aproveitamento das ocasiões de que dispôs é bem melhor do que muitas vezes se diz... O suíço marca 45 por cento das suas grandes oportunidades, um registo que é muito superior ao do goleador bracarense, por exemplo.

Texto retirado do zerozero.pt
https://www.zerozero.pt/news.php?id=323953
« Última modificação: 23 de Maio de 2021, 15:51 por Lipeste »
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6375 em: 23 de Maio de 2021, 17:03 »
bolanarede.pt

SC Braga x SL Benfica
De que vermelho e branco serão as fitas?

ANTEVISÃO: 150 JOGOS DEPOIS, EIS A PRIMEIRA


A meio caminho entre Braga e Lisboa, arsenalistas e águias encontram-se para discutirem a custódia da Taça de Portugal 20/21. Esta será a primeira vez que os dois clubes disputam entre si a final da Prova Rainha. Os minhotos procuram a terceira conquista da prova-rainha do futebol português, enquanto os lisboetas visam aumentar o rol de Taças de Portugal no seu espólio para 27 e dilatar a distância para Sporting CP e FC Porto, que, com 17 troféus, são os clubes que mais próximos estão de alcançar as águias.

A última conquista da prova pelo SC Braga deu-se em 2015/16 (50 anos após a primeira), tendo a época seguinte marcado a última conquista da prova pelo SL Benfica. De então para cá, CD Aves, Sporting CP e FC Porto foram os grandes vencedores da segunda maior e mais prestigiante prova do calendário futebolístico em Portugal. SC Braga e SL Benfica vão gladiar no Cidade de Coimbra para lhes sucederem. Quem o conseguirá?

10 DADOS RÁPIDOS

As águias venceram 65% dos 150 confrontos diretos (98 vitórias).

Nos 12 confrontos diretos para a Taça de Portugal, cinco deles terminaram com o marcador a assinalar 2-1 (em quatro dessas cinco ocasiões, o vencedor foi o SC Braga). Este é o resultado mais comum entre os clubes na Prova Rainha.

Não se jogou prolongamento em nenhum dos 12 jogos anteriores entre SC Braga e SL Benfica para a Taça de Portugal.

Nos últimos seis jogos entre ambos para a Prova Rainha, o vencedor foi sempre alternado (SC Braga, SL Benfica, SC Braga, etc.). O último vencedor: o SL Benfica.

Na edição anterior, os arsenalistas foram eliminados por 2-1, nos oitavos-de-final, pelo SL Benfica. As águias viriam a perder a final para o FC Porto, pelo mesmo resultado.

A única vez que o SL Benfica conseguiu conjugar derrotar os bracarenses e conquistar a Taça de Portugal foi em 1954/55. As águias bateram os guerreiros por 4-1, nos quartos-de-final (no primeiro embate entre ambos na prova), e acabaram a competição a levantar o troféu.

A única vez que o SC Braga conseguiu conjugar derrotar as águias e conquistar a Taça de Portugal foi em 1965/66. Os guerreiros bateram o SL Benfica por 4-1, na primeira mão dos quartos-de-final, e selaram o apuramento em Lisboa, mesmo perdendo por 3-1. Os minhotos acabaram a competição a levantar o troféu.

Na caminhada até à final, o SL Benfica venceu os seis jogos que fez; o SC Braga venceu cinco e empatou um (em casa, ante o FC Porto). Os minhotos apontaram 20 golos (as águias, fizeram 18) e sofreram cinco – os de Lisboa apenas concederam um (em casa do campeão da II Liga, o GD Estoril-Praia).

Nos últimos doze jogos da sua época, o SC Braga apenas venceu três (antes disso, vinha de esses tantos triunfos consecutivos) – todos por 2-1 (em Faro e nas receções a Boavista FC e Moreirense FC).

Nos últimos doze jogos da sua época, o SL Benfica venceu 10, empatou um (1-1, na receção ao FC Porto) e perdeu outro (1-2, na receção ao Gil Vicente FC).

JOGADORES A TER EM CONTA

Ricardo Esgaio (SC Braga) –
Partem do ala/lateral direito do SC Braga muitos dos ataques perigosos dos arsenalistas. As exibições consistentes e portentosas de Esgaio têm-lhe valido elogios e atraído pretendentes, além de erem fundamentais para o clube que representa – o português de 28 anos inclusivamente já fez o gosto ao pé por uma vez e soma três assistências.

Everton (SL Benfica) – O ala/extremo esquerdo do SL Benfica tem subido de rendimento e tem-se tornado mais decisivo do que havia sido nos dois primeiros terços da temporada. O brasileiro de 25 anos apontou quatro golos e duas assistências nos últimos sete jogos, mostrando igualmente a capacidade de desequilíbrio que se lhe conhecia no Brasil.

XI’S PROVÁVEIS

SC Braga:
Matheus; Ricardo Esgaio, Tormena, Raúl Silva, Borja, Galeno; Fransérgio, Al Musrati, João Novais; Ricardo Horta, Abel Ruiz.

