You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Taça da Liga 2019/20
91 Respostas
8048 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12039
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #60 em: 19 de Outubro de 2019, 19:21 »
Liga e FPF reuniram e pretendem acabar com Taça da Liga ou Supertaça

Link Externo

Acabar com a Supertaça causa uma enorme diferença na redução de jogos...


Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
sol Juniores
  • ***
  • 430
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #61 em: 30 de Outubro de 2019, 08:07 »
Já me pronunciei aqui contra esta competição, apesar de já a termos ganho e eu ter estado lá em Coimbra, com todo o gosto.
O modelo não é sedutor. Gosto muito mais da Taça de Portugal e das suas surpresas do que deste arranjinho entre os mais fortes para que a Final Four tenha sempre os mesmos. Os horários dos jogos na fase de grupos são em dias e horas incríveis, e além disso, a sua simples existência condiciona o "arranjo" das datas das restantes competições. Ainda por cima as entidades do futebol (Liga, Federação, etc) parecem não conseguir fazer um calendário onde não haja paragens absurdas seguidas de carga de jogos irracionais.
Se acabar, não vou chorar.

Na poente de vermelho e branco!
Anuncios M
Anuncios M
Cão Vadio
Cão Vadio Juniores
  • ***
  • 646
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #62 em: 30 de Outubro de 2019, 09:21 »
Clap, clap, clap...já ontem era tarde! Se quiserem acabar com as duas, estão á vontade.
BracaroAugustano
BracaroAugustano Iniciados
  • *
  • 84
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #63 em: 30 de Outubro de 2019, 09:33 »
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.
Anuncios V
Quim
Quim Juvenis
  • **
  • 193
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #64 em: 30 de Outubro de 2019, 11:45 »
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.

Concordo plenamente.
A4
A4 Equipa Reservas
  • ****
  • 937
  • Braga Sempre!
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #65 em: 30 de Outubro de 2019, 15:26 »
Citação de: Quim 
link=topic=28815.msg705684#msg705684 date=1572435902
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.

Concordo plenamente.


Isto sim, deveria ser analisado. É uma verdadeira estupidez num campeonato com 18 equipas só descerem duas, faz com que as equipas que estão a meio da tabela cheguem a 5 jornadas do fim sem querer qualquer pressão de conseguir resultados, parecendo que nao, este regulamento acaba até por desvirtuar a seriedade da competição nestes jogos.

A taça da liga teria muito mais interesse, se o vencedor tivesse acesso às eliminatórias da Liga Europa, tal como em Inglaterra ou França.

Mas aqui em Portugal seria algo difícil de fazer, porque se adotassem este método, a nível de campeonato, só até ao terceiro lugar é que daria acesso às competições europeias. 

Pois só colocamos 5 equipas nas competições europeias, se passarmos de vez a Rússia, passaremos a colocar 6 e aí já faria mais sentido adotar essa ideia, tal e qual como na França. 

Mais importante do que isto, é meter 3 equipas a descer ou pelo menos meter o antepenúltimo a jogar play off com o terceiro classificado da segunda liga.

O mesmo acontece na segunda liga, chegam a Fevereiro/Março e já andam equipas a fazer frete, porque já não descem nem sobem.

Aliás, sou apologista de subirem 2 diretos e depois haver play offs do terceiro ao sexto classificado, para causar alguma motivação as equipas do meio da tabela, porque chegar ao segundo é impossível mas chegar ao sexto (último lugar do play off) já não é, aumentaria e muito a competividade.

Mas também não me parece que haja condições nem que as próprias equipas queiram, há muitas equipas da segunda liga que não querem subir mesmo que eu lhes dessem isso de mão beijada.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12039
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #66 em: 30 de Outubro de 2019, 16:27 »
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.

Concordo plenamente.


Isto sim, deveria ser analisado. É uma verdadeira estupidez num campeonato com 18 equipas só descerem duas, faz com que as equipas que estão a meio da tabela cheguem a 5 jornadas do fim sem querer qualquer pressão de conseguir resultados, parecendo que nao, este regulamento acaba até por desvirtuar a seriedade da competição nestes jogos.

A taça da liga teria muito mais interesse, se o vencedor tivesse acesso às eliminatórias da Liga Europa, tal como em Inglaterra ou França.

Mas aqui em Portugal seria algo difícil de fazer, porque se adotassem este método, a nível de campeonato, só até ao terceiro lugar é que daria acesso às competições europeias. 

Pois só colocamos 5 equipas nas competições europeias, se passarmos de vez a Rússia, passaremos a colocar 6 e aí já faria mais sentido adotar essa ideia, tal e qual como na França. 

Mais importante do que isto, é meter 3 equipas a descer ou pelo menos meter o antepenúltimo a jogar play off com o terceiro classificado da segunda liga.

