You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
159 Respostas
9586 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #100 em: 13 de Janeiro de 2020, 11:15 »
Murilo está sem ritmo. E como é um jogador que depende muito da sua "explosão", óbvio que passou ao lado do jogo. Mas continua a ser a melhor alternativa ao Sequeira, já que o Caju, aparentemente, não conta.
Eu acho que o rendimento do Murilo neste jogo está muito associado ao rendimento do Ricardo Horta.
Num jogo em que o Tondela defende como se viu e onde o Ricardo Horta não se viu, torna-se mais difícil para o lateral esquerdo fazer o que quer que seja a nível ofensivo pois a ligação entre dois simplesmente não existiu. Ora se o jogo já estava complicado e os extremos mal se notam, para um lateral o cenário ainda fica pior.
A nível defensivo fez o que lhe competia pois basicamente não teve trabalho quase nenhum.

No entanto o Galeno entrou para a mesma posição, e também tinha o R. Horta à sua frente, e rendeu 4 ou 5 vezes mais...

Eu acho incrível as contradições deste fórum, e agora não estou a falar para ti Pedro, mas sim no geral, tomando o teu comentário como exemplo. As desculpas que se arranjam para justificar o fraco rendimento de uns (Murilo, A. Horta, Xadas, Matheus, Wallace) contrastam de uma maneira gritante com as enormes críticas que se fazem ao mínimo erro a outros (Tiago Sá, Bruno Viana, Pablo, Fransérgio, Esgaio). Eu nem digo que estes últimos não mereçam críticas, mas estes estatutos de patinhos feios sempre me enervaram.

É óbvio que há jogadores piores que os outros, isso faz parte de qualquer plantel, mas chega-se a um nível ridículo, e dou o exemplo do jogo de ontem: o Fransérgio fez um jogo bastante positivo, com muitas ações de relevo (com pico máximo no 2º golo), e no entanto foi apupado/assobiado várias vezes pela bancada. Num dos lances, ainda na primeira parte, ele é assobiado porque se vira para trás e passa para trás, num lance de contra-ataque em que estavam ele e o Paulinho contra 5 jogadores do Tondela. Ora, na minha maneira de ver, se estás em 2 contra 5, mais vale dar meia volta e manter a bola, mas pelos vistos o "tribunal da pedreira" acha que não. E depois é só comparar com o A. Horta, que perdeu algumas bolas, duas delas foram perdas graves, uma à entrada da nossa área e outra quando estávamos a sair para o ataque e que gerou um contra-ataque de 3 para 3. Assobios? Zero!

O Bruno Viana cometeu um erro gravíssimo e merece ser repreendido por isso! No entanto, o que é que se ganha em passar o resto do jogo a assobiá-lo? Ganha-se um jogador ainda mais instável e, por isso, mais propenso ao erro. É que o rapaz estava-se a redimir, até passes longos em rutura ele acertou (o que é raro nele), não perdeu mais nenhuma bola, não falhou mais nenhum passe curto, e, no entanto, continuou a ser apupado. Eu disse aqui na semana passada que o Bruno Viana ia sofrer e ia errar algumas vezes neste sistema, porque está visto que é um sistema que o mete à prova naquilo que ele é mais fraco (ter a bola no pé e jogar bem e rápido). No entanto, defensivamente tem estado irrepreensível e muito mais seguro, por muito que digam que não.

Outro caso: Matheus. Nos últimos tempos do Sá Pinto foi-se gerando aqui o consenso de que o Matheus é o melhor GR que temos. E, para mim, é o melhor entre os postes, sem dúvida. A questão é que comete tantos ou mais erros comprometedores que os outros, simplesmente não têm uma aparência tão má. Aquela saída da área ontem na primeira parte é de bradar aos céus. Acabou por não correr mal porque o Tormena (jogo muito competente) conseguiu ganhar em velocidade ao Xavier e recuperar a bola, caso contrário estava a baliza escancarada porque o Matheus decidiu sair a uma bola que ia em direção à esquina da área com 2 centrais envolvidos no lance para um jogador do Tondela. Que foi ele lá fazer? Depois, tem outra má abordagem ao fazer um penalty escandaloso e desnecessário (a bola ia para fora) sobre o avançado do Tondela. O lance foi anulado por fora-de-jogo claríssimo, mas ainda assim fica a nota duma péssima abordagem, no meu entender. E é por este tipo de lances que eu, ao contrário da maioria, acho que temos 3 GR de nível global muito parecido. São os 3 fraquinhos a sair a cruzamentos, o Matheus é ligeiramente melhor entre os postes (pelo menos falha menos que os outros), o Eduardo é o pior com os pés, o Matheus é o melhor a fazer "a mancha", o Sá arrisca menos que os outros e o Matheus é de longe o que tem menos controlo nas saídas da baliza e está constantemente fora da área ou nos limites da mesma em situações que não se justificava e que comprometem a baliza.

