Quantcast
Liga Europa
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Liga Europa
1583 Respostas
180345 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1500 em: 28 de Abril de 2022, 14:05 »
Eu não entendo o ódio que maior parte ficou deles. Secalhar aquele ambiente fascinou-me porque nunca vi nada igual mas não tenho razão de queixa de nenhum adepto deles aliás convivi com muitos em Glasgow e eram todos 5 estrelas. Posso até dizer que ainda fiquei mais fã depois de lá ir.

Enviado do meu MAR-LX1A através do Tapatalk

Eu também falei com meia dúzia deles durante a tarde e alguns deles eram muito boas pessoas e muito simpáticos. Mas a esmagadora maioria não o era, olhava de lado, provocava, fazia gestos... Já dei alguns exemplos acima (para mim, o miúdo marcou-me, e aquela atitude de passarem o jogo todo virado para a nossa bancada a fazer gestos e a insultar - houve ali 5mins depois do golo do Carmo em que estavam caladinhos e nem sequer olhavam para nós), mas posso dar mais: gajos a bater no vidro do metro a fazer manguitos connosco lá dentro a fazer a nossa festa, gajos caladinhos à nossa beira e assim que se separavam, começavam a insultar, pessoas nos carros no fim do jogo que estavam quietinhas, e assim que tinham espaço para arrancar, abriam os vidros e insultavam e faziam gestos, tudo e mais alguma coisa, gajos que passavam por mim na fila para mijar num café e a dizer "hoje vamo-vos f..." e coisas parecidas. Outro gajo a bater no vidro do metro e a chamar tudo e mais alguma coisa mas, para azar dele, nós saímos naquela estação (ele devia pensar que só íamos sair na seguinte) e então estava todo confiançudo, assim que nos viu a sair, engoliu em seco e escondeu-se atrás de dois polícias. São uns autênticos cobardes provocadores, fazem lembrar aqueles cães que ladram muito de portão fechado e quando o portão abre metem o rabo entre as pernas... No fim do jogo, levaram uma lição de desportivismo, com a grande maioria dos nossos adeptos a aplaudi-los, e eles até ficaram meios abananados, nem sabiam como reagir, e depois lá aplaudiram de volta. Mas a ideia que fiquei foi claramente a de adeptos arrogantes, provocadores e cobardes. Agora, se me falares dos adeptos do Celtic, aí tive meia dúzia de interações incríveis, com gente a parar camiões no meio da estrada para abrir o vidro e nos desejar boa sorte, por exemplo. Mas claro, eles queriam era a derrota do Rangers, não a nossa vitória, por isso não dá bem para os julgar. Mas pelo que percebi, eles são genericamente mais acolhedores que os do Rangers, mesmo quando são adversários deles.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5241
  Re: Liga Europa
« Responder #1501 em: 28 de Abril de 2022, 14:26 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html
Anuncios M
Anuncios M
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1791
  Re: Liga Europa
« Responder #1502 em: 28 de Abril de 2022, 14:26 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1503 em: 28 de Abril de 2022, 15:54 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html

Certo, tu no dia 15 de Abril de manhã comentaste cingindo-te ao que o Barcelona disse... no dia 19.
Estas declarações do Laporta não fazem sentido nenhum... Não aceitavam cartões de crédito alemães? Porquê? O sistema transbordou? Que raio significa isso? Transbordou e passou a aceitar cartões alemães, é isso? Que raio de sentido é que isso faz? Ou queres convencer as pessoas que foram 20/25mil detentores de lugar anual que venderam a sua entrada a alemães? Se é isso, deixa-me rir...

"Quero insistir que o clube não vendeu bilhetes aos alemães"
O que encontrei noutra notícia foi o Laporta a dizer que houve gente a comprar os bilhetes fora da Alemanha e depois a vendê-los aos alemães. Estes bilhetes seriam de detentores de lugar anual que informaram o clube que não iriam ao jogo e o clube pôs esses bilhetes em revenda (tal como disse no meu comentário anterior, isto é prática comum em todo o lado). Ou seja, são bilhetes de lugares anuais que foram parar às mãos dos alemães, o que é MUITO diferente de "muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães", porque não são os adeptos que os vendem, os adeptos disponibilizam ao clube os seus lugares para revenda, não têm qualquer responsabilidade no destino dos bilhetes. Ainda assim, parece-me muito estranho haver uma "máfia" que andou a comprar bilhetes e depois a revendê-los aos alemães. Isto é, não me parece estranho que haja uma "máfia" que faça isto, mas 25mil bilhetes? E houve 25mil alemães a confiarem em pessoas que não conhecem de lado nenhum e a comprar-lhes bilhetes? Conhecendo os alemães como conheço, acho isso muito muito improvável. Parece-me que o Barcelona teve responsabilidade mas veio tentar sacudir a água do capote. Ainda que fosse como eles dizem, creio que um qualquer cartão Revolut, acessível a quem quiser e com sede no Reino Unido, escaparia a esta proibição de cartões alemães. Fui agora ao site do Barcelona tentar comprar bilhetes para o próximo jogo, e aparece-me o Paypal como método de pagamento. Não sei se dá para rastrear o país de origem com o Paypal, porque se não der, podem dizer ao Laporta que têm aí a explicação... O Paypal é extremamente popular na Alemanha, sendo mesmo o método de pagamento online mais comum (https://www.emerchantpay.com/insights/online-payments-germany/).