O mesmo acontece na segunda liga, chegam a Fevereiro/Março e já andam equipas a fazer frete, porque já não descem nem sobem.

Aliás, sou apologista de subirem 2 diretos e depois haver play offs do terceiro ao sexto classificado, para causar alguma motivação as equipas do meio da tabela, porque chegar ao segundo é impossível mas chegar ao sexto (último lugar do play off) já não é, aumentaria e muito a competividade.

Mas também não me parece que haja condições nem que as próprias equipas queiram, há muitas equipas da segunda liga que não querem subir mesmo que eu lhes dessem isso de mão beijada.
Há aqui várias questões sendo a maior parte baseadas no "eu acho". E a opinião pessoal é isso mesmo, vincula a pessoa. O problema é quando se diz uma coisa que é contrariada pelos factos. Outra é uma pessoa ter uma percepção mas não corresponder à realidade.

Disto isto vou só referir alguns comentários.
-Eu sou contra atribuir um lugar europeu a esta taça (sou até contra a competição). É uma opinião pessoal. No entanto até acho que o efeito seria nulo para o prestígio da mesma. Dos vencedores até agora só V. Setúbal e Moreirense não se apuraram para a Europa. Mas o Moreirense até se apurou este ano via campeonato e não foi (falta de pré-inscrição). O Aves, vencedor da Taça, falhou pelo mesmo motivo. Não é o facto de atribuir um lugar europeu que vai fazer com que uma equipa invista mais ou menos na Taça da Liga. As equipas têm recursos limitados para poderem ir a todas e apostam no que é mais importante ou urgente. Acredito que o formato prejudique mais do que o prémio.

-No seguimento do texto anterior surge o exemplo Inglês e Francês. Em França o destino da Taça da Liga é...a extinção. Esta é a última edição. Portanto em toda a UEFA ficarão apenas 2 federações (em 50 e tal?) a terem esta competição.

-O campeonato tinha 18 equipas a descerem 3. E não estava competitivo por isso decidiu baixar-se para 16 (quando os estudos de viabilidade apontavam para 10/12 equipas) com 2 descidas. Ou seja, está mal mas o remédio é demasiado forte, vamos tomar só um cheirinho. Com isto abriu-se espaço no campeonato de 4 fins de semana e para isso surge a Taça da Liga, para ocupar esse espaço (lembro-me do argumento dos presidentes a dizer que pagavam o mesmo e tinham menos 4 jogos de receita).
Depois alguém ganhou as eleições prometendo alargamento e voltamos a ter 18 equipas (e foi uma sorte não passar a 20), mas alterou-se o número de descidas para 2. Porque o tal estudo (o que dava jeito para umas coisas e não dava para outro), dizia que quanto maior for o número de equipas a descer maior é a instabilidade/incerteza, e por isso haverá maior pressão para as equipas jogarem para o pontinho. Com menos descidas, uma derrota seria menos penalizadora para o futuro e portanto poderia fazer com que as equipas apostassem em jogos mais abertos.

Voltando ao alargamento. A taça da liga foi criada para ocupar o vazio pelo emagrecimento de 18 para 16 equipas. Voltamos a 18 equipas e a Taça da Liga continua quando a principal razão para a sua criação desapareceu. Ou seja a Taça da Liga sobrecarregou ainda mais o calendário.

-É dito também que a 5 jornadas do fim as equipas a meio da tabela já estão sem objectivos. Fui ver as últimas 5 edições à jornada 30, e sim, as equipas acima do 12º lugar (por vezes 13º) já estavam com uma distância muito confortável para a despromoção, e também já algo longe do 5º/6º lugar. Mas a diferença entre 16º e 17º foi em geral 2 pontos. Ou seja, na prática, descerem 2 ou 3 equipas não iria colocar mais equipas na luta pela despromoção. Ia só apertar mais com as equipas que já estavam nessa luta.

Na realidade temos um país que demografica e economicamente é muito menor do que talvez 20 países da Europa e no entanto temos um campeonato à país grande.
Países como a Bélgica, Suiça, Aústria ou Rep. Checa, com melhores condições, com uma economia mais forte, têm Ligas com menos clubes. Só a Holanda tem 18 equipas, e surge como muito forte a hipótese de juntar com a Bélgica.
A nossa liga tem perdido competitividade a olhos vistos, o fosso é cada vez maior. Mas na UEFA, contrariamente ao espectável, os clubes portugueses safaram-se bem. FC Porto e Benfica conseguiram prestações europeias muito acima do que seria espectável, e um clube da dimensão do Braga chegar à final da LE (depois da campanha que fez na LC) é um feito extraordinário. Mas nos últimos 3 anos, com clubes intervencionados pela UEFA, ou a venderem para pagarem dívidas e a receberem euromendes, Portugal começa a ter as prestações "normais"-apenas um clube na LC e apesar do grupo fácil, está com dificuldades, os restantes na LE e longe de estarem muito confortáveis.