Treinador: Carlos Carvalhal

“Quando o jogo começa, tudo o que está para trás, o que foi a época, a história dos clubes e o trajeto na Taça, não conta para nada, contam só aqueles 90 minutos e aí, a equipa mais equilibrada emocionalmente, mais focada e com mais qualidade, vai vencer”.

SL Benfica: Helton; Diogo Gonçalves, Otamendi, Morato, Grimaldo; Weigl, Pizzi, Rafa, Everton; Seferovic, Darwin.

Treinador: Jorge Jesus

“Todos esperamos um jogo com qualidade, porque são duas boas equipas, que, quando têm bola, tentam fazer golo. São equipas com muita criatividade técnica e tática, e isso dá-nos indicadores de que pode ser um bom jogo. Pena é não ter público”.

em: https://bolanarede.pt/nacional/benfica/sc-braga-x-sl-benfica-de-que-vermelho-e-branco-serao-as-fitas/
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6376 em: 23 de Maio de 2021, 19:02 »
maisfutebol.iol.pt

Taça: dez adeptos detidos em Coimbra antes da final

Grupo foi intercetado pela PSP na baixa da cidade


PSP deteve grupo de uma dezena de adeptos junto ao Estádio Universitário de Coimbra, no dia em que a cidade recebe a final da Taça de Portugal, entre o Benfica e o Sp. Braga.

De acordo com a TVI, o grupo não estava identificado com adereços de nenhum dos clubes, apresentando-se todos vestidos de negro. Os carros dos elementos deste grupo foram também revistados pela PSP.

em: https://maisfutebol.iol.pt/taca-portugal/benfica/taca-dez-adeptos-detidos-em-coimbra-antes-da-final
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6377 em: 23 de Maio de 2021, 19:13 »
rtp.pt

Taça de Portugal – 81.ª edição - Números e Curiosidades

Final inédita entre Benfica e SC Braga.

Números e Curiosidades – FINAIS TAÇA DE PORTUGAL

- 81 – Esta vai ser a 81.ª final da Taça.

- 2 – Só por duas vezes na história não houve Taça de Portugal, 1946/47 e 1949/50.

- 5 – Últimas 5 finais… 5 vencedores diferentes (!)

- 7 – Vai ser a sétima final fora do Estádio do Jamor (!) (desde que a final da Taça se começou a jogar no Estádio Nacional)

- 10 – Nas últimas 10 edições: 7 vencedores diferentes (!) Um facto inédito na história da Taça em 80 anos de história. (Nunca em 10 anos tinha havido sete vencedores diferentes).

- Os últimos sete vencedores diferentes nos últimos 10 anos:

2010/11 - FC Porto
2011/12 – Académica
2012/13 – Vitória SC
2013/14 – Benfica
2014/15 – Sporting
2015/16 – SC Braga
2016/17 – Benfica
2017/18 – Desp. Aves
2018/19 – Sporting
2019/20 –FC Porto

- 13 - Já tivemos 13 vencedores da Taça, o Desp. Aves foi o último a vencer o troféu pela 1.ª vez.

- 4 - Só 4 clubes participaram em todas as edições da Taça, Benfica, FC Porto, Sporting e Académica.

- 34 - Já 34 treinadores portugueses venceram a Taça. Sérgio Conceição foi o 34.º (ano passado). José Mota foi o 33.º (pelo Aves)

- Os últimos 14 anos (!). 28 equipas… 27 treinadores portugueses nos bancos da final (!), apenas 1 estrangeiro. Hoje não vai ser excepção.

- Os últimos 2 treinadores estrangeiros na final da Taça foram Marcel Keiser (Sporting) em 2018/19 e Co Adriaanse (FC Porto) em 2005/06. (curiosamente ambos holandeses)

- 5 - Neste milénio apenas 5 treinadores estrangeiros pisaram o Jamor (em finais da taça), Boloni (Spo), Camacho (Benf), Trapattoni (Bem), Co Adriaanse (Por) e Marcel Keiser (Spo)

- Último 0-0 foi em 1993/94 num FC Porto-Sporting.

- Últimas 6 finais… sempre golos para ambas as equipas (!)

CURIOSIDADES:

- A Taça existe há 83 anos, mas não foram 83 anos as que se jogaram no Estádio Nacional. A final da Taça chegou ao Jamor na época de 45/46 e a partir daí houve seis finais da competição que se jogaram noutros recintos. E até houve casos em que a partida se realizou em casa de um dos finalistas. Hoje vai ser a sétima vez.

- As finais que aconteceram fora do Jamor - 1961, 1975, 1976, 1977, 1983, 2020.

1961 – Antas – FC Porto-0 Leixões-2

1975 – Alvalade – Boavista-3 Benfica-1

1976 – Antas – Boavista-2 Vitória SC-1

1977 – Antas – FC Porto-1 SC Braga-0

1983 – Antas – Benfica-1 FC Porto-0

2020 – Cidade de Coimbra – Benfica-1 FC Porto-2

Os dois motivos porque não houve taça de Portugal em 83 anos:

1946/47 – por causa da II Guerra Mundial.

