You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
FUTEBOL FEMININO - Época 2019/20 - TP Ovarense 0-2 SC Braga 15/02/2020
447 Respostas
35135 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Guerreiro03 Juniores
  • ***
  • 625
Com este resultado, dizemos adeus á revalidação do titulo

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2624
Desde que temos futebol feminino, este foi o jogo contra o sporting em que mais inferiores fomos. Qdo estava 2-2 o sporting tem 4 oportunidades flagrantes. Não jogamos nada nem sequer soubemos defender, mesmo tendo marcado 1⁰ e cedo.

Perdemos todos os jogos contra os outros 2 candidatos, e pelo que se viu hoje não temos hipótese em alcochete para a taça.

Parece-me o fim da linha para o treinador.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk
Anuncios M
Anuncios M
Sif
Sif Equipa Principal
  • *****
  • 2106
  • avatar: fred-h.deviantart.com



Parece-me o fim da linha para o treinador.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

Concordo
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 2804
Eu parece-me é que é o "fim da linha" para a equipa. Ou o Braga investe mais e contrata alguma jogadora acima da média e que faça a diferença ou nunca mais vamos ganhar o que quer seja no futebol feminino.
Anuncios V
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 2171
Equipa macia, sem garra e pior do que isto é que não se vê ideia de jogo alguma. E creio que as limitações das jogadoras potenciam isso mesmo. Muita lentidão, passes mal medidos em demasia e o factor psicológico pesa em algumas delas.

Tenho dúvidas que a solução seja a substituição do treinador...sinceramente parece-me que uma injeção de qualidade no 11 é mais do que necessária para poder implementar um estilo de jogo vencedor. Os adversários elevaram o nível e nós não conseguimos sequer manter o nível do ano passado.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2624
A questão é mesmo o facto de a equipa vir a piorar de rendimento a cada semana que passa. É certo que temos um plantel inferior ao benfica mas não me parece que seja inferior ao do sporting, o problema é que estamos a jogar muito pior que no ano passado, e há jogadoras que este ano estão uma sombra do que costumavam fazer, falo principalmente da Vanessa, da Keane e da Denali.

Daí que acho que pode ser o fim da linha para o treinador. Temos o mesmo plantel do ano passado mais algumas jogadoras que acrescentaram qualidade (Dolores, Shade, Rayanne, Marie) e estamos a jogar muito pior.

Enviado do meu SM-G973F através do Tapatalk

java551
java551 Juniores
  • ***
  • 431
Muita coisa esteve mal agora pagamos a fatura,a equipa está físicamente de gatas fruto de ter começado a epoca antes dois meses do primeiro jogo,agora nao tem pernas,boa altura para mudanças,pois esta época já era
guilhermecardeiras
guilhermecardeiras Iniciados
  • *
  • 17
As críticas ao Miguel Santos não lhe são merecidas. Estamos a falar de um treinador que: venceu um campeonato nacional, venceu uma supertaça e acabou com a hegemonia do Sporting (de reforçar este ponto, pegou numa equipa que psicologicamente já dava como certo uma derrota frente ao SCP). Atualmente, o mister é o treinador Quinas de Ouro para a FPF (futebol feminino) e ser-lhe-á atribuído muito brevemente o prêmio Legião de Ouro na categoria de treinador do ano. "Fim de linha", para mim, não, espero que se mantenha por muitos anos. 
Guilherme Cardeiras, Sócio: 3810
Anuncios M
Anuncios M
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 2171
As críticas ao Miguel Santos não lhe são merecidas. Estamos a falar de um treinador que: venceu um campeonato nacional, venceu uma supertaça e acabou com a hegemonia do Sporting (de reforçar este ponto, pegou numa equipa que psicologicamente já dava como certo uma derrota frente ao SCP). Atualmente, o mister é o treinador Quinas de Ouro para a FPF (futebol feminino) e ser-lhe-á atribuído muito brevemente o prêmio Legião de Ouro na categoria de treinador do ano. "Fim de linha", para mim, não, espero que se mantenha por muitos anos.

Concordo que o treinador se deva manter. Este projeto é um projeto vencedor, por muito que haja quem queira passar a mensagem contrária.

