You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 14/07
1 Respostas
472 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12963
  NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 14/07
« em: 14 de Julho de 2019, 17:53 »
CARLOS PEREIRA QUESTIONA TRANSFERÊNCIA DE DYEGO SOUSA
Orlando Vieira

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, não está nada satisfeito com o comportamento do homólogo do SC Braga, António Salvador, em relação aos valores da transferência de Dyego Sousa para o Shenzhen, da China - 5,4 milhões de euros -, que foram comunicados pelos bracarenses à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Com 25 por cento do passe do avançado, percentagem acordada quando Dyego Sousa se mudou para Braga em 2017/2018, a verdade é que o Marítimo não esperava que a transferência para a China fosse por números tão baixos quando foi público que o SC Braga teve propostas, que recusou, na ordem dos 14, 15 milhões.

Carlos Pereira não quis aprofundar muito os contornos do negócio, mas não se escusou a questionar e criticar António Salvador. «Confesso que estou muito defraudado com o António Salvador em relação aos números desta transferência em face do que foi acordado e negociado anteriormente pelo SC Braga e Marítimo.»

Sem querer falar nos números que foram então acertados sobre uma futura transferência de Dyego Sousa, Carlos Pereira questionou o motivo pelo qual só com esta transferência do internacional português se falou sobre uma eventual tributação a dobrar para o clube chinês: «Vamos aguardar para ver se este é um mero processo de economia ou se não é um processo de academia. E mais não digo.»

Embora tenham excelente relação pessoal, Carlos Pereira já fez questão de avisar António Salvador que o Marítimo recusa-se, para já, a receber a percentagem a que tem direito sobre os 5,4 milhões e que é pouco mais que um milhão de euros. «Temos muito que conversar os dois. Existem muitas coisas por esclarecer», assegurou.

DYEGO SOUSA MOTIVA DISCUSSÃO ENTRE THEODORO FONSECA E ANTÓNIO SALVADOR
Pascoal Sousa

O acionista maioritário da SAD do Portimonense, Theodoro Fonseca, e o presidente do SC Braga, António Salvador, desentenderam-se ontem no parque de estacionamento do Portimão Estádio.

Fonte do SC Braga acusa mesmo Theodoro Fonseca de «atitude agressiva» ao colocar as mãos no peito de António Salvador, forçando à intervenção dos seguranças dos clubes.

Na origem do desentendimento esteve o descontentamento de Theodoro em relação ao negócio de Dyego Sousa para China (o Portimonense tinha os direitos económicos partilhados com o Marítimo, mas que cessaram com a transferência do avançado para o SC Braga) e a ida de Tormena para os bracarenses, um negócio feito com o Gil Vicente, clube ao qual o central pertencia.

O incidente provocou forte aparato no local e poderá mudar a relação entre os clubes.

A Bola
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12963
  Re: NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 14/07
« Responder #1 em: 14 de Julho de 2019, 17:55 »
António Salvador: "Carlos Pereira devia agradecer ao Braga"
Pedro Marques Costa

António Salvador recordou que Dyego Sousa era um jogador livre quando o contratou ao Marítimo

António Salvador respondeu ao presidente do Marítimo, Carlos Pereira, que tinha mostrado a sua indignação em relação aos valores envolvidos na transferência de Dyego Sousa para o Shenzhen - 5,4 milhões de euros. Com 25 por cento do passe a pertencer ao Marítimo, Carlos Pereira reconhece que não esperava que a venda para a China fosse concretizada por números tão baixos. "Confesso que estou muito defraudado com o António Salvador em relação aos números desta transferência. Vamos aguardar para ver se este é um mero processo de economia ou se não é um processo de academia. E mais não digo. Temos muito que conversar os dois", acusou.

Num encontro informal com os jornalistas, António Salvador revelou ter ficado "muito surpreendido" com as declarações do presidente do Marítimo. "Se diz que precisa de falar comigo, estranho que não me tenha dito nada porque ainda na quarta-feira estivemos juntos várias horas e inclusive fomos jantar no fim da apresentação do canal 11. Tenho estima pessoal pelo presidente do Marítimo, temos excelentes relações institucionais também, e pela consideração que tenho por ele estou sempre disponível para falar", afirmou Salvador, que ainda recordou a forma como Dyego Sousa se mudou para os arsenalistas.

"Se ele me quiser visitar em Braga, até vamos ao Bom Jesus e ele acende uma velinha em agradecimento por o Braga lhe ter permitido fazer um encaixe muito relevante com o Dyego Sousa, porque, se bem se lembra, o Braga assinou com o Dyego quando ele estava livre, sem contrato, e precisamente por ter pelo Marítimo e pelo seu presidente a maior consideração, decidimos creditar ao Marítimo, já depois de termos assinado com o jogador, 25 por cento da mais-valia de uma futura transferência. Felizmente para o Marítimo, o Dyego escolheu o Braga numa altura em que cumpria um castigo de 9 meses e em que poucos acreditavam nele, porque se tivesse ido para outro clube o Marítimo receberia zero, até porque estou certo de que nenhum clube teria tido o gesto que o Braga entendeu que devia ter", concluiu.

O Jogo
 

Anuncios M
Anuncios M