Ultrapassamos a Rússia. Sim, o 5º e o 6º costuma ser um iô-iô porque faz grande diferença entre dividir por 5 ou por 6, e também porque a Rússia tem desinvestido no futebol principalmente pós mundial. As prestações russas têm sido medianas.

Para ver qual o número de clubes que a Liga Portuguesa deveria ter, bastava retirar aqueles que têm dívidas e os que sem empréstimos não conseguiriam montar uma equipa. Se calhar teríamos as tais 10/12 equipas (porque não disponho de dados para tal).

Além disto, cometeram-se erros tremendos na 2ª liga (chegaram a ser 24 equipas, e tanto foi erro que lá reduziram), que é uma liga quase sem público, e tínhamos uma 2ª divisão B muito competitiva (com 3 zonas), para se passar para um campeonato com 8 séries, em que tinhas 2 equipas fortes por série, e as restantes metidas ao barulho da despromoção. Entretanto reduziram e já vão apenas em 4 séries e entretanto as equipas do CP estão mais competitivas (vê-se que já têm tanta dificuldade em manter-se na II Liga e as que descem da II liga têm muita dificuldade para subir, mesmo na Taça de Portugal se conseguem ver equipas com qualidade para o nível que estão).

Enquanto não houver coragem para tomar as medidas necessárias (calendário, nº equipas, nº de jogadores por equipa, empréstimos, dívidas a jogadores) vamos continuar a perder competitividade, a perder espectadores e a perder valor. Não houvesse outros interesses, como seria possível as operadoras pagarem o que pagam aos 3 metralhas? Como seria possível a Sportv continuar de portas abertas?
É que aos dirigentes importa o imediato o curto prazo. Ao contrário do que é dito, os dirigentes querem subir mesmo que não tenham condições. Por isso é que Trofense, união da madeira, Arouca, subiram para depois caírem ao abismo. Por isso há tantos clubes a entregarem o controlo a investidores, tudo com promessas de sucesso a curto prazo.
Quem não sente não é filho de boa gente.
SCB Monsul
SCB Monsul Equipa Principal
  • *****
  • 1662
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #67 em: 30 de Outubro de 2019, 19:40 »
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.

Concordo plenamente.


Isto sim, deveria ser analisado. É uma verdadeira estupidez num campeonato com 18 equipas só descerem duas, faz com que as equipas que estão a meio da tabela cheguem a 5 jornadas do fim sem querer qualquer pressão de conseguir resultados, parecendo que nao, este regulamento acaba até por desvirtuar a seriedade da competição nestes jogos.

A taça da liga teria muito mais interesse, se o vencedor tivesse acesso às eliminatórias da Liga Europa, tal como em Inglaterra ou França.

Mas aqui em Portugal seria algo difícil de fazer, porque se adotassem este método, a nível de campeonato, só até ao terceiro lugar é que daria acesso às competições europeias. 

Pois só colocamos 5 equipas nas competições europeias, se passarmos de vez a Rússia, passaremos a colocar 6 e aí já faria mais sentido adotar essa ideia, tal e qual como na França. 

Mais importante do que isto, é meter 3 equipas a descer ou pelo menos meter o antepenúltimo a jogar play off com o terceiro classificado da segunda liga.

O mesmo acontece na segunda liga, chegam a Fevereiro/Março e já andam equipas a fazer frete, porque já não descem nem sobem.

Aliás, sou apologista de subirem 2 diretos e depois haver play offs do terceiro ao sexto classificado, para causar alguma motivação as equipas do meio da tabela, porque chegar ao segundo é impossível mas chegar ao sexto (último lugar do play off) já não é, aumentaria e muito a competividade.

Mas também não me parece que haja condições nem que as próprias equipas queiram, há muitas equipas da segunda liga que não querem subir mesmo que eu lhes dessem isso de mão beijada.
Há aqui várias questões sendo a maior parte baseadas no "eu acho". E a opinião pessoal é isso mesmo, vincula a pessoa. O problema é quando se diz uma coisa que é contrariada pelos factos. Outra é uma pessoa ter uma percepção mas não corresponder à realidade.

Disto isto vou só referir alguns comentários.
-Eu sou contra atribuir um lugar europeu a esta taça (sou até contra a competição). É uma opinião pessoal. No entanto até acho que o efeito seria nulo para o prestígio da mesma. Dos vencedores até agora só V. Setúbal e Moreirense não se apuraram para a Europa. Mas o Moreirense até se apurou este ano via campeonato e não foi (falta de pré-inscrição). O Aves, vencedor da Taça, falhou pelo mesmo motivo. Não é o facto de atribuir um lugar europeu que vai fazer com que uma equipa invista mais ou menos na Taça da Liga. As equipas têm recursos limitados para poderem ir a todas e apostam no que é mais importante ou urgente. Acredito que o formato prejudique mais do que o prémio.