Como já disse em cima, há uma necessidade de aumentar a qualidade ou pelo menos mudar em alguns sectores. Há jogadoras que já mostraram mais, possivelmente algumas ficaram “à sombra da bananeira” no início desta época. No entanto, na minha opinião, jogadoras como a Denali e a Keane baixaram de rendimento possivelmente por causa da a introdução da Dolores no 11. A Dolores é uma boa jogadora, internacional e experiente mas veio mudar muitas rotinas que estavam estabelecidas e não é forçosamente uma jogadora dinâmica. O nosso estilo de jogo rápido e combativo tornou-se “molengão” e muito previsível. E ao jogar ao lado da Vanessa (que tem bom toque de bola mas não tem intensidade) ficamos com um jogo ofensivo previsível e que em momento defensivo se revela demasiado permeável (e sem pulmão) contra equipas fortes, como são as galinhas e os lagartos.
« Última modificação: 06 de Janeiro de 2020, 20:48 por AMartins »
guilhermecardeiras
guilhermecardeiras Iniciados
  • *
  • 17
As críticas ao Miguel Santos não lhe são merecidas. Estamos a falar de um treinador que: venceu um campeonato nacional, venceu uma supertaça e acabou com a hegemonia do Sporting (de reforçar este ponto, pegou numa equipa que psicologicamente já dava como certo uma derrota frente ao SCP). Atualmente, o mister é o treinador Quinas de Ouro para a FPF (futebol feminino) e ser-lhe-á atribuído muito brevemente o prêmio Legião de Ouro na categoria de treinador do ano. "Fim de linha", para mim, não, espero que se mantenha por muitos anos.

Concordo que o treinador se deva manter. Este projeto é um projeto vencedor, por muito que haja quem queira passar a mensagem contrária.

Como já disse em cima, há uma necessidade de aumentar a qualidade ou pelo menos mudar em alguns sectores. Há jogadoras que já mostraram mais, possivelmente algumas ficaram “à sombra da bananeira” no início desta época. No entanto, na minha opinião, jogadoras como a Denali e a Keane baixaram de rendimento possivelmente por causa da a introdução da Dolores no 11. A Dolores é uma boa jogadora, internacional e experiente mas veio mudar muitas rotinas que estavam estabelecidas e não é forçosamente uma jogadora dinâmica. O nosso estilo de jogo rápido e combativo tornou-se “molengão” e muito previsível. E ao jogar ao lado da Vanessa (que tem bom toque de bola mas não tem intensidade) ficamos com um jogo ofensivo previsível e que em momento defensivo se revela demasiado permeável (e sem pulmão) contra equipas fortes, como são as galinhas e os lagartos.


Sem querer estar a reduzir os problemas do Braga a um só, eu acho que existe um Braga com a Daniuska e um Braga sem a Daniuska. Por exemplo, no 442 losango do último jogo, acredito que se tivesse jogado(interior no lugar da Regina) o Braga não teria tantos problemas quer no equilíbrio defensivo, quer depois na defesa propriamente dita, isto a nível defensivo. A nível ofensivo, acredito que daria uma intensidade diferente, pois ela é muito a forte a receber bola na fase de construção e depois a dar-lhe seguimento em zonas de criação e finalização. Isto daria, outra "liberdade" às Vanessa, que também jogaria a 10. Notas finais, não quero desmerecer o trabalho da Regina, são jogadoras com características diferentes, depois dizer que é fácil eu estar aqui a dizer isto, mas o Miguel é que trabalha com as jogadoras todos dias.
Guilherme Cardeiras, Sócio: 3810
Observador Equipa Principal
  • *****
  • 1212
4 épocas de fut. feminino.
Em 4 jogos em casa com o Sporting e um com o Benfica temos zero vitórias, 2 empates e 3 derrotas.
Com os jogos fora temos 1 vitória, 3 empates e 5 derrotas num total de 9 jogos.
Se juntarmos jogos da taça de portugal + supertaça contra estes adversários nos 90 minutos temos 3 vitórias, 7 empates e 7 derrotas num total de 17 jogos.

Vencemos a supertaça e o campeonato com todo o mérito mas numa época em que o Sporting estava moribundo.

Será a nossa equipa forte com os fracos e fraca com os fortes?

O nosso orçamento até á época passada nada ficava a dever ao do Sporting, não teríamos obrigação de fazer melhor?

Num clube que tem modalidades sem equipamentos para vestir, fará sentido esta modalidade engolir grande parte do orçamento total das modalidades para resultados tão medianos? Fará sentido toda uma estrutura gigantesca nesta modalidade?
Anuncios G
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2624
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.

