Quantcast
Sondagem: Referendo sobre a venda do Estádio Municipal. Que caminho seguir para o futuro?
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Sondagem: Referendo sobre a venda do Estádio Municipal. Que caminho seguir para o futuro?
103 Respostas
8928 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4771
O Souto Moura apenas quer receber o que é seu por direito, nada mais.
Quanto às obras no estádio duvido e muito que ele não as deixe fazer, obviamente que pode querer condicionar as linhas gerais do projeto, mas não deixar afzer melhorias sinceramente duvido.
Acho muito mais que Câmara e clube nem sequer interesse nisso têm.
Gastar 20milhões no estádio? Se algum dia pensarem nisso, metam os gajos na prisão antes. Seria um crime igual ao da construção do estádio.
O estádio tem problemas tão graves que nem mais 100 milhões os resolviam, desde logo o principal que é a circulação à volta do estádio, o não ter bancadas de topo (que parecia uma vantagem para todos e hoje em dia é um claro erro) e a falta de condições para ser um estádio do séc XXI, mesmo para os serviços e museu do clube por exemplo. Aquele bunker não lembra a ninguém.
Quanto ao referendo, faz sentido em algumas democracias, na nossa não me parece. Se for feito terá uma participação residual (a não ser junto a outras eleições, que nem sei se é possível) e no final sendo feito terá uma aprovação superior a 90% com certeza. Obviamente a Câmara quer lavar daí as suas mãos e bem, é que basta ler os comentários que por aqui se fazem (e na redes sociais em geral) para ver que as criticas vão 99% para este executivo enquanto os criminosos se passeiam a belo prazer aí pelo burgo e raramente são mencionados.
E por fim é para mim um problema irresolúvel, sem solução possível, por muitos floreados que alguns tentem imaginar com possíveis rentabilidades do mesmo, tudo o que for ali gasto é meter dinheiro num buraco sem fundo. (obviamente que melhorias para os espectadores devem ser feitas, algumas com valores quase simbólicos, até porque mais 11 anos o Braga vai lá estar)
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3859
https://www.record.pt/multimedia/videos/detalhe/as-primeiras-imagens-do-incrivel-futuro-estadio-do-inter-miami-cf?ref=HP_DestaquesPrincipais
Exemplo de um projecto pensado, auto-sustentável e que provavelmente nem chegará perto dos 170M que já se esbanjaram neste monstro.
Anuncios M
Anuncios M
Banoffe
Banoffe Juniores
  • ***
  • 731
https://www.record.pt/multimedia/videos/detalhe/as-primeiras-imagens-do-incrivel-futuro-estadio-do-inter-miami-cf?ref=HP_DestaquesPrincipais
Exemplo de um projecto pensado, auto-sustentável e que provavelmente nem chegará perto dos 170M que já se esbanjaram neste monstro.

Não é um bom exemplo. Nestes moldes vai ser um balúrdio, vê-se logo pelo vídeo. Uma pesquisa de 5 minutos e vês que o budget disso é 1BN$, que se traduzirá para 800M€.

https://www.bizjournals.com/southflorida/news/2019/04/10/beckham-groups-stadium-design-revealed.html
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3859
https://www.record.pt/multimedia/videos/detalhe/as-primeiras-imagens-do-incrivel-futuro-estadio-do-inter-miami-cf?ref=HP_DestaquesPrincipais
Exemplo de um projecto pensado, auto-sustentável e que provavelmente nem chegará perto dos 170M que já se esbanjaram neste monstro.