-No seguimento do texto anterior surge o exemplo Inglês e Francês. Em França o destino da Taça da Liga é...a extinção. Esta é a última edição. Portanto em toda a UEFA ficarão apenas 2 federações (em 50 e tal?) a terem esta competição.

-O campeonato tinha 18 equipas a descerem 3. E não estava competitivo por isso decidiu baixar-se para 16 (quando os estudos de viabilidade apontavam para 10/12 equipas) com 2 descidas. Ou seja, está mal mas o remédio é demasiado forte, vamos tomar só um cheirinho. Com isto abriu-se espaço no campeonato de 4 fins de semana e para isso surge a Taça da Liga, para ocupar esse espaço (lembro-me do argumento dos presidentes a dizer que pagavam o mesmo e tinham menos 4 jogos de receita).
Depois alguém ganhou as eleições prometendo alargamento e voltamos a ter 18 equipas (e foi uma sorte não passar a 20), mas alterou-se o número de descidas para 2. Porque o tal estudo (o que dava jeito para umas coisas e não dava para outro), dizia que quanto maior for o número de equipas a descer maior é a instabilidade/incerteza, e por isso haverá maior pressão para as equipas jogarem para o pontinho. Com menos descidas, uma derrota seria menos penalizadora para o futuro e portanto poderia fazer com que as equipas apostassem em jogos mais abertos.

Voltando ao alargamento. A taça da liga foi criada para ocupar o vazio pelo emagrecimento de 18 para 16 equipas. Voltamos a 18 equipas e a Taça da Liga continua quando a principal razão para a sua criação desapareceu. Ou seja a Taça da Liga sobrecarregou ainda mais o calendário.

-É dito também que a 5 jornadas do fim as equipas a meio da tabela já estão sem objectivos. Fui ver as últimas 5 edições à jornada 30, e sim, as equipas acima do 12º lugar (por vezes 13º) já estavam com uma distância muito confortável para a despromoção, e também já algo longe do 5º/6º lugar. Mas a diferença entre 16º e 17º foi em geral 2 pontos. Ou seja, na prática, descerem 2 ou 3 equipas não iria colocar mais equipas na luta pela despromoção. Ia só apertar mais com as equipas que já estavam nessa luta.

Na realidade temos um país que demografica e economicamente é muito menor do que talvez 20 países da Europa e no entanto temos um campeonato à país grande.
Países como a Bélgica, Suiça, Aústria ou Rep. Checa, com melhores condições, com uma economia mais forte, têm Ligas com menos clubes. Só a Holanda tem 18 equipas, e surge como muito forte a hipótese de juntar com a Bélgica.
A nossa liga tem perdido competitividade a olhos vistos, o fosso é cada vez maior. Mas na UEFA, contrariamente ao espectável, os clubes portugueses safaram-se bem. FC Porto e Benfica conseguiram prestações europeias muito acima do que seria espectável, e um clube da dimensão do Braga chegar à final da LE (depois da campanha que fez na LC) é um feito extraordinário. Mas nos últimos 3 anos, com clubes intervencionados pela UEFA, ou a venderem para pagarem dívidas e a receberem euromendes, Portugal começa a ter as prestações "normais"-apenas um clube na LC e apesar do grupo fácil, está com dificuldades, os restantes na LE e longe de estarem muito confortáveis.

Ultrapassamos a Rússia. Sim, o 5º e o 6º costuma ser um iô-iô porque faz grande diferença entre dividir por 5 ou por 6, e também porque a Rússia tem desinvestido no futebol principalmente pós mundial. As prestações russas têm sido medianas.

Para ver qual o número de clubes que a Liga Portuguesa deveria ter, bastava retirar aqueles que têm dívidas e os que sem empréstimos não conseguiriam montar uma equipa. Se calhar teríamos as tais 10/12 equipas (porque não disponho de dados para tal).

Além disto, cometeram-se erros tremendos na 2ª liga (chegaram a ser 24 equipas, e tanto foi erro que lá reduziram), que é uma liga quase sem público, e tínhamos uma 2ª divisão B muito competitiva (com 3 zonas), para se passar para um campeonato com 8 séries, em que tinhas 2 equipas fortes por série, e as restantes metidas ao barulho da despromoção. Entretanto reduziram e já vão apenas em 4 séries e entretanto as equipas do CP estão mais competitivas (vê-se que já têm tanta dificuldade em manter-se na II Liga e as que descem da II liga têm muita dificuldade para subir, mesmo na Taça de Portugal se conseguem ver equipas com qualidade para o nível que estão).