Ainda assim, não me parece que tenhamos um plantel inferior ao do Sporting. Nas primeiras 2 épocas sim, tínhamos, apesar de não serem diferenças enormes em termos de qualidade, mas nos detalhes perdíamos sempre porque não tínhamos uma Ana Borges, uma Diana Silva ou a dupla de centrais do Sporting. O nosso plantel do ano passado e o deste ano está a par com o do Sporting, e isso viu-se no ano passado. Este ano está a ser mau para nós de forma quase inexplicável porque temos um plantel um pouco melhor que no ano passado (só ficamos a perder a DD porque a Matilde é muito superior à Rayanne) e o do Sporting está praticamente igual, daí as minhas críticas ao treinador.

Em relação ao Benfica a diferença de qualidade é quase abismal. O Benfica ganha o jogo aqui porque tinha uma internacional Brasileira no banco e meteu-a para acabar com o jogo - e assim foi. Foi agora para o Real Madrid. Têm também a melhor jogadora do campeonato, de longe.
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2084
  • Sempre presentes!!!
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.

Ainda assim, não me parece que tenhamos um plantel inferior ao do Sporting. Nas primeiras 2 épocas sim, tínhamos, apesar de não serem diferenças enormes em termos de qualidade, mas nos detalhes perdíamos sempre porque não tínhamos uma Ana Borges, uma Diana Silva ou a dupla de centrais do Sporting. O nosso plantel do ano passado e o deste ano está a par com o do Sporting, e isso viu-se no ano passado. Este ano está a ser mau para nós de forma quase inexplicável porque temos um plantel um pouco melhor que no ano passado (só ficamos a perder a DD porque a Matilde é muito superior à Rayanne) e o do Sporting está praticamente igual, daí as minhas críticas ao treinador.

Em relação ao Benfica a diferença de qualidade é quase abismal. O Benfica ganha o jogo aqui porque tinha uma internacional Brasileira no banco e meteu-a para acabar com o jogo - e assim foi. Foi agora para o Real Madrid. Têm também a melhor jogadora do campeonato, de longe.

Concordo com a essência do comentário, mas só uma correção: a Geyse foi para o Madrid CFF, que é o 14º classificado do campeonato espanhol, não para o Real Madrid...
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 2804
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.
Estes orçamentos, e deixando o politicamente correcto de parte, são "pornográficos" para a realidade do futebol feminino em Portugal.
Só para se ter uma noção nenhuma destas três equipas ganharia aos juniores masculinos do mesmo ou qualquer outro clube quanto mais a seniores de qualquer escalão... no entanto têm orçamentos quase equivalentes a algumas equipas masculinas de primeira divisão portuguesa, o que é ridículo visto não terem sequer comparação possível tanto a nível desportivo como a nível económico.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2624
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.
Estes orçamentos, e deixando o politicamente correcto de parte, são "pornográficos" para a realidade do futebol feminino em Portugal.
Só para se ter uma noção nenhuma destas três equipas ganharia aos juniores masculinos do mesmo ou qualquer outro clube quanto mais a seniores de qualquer escalão... no entanto têm orçamentos quase equivalentes a algumas equipas masculinas de primeira divisão portuguesa, o que é ridículo visto não terem sequer comparação possível tanto a nível desportivo como a nível económico.

Essa é uma questão que a meu ver extravasa a questão desportiva e tem mais a ver com igualdade de género. É óbvio que há grande diferença de competitividade entre as seniores masculinas e femininas, mas, se vires o exemplo do ténis, os Grand Slam já pagam neste momento o mesmo prize money a homens e mulheres, sendo que elas jogam menos 1 set e competitivamente a nº1 mundial feminina provavelmente nem ao nº200 masculino ganharia (isto já foi provado, a Serena há vários anos atrás perdeu contra o nº 203 do mundo). A melhor jogadora de futebol do mundo do ano passado não foi ao mundial por exigir igualdade de tratamento entre as equipas nacionais da Noruega masculina e feminina. Se formos a ver provavelmente a equipa feminina nem aos sub 19 masculinos da Noruega ganhariam.

Essa diferença de competitividade não está tanto na qualidade das jogadoras (que também existe) mas na capacidade física, que é naturalmente diferente e favorece muito os homens, daí que não se podem comparar equipas masculinas e femininas e portanto não se podem, a meu ver, comparar orçamentos entre ambas. Se formos a ver um exemplo contrário temos as modalidades de ginástica onde um homem jamais conseguiria competir com a Simone Biles, por esse prisma também os prémios de ginástica masculinos deveriam ser menores que os femininos pela diferença de competitividade.