Não é um bom exemplo. Nestes moldes vai ser um balúrdio, vê-se logo pelo vídeo. Uma pesquisa de 5 minutos e vês que o budget disso é 1BN$, que se traduzirá para 800M€.

https://www.bizjournals.com/southflorida/news/2019/04/10/beckham-groups-stadium-design-revealed.html
Apontam para 1B$ para o projecto todo.
O estádio em si, e pelo que li, é um projecto muito bem pensado que não atingirá os valores do nosso. Tudo o resto já deverá ser extra-clube pois o Beckham sozinho não tem massa para tanto e ainda assim o projecto como um todo não será um mau negócio pois irá a médio prazo pagar-se a si mesmo (tipo Ronaldo).
Anuncios V
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 15900
Se isto fosse uma democracia evoluída e funcional, com uma justiça verdadeiramente independente de outros poderes, descomprometida e sem agendas políticas que a capturaram e compremeteram, uma boa parte do "nosso monstro" já poderia estar paga com o patrimônio de outro "monstro" que ao longo de três décadas se alimentou de outros "monstros" e construiu um monstruoso patrimônio incompativel com o seu salário que hoje todos nós ainda pagamos...se a todos esses "monstros", que não o nosso, a devido tempo lhes tivesse sido prescrita a dieta correta talvez o "nosso monstro" fosse apenas um "monstrinho" ou quem sabe até se não seria apenas um estádio funcional e moderno por 1/5 do seu custo?

Não faço ideia quem possa estar interessado na compra do EMB mas sei quem não está interessado, pelo menos no curto/médio  prazo (uma década), na construção de um estádio próprio (SCB) com recurso ao endividamento bancário (não estou a ver outra  forma de o fazer mas pode ser que apareça uma Thread Gorges qualquer...), EU!!!
Por mais apelativa que a ideia de tal construção possa perecer, o curto prezo não é o tempo para o fazer, não só pelas obras em curso (Academia, seu custo e pagamento) mas também pela conjuntura econômica, altamente desfavorável, que parece estar a aproximar-se.

A próxima grande construção que no curtíssimo prazo desejo ver não é outra senão a de um plantel com mais qualidade e competitividade que, no mínimo, me permita sonhar com bem mais que o crônico quarto lugar, tal como foi prometido por AS.
« Última modificação: 23 de Outubro de 2019, 14:48 por Lipeste »
VERMELHO MAGICO
VERMELHO MAGICO Equipa Principal
  • *****
  • 1030
  • O BRAGA SOMOS NÓS


Anda tudo a mentir...os numeros não batem certos...as previsões valem o que valem.

O Braga mete 150K de aluguer do RC.
A CMB diz que o aluguer são 6K.
O valor do estádio vai neste valor também porque não se paga o que se deve(CMB) a tempo e horas nem com ordem do tribunal.
As previsões da Maia em 2004 falharam redondamente.
Se estivessem certas a manutenção do 1º Maio custaria tanto como a do EMB.?????

Nem sei mais o que diga.

COM RAÇA E LEALDADE
DEFENDO OS CLUBES DA MINHA CIDADE
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 8853
  • Mágico Braga, Amor Eterno
Eu, neste momento, sou a favor da venda, o Municipal tem sido um grande problema para a cidade e para o clube.

Sou dos que acredita que pode aparecer um comprador, não é fácil mas para quem anda nos negócios de milhões esta até pode ser uma boa oportunidade pois o vendedor deve ter larga margem de negociação.

Não me dirigindo a ninguém em particular mas quando criei este tópico era um pouco para olhar para a frente e pensar em soluções para o futuro, já existe um tópico sobre o estádio, onde lá se tem debatido os problemas do municipal, as questões politicas a ele inerentes etc que também são importante mas a ideia deste tópico é mais para um virar de página e tentarmos debater soluções para o futuro, o pós-estádio.

Vou deixar aqui três caminhos que, na minha opinião, poderão ser soluções para o problema do estádio, no fundo algumas tentativas de lhe dar rentabilidade ou pelo menos utilidade. São de um leigo na maioria destas matérias que não tem inside information sobre o ponto de situação por isso se algum entendido vir algum disparate, não dê muita importância, são só ideias, sem filtro, pode ser que no meio surja alguma com algum sentido, o famoso brainstorming:

1 - Vender a um privado e este querer/ter de manter a estrutura do estádio:
- Fazer eventos desportivos, culturais e outros: música, exposições, feiras, e-sports (torneios, por exemplo, de League of Legends estão atrair milhares de pessoas a pavilhões e estádios) e outro tipo de eventos até mais fora da caixa, por exemplo, este ano o estádio da Luz teve 60 000 pessoas num evento religioso, etc. É certo que já temos o Altice Fórum mas pare certos eventos é pequeno, contudo do que sei tem tido eventos constantemente porque há uma equipa por trás que trabalha para os ter, acho que no estádio poderá ir pelo mesmo caminho. Dada a estrutura do estádio e a forma como foi pensado podemos ter aqui a melhor “sala” de eventos ao ar livre do país?