Enquanto não houver coragem para tomar as medidas necessárias (calendário, nº equipas, nº de jogadores por equipa, empréstimos, dívidas a jogadores) vamos continuar a perder competitividade, a perder espectadores e a perder valor. Não houvesse outros interesses, como seria possível as operadoras pagarem o que pagam aos 3 metralhas? Como seria possível a Sportv continuar de portas abertas?
É que aos dirigentes importa o imediato o curto prazo. Ao contrário do que é dito, os dirigentes querem subir mesmo que não tenham condições. Por isso é que Trofense, união da madeira, Arouca, subiram para depois caírem ao abismo. Por isso há tantos clubes a entregarem o controlo a investidores, tudo com promessas de sucesso a curto prazo.

Vou traduzir a parte a negrito: com apenas 2 descidas, a meio da época estas já estão decididas. Assim, os três metralhas só têm que se importar com os jogos entre eles porque os outros vão ser todos um passeio, as equipas já não estão a jogar para nada, vencer, empatar ou levar 10 é igual.
14 Novembro de 1994 - Sócio nº2854
Anuncios M
Anuncios M
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12039
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #68 em: 30 de Outubro de 2019, 20:49 »
Pessoalmente, não sou contra a Taça da Liga, mesmo tendo sido tão mal tratada desde a sua génese. Sou mais contra haver um campeonato de 18 equipas onde só descem duas. Isto sim, um verdadeiro atentado à competitividade do futebol português e que só ocupa o calendário com jogos tão desinteressantes como desnecessários.

Concordo plenamente.


Isto sim, deveria ser analisado. É uma verdadeira estupidez num campeonato com 18 equipas só descerem duas, faz com que as equipas que estão a meio da tabela cheguem a 5 jornadas do fim sem querer qualquer pressão de conseguir resultados, parecendo que nao, este regulamento acaba até por desvirtuar a seriedade da competição nestes jogos.

A taça da liga teria muito mais interesse, se o vencedor tivesse acesso às eliminatórias da Liga Europa, tal como em Inglaterra ou França.

Mas aqui em Portugal seria algo difícil de fazer, porque se adotassem este método, a nível de campeonato, só até ao terceiro lugar é que daria acesso às competições europeias. 

Pois só colocamos 5 equipas nas competições europeias, se passarmos de vez a Rússia, passaremos a colocar 6 e aí já faria mais sentido adotar essa ideia, tal e qual como na França. 

Mais importante do que isto, é meter 3 equipas a descer ou pelo menos meter o antepenúltimo a jogar play off com o terceiro classificado da segunda liga.

O mesmo acontece na segunda liga, chegam a Fevereiro/Março e já andam equipas a fazer frete, porque já não descem nem sobem.

Aliás, sou apologista de subirem 2 diretos e depois haver play offs do terceiro ao sexto classificado, para causar alguma motivação as equipas do meio da tabela, porque chegar ao segundo é impossível mas chegar ao sexto (último lugar do play off) já não é, aumentaria e muito a competividade.

Mas também não me parece que haja condições nem que as próprias equipas queiram, há muitas equipas da segunda liga que não querem subir mesmo que eu lhes dessem isso de mão beijada.
Há aqui várias questões sendo a maior parte baseadas no "eu acho". E a opinião pessoal é isso mesmo, vincula a pessoa. O problema é quando se diz uma coisa que é contrariada pelos factos. Outra é uma pessoa ter uma percepção mas não corresponder à realidade.

Disto isto vou só referir alguns comentários.
-Eu sou contra atribuir um lugar europeu a esta taça (sou até contra a competição). É uma opinião pessoal. No entanto até acho que o efeito seria nulo para o prestígio da mesma. Dos vencedores até agora só V. Setúbal e Moreirense não se apuraram para a Europa. Mas o Moreirense até se apurou este ano via campeonato e não foi (falta de pré-inscrição). O Aves, vencedor da Taça, falhou pelo mesmo motivo. Não é o facto de atribuir um lugar europeu que vai fazer com que uma equipa invista mais ou menos na Taça da Liga. As equipas têm recursos limitados para poderem ir a todas e apostam no que é mais importante ou urgente. Acredito que o formato prejudique mais do que o prémio.

-No seguimento do texto anterior surge o exemplo Inglês e Francês. Em França o destino da Taça da Liga é...a extinção. Esta é a última edição. Portanto em toda a UEFA ficarão apenas 2 federações (em 50 e tal?) a terem esta competição.