Aquilo que é pornográfico é a diferença de orçamentos entre os 3 grandes e todos os outros. O orçamento do Braga sendo o mais baixo dos 3 provavelmente cobre os orçamentos de todos os clubes femininos nacionais juntos de todas as divisões, excluindo, claro está os 3 grandes. Não andei a fazer as contas mas quase diria que cobre e ainda sobra muito dinheiro. E isso é que torna a competição um passeio onde só 6 jogos interessam.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12379
Nas duas primeiras épocas os jogos com sporting foram muito equilibrados, com influência da mulher do Hugo Macron, e sempre comidos pela Capeta.

Ano passado tivemos uma equipa e treinador melhores e viu se a diferença.
O Benfica é um clube com cerca 20 internacionais brasileiras espalhadas por 3 equipas (o Valadares é uma autêntica equipa b). Só 2 milhões? Parece me pouco.

Por fim só faltava misturar futebol feminino com futebol masculino como se fossem a mesma coisa. Porque não comparar também o futebol masculino ao andebol masculino por exemplo?

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 2804
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.
Estes orçamentos, e deixando o politicamente correcto de parte, são "pornográficos" para a realidade do futebol feminino em Portugal.
Só para se ter uma noção nenhuma destas três equipas ganharia aos juniores masculinos do mesmo ou qualquer outro clube quanto mais a seniores de qualquer escalão... no entanto têm orçamentos quase equivalentes a algumas equipas masculinas de primeira divisão portuguesa, o que é ridículo visto não terem sequer comparação possível tanto a nível desportivo como a nível económico.

Essa é uma questão que a meu ver extravasa a questão desportiva e tem mais a ver com igualdade de género. É óbvio que há grande diferença de competitividade entre as seniores masculinas e femininas, mas, se vires o exemplo do ténis, os Grand Slam já pagam neste momento o mesmo prize money a homens e mulheres, sendo que elas jogam menos 1 set e competitivamente a nº1 mundial feminina provavelmente nem ao nº200 masculino ganharia (isto já foi provado, a Serena há vários anos atrás perdeu contra o nº 203 do mundo). A melhor jogadora de futebol do mundo do ano passado não foi ao mundial por exigir igualdade de tratamento entre as equipas nacionais da Noruega masculina e feminina. Se formos a ver provavelmente a equipa feminina nem aos sub 19 masculinos da Noruega ganhariam.
Mas a igualdade de género é dar a uns só porque os outros têm? Ou é ter a mesma "recompensa" perante resultados (não apenas desportivos mas no geral) idênticos? Se o futebol masculino gerar 1Bilião de € por ano (suponhamos, pois não tenho fontes concretas) e o feminino gerar 100M há sequer cabimento para exigir que se pratiquem ordenados idênticos? Igualdade de género é necessário é quando eu tenho um engenheiro e uma engenheira que desempenham a mesma função e apresentem resultados idênticos mas o homem recebe mais do que a mulher... aí sim a igualdade de género deve existir.
Quanto ao exemplo que dás, o ténis tem o mesmo prize money pois a audiência, patrocínios e impacto mediático são basicamente os mesmos logo faz sentido que tenham condições semelhantes. Agora no futebol feminino e na grande maioria dos desportos a história já é muito diferente.

Por fim só faltava misturar futebol feminino com futebol masculino como se fossem a mesma coisa. Porque não comparar também o futebol masculino ao andebol masculino por exemplo?
Por serem coisas diferentes é que não se justifica haverem certas condições que foram mencionadas. Porque não comparar andebol com futebol? Porque não tem comparação possível... que eu saiba as condições praticadas no andebol estão muito mas muito longe das do futebol. O andebol tem condições que tem devido ao interesse que gera globalmente e o mesmo se aplica para todos os outros desportos. Se o futebol feminino em Portugal não gera interesse para se comparar a uma equipa de primeira, segunda ou terceira divisão não pode, ou melhor, não devia, investir tanto ou mais dinheiro que algumas dessas equipas.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12379
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.
Estes orçamentos, e deixando o politicamente correcto de parte, são "pornográficos" para a realidade do futebol feminino em Portugal.
Só para se ter uma noção nenhuma destas três equipas ganharia aos juniores masculinos do mesmo ou qualquer outro clube quanto mais a seniores de qualquer escalão... no entanto têm orçamentos quase equivalentes a algumas equipas masculinas de primeira divisão portuguesa, o que é ridículo visto não terem sequer comparação possível tanto a nível desportivo como a nível económico.