Estádio Municipal de Braga

Liga NOS 2019-2020

SC Braga
SC Braga
2
1
VS
Tondela
Tondela
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3203
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #101 em: 13 de Janeiro de 2020, 11:41 »
Eu não acho que o Galeno tenha entrado para o lugar do Murilo mas sim para o lugar do Ricardo Horta. O facto de um ter saído para o outro entrar não quer obrigatoriamente dizer que irá fazer a sua posição. É óbvio que recuou quando foi necessário (1 ou 2 vezes se bem me recordo) mas esteve longe de jogar a lateral direito, ele tinha o corredor esquerdo todo só para ele basicamente.
Aliás se fores rever o jogo verás quantas vezes aparece o Ricardo Horta na esquerda à frente do Murilo ou sequer perto da sua posição. O Ricardo Horta passou a segunda parte quase toda no meio junto da área. O Murilo não esteve bem ofensivamente? Não, assim como toda a equipa na primeira parte.
Anuncios M
Anuncios M
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #102 em: 13 de Janeiro de 2020, 11:54 »
Jogo nos moldes que já se esperava. Um autocarro do outro lado com um contra-ataque muito bom, nós a assumirmos as despesas do jogo.
Aliás, este jogo foi quase papel químico do do paços, nós a atacar, criamos algumas oportunidades mas não muitas, muita posse e a 1ª vez que vão lá à frente, golo. Neste caso eles nem precisaram de fazer nada, o Bruno Viana deu-lhes o 1-0.

Mas o diabo está nos detalhes e, apesar de com sá pinto muitos destes jogos podermos e merecermos ganhar dadas as oportunidades, este ganhamos não apenas porque 2 das várias oportunidades entraram mas porque temos outras armas no jogo ofensivo.

Com sá pinto o nosso jogo ofensivo era sempre igual, bola na ala, lateral e extremo combinavam para cruzamento ou o extremo ia no 1vs1 quando tinha espaço. E mais nada. Lá criavamos oportunidades porque temos melhores individualidades. Tinhamos sempre muito caudal ofensivo mas sempre igual.

Hoje a 1ª parte foi de facto fraca, mas ainda assim com variações entre jogo interior e exterior, os cruzamentos saem apenas quando há desequilíbrio feito e não como simples forma de acabar a jogada porque não há mais saída. A entrada de galeno e andré mudaram o jogo mesmo mantendo a tática. O galeno foi pra cima e para além do jogo interior e exterior tivemos 1vs1, onde o lateral não sabia se ele ia para a finta, para o cruzamento ou combinar com o horta ou o paulinho. O andré virou o jogo 2 ou 3 vezes criando desequilíbrio depois de puxarmos o adversário para um lado. os 2 golos nascem destes movimentos (sendo que é fransérgio que faz a mudança de flanco e vai depois cabecear).

Esta maior variabilidade ajuda a criar problemas diferentes e obriga ao adversário a correr mais e nunca saber como vai ser finalizada a jogada.

O Paulinho tem mesmo que treinar a finalização. Marca 2 golos da mesma forma que falhou um cantado: rematou para o meio. felizmente nos 2 golos o GR estava a fazer o movimento e a bola entrou. Está em boa forma e a combinar bem e a desmarcar-se bem, mas tem que colocar melhor as bolas nos remates.