Mas pronto, se tu achas que foram 25mil adeptos do Barcelona que venderam os seus bilhetes aos alemães, estás no teu direito... Só não me venhas dizer que comentaste de acordo com o Barcelona, quando o teu comentário foi feito bem antes do esclarecimento do Barcelona...
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1504 em: 28 de Abril de 2022, 16:08 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Isto para mim foi, curiosamente, das coisas mais positivas que vi lá... Não preciso de estar numa jaula, não precisam de me pôr num cantinho lá em cima escondido, nada. Estou ali pertinho da relva com a vista aberta, sem robocops raivosos cheios de vontade de bater, com bombos, faixas e bandeiras à vontade. Polícias e seguranças sem armas visíveis e bastante compreensivos (se te vêm a ir em direção aos adeptos adversários, metem o braço à frente e pedem-te para teres calma, aqui era logo uma bastonada no lombo). Aliás, o que os polícias e seguranças fizeram no fim do jogo foi algo que eu nunca vi na minha vida: começaram todos a bater-nos palmas e a confortar-nos pelo resultado, a elogiar-nos e tudo. Eu tinha um segurança perto de mim que era claramente fanático pelo Rangers, e eu cheguei a ter pena dele, o quanto ele se estava a tentar controlar por respeito, e chegou inclusivamente a pedir desculpa depois de festejar ligeiramente o 3º golo, sem que ninguém se tivesse queixado). A diferença na segurança dessa tua foto para Portugal é: em Portugal, essas garrafas acabavam no relvado ou nos adeptos adversários, lá acabam abandonadas na bancada, escondidas. E não é porque eles sejam mais civilizados do que nós, longe disso. É pura e simplesmente porque eles sabem que se atiram uma garrafa para onde quer que seja, há uma câmara que os apanha e eles nunca mais entram no estádio. E é por isso que não precisam de jaulas e robocops, porque responsabilizam quem faz asneira.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1791
  Re: Liga Europa
« Responder #1505 em: 28 de Abril de 2022, 17:05 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Isto para mim foi, curiosamente, das coisas mais positivas que vi lá... Não preciso de estar numa jaula, não precisam de me pôr num cantinho lá em cima escondido, nada. Estou ali pertinho da relva com a vista aberta, sem robocops raivosos cheios de vontade de bater, com bombos, faixas e bandeiras à vontade. Polícias e seguranças sem armas visíveis e bastante compreensivos (se te vêm a ir em direção aos adeptos adversários, metem o braço à frente e pedem-te para teres calma, aqui era logo uma bastonada no lombo). Aliás, o que os polícias e seguranças fizeram no fim do jogo foi algo que eu nunca vi na minha vida: começaram todos a bater-nos palmas e a confortar-nos pelo resultado, a elogiar-nos e tudo. Eu tinha um segurança perto de mim que era claramente fanático pelo Rangers, e eu cheguei a ter pena dele, o quanto ele se estava a tentar controlar por respeito, e chegou inclusivamente a pedir desculpa depois de festejar ligeiramente o 3º golo, sem que ninguém se tivesse queixado). A diferença na segurança dessa tua foto para Portugal é: em Portugal, essas garrafas acabavam no relvado ou nos adeptos adversários, lá acabam abandonadas na bancada, escondidas. E não é porque eles sejam mais civilizados do que nós, longe disso. É pura e simplesmente porque eles sabem que se atiram uma garrafa para onde quer que seja, há uma câmara que os apanha e eles nunca mais entram no estádio. E é por isso que não precisam de jaulas e robocops, porque responsabilizam quem faz asneira.

Não discordo de nada do que dizes, mas neste caso foi um pouco ao lado. No último derby deles no Ibrox uma garrafa foi parar ao relvado e até se partiu. O jogo teve que ser interrompido para se retirarem os bocados de vidro do relvado. Foi um episódio que gerou discussão sobre o quanto alguns adeptos bebem antes do jogo (e durante) e sobre a facilidade com que estas garrafas entram nas bancadas. Aliás, Rangers e Celtic nunca jogam de noite um contra o outro para não se correr o risco de os adeptos terem o dia todo para beber, é outra cultura...

Quanto ao resto tens toda a razão. Basta ver a claque deles, fundada há 15 anos se não me engano, consegue dar espetáculos como em Portugal não se vê há décadas, precisamente porque lá lhes é permitido tudo: faixas, bandeiras, bombos, tochas, etc.

Edit: cenários destes:

https://www.youtube.com/watch?v=uuFw8sPK1mI&ab_channel=FOOTBALLBOYS07

Em Portugal era tudo corrido à bastonada e multa.
« Última modificação: 28 de Abril de 2022, 17:08 por Pedro Bala »
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1506 em: 28 de Abril de 2022, 17:10 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Isto para mim foi, curiosamente, das coisas mais positivas que vi lá... Não preciso de estar numa jaula, não precisam de me pôr num cantinho lá em cima escondido, nada. Estou ali pertinho da relva com a vista aberta, sem robocops raivosos cheios de vontade de bater, com bombos, faixas e bandeiras à vontade. Polícias e seguranças sem armas visíveis e bastante compreensivos (se te vêm a ir em direção aos adeptos adversários, metem o braço à frente e pedem-te para teres calma, aqui era logo uma bastonada no lombo). Aliás, o que os polícias e seguranças fizeram no fim do jogo foi algo que eu nunca vi na minha vida: começaram todos a bater-nos palmas e a confortar-nos pelo resultado, a elogiar-nos e tudo. Eu tinha um segurança perto de mim que era claramente fanático pelo Rangers, e eu cheguei a ter pena dele, o quanto ele se estava a tentar controlar por respeito, e chegou inclusivamente a pedir desculpa depois de festejar ligeiramente o 3º golo, sem que ninguém se tivesse queixado). A diferença na segurança dessa tua foto para Portugal é: em Portugal, essas garrafas acabavam no relvado ou nos adeptos adversários, lá acabam abandonadas na bancada, escondidas. E não é porque eles sejam mais civilizados do que nós, longe disso. É pura e simplesmente porque eles sabem que se atiram uma garrafa para onde quer que seja, há uma câmara que os apanha e eles nunca mais entram no estádio. E é por isso que não precisam de jaulas e robocops, porque responsabilizam quem faz asneira.

Não discordo de nada do que dizes, mas neste caso foi um pouco ao lado. No último derby deles no Ibrox uma garrafa foi parar ao relvado e até se partiu. O jogo teve que ser interrompido para se retirarem os bocados de vidro do relvado. Foi um episódio que gerou discussão sobre o quanto alguns adeptos bebem antes do jogo (e durante) e sobre a facilidade com que estas garrafas entram nas bancadas. Aliás, Rangers e Celtic nunca jogam de noite um contra o outro para não se correr o risco de os adeptos terem o dia todo para beber, é outra cultura...

Quanto ao resto tens toda a razão. Basta ver a claque deles, fundada há 15 anos se não me engano, consegue dar espetáculos como em Portugal não se vê há décadas, precisamente porque lá lhes é permitido tudo: faixas, bandeiras, bombos, tochas, etc.

Não estou a par de episódios específicos, mas acredito no que dizes e o Old Firm é outra realidade, eu sei que recentemente houve um período onde nem havia adeptos adversários nos Old Firm. Mas a questão é que quem mandou essa garrafa vai ser identificado e responsabilizado, e certamente não volta a mandar nada.

Quanto à relação do desporto com o álcool, é um problema que vai além da Escócia e do Reino Unido, e é certamente preocupante. Eles, tal como nós, não vendem álcool nos estádios (pelo menos na Liga Europa não vendiam). Mas na Alemanha vendem e muito, e não é por isso que há registo de mais violência. Porque lá está, as pessoas são responsabilizadas... Para mim, o que acontece por vezes em Portugal, em que um grupo de pessoas surge sorrateiro, desata a causar o caos e a bater em tudo o que mexe, e acaba com escolta policial para dentro do estádio, é absolutamente impensável e incompreensível para mim. E enquanto continuarmos a recompensar a violência com proteção até à bancada sem sequer identificar as pessoas muitas das vezes, isto não muda, infelizmente.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
joaoPC Equipa Principal
  • *****
  • 1465
  Re: Liga Europa
« Responder #1507 em: 28 de Abril de 2022, 17:20 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html
Quer dizer então que qualquer cartão revolut ou semelhante dava para comprar na mesma? Isso não é grande medida impeditiva
Anuncios M
Anuncios M
tiago1992 Equipa Principal
  • *****
  • 1387
  Re: Liga Europa
« Responder #1508 em: 28 de Abril de 2022, 17:38 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Isto para mim foi, curiosamente, das coisas mais positivas que vi lá... Não preciso de estar numa jaula, não precisam de me pôr num cantinho lá em cima escondido, nada. Estou ali pertinho da relva com a vista aberta, sem robocops raivosos cheios de vontade de bater, com bombos, faixas e bandeiras à vontade. Polícias e seguranças sem armas visíveis e bastante compreensivos (se te vêm a ir em direção aos adeptos adversários, metem o braço à frente e pedem-te para teres calma, aqui era logo uma bastonada no lombo). Aliás, o que os polícias e seguranças fizeram no fim do jogo foi algo que eu nunca vi na minha vida: começaram todos a bater-nos palmas e a confortar-nos pelo resultado, a elogiar-nos e tudo. Eu tinha um segurança perto de mim que era claramente fanático pelo Rangers, e eu cheguei a ter pena dele, o quanto ele se estava a tentar controlar por respeito, e chegou inclusivamente a pedir desculpa depois de festejar ligeiramente o 3º golo, sem que ninguém se tivesse queixado). A diferença na segurança dessa tua foto para Portugal é: em Portugal, essas garrafas acabavam no relvado ou nos adeptos adversários, lá acabam abandonadas na bancada, escondidas. E não é porque eles sejam mais civilizados do que nós, longe disso. É pura e simplesmente porque eles sabem que se atiram uma garrafa para onde quer que seja, há uma câmara que os apanha e eles nunca mais entram no estádio. E é por isso que não precisam de jaulas e robocops, porque responsabilizam quem faz asneira.

Não discordo de nada do que dizes, mas neste caso foi um pouco ao lado. No último derby deles no Ibrox uma garrafa foi parar ao relvado e até se partiu. O jogo teve que ser interrompido para se retirarem os bocados de vidro do relvado. Foi um episódio que gerou discussão sobre o quanto alguns adeptos bebem antes do jogo (e durante) e sobre a facilidade com que estas garrafas entram nas bancadas. Aliás, Rangers e Celtic nunca jogam de noite um contra o outro para não se correr o risco de os adeptos terem o dia todo para beber, é outra cultura...