Essa é uma questão que a meu ver extravasa a questão desportiva e tem mais a ver com igualdade de género. É óbvio que há grande diferença de competitividade entre as seniores masculinas e femininas, mas, se vires o exemplo do ténis, os Grand Slam já pagam neste momento o mesmo prize money a homens e mulheres, sendo que elas jogam menos 1 set e competitivamente a nº1 mundial feminina provavelmente nem ao nº200 masculino ganharia (isto já foi provado, a Serena há vários anos atrás perdeu contra o nº 203 do mundo). A melhor jogadora de futebol do mundo do ano passado não foi ao mundial por exigir igualdade de tratamento entre as equipas nacionais da Noruega masculina e feminina. Se formos a ver provavelmente a equipa feminina nem aos sub 19 masculinos da Noruega ganhariam.
Mas a igualdade de género é dar a uns só porque os outros têm? Ou é ter a mesma "recompensa" perante resultados (não apenas desportivos mas no geral) idênticos? Se o futebol masculino gerar 1Bilião de € por ano (suponhamos, pois não tenho fontes concretas) e o feminino gerar 100M há sequer cabimento para exigir que se pratiquem ordenados idênticos? Igualdade de género é necessário é quando eu tenho um engenheiro e uma engenheira que desempenham a mesma função e apresentem resultados idênticos mas o homem recebe mais do que a mulher... aí sim a igualdade de género deve existir.
Quanto ao exemplo que dás, o ténis tem o mesmo prize money pois a audiência, patrocínios e impacto mediático são basicamente os mesmos logo faz sentido que tenham condições semelhantes. Agora no futebol feminino e na grande maioria dos desportos a história já é muito diferente.

Por fim só faltava misturar futebol feminino com futebol masculino como se fossem a mesma coisa. Porque não comparar também o futebol masculino ao andebol masculino por exemplo?
Por serem coisas diferentes é que não se justifica haverem certas condições que foram mencionadas. Porque não comparar andebol com futebol? Porque não tem comparação possível... que eu saiba as condições praticadas no andebol estão muito mas muito longe das do futebol. O andebol tem condições que tem devido ao interesse que gera globalmente e o mesmo se aplica para todos os outros desportos. Se o futebol feminino em Portugal não gera interesse para se comparar a uma equipa de primeira, segunda ou terceira divisão não pode, ou melhor, não devia, investir tanto ou mais dinheiro que algumas dessas equipas.
E tens ordenados idênticos?
Queres ser campeão nacional e ir a liga dos campeões com pessoal que juntas ao domingo na rodovia?

E as equipas que gastam milhões e nada ganham ou chegam ao fim do ano e dão prejuízo?
Não faz sentido nenhum essas comparações entre coisas diferentes.

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 2624
Se formos ver por uma lógica estritamente de orçamento acaba por ser normal. Não são as diferenças do futebol masculino, mas ainda assim falamos de diferenças  substanciais. Se não estou em erro, o orçamento do Braga para este ano é de 800 mil, o do Sporting 1,5M (quase o dobro) e o do Benfica acima de 2M. E acho que este ano subimos bastante o orçamento. Nos anos anteriores a diferença para o Sporting ainda era maior.
Estes orçamentos, e deixando o politicamente correcto de parte, são "pornográficos" para a realidade do futebol feminino em Portugal.
Só para se ter uma noção nenhuma destas três equipas ganharia aos juniores masculinos do mesmo ou qualquer outro clube quanto mais a seniores de qualquer escalão... no entanto têm orçamentos quase equivalentes a algumas equipas masculinas de primeira divisão portuguesa, o que é ridículo visto não terem sequer comparação possível tanto a nível desportivo como a nível económico.