Trincão novamente com um bom jogo.
o fransérgio está como peixe na água neste modelo. Tem espaço para correr e oportunidade de chegar para finalizar. O 2º golo é meio dele (abre para a desmarcação do esgaio, aparece a rematar à barra).

Ainda há quem diga que o Galeno devia sair. Hoje desbloqueou-nos mais um jogo. Para mim é imprescindível, seja a titular seja a entrar. os desequilíbrios que cria no 1vs1 são muitas vezes o abre-latas que precisamos.

É confrangedora a nossa incapacidade nas bolas paradas. Não há 1 única equipa no mundo bem sucedida que não marque vários golos de bola parada. Nem o barcelona ou o man city. Não conseguimos marcar um único golo de nenhum tipo de jogada de bola parada. É outro abre-latas que nos 2 últimos anos com o Abel nso desbloqueou jogos como estes. É algo que o Amorim tem forçosamente que melhorar.

Nem falo no Bruno Viana. Já não há pachorra. Os golos e pontos que já perdemos à custa dele provavelmente já nos tinham colocado no 3º lugar...

Não diria melhor...

De ressalvar a variedade ofensiva que apresentamos (nos últimos minutos até o Raúl se oferecia como opção no flanco esquerdo), apesar de nem sempre termos decidido bem e as bolas não terem entrado na defesa deles. No entanto, mesmo contra uma teia defensiva de 5 + 4, não fizemos como se fazia com o Sá Pinto, em que se desistia de ir por dentro e passava-se o jogo todo a cruzar. Tentamos sempre construir por dentro, apesar de na 1ª parte raramente termos conseguido. Para este efeito, o sistema é crucial, porque jogamos com R. Horta e Trincão pode dentro, com Esgaio e Murilo/Galeno na linha. Isto provoca que haja sempre ligação por dentro e proximidade entre os jogadores. Talvez na primeira parte tenham faltado mais variações rápidas de flanco, que na segunda parte com o A. Horta aconteceram mais vezes. Devido à grande largura do nosso ataque, quando a bola está dum lado, há sempre alguém sozinho do outro lado. Isso não acontecia em 4-3-3, porque quando a bola estava num flanco, o extremo contrário estava mais por dentro, como é suposto, e o lateral contrário nem sempre estava tão subido (também por ter menos cobertura atrás). Aqui temos sempre os alas (Esgaio e Sequeira/Murilo/Galeno) bem abertos, e no Jamor aproveitamos muito bem isso, com constantes passes para a ala contrária a aproveitar o espaço dado. Ontem não foi tão fácil porque o Tondela defendia com uma linha de 5, ou seja, também eles tinham mais largura a defender. Ainda assim, apesar do espaço não ser tanto como no Jamor (lembro-me de lances em que o Esgaio estava na linha e o defesa mais próximo estava quase na meia-lua da área), havia espaço que devia ter sido aproveitado doutra forma. Mas isto são tudo "pormenores" que com tempo de jogo deverão melhorar e ficar mais oleado.

Acrescento só que, da maneira como estava ao jogo, outra opção ao intervalo seria ter tirado o Bruno Viana para a entrada do A. Horta, baixando o Palhinha. Percebo a opção tomada, porque adaptar um jogador nunca será a melhor opção à partida (e Palhinha a central é uma adaptação), e porque o Palhinha já tinha amarelo. Por outro lado, o Viana estava em risco de exclusão, estava a jogar sobre brasas e o Palhinha tem mais à vontade com bola. O Rúben Amorim pode também ter achado que tirar o Viana seria queimá-lo (há sempre a dupla interpretação: uns acham que está a proteger, outros acham que está a queimar), e optou por não o fazer.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #103 em: 13 de Janeiro de 2020, 12:04 »
Eu não acho que o Galeno tenha entrado para o lugar do Murilo mas sim para o lugar do Ricardo Horta. O facto de um ter saído para o outro entrar não quer obrigatoriamente dizer que irá fazer a sua posição. É óbvio que recuou quando foi necessário (1 ou 2 vezes se bem me recordo) mas esteve longe de jogar a lateral direito, ele tinha o corredor esquerdo todo só para ele basicamente.
Aliás se fores rever o jogo verás quantas vezes aparece o Ricardo Horta na esquerda à frente do Murilo ou sequer perto da sua posição. O Ricardo Horta passou a segunda parte quase toda no meio junto da área. O Murilo não esteve bem ofensivamente? Não, assim como toda a equipa na primeira parte.