1949/50 – Devido à organização da Taça Latina no Estádio Nacional.

E NA EDIÇÃO DESTE ANO (2020/21):

- 166 – Os jogos que teve esta edição da taça (a contar com o jogo da secretaria Felgueiras – 3 Desp. Aves-0)

- 485 – Os golos marcados nesta edição da Taça.

- 167 – O número do jogo da final.

- 26 – As taças conquistadas pelo Benfica.

- 2 – As taças conquistadas pelo Braga.

- 1 – Vai ser uma final inédita, nunca na história se jogou um SC Braga – Benfica.

- 7 – Os golos marcados por Abel Ruiz (O melhor marcador desta edição da Taça).

- 1 – O primeiro jogo foi o Porto da Cruz-1 Camacha – 4.

- 167 – O jogo 167 vai ser o Benfica – SC Braga.

- 1 – O primeiro golo desta edição foi marcado por Higor Félix do Camacha.

- 0-11 – Foi a maior goleada desta edição, Portalegrense 1925-0 Marinhense-11.

em: https://www.rtp.pt/noticias/futebol-nacional/taca-de-portugal-81a-edicao-numeros-e-curiosidades_d1322271
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 27928
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6378 em: 23 de Maio de 2021, 19:18 »
comumonline.com

SC Braga aplica vitória pesada sobre o ACD Sótão

Minhotos ainda não perderam no Campeonato de Elite de Futebol de Praia.                           

Este domingo, o SC Braga defrontou o ACD Sótão, num jogo realizado na Praia de Buarcos. A partida a contar para a jornada três do Campeonato de Elite de Futebol de Praia terminou com a vitória expressiva dos bracarenses, por 0-8.

Desde o apito inicial, o SC Braga procurou assumir o comando do jogo e, à passagem do minuto três, Léo Martins adiantou os minhotos no marcador e carimbou o 0-1. Os minhotos, não acomodados com o golo madrugador, ampliaram a vantagem seis minutos depois, por intermédio de Fábio Costa.

Até ao final do primeiro tempo, ainda houve tempo para mais um golo dos bracarenses. Após passe de Bruno Torres, Rúben Brilhante bateu Pablo Molina, guardião do ACD Sótão. A primeira parte terminou com o resultado de 0-3, favorável ao SC Braga.

No início do segundo período, o domínio bracarense permaneceu e Léo Martins, logo no primeiro minuto, bisou na partida e apontou o 0-4 para o SC Braga. Apesar da diferença de quatro golos no placard, o SC Braga continuou a pressionar a formação do ACD Sótão e, volvidos quatro minutos na segunda parte, André Lourenço carimbou o 0-5.

Ao minuto sete, após erro da defensiva do ACD Sótão, Rúben Brilhante aproveitou para marcar o segundo golo da conta pessoal. No final do segundo tempo, os minhotos venciam por 0-6.

No terceiro e último período do duelo, a equipa nazarena equilibrou a partida e dispôs de diversas oportunidades para marcar o golo de honra. Porém, Pedro Mano mostrou-se intransponível entre os poste e manteve a baliza bracarense inviolada.

Não obstante à subida de rendimento da formação do ACD Sótão, foi o SC Braga a chegar ao golo, por intermédio de Bê Martins que, de bola parada, alterou o marcador para 0-7. Depois do golo apontado pelo luso-brasileiro, os bracarenses voltaram a crescer na partida. No último segundo do jogo, Rúben Brilhante consumou o hat-trick e fechou as contas do duelo. O SC Braga venceu o ACD Sótão, por 0-8.

Com este triunfo, o SC Braga segue na primeira posição do campeonato, ainda que à condição. Os minhotos voltam a entrar em campo no próximo sábado para defrontar a formação do GRAP, num jogo a contar para a jornada quatro do Campeonato de Elite de Futebol de Praia.

em:
http://www.comumonline.com/2021/05/sc-braga-aplica-vitoria-pesada-sobre-o-acd-sotao/
GALEGO
  Re: Notícias, comentários relativos ao Plantel/Jogadores/Staff do SC Braga
« Responder #6379 em: 24 de Maio de 2021, 02:25 »
Se desejam ler... tenhem nestes links uma boa alternativa... Fala do Braga, do mal perder de J.Jesús e o Pizzi, do árbitro, de Rebelo de Sousa, do Abel Ruíz... muito análise e muito argumento sobre jogar com 10 e fracasar á moda Benfica, e jogar com 10 a eliminar ao rival á moda SC Braga...

https://www.rbtribuna.com/2021/05/scb-campeon-el-analisis-que-explica-por.html

https://www.rbtribuna.com/2021/05/braga-campeon-1966-50-anos-despues-y.html

 

Anuncios M