-O campeonato tinha 18 equipas a descerem 3. E não estava competitivo por isso decidiu baixar-se para 16 (quando os estudos de viabilidade apontavam para 10/12 equipas) com 2 descidas. Ou seja, está mal mas o remédio é demasiado forte, vamos tomar só um cheirinho. Com isto abriu-se espaço no campeonato de 4 fins de semana e para isso surge a Taça da Liga, para ocupar esse espaço (lembro-me do argumento dos presidentes a dizer que pagavam o mesmo e tinham menos 4 jogos de receita).
Depois alguém ganhou as eleições prometendo alargamento e voltamos a ter 18 equipas (e foi uma sorte não passar a 20), mas alterou-se o número de descidas para 2. Porque o tal estudo (o que dava jeito para umas coisas e não dava para outro), dizia que quanto maior for o número de equipas a descer maior é a instabilidade/incerteza, e por isso haverá maior pressão para as equipas jogarem para o pontinho. Com menos descidas, uma derrota seria menos penalizadora para o futuro e portanto poderia fazer com que as equipas apostassem em jogos mais abertos.

Voltando ao alargamento. A taça da liga foi criada para ocupar o vazio pelo emagrecimento de 18 para 16 equipas. Voltamos a 18 equipas e a Taça da Liga continua quando a principal razão para a sua criação desapareceu. Ou seja a Taça da Liga sobrecarregou ainda mais o calendário.

-É dito também que a 5 jornadas do fim as equipas a meio da tabela já estão sem objectivos. Fui ver as últimas 5 edições à jornada 30, e sim, as equipas acima do 12º lugar (por vezes 13º) já estavam com uma distância muito confortável para a despromoção, e também já algo longe do 5º/6º lugar. Mas a diferença entre 16º e 17º foi em geral 2 pontos. Ou seja, na prática, descerem 2 ou 3 equipas não iria colocar mais equipas na luta pela despromoção. Ia só apertar mais com as equipas que já estavam nessa luta.

Na realidade temos um país que demografica e economicamente é muito menor do que talvez 20 países da Europa e no entanto temos um campeonato à país grande.
Países como a Bélgica, Suiça, Aústria ou Rep. Checa, com melhores condições, com uma economia mais forte, têm Ligas com menos clubes. Só a Holanda tem 18 equipas, e surge como muito forte a hipótese de juntar com a Bélgica.
A nossa liga tem perdido competitividade a olhos vistos, o fosso é cada vez maior. Mas na UEFA, contrariamente ao espectável, os clubes portugueses safaram-se bem. FC Porto e Benfica conseguiram prestações europeias muito acima do que seria espectável, e um clube da dimensão do Braga chegar à final da LE (depois da campanha que fez na LC) é um feito extraordinário. Mas nos últimos 3 anos, com clubes intervencionados pela UEFA, ou a venderem para pagarem dívidas e a receberem euromendes, Portugal começa a ter as prestações "normais"-apenas um clube na LC e apesar do grupo fácil, está com dificuldades, os restantes na LE e longe de estarem muito confortáveis.

Ultrapassamos a Rússia. Sim, o 5º e o 6º costuma ser um iô-iô porque faz grande diferença entre dividir por 5 ou por 6, e também porque a Rússia tem desinvestido no futebol principalmente pós mundial. As prestações russas têm sido medianas.

Para ver qual o número de clubes que a Liga Portuguesa deveria ter, bastava retirar aqueles que têm dívidas e os que sem empréstimos não conseguiriam montar uma equipa. Se calhar teríamos as tais 10/12 equipas (porque não disponho de dados para tal).

Além disto, cometeram-se erros tremendos na 2ª liga (chegaram a ser 24 equipas, e tanto foi erro que lá reduziram), que é uma liga quase sem público, e tínhamos uma 2ª divisão B muito competitiva (com 3 zonas), para se passar para um campeonato com 8 séries, em que tinhas 2 equipas fortes por série, e as restantes metidas ao barulho da despromoção. Entretanto reduziram e já vão apenas em 4 séries e entretanto as equipas do CP estão mais competitivas (vê-se que já têm tanta dificuldade em manter-se na II Liga e as que descem da II liga têm muita dificuldade para subir, mesmo na Taça de Portugal se conseguem ver equipas com qualidade para o nível que estão).

Enquanto não houver coragem para tomar as medidas necessárias (calendário, nº equipas, nº de jogadores por equipa, empréstimos, dívidas a jogadores) vamos continuar a perder competitividade, a perder espectadores e a perder valor. Não houvesse outros interesses, como seria possível as operadoras pagarem o que pagam aos 3 metralhas? Como seria possível a Sportv continuar de portas abertas?
É que aos dirigentes importa o imediato o curto prazo. Ao contrário do que é dito, os dirigentes querem subir mesmo que não tenham condições. Por isso é que Trofense, união da madeira, Arouca, subiram para depois caírem ao abismo. Por isso há tantos clubes a entregarem o controlo a investidores, tudo com promessas de sucesso a curto prazo.