Recordo também que o nosso mercado não é só Portugal, temos, por exemplo, a Galiza aqui ao lado o Paredes de Coura é um bom exemplo de como se os eventos forem lá bem promovidos pode se captar muita gente do país vizinho.

Paralelamente :

- Transformar o estádio em museu, criar uma marca (chamar estádio municipal não faz sentido, isso há em todo o lado, tem 0 de criatividade, parece que o problema do marketing não é só do clube a cidade também deve melhorar neste aspecto…). Criar uma marca/nome e acrescentar-lhe o mote visite “o estádio mais original do mundo”e promovê-lo como tal. Se eu fosse a uma cidade onde tivesse o estádio mais original do mundo provavelmente seria uma das coisas que queria visitar, seria um extra para também rentabilizar.

Exemplo, torneio de League of Legends:

Exemplo, outro tipo de eventos:

2 - Se vendido a um privado e este querer/poder mexer na estrutura:

- Aí acredito que o estádio como o conhecemos deixará de existir e passará a outra coisa qualquer, vou deixar aqui um exemplo da transformação que deram ao Highbury (o antigo estádio do Arsenal, antes de passarem para o novo Emirates) que deu lugar a um empreendimento de cerca de 700 apartamentos, creio que de luxo:


3 - Ser "adquirido" pelo estado ou outro organismo e este desenvolver lá um projecto:
- Faria sentido criar ali, por exemplo, uma Faculdade de Desporto? Aproveitando ter também ali ao lado a Academia e sedemos/alugar alguns espaços como o futuro  Multiusos, Campo de Futebol de Praia? No interior do estádio e das bancadas creio que ainda se conseguem construir ali várias salas. No fundo tentar dar alguma utilidade ao dinheiro que foi ali investido em vez de ficar apenas enterrado, não sei é só mais uma ideia, brainstorming puro.

Acho que o caminho tem de ser por aqui, a cidade e o clube unirem-se para encontrar a melhor solução ou a possível, sabendo que não é fácil. Pode ser que apareça algum investidor que consiga visualizar ali um projecto exequível/rentável ou a cidade ir à procura dele.
« Última modificação: 24 de Outubro de 2019, 11:04 por Old School »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4771


Anda tudo a mentir...os numeros não batem certos...as previsões valem o que valem.

O Braga mete 150K de aluguer do RC.
A CMB diz que o aluguer são 6K.
O valor do estádio vai neste valor também porque não se paga o que se deve(CMB) a tempo e horas nem com ordem do tribunal.
As previsões da Maia em 2004 falharam redondamente.
Se estivessem certas a manutenção do 1º Maio custaria tanto como a do EMB.?????

Nem sei mais o que diga.
O Braga paga à câmara 6mil euros de renda, provavelmente nessa rubrica estarão outros custos contratualizados no acordo feito relacionados com gastos que até podem ser de acertos de anos anteriores por exemplo. O Braga gasta por ano 700/800mil com o estádio.
Quanto a custos de manutenção, o 1º de maio não sei se gastam 500mil, mas não deve andar muito longe a longo prazo. Basta fazerem obras como fizeram já fizeram várias vezes e os custos disparam e muito. No municipal que é novo a Câmara já gasta entre 100 a 200mil ano, sem qualquer despesa de jogo ou de jardinagem, nem de luz, etc. (o valor exato está no documento que foi divulgado acho eu)

Em minha opinião e pegando no que escreveu o Old school só há uma hipótese de alguém pegar no estádio, é para fazer algo parecido com o que foi feito no Arsenal.
Os terrenos valem milhões (nem sei se podem ser vendidos, foram expropriados com um objetivo) e com construção de luxo  e com aquela área toda havia ali uma hipótese.
Mas deitar o estádio abaixo? Uma obra que fez alguém ganhar um pulitzer, parece uma coisa surreal... embora tenho a certeza que a oposição da cidade seria nula se isso resolvesse o problema, que com o estádio lá, vai continuar a sê-lo por muitos anos e vai aumentar com o passar do tempo.
Quanto custa deitar o estádio abaixo? Muitos milhões certamente, isso será outro problema.
Anuncios M
Anuncios M
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3539


O problema deste estádio neste momento tem um nome, Souto Moura. Enquanto ninguém meter este paspalho no lugar e enquanto a justiça continuar a atribuir-lhe razão isto não muda.