Quanto ao resto tens toda a razão. Basta ver a claque deles, fundada há 15 anos se não me engano, consegue dar espetáculos como em Portugal não se vê há décadas, precisamente porque lá lhes é permitido tudo: faixas, bandeiras, bombos, tochas, etc.

Em Portugal era tudo corrido à bastonada e multa.

Só um pequeno a parte era tudo corrido a bastonada se fossem adeptos portugues. E tens o exemplo precisamente do jogo contra eles em que eles fazem uma tochada (com as tochas na mão) e nada se passa e no sector das nossas claques foram abertas tochas a quando do suposto primeiro golo e choveram logo bastonadas com malta a ficar logo de cabeça aberta.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 15103
  Re: Liga Europa
« Responder #1509 em: 28 de Abril de 2022, 20:23 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html

Certo, tu no dia 15 de Abril de manhã comentaste cingindo-te ao que o Barcelona disse... no dia 19.
Estas declarações do Laporta não fazem sentido nenhum... Não aceitavam cartões de crédito alemães? Porquê? O sistema transbordou? Que raio significa isso? Transbordou e passou a aceitar cartões alemães, é isso? Que raio de sentido é que isso faz? Ou queres convencer as pessoas que foram 20/25mil detentores de lugar anual que venderam a sua entrada a alemães? Se é isso, deixa-me rir...

"Quero insistir que o clube não vendeu bilhetes aos alemães"
O que encontrei noutra notícia foi o Laporta a dizer que houve gente a comprar os bilhetes fora da Alemanha e depois a vendê-los aos alemães. Estes bilhetes seriam de detentores de lugar anual que informaram o clube que não iriam ao jogo e o clube pôs esses bilhetes em revenda (tal como disse no meu comentário anterior, isto é prática comum em todo o lado). Ou seja, são bilhetes de lugares anuais que foram parar às mãos dos alemães, o que é MUITO diferente de "muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães", porque não são os adeptos que os vendem, os adeptos disponibilizam ao clube os seus lugares para revenda, não têm qualquer responsabilidade no destino dos bilhetes. Ainda assim, parece-me muito estranho haver uma "máfia" que andou a comprar bilhetes e depois a revendê-los aos alemães. Isto é, não me parece estranho que haja uma "máfia" que faça isto, mas 25mil bilhetes? E houve 25mil alemães a confiarem em pessoas que não conhecem de lado nenhum e a comprar-lhes bilhetes? Conhecendo os alemães como conheço, acho isso muito muito improvável. Parece-me que o Barcelona teve responsabilidade mas veio tentar sacudir a água do capote. Ainda que fosse como eles dizem, creio que um qualquer cartão Revolut, acessível a quem quiser e com sede no Reino Unido, escaparia a esta proibição de cartões alemães. Fui agora ao site do Barcelona tentar comprar bilhetes para o próximo jogo, e aparece-me o Paypal como método de pagamento. Não sei se dá para rastrear o país de origem com o Paypal, porque se não der, podem dizer ao Laporta que têm aí a explicação... O Paypal é extremamente popular na Alemanha, sendo mesmo o método de pagamento online mais comum (https://www.emerchantpay.com/insights/online-payments-germany/).

Mas pronto, se tu achas que foram 25mil adeptos do Barcelona que venderam os seus bilhetes aos alemães, estás no teu direito... Só não me venhas dizer que comentaste de acordo com o Barcelona, quando o teu comentário foi feito bem antes do esclarecimento do Barcelona...
Isto é o que o Barcelona tem no site (sem as traduções manhosas da nossa CS):

With regards to figures, once analysed, president Laporta explained: 

"34,440 tickets were sold. Barça fans should know that we have those tickets because there are season tickets holders who have asked for a temporary suspension and we put those on sale. The Club put those tickets on sale with restrictions: they could not be bought by German credit cards or via German EPP. The Club did not sell tickets to German and established all the available restrictions as has been the case over the last six seasons. 

 "The tickets that we sold to the away team were in line with UEFA rules, 5,000 tickets. Those tickets were located at the top of the third tier. The 34,440 tickets are those below. 2,425 were UEFA inviations (UEFA rules also) and the attendance by season ticket holders was 37,746. In total, 79,468 people attended the game. 

"We insist that the 34,440 tickets that went on sale were tickets restricted to sale outside Germany. The Club did not sell tickets to German fans. Who bought those tickets, did so and passed them on to German fans, that is obvious." 

"The tickets that went on sale, for the first 24 hours, members were able to buy them at 50%, and after 24 hours they went on sale to the general public. These tickets, unfortunately, and contrary to the regulations, ended up in the hands of German fans." 