Então desculpa, mas ainda não percebeste como funciona o novo sistema que temos... O Galeno entrou precisamente para o lugar onde jogou o Murilo e onde jogou o Sequeira no Jamor. Obviamente que esteve mais tempo fixo na frente, porque estávamos a perder e o adversário remetido à defesa, mas foi nessa posição que ele jogou, sem sombra de dúvidas. Estava constantemente aberto na esquerda, e essa não é a posição do R. Horta. No novo sistema, as posições do R. Horta e do Trincão são mais interiores do que estamos habituados, com os alas (antigos laterais) a percorrerem toda a linha. Nós jogamos em 3-4-3, e o Galeno jogou na mesma posição do Murilo: ala esquerdo dos 4 de meio-campo. O Galeno passou o tempo quase todo lá na frente, da mesma maneira que o Esgaio passou a segunda parte quase toda no último terço ofensivo. Os 3 da frente, tal como Jamor, têm grande liberdade de movimentos, com trocas constantes de posição, por isso que o R. Horta apareceu muitas vezes no meio e até à direita, assim como o Trincão apareceu no meio e à esquerda, e o Paulinho em ambas as alas (mais à direita).
Podes é dizer que o Galeno foi bem mais ousado que o Murilo, e aí até compreendo, porque um já se assumiu como figura desta equipa, enquanto o outro tem tido pouco espaço e pode ter menos à vontade para arriscar, além de que um jogou o tempo quase todo com um empate, enquanto o outro jogou o tempo quase todo em desvantagem. Mas, um jogador que tem tido pouco tempo (Murilo), quando tem uma oportunidade, tem é de a agarrar destacando-se e sendo ousado, não é a proteger-se com medo de errar e sem arriscar uma única vez que vai ter mais tempo de jogo.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Anuncios V
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #104 em: 13 de Janeiro de 2020, 12:45 »
Eu não acho que o Galeno tenha entrado para o lugar do Murilo mas sim para o lugar do Ricardo Horta. O facto de um ter saído para o outro entrar não quer obrigatoriamente dizer que irá fazer a sua posição. É óbvio que recuou quando foi necessário (1 ou 2 vezes se bem me recordo) mas esteve longe de jogar a lateral direito, ele tinha o corredor esquerdo todo só para ele basicamente.
Aliás se fores rever o jogo verás quantas vezes aparece o Ricardo Horta na esquerda à frente do Murilo ou sequer perto da sua posição. O Ricardo Horta passou a segunda parte quase toda no meio junto da área. O Murilo não esteve bem ofensivamente? Não, assim como toda a equipa na primeira parte.

Então desculpa, mas ainda não percebeste como funciona o novo sistema que temos... O Galeno entrou precisamente para o lugar onde jogou o Murilo e onde jogou o Sequeira no Jamor. Obviamente que esteve mais tempo fixo na frente, porque estávamos a perder e o adversário remetido à defesa, mas foi nessa posição que ele jogou, sem sombra de dúvidas. Estava constantemente aberto na esquerda, e essa não é a posição do R. Horta. No novo sistema, as posições do R. Horta e do Trincão são mais interiores do que estamos habituados, com os alas (antigos laterais) a percorrerem toda a linha. Nós jogamos em 3-4-3, e o Galeno jogou na mesma posição do Murilo: ala esquerdo dos 4 de meio-campo. O Galeno passou o tempo quase todo lá na frente, da mesma maneira que o Esgaio passou a segunda parte quase toda no último terço ofensivo. Os 3 da frente, tal como Jamor, têm grande liberdade de movimentos, com trocas constantes de posição, por isso que o R. Horta apareceu muitas vezes no meio e até à direita, assim como o Trincão apareceu no meio e à esquerda, e o Paulinho em ambas as alas (mais à direita).
Podes é dizer que o Galeno foi bem mais ousado que o Murilo, e aí até compreendo, porque um já se assumiu como figura desta equipa, enquanto o outro tem tido pouco espaço e pode ter menos à vontade para arriscar, além de que um jogou o tempo quase todo com um empate, enquanto o outro jogou o tempo quase todo em desvantagem. Mas, um jogador que tem tido pouco tempo (Murilo), quando tem uma oportunidade, tem é de a agarrar destacando-se e sendo ousado, não é a proteger-se com medo de errar e sem arriscar uma única vez que vai ter mais tempo de jogo.