E porque deixaria a justiça de lhe dar razão? A culpa do negócio é dele? Que se saiba, não foi ele que foi obrigar a CMB a propor-lhe o negócio e a assinar o contrato.
Goste-se ou não da obra, o menos culpado é ele.
É engraçado como no meio destas notícias todas ao longo dos anos lê-se muitas vezes o nome do Clube e o nome do atual Presidente da Câmara mas raramente se houve falar no Presidente da Câmara da época...

Obviamente que é ainda mais culpado quem lhe deu o aval. Mas, depois de já ter ganho a visibilidade que ganhou, não pode libertar o estádio das amarras que ele impõe? O estádio de estádio tem muito pouco e até podiam ser melhorados muitos aspetos se não fosse a intransigência desse artista.
E tens toda a razão, MM ir preso era pouco!

As amarras significam 2,5M mais juros desde 2006. Se alguém te devesse esse dinheiro todo libertavas as amarras?

O menor culpado foi ele. Ele fez o que quis e o que lhe apeteceu e cobrou o que quis e lhe apeteceu e está a defender os interesses dele. Ninguém aqui faria diferente. O problema foi quem permitiu que ele fizesse isso com dinheiro público.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3539
Sobre o que fazer a seguir, o clube não tem dinheiro (nem sequer para acabar a academia), a SAD até pagar a academia não pode entrar em mais nenhuma loucura e a cidade não pode gastar mais 30 ou 40 milhões noutro mamarracho para jogos de futebol.

Pelo que só sobram 3 opções:
1) Fica tudo na mesma porque ninguém quer comprar aquilo
2) De facto há um milagre e alguém compra aquilo e quer rentabilizá-lo
3) De facto há um milagre e alguém compra aquilo... para lavar dinheiro.

No caso 2) até pode ser melhor para o clube. Com um privado com um modelo de negócio bem feito em que melhora as infrasestruturas e ajuda nas ações de marketing para cativar público para os jogos para gerar receita de bares, lojas, etc e promoção dos eventos que vão ser realizados no estádio, poderia ser uma forma de dar uma reviravolta naquilo.

No caso 3) depende... provavelmente ou reverte para 1) ou para 2) ou então em 2030 o clube vai ter que arranjar outro poiso. Tendo em conta que não tem dinheiro para nada, nem SAD nem clube, poderiam ser anos complicados... mas já são demasiadas suposições.

Mas a vir um referendo voto que sim sem pensar 2 vezes. E ao contrário de outros acho o referendo que é uma boa medida, porque isto é um problema gigantesco para a câmara e um sorvedouro de dinheiros públicos que podiam ir para outras coisas muito mais importantes como a melhoria da mobilidade e acessibilidades na cidade e tem que ser estancado, e só o pode se houver aceitação dos munícipes porque trata-se de uma alienação de um património que custou centenas de milhões, não é uma fábrica confiança (que mesmo assim já deu grande celeuma), é necessária uma base de apoio pública para se tomar uma decisão destas. Quando se toma a decisão mais democrática possível - um referendo - critica-se, mas se o presidente da câmara amanhã acordasse e vendesse o EMB pelo dinheiro que quisesse criticava-se por não ter ouvido os munícipes e por ter feito um negócio ruinoso. Se calhar se o outro tivesse feito um referendo a perguntar se se poderiam gastar 190 milhões naquilo não estávamos com este problema entre mãos. Houve já cidades que antes de se proporem a realizar os JO ou fazerem estádios para grandes competições fizeram referendos que descartaram tal desiderato. Porque há coisas mais importantes que jogos da bola.
« Última modificação: 23 de Outubro de 2019, 17:58 por NightHawk »
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 15900
O meu voto seria sim...não sei se já foi referido porque não li todos os posts mas como o referendo só é juridicamente vinculativo se a participação for igual ou superior a 50% (a nivel nacional nenhum o foi) parece-me que não valerá a pena gastar dinheiro para somar à dívida...
« Última modificação: 23 de Outubro de 2019, 18:34 por Lipeste »
Anuncios G
Somos Braga! Equipa Principal
  • *****
  • 1715