"In reference to the 37,000 members who attended the game, we found evidence that some of those member tickets also ended up in the hands of German fans. Here there are two elements that are contrary to regulations what we want to explain to members: 34,000 tickets in the third tier that ended up in German fans' hands were not due to Club, and also there was a number of season ticket seats, against regulations, that ended up in German hands." 

https://www.fcbarcelona.com/en/club/news/2576135/joan-laporta-tickets-for-european-games-from-now-on-will-be-non-transferable
Quem não sente não é filho de boa gente.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 15103
  Re: Liga Europa
« Responder #1510 em: 28 de Abril de 2022, 20:25 »
Eles têm uma cultura própria muito diferente, é um facto. E é também um facto que eles têm um elemento menos simpático no seu apoio, especialmente em jogos fora. Para além disso, a Escócia tem um problema relativamente sério com alcoolismo e consumo de cocaína que é exacerbado no futebol (aliás, no próprio fórum do Rangers chegaram a falar sobre isso). É ver as fotografias das bancadas depois do jogo com o Celtic: filas e filas de garrafas de vidro (!) vazias, isto no jogo de mais alto risco em todo o Reino Unido. A segurança nos estádios deles parece ser uma brincadeira comparando com a nossa.

Isto para mim foi, curiosamente, das coisas mais positivas que vi lá... Não preciso de estar numa jaula, não precisam de me pôr num cantinho lá em cima escondido, nada. Estou ali pertinho da relva com a vista aberta, sem robocops raivosos cheios de vontade de bater, com bombos, faixas e bandeiras à vontade. Polícias e seguranças sem armas visíveis e bastante compreensivos (se te vêm a ir em direção aos adeptos adversários, metem o braço à frente e pedem-te para teres calma, aqui era logo uma bastonada no lombo). Aliás, o que os polícias e seguranças fizeram no fim do jogo foi algo que eu nunca vi na minha vida: começaram todos a bater-nos palmas e a confortar-nos pelo resultado, a elogiar-nos e tudo. Eu tinha um segurança perto de mim que era claramente fanático pelo Rangers, e eu cheguei a ter pena dele, o quanto ele se estava a tentar controlar por respeito, e chegou inclusivamente a pedir desculpa depois de festejar ligeiramente o 3º golo, sem que ninguém se tivesse queixado). A diferença na segurança dessa tua foto para Portugal é: em Portugal, essas garrafas acabavam no relvado ou nos adeptos adversários, lá acabam abandonadas na bancada, escondidas. E não é porque eles sejam mais civilizados do que nós, longe disso. É pura e simplesmente porque eles sabem que se atiram uma garrafa para onde quer que seja, há uma câmara que os apanha e eles nunca mais entram no estádio. E é por isso que não precisam de jaulas e robocops, porque responsabilizam quem faz asneira.

Não discordo de nada do que dizes, mas neste caso foi um pouco ao lado. No último derby deles no Ibrox uma garrafa foi parar ao relvado e até se partiu. O jogo teve que ser interrompido para se retirarem os bocados de vidro do relvado. Foi um episódio que gerou discussão sobre o quanto alguns adeptos bebem antes do jogo (e durante) e sobre a facilidade com que estas garrafas entram nas bancadas. Aliás, Rangers e Celtic nunca jogam de noite um contra o outro para não se correr o risco de os adeptos terem o dia todo para beber, é outra cultura...

Quanto ao resto tens toda a razão. Basta ver a claque deles, fundada há 15 anos se não me engano, consegue dar espetáculos como em Portugal não se vê há décadas, precisamente porque lá lhes é permitido tudo: faixas, bandeiras, bombos, tochas, etc.

Edit: cenários destes:

https://www.youtube.com/watch?v=uuFw8sPK1mI&ab_channel=FOOTBALLBOYS07

Em Portugal era tudo corrido à bastonada e multa.
E nesse jogo um técnico do celtic ficou com ferimentos por levar com objecto vindo da bancada segundo o que ouvi durante a transmissão do jogo.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Anuncios G
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 15103
  Re: Liga Europa
« Responder #1511 em: 28 de Abril de 2022, 20:25 »
Leicester-Roma na Sic Radical
Quem não sente não é filho de boa gente.
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1512 em: 28 de Abril de 2022, 20:34 »
A bancada inteira da "gente incrível" a cantar a "Ten German bombers" em Leipzig... Mais um exemplo do quão boas pessoas eles são
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
asoaress21
asoaress21 Juvenis
  • **
  • 153
  Re: Liga Europa
« Responder #1513 em: 28 de Abril de 2022, 21:53 »
Leipzig ganhou 1-0
Luís Duarte
Luís Duarte Equipa Principal
  • *****
  • 3504
  Re: Liga Europa
« Responder #1514 em: 28 de Abril de 2022, 22:01 »
A bancada inteira da "gente incrível" a cantar a "Ten German bombers" em Leipzig... Mais um exemplo do quão boas pessoas eles são

Mas se alguém se esquece de meter a florzinha na lapela no Remembrance Day os gajos perdem a cabeça, que gente mais hipócrita  ;D
vulcano
vulcano Juniores
  • ***
  • 423
  Re: Liga Europa
« Responder #1515 em: 28 de Abril de 2022, 22:10 »
Estes gajos não jogando nadinha se tiverem a sorte de marcar um golo cedo outra vez arriscam-se a passar.
Hoje foi defender o jogo todo, mesmo após sofrerem a única preocupação foi baixar as linhas e evitar o segundo. As situações de ataque que criaram era a partir de erros do Leipzig na saída ou perdas de bola.
Do futebol que praticam também não entendo o que é que há para gostar nestes gajos.  ;D
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5241
  Re: Liga Europa
« Responder #1516 em: 29 de Abril de 2022, 00:00 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html

Certo, tu no dia 15 de Abril de manhã comentaste cingindo-te ao que o Barcelona disse... no dia 19.
Estas declarações do Laporta não fazem sentido nenhum... Não aceitavam cartões de crédito alemães? Porquê? O sistema transbordou? Que raio significa isso? Transbordou e passou a aceitar cartões alemães, é isso? Que raio de sentido é que isso faz? Ou queres convencer as pessoas que foram 20/25mil detentores de lugar anual que venderam a sua entrada a alemães? Se é isso, deixa-me rir...