Se não acreditares em mim, acredita no treinador, que disse isto na conferência de imprensa: "O Tondela é uma equipa muito forte fora de casa, apresentou-se com cinco defesas e tirou-nos espaço, mas isso é normal. Em termos táticos, não houve mudanças da primeira para a segunda parte, apenas sei que uma equipa não consegue tapar os espaços durante todo o jogo. Depois, começaram a chegar tarde ao Galeno, ao Trincão, ao Paulinho e isso facilitou-nos o jogo".
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Gaius Julius
Gaius Julius Iniciados
  • *
  • 47
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #105 em: 13 de Janeiro de 2020, 14:11 »
Vamos ter muitas primeiras partes como a deste jogo. E ao contrário do que muitos se queixam, tirando o falhanço individual de Viana, estivemos muito bem colectivamente. É preciso ter muita paciência neste tipo de jogos, manter a posse com qualidade e atacar com critério, desgastando o adversário. Se o golo aparecer na primeira metade melhor, se não aparecer é como o Rúben Amorim diz, mais cedo ou mais tarde vão começar a chegar atrasados ao jogador do Braga e os espaços vão aparecer...
Que bom que é ver o Braga com ideia de jogo!

Enviado do meu Redmi 4X através do Tapatalk

Carvalhux
Carvalhux Equipa Principal
  • *****
  • 1624
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #106 em: 13 de Janeiro de 2020, 14:23 »
O relvado é que continua uma miséria, ontem mais parecia uma pista de gelo, e com os três jogos da próxima semana quero ver como é que se vai aguentar.
Não percebo  nada do assunto mas espero que assente e que fique em bom estado.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3195
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #107 em: 13 de Janeiro de 2020, 14:40 »
Uma coisa que melhorou bastante nestes 2 jogos é a transição defensiva. Na 1a parte então nem os deixamos passar do meio campo, recuperamos logo a bola no meio campo deles nos primeiros 35mn. As poucas vezes que eles criaram desequilíbrio para sair em contra-ataque soubemos fazer as faltas necessárias (coisa que não fazíamos nem com o Abel nem com o Sá Pinto).

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

Anuncios M
Anuncios M
Magicobraga
Magicobraga Equipa Principal
  • *****
  • 6851
  • Saci Colorado
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #108 em: 13 de Janeiro de 2020, 15:10 »
Vamos ter muitas primeiras partes como a deste jogo. E ao contrário do que muitos se queixam, tirando o falhanço individual de Viana, estivemos muito bem colectivamente. É preciso ter muita paciência neste tipo de jogos, manter a posse com qualidade e atacar com critério, desgastando o adversário. Se o golo aparecer na primeira metade melhor, se não aparecer é como o Rúben Amorim diz, mais cedo ou mais tarde vão começar a chegar atrasados ao jogador do Braga e os espaços vão aparecer...
Que bom que é ver o Braga com ideia de jogo!

Enviado do meu Redmi 4X através do Tapatalk
Sim mas também é preciso circular muito mais rápido e com o Bruno Viana e fransergio isso fica quase impossível.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 8554
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #109 em: 13 de Janeiro de 2020, 15:24 »
Depois de uma primeira parte deprimente, sem intensidade, sem capacidade de entrar no último terço  a desequilibrar e partir a boa organização defensiva do Tondela, entramos na segunda metade com outra atitude, principalmente ao nível da intensidade, atitude que, quanto a mim, foi a grande responsável pela reviravolta no mercador...as rápidas e certeiras alterações que RA fez ao intervalo também contribuíram para o acelerar do jogo.