Anda tudo a mentir...os numeros não batem certos...as previsões valem o que valem.

O Braga mete 150K de aluguer do RC.
A CMB diz que o aluguer são 6K.
O valor do estádio vai neste valor também porque não se paga o que se deve(CMB) a tempo e horas nem com ordem do tribunal.
As previsões da Maia em 2004 falharam redondamente.
Se estivessem certas a manutenção do 1º Maio custaria tanto como a do EMB.?????

Nem sei mais o que diga.

Estás a confundir clube com SAD. Estiveste desatento na AG...

A SAD paga ao clube 150k anuais, não à CMB. O clube paga à CMB os tais 6k. Contas feitas, quem ganha é o clube ao sub-arrendar.

Enviado do meu VTR-L09 através do Tapatalk

O verdadeiro adepto vê-se nas derrotas!
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4771
O meu voto seria sim...não sei se já foi referido porque não li todos os posts mas como o referendo só é juridicamente vinculativo se a participação for igual ou superior a 50% (a nivel nacional nenhum o foi) parece-me que não valerá a pena gastar dinheiro para somar à dívida...
O referendo se tiver 10% já seria bom... A não ser que seja feito junto com outra eleição, foi unicamente por isso que disse não ser uma grande ideia. Que no resto os referendos podem e devem ser feitos.
O custo penso que não deve ser elevado.
CarlosSPereira Juniores
  • ***
  • 277
Gostava mesmo de ver esse projecto que antecedeu ao projeto do Souto Moura, sendo sincero não me recordo de o ver.
Percebo o que Rio quer fazer com o referendo, basicamente lava as mãos , se o referendo tiver como resultado vender mas não houver comprador já lava as mãos de qualquer responsabilidade, faz a parte dele.
Parece-me também que o Estádio é uma bandeira dele para levar até ao fim, enquanto se falar do estádio, muitas outras coisas passam ao lado...

Eu sendo sincero não vejo isto a melhorar muito.
Teriam de ser feitas alterações profundas ao estádio para que ficasse confortável para nós e rentável para outras partes , lojas, eventos etc.
Mas para isso era preciso enterrar ali ainda mais dinheiro. A menos que seja um privado com bastante mesmo, visto que nem a clube nem a câmara conseguiriam suportar isso.

Acho mal como todo este processo de construção foi gerido, a derrapagem deve rondar os 300 por cento o que é impensável, talvez só mesmo numa camara com... O mesquita..

Enviado do meu STF-L09 através do Tapatalk

Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 15900


O meu voto seria sim...não sei se já foi referido porque não li todos os posts mas como o referendo só é juridicamente vinculativo se a participação for igual ou superior a 50% (a nivel nacional nenhum o foi) parece-me que não valerá a pena gastar dinheiro para somar à dívida...
O referendo se tiver 10% já seria bom... A não ser que seja feito junto com outra eleição, foi unicamente por isso que disse não ser uma grande ideia. Que no resto os referendos podem e devem ser feitos.
O custo penso que não deve ser elevado.

A referência ao custo é meramente simbólica, para quê investir, um euro que seja,  em algo que de antemão se sabe que não será vínculativo?

Como disse e bem o furista CarloSPereira, Ricardo Rio procura com o referendo escudar-se na vontade dos munícipes, quer que decidam por ele ...não compreendo tal posição pois ele sabe, tão bem como todos nós, que o referendo, por falta esmagadora de participação valerá pouco mais que nada (mostrará "apenas" uma tendência), para além disso é sua obrigação tomar uma decisão sem necessidade de recurso a tal instrumento pois o futuro do EMB não é tema fracturante que dívida a comunidade Bracarense.