"Quero insistir que o clube não vendeu bilhetes aos alemães"
O que encontrei noutra notícia foi o Laporta a dizer que houve gente a comprar os bilhetes fora da Alemanha e depois a vendê-los aos alemães. Estes bilhetes seriam de detentores de lugar anual que informaram o clube que não iriam ao jogo e o clube pôs esses bilhetes em revenda (tal como disse no meu comentário anterior, isto é prática comum em todo o lado). Ou seja, são bilhetes de lugares anuais que foram parar às mãos dos alemães, o que é MUITO diferente de "muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães", porque não são os adeptos que os vendem, os adeptos disponibilizam ao clube os seus lugares para revenda, não têm qualquer responsabilidade no destino dos bilhetes. Ainda assim, parece-me muito estranho haver uma "máfia" que andou a comprar bilhetes e depois a revendê-los aos alemães. Isto é, não me parece estranho que haja uma "máfia" que faça isto, mas 25mil bilhetes? E houve 25mil alemães a confiarem em pessoas que não conhecem de lado nenhum e a comprar-lhes bilhetes? Conhecendo os alemães como conheço, acho isso muito muito improvável. Parece-me que o Barcelona teve responsabilidade mas veio tentar sacudir a água do capote. Ainda que fosse como eles dizem, creio que um qualquer cartão Revolut, acessível a quem quiser e com sede no Reino Unido, escaparia a esta proibição de cartões alemães. Fui agora ao site do Barcelona tentar comprar bilhetes para o próximo jogo, e aparece-me o Paypal como método de pagamento. Não sei se dá para rastrear o país de origem com o Paypal, porque se não der, podem dizer ao Laporta que têm aí a explicação... O Paypal é extremamente popular na Alemanha, sendo mesmo o método de pagamento online mais comum (https://www.emerchantpay.com/insights/online-payments-germany/).

Mas pronto, se tu achas que foram 25mil adeptos do Barcelona que venderam os seus bilhetes aos alemães, estás no teu direito... Só não me venhas dizer que comentaste de acordo com o Barcelona, quando o teu comentário foi feito bem antes do esclarecimento do Barcelona...
Eu comentei com base no que ouvi  e li logo no próprio dia do jogo, mas poderia ser apenas e só a minha opinião, sem mais nada seria tão válida como a tua.
A noticia que publiquei foi a 1ª que me apareceu, a data é completamente indiferente para o que está em discussão.
No resto apenas disse que muitos adeptos e sócios venderam os bilhetes a adeptos alemães, nem disse que foram 10mil ou 20 mil ou 500, disse que foram muitos, e vai-se a ver e o próprio Barcelona confirma o que eu disse claramente para azar teu. Não há qualquer dúvida que bilhetes de sócio (não necessariamente lugares anuais) foram parar às mãos de alemães e menos ainda que adeptos comprar bilhetes que depois revenderam. Quantos foram, não faço ideia nem o Barcelona sabe.
Puseste o que eu disse em causa mas na verdade não tens elementos nenhuns para o sustentar a não ser dizer que o Barcelona está a mentir. É apenas problema teu.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 24230
  Re: Liga Europa
« Responder #1517 em: 29 de Abril de 2022, 09:49 »


Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 3149
  • Sempre presentes!!!
  Re: Liga Europa
« Responder #1518 em: 29 de Abril de 2022, 12:00 »
Eintracht com 20 mil pessoas em Camp Nou, jogou em casa, mereceu a vitória e só Artur Soares Dias manteve Barcelona na tona.

Laporta indignado com a presença de tantos alemães, metem os preços dos bilhetes a contar que os chineses vão limpar tudo só que os alemães foram mais rápidos. Temos pena.

Grande Eintracht.

O estranho é que havia alemães em todas as zonas do estádio, o que parece indicar que muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães.
Não foram mais porque pelos vistos deram conta e limitaram as vendas, embora se calhar venderam a catalães que os revenderam.

Para um clube que se acha acima de um país foi uma vergonha merecida. Mostra também que lá como cá as assistências são um problema, no caso lá provavelmente por causa dos resultados (adeptos das vitórias...)