O que mais destaco nesta reviravolta é o facto de, em desvantagem perante uma equipa bem fechada e ambiente desfavorável das bancadas, não termos partido para o "bate bombo" mas sim acreditado até ao fim no modelo de jogo que o treinador está a implementar.

Depois de tanto defender o B. Viana, acreditando que num sistema de dois centrais, com um "xerife" ao seu lado poderia evoluir bastante, mais uma vez repito que neste novo sistema táctico, em virtude da posição central que ocupa e funções que lhe são atribuídas no início da construção de jogo, é "peixe fora d'água.
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2020, 15:30 por Lipeste »
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #110 em: 13 de Janeiro de 2020, 15:26 »
Uma coisa que melhorou bastante nestes 2 jogos é a transição defensiva. Na 1a parte então nem os deixamos passar do meio campo, recuperamos logo a bola no meio campo deles nos primeiros 35mn. As poucas vezes que eles criaram desequilíbrio para sair em contra-ataque soubemos fazer as faltas necessárias (coisa que não fazíamos nem com o Abel nem com o Sá Pinto).

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

E quando nem a recuperação da bola era conseguida, nem dava para fazer falta, a rapidez com que rapidamente desciam vários elementos, repondo a superioridade numérica, foi também muito boa. Um claro aumento de rendimento nesse aspeto em relação ao jogo do Jamor. Mas é normal, este é o tipo de coisas onde o tempo e as rotinas de jogo fazem a diferença, e claramente no Jamor a coisa ainda não estava bem oleada. Sexta será o teste de fogo, porque acredito que vamos conseguir encostar o Porto atrás nalguns momentos, pelo que a transição tem de estar muito bem oleada.

Vamos ter muitas primeiras partes como a deste jogo. E ao contrário do que muitos se queixam, tirando o falhanço individual de Viana, estivemos muito bem colectivamente. É preciso ter muita paciência neste tipo de jogos, manter a posse com qualidade e atacar com critério, desgastando o adversário. Se o golo aparecer na primeira metade melhor, se não aparecer é como o Rúben Amorim diz, mais cedo ou mais tarde vão começar a chegar atrasados ao jogador do Braga e os espaços vão aparecer...
Que bom que é ver o Braga com ideia de jogo!

Enviado do meu Redmi 4X através do Tapatalk

Muito bem dito. Até porque ofensivamente, mesmo tendo dificuldades em "penetrar" na defesa deles, tivemos 3/4 lances de golo (o cruzamento do Trincão que o Horta chega atrasado, o remate do Paulinho à malha lateral, o remate do Horta no penalty cortado pelo Bruno Wilson logo a seguir ao golo deles e o cabeceamento do Paulinho a acabar). E depois, tinha o Rui Fonte no banco, e não o meteu, porque não quis alterar o sistema. Esta postura será eventualmente criticada em jogos futuros em que a coisa não corra tão bem, mas eu por um lado gosto, mostra que somos fiéis a uma ideia...
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Anuncios G
D_PAC
D_PAC Equipa Principal
  • *****
  • 1279
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #111 em: 13 de Janeiro de 2020, 15:28 »
Bruno Viana e Fransergio, de manhã Chocapic com Red Bull, ficam outros!
#VãoTerDeContarConnosco
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2380
  • Sempre presentes!!!
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #112 em: 13 de Janeiro de 2020, 15:29 »
Depois de tanto defender o B. Viana, acreditando que num sistema de dois centrais, com um "xerife" ao seu lado poderia evoluir bastante, mais uma vez repito que neste novo sistema táctico, em virtude da posição central que ocupa e funções que lhe são atribuídas no início da construção de jogo, é "peixe fora d'água.

Acho que todos concordamos que o melhor período do Bruno Viana em Braga foi com o Abel, certo? E nesse período como jogávamos nós? A sair a 3, com Goiano, Bruno Viana e Raul, onde o Viana jogava precisamente no meio desse trio... Posto isto, porque é que agora é "peixe fora d'água" e na altura não?
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 8554
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #113 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:15 »
Depois de tanto defender o B. Viana, acreditando que num sistema de dois centrais, com um "xerife" ao seu lado poderia evoluir bastante, mais uma vez repito que neste novo sistema táctico, em virtude da posição central que ocupa e funções que lhe são atribuídas no início da construção de jogo, é "peixe fora d'água.