Convém lembrar que o problema financeiro do EMB para a autarquia não está no custo da sua manutenção mas sim o serviço da sua dívida, assim sendo, quem o comprar terá que levar consigo esse serviço da divida que está a estrangular as finanças da autarquia, se assim for diria que uma venda por €1 seria um bom negócio para todos nós.

Como disse, a existir referendo votaria sim mas ficava muitíssimo mais satisfeito se a venda do EMB já estivesse a ser publicitada por esse mundo fora...só estamos a perder tempo, a adiar o inevitável...RR já deveria ter chamado as imobiliárias para a publicitação do negócio...foi eleito para tomar decisões e conhecendo a sua personalidade estou um pouco admirado com a sua falta de coragem nesta matéria, repito, nada mas mesmo nada fracturante no seio da comunidade Bracarense.

PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4771
A divida do estádio é um problema, penso que são 350mil mês (+- euro), até 2023. (não sei se algum empréstimo acaba antes). Falta 1/5 do tempo total do pagamento.
O problema é o todo da Câmara e principalmente o futuro, com o estádio e a PPP dos sintéticos, milhões de euros estão hipotecados. O estádio poderia minorar apenas a coisa no curto prazo (5 anos)
Quanto ao referendo ou não, obviamente não vai ter participação suficiente, mas talvez faça algum sentido pela obra que envolve, não é um simples ato de gestão. Tal como faria sentido ter feito para a sua construção, para a parceria dos campos de futebol, para a venda da AGERE, etc. isto obviamente se as propostas não estiverem nos programas eleitorais, aí já teria sido sufragado.
Mesmo com pouca participação servirá para legitimar alguma coisa, quem não participar abdica de dar a sua opinião.
E sinceramente não sei o que se pretende com esta venda, ou se acham que alguém compra tão pouco.
Penso que até 2021 nada vai sair dali...
Em todo o caso também preferia que já estivesse o assunto arrumado há muito. (agora não há volta a dar, RR está preso ao referendo e com muita ou pouca participação vai ter que o fazer).
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 8853
  • Mágico Braga, Amor Eterno
Ricardo Rio propõe criação de comissão para monitorizar Estádio Municipal

A decisão de formar este mecanismo de acompanhamento ao recinto desportivo cabe agora aos deputados da Assembleia Municipal.
Ricardo Rio sugeriu aos deputados municipais de Braga a criação de uma comissão eventual para monitorizar os processos em curso ligados ao Estádio Municipal. A proposta foi feita esta sexta-feira, em assembleia, realizada no Auditório José Sarmento, no Mercado Cultural do Carandá.

A preparação do referendo para a possível alienação do recinto desportivo, o acompanhamento técnico que é necessário fazer à infraestrutura e a relação entre o estádio e o Sporting de Braga são, segundo o presidente da Câmara, os principais eixos que têm de ser tidos em conta, caso seja aprovada esta medida.

“Atendendo aquilo que é a necessidade de se refletir sobre o futuro do estádio e que alternativas o município tem para o rentabilizar ou para o alienar, é em sede desta comissão eventual que estes temas poderão ser abordados", explica Ricardo Rio. Refere ainda que "algumas propostas da oposição, como a revisão do contrato de aluguer ou a supressão do protocolo com o Sporting de Braga", terão também a possibilidade de ser discutidas.

A hipotética constituição desta comissão poderá ser discutida na próxima assembleia, agendada para o mês de Novembro, tal como solicitiou o presidente da Câmara Municipal. Enaltece também que "compete aos deputados municipais reconhecer a utilidade da comissão e se vão constituí-la ou não, no âmbito do regimento de funcionamento da Assembleia Municipal".

Se esta proposta for aceite, Ricardo Rio espera que a comissão comece a funcionar "de imediato", nomeadamente devido à questão do referendo sobre a alienação do estádio, que está programado pela autarquia para Fevereiro.

"Isto merecerá já um acompanhamento muito próximo por parte da Assembleia Municipal", complementa.