Só vi isto agora, mas o que tu dizes é um disparate... O Barcelona, como a grande maioria dos grandes clubes, vende os seus bilhetes online, para quem quiser comprar. O Camp Nou tem quase 100mil lugares, o Barcelona para esta época tem cerca de 55mil lugares anuais ocupados. Dado que os detentores de lugar anual, se souberem que não vão ao jogo, podem informar o clube para este revender o bilhete (é prática comum em variados sítios, na Alemanha é bastante frequente, é uma cultura de "eu não posso ir, alguém tem de ir por mim para aquilo estar cheio"). Ora, se fizeres umas contas por alto, imaginando que 50mil dos detentores de lugar anual foram ao jogo (o que é por si só um número bastante elevado), tens cerca de 50mil bilhetes disponíveis, 5mil vendidos pelo Eintracht e 45mil de venda livre. Para um clube como o Eintracht, um clube com pouca tradição em fases avançadas, duma grande cidade, num estádio mítico, e com adeptos com um enorme poder de compra, não percebo o escândalo. É óbvio que para o Barcelona foi um falhanço, perceberam que se calhar este modelo de venda tem falhas que podem levar a situações destas. Apareceram 25/30 mil alemães da mesma maneira que aparecem 7/8 mil portistas/benfiquistas/sportinguistas em Braga se o Braga pusesse o resto dos lugares em venda livre... Não é preciso nenhum sócio ou adepto do Barcelona andar a vender bilhetes aos adversários, basta entrar no site do clube e comprar... Eu já fui ver jogos a estádios fora de Portugal, em que cheguei ao site e comprei, ninguém me perguntou quem é que eu ia apoiar...

Eu cingi-me ao que o Barcelona foi dizendo. Por exemplo segundo eles a venda a cartões crédito alemães estava bloqueada.
Se tu sabes mais que o próprio Barcelona, podes enviar a informação que tens para eles, vão-te agradecer com certeza...
https://www.ojogo.pt/internacional/noticias/laporta-o-barcelona-nao-vendeu-bilhetes-aos-alemaes-o-sistema-transbordou-14781432.html

Certo, tu no dia 15 de Abril de manhã comentaste cingindo-te ao que o Barcelona disse... no dia 19.
Estas declarações do Laporta não fazem sentido nenhum... Não aceitavam cartões de crédito alemães? Porquê? O sistema transbordou? Que raio significa isso? Transbordou e passou a aceitar cartões alemães, é isso? Que raio de sentido é que isso faz? Ou queres convencer as pessoas que foram 20/25mil detentores de lugar anual que venderam a sua entrada a alemães? Se é isso, deixa-me rir...

"Quero insistir que o clube não vendeu bilhetes aos alemães"
O que encontrei noutra notícia foi o Laporta a dizer que houve gente a comprar os bilhetes fora da Alemanha e depois a vendê-los aos alemães. Estes bilhetes seriam de detentores de lugar anual que informaram o clube que não iriam ao jogo e o clube pôs esses bilhetes em revenda (tal como disse no meu comentário anterior, isto é prática comum em todo o lado). Ou seja, são bilhetes de lugares anuais que foram parar às mãos dos alemães, o que é MUITO diferente de "muitos sócios ou adeptos (ou os 2) andaram a vender bilhetes aos alemães", porque não são os adeptos que os vendem, os adeptos disponibilizam ao clube os seus lugares para revenda, não têm qualquer responsabilidade no destino dos bilhetes. Ainda assim, parece-me muito estranho haver uma "máfia" que andou a comprar bilhetes e depois a revendê-los aos alemães. Isto é, não me parece estranho que haja uma "máfia" que faça isto, mas 25mil bilhetes? E houve 25mil alemães a confiarem em pessoas que não conhecem de lado nenhum e a comprar-lhes bilhetes? Conhecendo os alemães como conheço, acho isso muito muito improvável. Parece-me que o Barcelona teve responsabilidade mas veio tentar sacudir a água do capote. Ainda que fosse como eles dizem, creio que um qualquer cartão Revolut, acessível a quem quiser e com sede no Reino Unido, escaparia a esta proibição de cartões alemães. Fui agora ao site do Barcelona tentar comprar bilhetes para o próximo jogo, e aparece-me o Paypal como método de pagamento. Não sei se dá para rastrear o país de origem com o Paypal, porque se não der, podem dizer ao Laporta que têm aí a explicação... O Paypal é extremamente popular na Alemanha, sendo mesmo o método de pagamento online mais comum (https://www.emerchantpay.com/insights/online-payments-germany/).

Mas pronto, se tu achas que foram 25mil adeptos do Barcelona que venderam os seus bilhetes aos alemães, estás no teu direito... Só não me venhas dizer que comentaste de acordo com o Barcelona, quando o teu comentário foi feito bem antes do esclarecimento do Barcelona...
Eu comentei com base no que ouvi  e li logo no próprio dia do jogo, mas poderia ser apenas e só a minha opinião, sem mais nada seria tão válida como a tua.
A noticia que publiquei foi a 1ª que me apareceu, a data é completamente indiferente para o que está em discussão.
No resto apenas disse que muitos adeptos e sócios venderam os bilhetes a adeptos alemães, nem disse que foram 10mil ou 20 mil ou 500, disse que foram muitos, e vai-se a ver e o próprio Barcelona confirma o que eu disse claramente para azar teu. Não há qualquer dúvida que bilhetes de sócio (não necessariamente lugares anuais) foram parar às mãos de alemães e menos ainda que adeptos comprar bilhetes que depois revenderam. Quantos foram, não faço ideia nem o Barcelona sabe.
Puseste o que eu disse em causa mas na verdade não tens elementos nenhuns para o sustentar a não ser dizer que o Barcelona está a mentir. É apenas problema teu.