Vou traduzir a parte a negrito: com apenas 2 descidas, a meio da época estas já estão decididas. Assim, os três metralhas só têm que se importar com os jogos entre eles porque os outros vão ser todos um passeio, as equipas já não estão a jogar para nada, vencer, empatar ou levar 10 é igual.
Por acaso é mais o contrário. Se descerem 4, 2 ficam logo condenadas e metes mais ao barulho, mais a jogar pro pontinho.

Ano passado jogou melhor (e fez mais pontos com os grandes) o Nacenal ou Portimonense?


Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
Old School
Old School Equipa Principal
  • *****
  • 8881
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #69 em: 04 de Dezembro de 2019, 20:59 »
Vamos ter uma "final" em Paços de Ferreira e se acreditarmos em facilidades vai ser o 1º passo para ver a final four no sofá, acredito que juntos podemos chegar à fase final da competição. Caso consigamos passar, que o clube esteja atento à localização dos nossos adeptos, segundo ouvi o ano passado uns disseram que a definição das bancadas foi por sorteio outros que não, alguém sabe? Que o clube esteja atento, se lá chegarmos, para ver se conseguimos pelo menos uma vez ficar na Nascente, faz toda a diferença no trabalhar dos adeptos e do braguismo. O Guimarães, que para já parece-me o clube que está numa posição mais próxima de garantir a final four, eles normalmente estão atentos a estas questões dos adeptos, não tenho nenhuma inside information mas acredito que tudo irão fazer para ficarem na Nasceste, acredito que outros clubes, quando garantirem a passagem, se possível, também vão fazer por isso, estejamos também atentos caso possamos fazer alguma coisa nesse sentido. Será uma pena se em 3 anos de final four em Braga em nenhuma conseguimos aproveitar o factor casa para promovermos o braguismo da melhor forma e por consequência ajudar a captar mais adeptos, em minha opinião, faz toda a diferença esta questão das bancadas neste aspecto. Mas agora o importante é focar em tentar chegar à final four, sem isso, nada feito, vamos Braga!
« Última modificação: 04 de Dezembro de 2019, 21:11 por Old School »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2449
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #70 em: 04 de Dezembro de 2019, 21:52 »
Se for como no ano passado, e se passarmos, o clube "dono" do estádio joga em casa, pelo que os adeptos vão para a poente.

No caso o povo no ano passado aqui fartou-se de pedir o contrário... irmos para a nascente.

Isto tem implicações tb no balneário escolhido e tudo, pelo que a equipa do Braga tem a benesse de ter todas as comodidades de um jogo em casa.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk
« Última modificação: 04 de Dezembro de 2019, 21:55 por NightHawk »
Anuncios G
Guerreiro03 Juniores
  • ***
  • 495
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #71 em: 04 de Dezembro de 2019, 21:53 »
Vamos ter uma "final" em Paços de Ferreira e se acreditarmos em facilidades vai ser o 1º passo para ver a final four no sofá, acredito que juntos podemos chegar à fase final da competição. Caso consigamos passar, que o clube esteja atento à localização dos nossos adeptos, segundo ouvi o ano passado uns disseram que a definição das bancadas foi por sorteio outros que não, alguém sabe? Que o clube esteja atento, se lá chegarmos, para ver se conseguimos pelo menos uma vez ficar na Nascente, faz toda a diferença no trabalhar dos adeptos e do braguismo. O Guimarães, que para já parece-me o clube que está numa posição mais próxima de garantir a final four, eles normalmente estão atentos a estas questões dos adeptos, não tenho nenhuma inside information mas acredito que tudo irão fazer para ficarem na Nasceste, acredito que outros clubes, quando garantirem a passagem, se possível, também vão fazer por isso, estejamos também atentos caso possamos fazer alguma coisa nesse sentido. Será uma pena se em 3 anos de final four em Braga em nenhuma conseguimos aproveitar o factor casa para promovermos o braguismo da melhor forma e por consequência ajudar a captar mais adeptos, em minha opinião, faz toda a diferença esta questão das bancadas neste aspecto. Mas agora o importante é focar em tentar chegar à final four, sem isso, nada feito, vamos Braga!
O posicionamento normalmente é decidido neste tipo de competições , quer a nível nacional, quer a nível internacional, por sorteio, por isso deve ser este o caso também. Mas estamos em Portugal, por isso , não ponho as "mãos no fogo" por ninguém

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

SCB Monsul
SCB Monsul Equipa Principal
  • *****
  • 1662
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #72 em: 04 de Dezembro de 2019, 22:45 »
Mais uma vez a FARSA da taça da Liga.