Essa é uma questão que a meu ver extravasa a questão desportiva e tem mais a ver com igualdade de género. É óbvio que há grande diferença de competitividade entre as seniores masculinas e femininas, mas, se vires o exemplo do ténis, os Grand Slam já pagam neste momento o mesmo prize money a homens e mulheres, sendo que elas jogam menos 1 set e competitivamente a nº1 mundial feminina provavelmente nem ao nº200 masculino ganharia (isto já foi provado, a Serena há vários anos atrás perdeu contra o nº 203 do mundo). A melhor jogadora de futebol do mundo do ano passado não foi ao mundial por exigir igualdade de tratamento entre as equipas nacionais da Noruega masculina e feminina. Se formos a ver provavelmente a equipa feminina nem aos sub 19 masculinos da Noruega ganhariam.
Mas a igualdade de género é dar a uns só porque os outros têm? Ou é ter a mesma "recompensa" perante resultados (não apenas desportivos mas no geral) idênticos? Se o futebol masculino gerar 1Bilião de € por ano (suponhamos, pois não tenho fontes concretas) e o feminino gerar 100M há sequer cabimento para exigir que se pratiquem ordenados idênticos? Igualdade de género é necessário é quando eu tenho um engenheiro e uma engenheira que desempenham a mesma função e apresentem resultados idênticos mas o homem recebe mais do que a mulher... aí sim a igualdade de género deve existir.
Quanto ao exemplo que dás, o ténis tem o mesmo prize money pois a audiência, patrocínios e impacto mediático são basicamente os mesmos logo faz sentido que tenham condições semelhantes. Agora no futebol feminino e na grande maioria dos desportos a história já é muito diferente.


Os exemplos são quase todos iguais porque em todas as modalidades a parte masculina gera muito mais dinheiro. Mesmo no ténis, que se calhar é o desporto mais "igual" nesse sentido, o ténis masculino gera receitas MUITO superiores à do feminino. Ainda assim isso não impede que os prize moneys sejam iguais.

E no caso, podes comparar da mesma forma com outras profissões. Porque é que a Vanessa Marques, médio, capitã de equipa sénior feminina ganha menos que o Fransérgio, médio, capitão da equipa sénior masculina? Aliás, até apostava que em termos de técnica (receção, passe, finta) a Vanessa até ganhava ao Fransérgio :D

Claro que tudo tem que estar associado ao mercado onde se insere. O mercado de futebol feminino não gera dinheiro para se praticarem os mesmos salários e condições do futebol masculino, nem nada que se pareça, daí que tem tudo que ser ajustado. Mas para teres uma noção, o orçamento do Benfica está abaixo de quase todas (ou todas?) as equipas da II liga portuguesa, pelo que não é assim tão descabido. Descabida é a diferença para todos os outros clubes femininos.
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 2804
Mas para teres uma noção, o orçamento do Benfica está abaixo de quase todas (ou todas?) as equipas da II liga portuguesa, pelo que não é assim tão descabido. Descabida é a diferença para todos os outros clubes femininos.
Acho que não tens bem a noção do orçamento das equipas de 2ª liga ou até mesmo de algumas da primeira. Baseando-me no que tu disseste e no que o rpo.castro mencionou o benfica tem à vontade um orçamento superior a 2M€ (provavelmente a rondar os 2.5M-3M), agora deixo aqui esta lista: Link Externo e esta noticia de 2011 que não deve andar muito desactualizada: Link Externo

E tens ordenados idênticos?
Queres ser campeão nacional e ir a liga dos campeões com pessoal que juntas ao domingo na rodovia?

E as equipas que gastam milhões e nada ganham ou chegam ao fim do ano e dão prejuízo?
Não faz sentido nenhum essas comparações entre coisas diferentes.
Citar
Só 2 milhões? Parece me pouco.

Tu próprio disseste isso. Uma equipa que tem um orçamento superior a 2M não tem ordenados idênticos a certas equipas de primeira divisão em Portugal? Para onde vai o dinheiro no benfica então? Temos equipas com orçamentos idênticos ao da equipa feminina do benfica na primeira divisão masculina, logo é mais do que plausível que os ordenados também sejam idênticos.
Ser campeão ou ir à liga dos campeões? É preciso investir mais dizes tu? Não percebo como o Braga supostamente com menos orçamento que o sporting (menos de metade no ano passado segundo o que disseram em cima) foi campeão e qualificou-se para a champions... não precisou de investir mais que o sporting pelos vistos.
E o que é que juntar pessoal ao calhas tem a ver com o que se está a falar aqui?
Citar
Não faz sentido nenhum essas comparações entre coisas diferentes.
No entanto fazes comparações de alhos com bogalhos. Mas já que pegaste neste exemplo, um grupo de 11 amigos que se juntem ao domingo na rodovia ganhavam este campeonato a brincar.
« Última modificação: 07 de Janeiro de 2020, 14:38 por PEDRØ XVI »
 

Anuncios M
Anuncios M