O que tu fizeste foi mandar um bitaite sem fundamento, não inventes... No dia de jogo, o que o Barcelona disse foi isto: https://espndeportes.espn.com/futbol/champions-league/nota/_/id/10219611/barcelona-europa-league-eliminacion-laporta-aficionados-alemanes

Pode ser só a tua opinião, e não há problema nenhum com isso. Eu só disse que o que tu disseste é absurdo, porque tu disseste que o facto de haver adeptos espalhados indiciava que os adeptos do Barcelona os tinham vendido aos alemães, e eu provei-te que isso é mentira. Para comprares um bilhete para praticamente qualquer setor do estádio, basta-te ir ao site do Barcelona e comprar, não precisas de ser sócio do Barcelona para o fazer. Ou seja, o facto dos adeptos do Eintracht estarem espalhados não tem qualquer relação direta com bilhetes de sócio.

"a data é completamente indiferente para o que está em discussão."
Não, não é indiferente... Porque tu argumentas com "eu só disse o que o Barcelona disse", quando na realidade o disseste 4 dias antes do próprio Barcelona dizer alguma coisa (e o Barcelona não disse o mesmo que tu, mas já lá vou), o que significa que simplesmente mandaste um bitaite.

"disse que foram muitos, e vai-se a ver e o próprio Barcelona confirma o que eu disse claramente para azar teu"
O Barcelona não confirma claramente o que tu disseste, porque tu disseste "muitos" e o Barcelona, como o Rpo.castro aqui pôs, disse "some", o que é bastante diferente. Basicamente, esses "alguns" bilhetes de lugar anual que acabaram nas mãos dos alemães estão longe de explicar aquela enchente. O que o Barcelona diz é que vendeu mais de 34mil bilhetes que não têm qualquer controlo do destinatário final, e que apenas não podiam ser comprados com cartões alemães, o que, como já foi aqui dito, é facilmente contornável. Mas se continuas a não acreditar, aqui tens um exemplo: https://www.elperiodico.com/es/barca/20220415/aficionados-eintracht-frankfurt-entradas-web-fc-barcelona-13521306

"Não há qualquer dúvida que bilhetes de sócio (não necessariamente lugares anuais) foram parar às mãos de alemães"
Não foi isto que o Barcelona disse... O Barcelona disse que os bilhetes estão 24h disponíveis para sócios e, após essas 24h, são postos à venda para o público geral, mas não deviam ir parar às mãos dos alemães. O Barça não diz que foram os bilhetes de sócio que foram parar às mãos dos alemães... Segundo outra notícia que vi, foram vendidos 7400 bilhetes nestas primeiras 24h exclusivas a sócios. O próprio Barcelona diz que foram registadas 37mil entradas neste jogo de detentores de lugar anual. Ou seja, são 44400 entradas nas mãos de sócios do Barcelona. O número oficial de espetadores foi de 79468. Ora, entre o número oficial da assistência e o número de bilhetes de sócios, há uma diferença de 35mil... E para mim, é óbvio que estes 35mil são a principal explicação para o elevado número de alemães, não os 44400 dos sócios do Barcelona. Claro, que no fim das contas, se calhar os 30mil do Frankfurt são uma mistura dos dois, mas a grande maioria virá destes 35mil.

"Puseste o que eu disse em causa mas na verdade não tens elementos nenhuns para o sustentar a não ser dizer que o Barcelona está a mentir"
Eu não disse em lado nenhum que o Barcelona está a mentir, nem sequer pus em causa que alguns sócios e detentores de lugar anual tenham vendido os seus lugares aos alemães. O que eu disse, e mantenho, foi: não foi por esses sócios do Barcelona que o Eintracht teve 30mil adeptos em Camp Nou, nem pouco mais ou menos. Esses podem explicar 2 ou 3 mil adeptos do Frankfurt, mas não explicam os 25mil a mais que apareceram, como tu deste a entender. Foi só isso que eu disse! O Barcelona veio com essas desculpas para não assumir as suas próprias responsabilidades. Foram apanhados de surpresa e então, em vez de assumirem que o modelo de venda tem falhas, atiraram as culpas para os adeptos. Para mim o que aconteceu é claro: o Barcelona, como clube grande que é, está convencido que os bilhetes de público geral serão comprados por pessoas que os vão apoiar, por serem um clube que atrai gente de todo o mundo. Mas desta vez correu-lhes mal porque os alemães atacaram forte e arranjaram maneiras de contornar a fraca medida de segurança que é não aceitar cartões alemães.
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5241
  Re: Liga Europa
« Responder #1519 em: 29 de Abril de 2022, 14:27 »
O que eu disse e que o Barcelona confirmou é absurdo.
O que tu disseste e que não está confirmado nem escrito em lado nenhum e é nem que seja em parte desmentido pelo próprio Barcelona é de génio....
Noticia de dia 14 de abril, à hora do jogo....
https://www.record.pt/internacional/competicoes-de-clubes/liga-europa/detalhe/adeptos-do-e-frankfurt-invadiram-camp-nou-barcelona-deu-5-mil-bilhetes-e-apareceram-20-mil
As contas que fazes são apenas e só as tuas contas, com base em nada, não tens dados nenhuns para as fazer, não sabes quem comprou os bilhetes, de onde com que intenção, etc etc. Ou te cinges ao que o Barcelona disse ou inventas, não tens outra forma de analisar a situação.
No resto não citei nenhum número de bilhetes vendidos pelos sócios e adeptos  do Barcelona, só disse que existiam e deveriam ser muitos, nada mais que isso. O resto és tu a simplesmente inventar palavras e a fazer suposições de palavras que eu não disse.
 

Anuncios M
Anuncios M