Em Barcelos perdoada a expulsão (mais uma vez) ao chorão do Bruninho. Passado 2 min marca de livre aos 89'

Siga a rusga!
14 Novembro de 1994 - Sócio nº2854
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 5049
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #73 em: 04 de Dezembro de 2019, 22:55 »
Grande frango do redes do Gil.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4268
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #74 em: 05 de Dezembro de 2019, 00:29 »
Se for como no ano passado, e se passarmos, o clube "dono" do estádio joga em casa, pelo que os adeptos vão para a poente.

No caso o povo no ano passado aqui fartou-se de pedir o contrário... irmos para a nascente.

Isto tem implicações tb no balneário escolhido e tudo, pelo que a equipa do Braga tem a benesse de ter todas as comodidades de um jogo em casa.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

Em teoria tem toda a lógica o clube da casa jogar em casa. Em teoria a Nascente é melhor para aparecer na TV, leva mais gente para além de não ter os jornalistas lá pelo meio. Para mim tanto dá ver o jogo num lado ou outro. Em termos de acessos preferia a poente.
Não sei como são os preços dos bilhetes, se for como no ano passado nem vale a pena o pessoal se chatear muito com as bancadas porque ficam vazias novamente.
Se não houver surpresas teremos Braga, Guimarães na Final Four, para além do Porto e Rio Ave. Seria interessante uma final Braga Guimarães...
Carvalhux
Carvalhux Equipa Principal
  • *****
  • 1542
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #75 em: 05 de Dezembro de 2019, 02:51 »
Acho que a nossa disposição nas bancadas vai depender sempre do adversário, se for um estarola ou guimarães vamos ficar sempre na poente, porque o acesso à nascente é mais fácil para os adeptos adversários.
Se jogarmos com o rio ave, ou equipas desse género, provavelmente ficaremos na nascente.
ombaiz
ombaiz Equipa Principal
  • *****
  • 1268
  • Quem não sente não entende...
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #76 em: 05 de Dezembro de 2019, 03:30 »
Acho que a nossa disposição nas bancadas vai depender sempre do adversário, se for um estarola ou guimarães vamos ficar sempre na poente, porque o acesso à nascente é mais fácil para os adeptos adversários.
Se jogarmos com o rio ave, ou equipas desse género, provavelmente ficaremos na nascente.
É preciso mesmo é ganhar ou empatar o jogo em Paços!!
Old School
Old School Equipa Principal
  • *****
  • 8881
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #77 em: 05 de Dezembro de 2019, 09:10 »
Do que os foristas escreveram há diferentes opiniões, que é sorteio, que a equipa da “casa “joga na Poente ou que é uma decisão de quem organiza, alguém tem certeza a 100% como se faz? Seja através de uma destas ou outra, se lá chegarmos,  que o clube tudo faça para pelo menos uma vez conseguirmos promover os nossos adeptos e o braguismo na final four e ficarmos na Nasceste. Tirando a hipótese se for sorteio, que aí será uma questão de sorte ou azar, creio, sem certezas, que em qualquer uma das outras temos argumentos para justificar ficarmos na Nascente.

Se bem me recordo, ainda na época passada fomos duplamente prejudicados na questão da bancada, para além de ficarmos na Poente e aí não comento porque não sei como se chegou a essa decisão, se for por sorteio é o que é… mas além disso, no nosso jogo, penso que os adeptos do Sporting que compraram bilhetes mais baratos puderam descer para a zona dos bilhetes mais caros, creio que foi para não dar um aspecto tão vazio da bancada deles, mais um argumento para sermos nós a ficar na Nascente, se for possível, saibamos usar tudo que tivermos a nosso favor.

Não gosto de debater estas questões sem estar garantida a nossa chegada à final four e ainda temos uma dura batalha pela frente, comentei porque quem organiza a competição pode já estar a olhar para isto e é bom estarmos atentos mas mais importante que tudo é ter o foco no jogo em Paços.
« Última modificação: 05 de Dezembro de 2019, 09:42 por Old School »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2449
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #78 em: 05 de Dezembro de 2019, 09:42 »
Eu tenho 100% de certeza que no ano passado foi como eu expliquei acima. Equipa "dona" do estádio joga em casa e os adeptos vão para a poente.

Este ano ainda é muito cedo para se saber.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

Old School
Old School Equipa Principal
  • *****
  • 8881
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Taça da Liga 2019/20
« Responder #79 em: 05 de Dezembro de 2019, 09:50 »
Ok, obrigado. Se lá chegarmos, era bom que pelo menos uma vez conseguíssemos ficar na Nascente, penso que até seria melhor para os interesses da transmissão televisiva, patrocinadores, etc. mas para já foco em Paços.
« Última modificação: 05 de Dezembro de 2019, 09:57 por Old School »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
 

Anuncios M
Anuncios M