O Estádio Municipal de Braga foi construído para o Euro 2004. O autarca recorda que, nessa altura e nos anos que se seguiram, a oposição, da qual fez parte, primeiro como deputado municipal e depois como vereador no executivo, pediu a criação de uma comissão semelhante a esta, que, no entanto, foi "recusada" pelos socialistas.

Em https://rum.pt/news/ricardo-rio-propoe-criacao-de-comissao-para-monitorizar-estadio-municipalnbsp?fbclid=IwAR2WP89nyO3m6D-UOG4aoOVMa9ZB7hTi6UHFidunmEeD9BMY5l-g5JwKaBI
« Última modificação: 25 de Outubro de 2019, 09:34 por Old School »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
Banoffe
Banoffe Juniores
  • ***
  • 731
algumas propostas da oposição, como a revisão do contrato de aluguer ou a supressão do protocolo com o Sporting de Braga, terão também a possibilidade de ser discutidas
Fds, um gajo lê estas baboseiras logo de manhã até fica mal disposto.
- Que bases legais tem a câmara para querer rever um contrato celebrado até 2030? Se eu tiver um inquilino num T2 com contrato legal de renda a 200€ até 2030 não posso aumentar para 800€ só porque o mercado evoluiu. Está escrito, assim fica.
- Supressão do protocolo para o estádio ficar não só a dar despesa, mas também ao abandono?
- Esta oposição não vem do partido cujo cabecilha na altura CRIOU o problema com esta aberração? É preciso ter uma lata do crl, se assim for.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4771
algumas propostas da oposição, como a revisão do contrato de aluguer ou a supressão do protocolo com o Sporting de Braga, terão também a possibilidade de ser discutidas
Fds, um gajo lê estas baboseiras logo de manhã até fica mal disposto.
- Que bases legais tem a câmara para querer rever um contrato celebrado até 2030? Se eu tiver um inquilino num T2 com contrato legal de renda a 200€ até 2030 não posso aumentar para 800€ só porque o mercado evoluiu. Está escrito, assim fica.
- Supressão do protocolo para o estádio ficar não só a dar despesa, mas também ao abandono?
- Esta oposição não vem do partido cujo cabecilha na altura CRIOU o problema com esta aberração? É preciso ter uma lata do crl, se assim for.
Na oposição também tens CDU e BE por exemplo. (nem sei se foi algum destes a falar nisso, é só mesmo para situar o assunto).
Quanto a quebrar contratos, como em tudo eles podem ser quebrados, existem é consequências.
Tu mesmo tendo um inquilino a pagar 200€ podes o pôr fora, agora tens é que aguentar com as consequências do ato, que ainda assim até podem ser favoráveis. (que não me parece ser o caso desta situação e menos ainda me parece que seja a vontade da quase totalidade dos membros da assembleia municipal)
Eskol Equipa Principal
  • *****
  • 2676
algumas propostas da oposição, como a revisão do contrato de aluguer ou a supressão do protocolo com o Sporting de Braga, terão também a possibilidade de ser discutidas
Fds, um gajo lê estas baboseiras logo de manhã até fica mal disposto.
- Que bases legais tem a câmara para querer rever um contrato celebrado até 2030? Se eu tiver um inquilino num T2 com contrato legal de renda a 200€ até 2030 não posso aumentar para 800€ só porque o mercado evoluiu. Está escrito, assim fica.
- Supressão do protocolo para o estádio ficar não só a dar despesa, mas também ao abandono?
- Esta oposição não vem do partido cujo cabecilha na altura CRIOU o problema com esta aberração? É preciso ter uma lata do crl, se assim for.
O problema é que ainda há muito ze povinho aqui da cidade (influenciado pelo estarolismo crónico e ódio ao Braga) que acredita que isto é culpa do clube. O clube é que é mau, chula o Estado e se desaparecer da equação, o problema fica magicamente resolvido.

Como tal, toca a fazer umas declarações populistas (mesmo não havendo chance nenhuma de se concretizarem) a ver se deixam esse mesmo ze povinho contente.
 

Anuncios M
Anuncios M