Acho que todos concordamos que o melhor período do Bruno Viana em Braga foi com o Abel, certo? E nesse período como jogávamos nós? A sair a 3, com Goiano, Bruno Viana e Raul, onde o Viana jogava precisamente no meio desse trio... Posto isto, porque é que agora é "peixe fora d'água" e na altura não?
Posso estar enganado mas com o Abel era o médio que recuava e entrava entre os centrais para dar início à construção...agora são os centrais a fazer esse papel e o Viana está na posição central, a mais exposta deste sistema/modelo...se bem me lembro quando um central saia a jogar, com o Abel, era o Raul a assumir esse papel (enquanto esteve disponível).

Ao contrário de antes (com o Abel) agora (com o Amorim) os centrais sobem muito mais no terreno, constroem entre si até á entrada do meio campo adversário, tem apois diferentes que ocupam espaços ligeiramente distintos, estão muito mais expostos ao erro, portanto a concentração, a segurança/qualidade de passe e a leitura antecipada daquilo que poderá acontecer se o passe for interceptado tem que estar permanentemente nas suas cabeças e a do Viana parece não estar a conseguir absorver tudo isso.

Considero que, para jogarmos neste sistema com a qualidade que todos desejamos e alcançarmos os objectivos com que todos sonhanhamos, precisamos de mais qualidade no sector onde tudo começa... é necessaria bastante mais qualidade no trio defensivo, qualidade que vai muito além da defensiva e que passa muito pela qualidade de passe e leitura de jogo no momento de construção...o trio de  centrais é peça fundamental neste sistema, talvez a mais importante, por isso tem que estar, no mínimo, ao nível da qualidade dos outros sectores e não está.
Rondo
Rondo Equipa Reservas
  • ****
  • 758
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #114 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:16 »
Depois de tanto defender o B. Viana, acreditando que num sistema de dois centrais, com um "xerife" ao seu lado poderia evoluir bastante, mais uma vez repito que neste novo sistema táctico, em virtude da posição central que ocupa e funções que lhe são atribuídas no início da construção de jogo, é "peixe fora d'água.

Acho que todos concordamos que o melhor período do Bruno Viana em Braga foi com o Abel, certo? E nesse período como jogávamos nós? A sair a 3, com Goiano, Bruno Viana e Raul, onde o Viana jogava precisamente no meio desse trio... Posto isto, porque é que agora é "peixe fora d'água" e na altura não?
posso estar enganado mas com o Abel era o médio que recuava e entrava entre os centrais para dar início à construção...agora são os centrais a fazer esse papel e o Viana está na posição central, a mais exposta deste sistema/modelo...se bem me lembro quando um central saia a jogar, com o Abel, era o Raul a assumir esse papel (enquanto esteve disponível).

Ao contrário de antes (com o Abel) agora (com o Amorim) os centrais sobem muito mais no terreno, constroem entre si até á entrada do meio campo adversário, tem apois diferentes que ocupam espaços ligeiramente distintos, estão muito mais expostos ao erro, portanto a concentração, a segurança/qualidade de passe e a leitura antecipada daquilo que poderá acontecer se o passe for interceptado tem que estar permanentemente nas suas cabeças e a do Viana parece não estar a conseguir absorver tudo isso (considero que, para jogarmos neste sistema com a qualidade que todos desejamos e alcançarmos os objectivos com que todos sonhanhamos, precisamos de mais qualidade no sector onde tudo começa... é necessaria bastante mais qualidade no trio defensivo, qualidade que vai muito além da defensiva e que passa muito pela qualidade de passe e leitura de jogo no momento de construção...o trio de  centrais é peça fundamental neste sistema, talvez a mais importante, por isso tem que estar, no mínimo, ao nível da qualidade dos outros sectores e não está).
E estás mesmo.
˜”*°•.1921.•°*”˜
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 8554
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #115 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:22 »
A grande semelhança da saída a três do Abel com esta do Rúben está no número porque no resto as diferenças são abismais...por exemplo: nunca com o Abel saímos a jogar com três centrais; nunca com o Abel um trio que iniciava a construção teve a responsabilidade de construir entre si até á entrada do meio campo adversário sem que um médio se posicionasse para dar linhas de passe bem dentro do nosso miolo...
guerreiro1921 Equipa Principal
  • *****
  • 2605
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #116 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:28 »
Não sei se concordam comigo mas gostei muito da exibição do Esgaio. Deu largura, deu muitas linhas de passe, jogou por dentro e por fora, correu o corredor todo.
Acho que tem subido de rendimento, provavelmente por ser um sistema com o qual esteja mais à vontade, tendo em conta a sua formação.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3195
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #117 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:28 »
A grande semelhança da saída a três do Abel com esta do Rúben está no número porque no resto as diferenças são abismais...por exemplo: nunca com o Abel saímos a jogar com três centrais; nunca com o Abel um trio que iniciava a construção teve a responsabilidade de construir entre si até á entrada do meio campo adversário sem que um médio se posicionasse para dar linhas de passe bem dentro do nosso miolo...

estás mesmo equivocado, desculpa.
Com o Abel atacávamos sempre em 3-5-2 (acho que às vezes em 3-4-3 dependendo do que o Horta fazia). Atrás saíamos com Raúl na esquerda, Bruno Viana no meio e Goiano na direita que ficava exatamente como um central. Sequeira e Esgaio subiam para alas.

A única diferença no momento ofensivo nos 3 atrás é que em vez do Goiano temos o Tormena.

No momento defensivo é que há uma grande diferença. Com o Abel defendíamos em 4-4-2, o sequeira descia para LE e o Goiano abria para LD.
Com o RA defendemos com 5, os 3 centrais ficam no meio e os 2 alas descem. A única vez que Abel fez isso foi aqui em casa contra porto e benfica na época passada (Goiano foi central o jogo todo, Esgaio descia para LD e o Murilo descia para LE).

Mas a atacar, é exatamente como com o Abel 3 atrás, 2 alas e 2 médios centro. Só há diferença na disposição dos 3 da frente.
« Última modificação: 13 de Janeiro de 2020, 16:31 por NightHawk »
Somos Braga! Equipa Principal
  • *****
  • 1507
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #118 em: 13 de Janeiro de 2020, 16:53 »
Recuo do médio foi com Paulo Fonseca. Com Abel eram os 2 centrais mais o Goiano.

Enviado do meu VTR-L09 através do Tapatalk

O verdadeiro adepto vê-se nas derrotas!
200% Braga - B3
200% Braga - B3 Equipa Principal
  • *****
  • 1290
  Re: SC BRAGA 2-1 TONDELA - 12-01-2020 - 20H00 - PRÉ E PÓS-JOGO
« Responder #119 em: 13 de Janeiro de 2020, 17:35 »
Existem, efetivamente, muitas semelhanças com a saída de bola dos tempos do Abel. Parece-me que há uma ligeira diferença no papel desempenhado pelo Viana, que nesta nova forma de jogar, aparenta haver uma tendência para, sob pressão alta, ocupar um espaço ligeiramente mais adiantado, formando um losango (de frente com Matheus e com Raúl e Tormena abertos) e daí talvez a maior exposição. Por enquanto penso que a grande diferença para o sistema utilizado pelo Abel é que agora partimos de um "5-4-1" com 3 centrais +2  alas fechando como laterais e antes partíamos de um "4-4-2" sendo Marcelo e Jefferson os laterais, ocupando o Esgaio o lado direito na linha média de 4 homens.

Quanto ao jogo, foi de domínio absoluto contra uma boa equipa, que defensivamente esteve praticamente irrepreensível e que é perigosíssima na saída rápida para o ataque. Não tínhamos permitido uma única situação, até ao displicente enorme erro individual. Depois até ao intervalo, jogou-se sobre brasas. Horrível o assobio pronto, nestas circunstâncias (2º jogo do novo treinador, equipa a crescer numa nova ideia de jogo). Mas a equipa também tem que ter maturidade para lidar com os assobios. 2ª parte a demonstrar personalidade e qualidade e vitória completamente merecida!
 

Anuncios M
Anuncios M