You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 26/02
3 Respostas
736 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12964
  NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 26/02
« em: 26 de Fevereiro de 2019, 08:24 »
“Queremos muito lutar pela vaga que existe para a final”
Joana Russo Belo

SC Braga quer reagir ao momento menos positivo, depois de duas derrotas seguidas na I Liga, esta noite, no Estádio do Dragão, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal. Abel garante uma equipa focada num dos objectivos da época.

É um objectivo traçado desde início da época e Abel Ferreira deixou claro que a meta é garantir um lugar na final da Taça de Portugal. Com o SC Braga a atravessar o pior momento da temporada - com duas derrotas consecutivas para o campeonato [em Alvalade e, em casa, diante do Belenenses] - o técnico garante que querem reagir já hoje, no Estádio do Dragão, frente ao FC Porto, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal.
“É verdade, não estamos habituados a perder. Queremos reagir, é uma competição a eliminar, a duas mãos, em casa de um adversário que dispensa apresentações. Tivemos dois dias para preparar o nosso jogo e estamos preparados para esta batalha, queremos muito lutar pela vaga que existe para a final da Taça, foi um dos objectivos que definimos desde o início. Sabemos da valia do nosso adversário, mas queremos lutar muito pela vaga nesta final”, frisou Abel Ferreira, lembrando que, no futebol, “há altos e baixos” em todas as equipas.

“Vínhamos de um bom momento e caímos, o futebol é isto, sei muito bem a profissão que tenho e como funciona, o importante é manter o foco no nosso caminho e perceber que muitas pedras vão aparecer pela frente. Temos de saber onde estamos e para onde queremos caminhar”, referiu.
Em termos de estratégia, vai manter-se: “em todos os jogos, ajustamos as velas em função do vento, porque nada nos darão e tudo teremos de conquistar”, acrescentou, admitindo um jogo de elevada dificuldade no Dragão.
“Conhecem o FC Porto tão bem como eu, dispensa apresentações, estamos preparados para mais um cenário de grande dificuldade, mas é na adversidade que nos podemos superar. É uma eliminatória pela qual vamos lutar até ao último segundo”, revelou. Abel diz esperar “um jogo equilibrado, muito intenso, entre duas equipas em busca do mesmo objectivo”: “nesta competição, sim, o SC Braga tem história, tem passado, queremos honrar esse passado e fazer o nosso caminho”.

“Não faço prognósticos... a minha varinha mágica é dia-a-dia”

O fim-de-semana ficou marcado pelas declarações do presidente António Salvador, à imprensa nacional, onde revelou que “seria uma frustração” ficar fora do pódio da I Liga, isto depois de o SC Braga já ter estado colado ao líder e de olhos postos no primeiro lugar.
Questionado sobre o assunto, Abel Ferreira recusou-se a comentar e foi claro.

“Não faço prognósticos, a minha varinha mágica é dia-a-dia, estamos todos alinhados com os nossos objectivos que estão bem definidos desde o primeiro dia e vamos lutar por eles até ao fim. O campeonato fecha-se em Maio, estamos todos alinhados pelos objectivos do clube e vamos continuar a lutar até ao fim”, destacou o treinador bracarense.
Mas “sentiu-se de alguma forma pressionado?”: “cada um tem a sua opinião, agora o que me interessa é a Taça de Portugal e não quero dispersar o foco. Em relação ao campeonato, estamos alinhados com os objectivos iniciais”.

Repetindo a máxima que tem feito questão de frisar a cada conferência - que o desafio “é fazer melhor do que na época passada” - Abel garante que quer manter o foco no duelo de hoje da Taça de Portugal, meta bem real e traçada desde início da temporada.
Abel desvalorizou ainda o que questionaram ser “o momento mais complicado enquanto treinador”. “Já ando no futebol há muitos anos, o futebol é o momento e temos de aceitar, aguentar as críticas e elogios e, acima de tudo, focar no nosso caminho e continuar a trabalhar de forma séria e competente. Este treinador, jogadores e clube é o mesmo que era há 15 dias”.

Correio do Minho
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12964
  Re: NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 26/02
« Responder #1 em: 26 de Fevereiro de 2019, 08:30 »
FC Porto-Sp. Braga: de 2016 até aqui, mudanças e pressão
Meia-final começa a decidir-se no Dragão nesta terça-feira. Último duelo de Taça terminou com o troféu nas mãos bracarenses, desde aí a história é outra.
Berta Rodrigues

FC Porto e Sp. Braga voltam a encontrar-se para a Taça de Portugal pela primeira vez desde o Jamor. Vai fazer três anos que os arsenalistas levaram a Taça e prolongaram um período de seca do dragão que ainda dura, quase oito anos sem vencer a competição. Desde aí a história é outra. Nesta terça-feira eles começam a decidir quem estará no Jamor e chegam aqui em momentos bem diferentes.

Daquele 22 de maio de 2016 para cá mudou muita coisa. Das equipas que decidiram essa Taça de Portugal nos penáltis restam em Braga apenas três jogadores, e dois deles, Ricardo Ferreira e Marcelo Goiano, não serão opção. Sobra Marafona, que foi herói no Jamor, ao defender no desempate os penáltis de Maxi Pereira e Herrera, e voltará à baliza nesta terça-feira no Dragão. Há ainda Wilson Eduardo, que não foi opção para Paulo Fonseca no Jamor.


O FC Porto tem mais «sobreviventes» daquela final, oito no plantel e sete deles estiveram na ficha de jogo. Maxi, Danilo, Herrera e Brahimi foram titulares, Aboubakar entrou perto do fim Casillas e Corona ficaram no banco. Marega, que tal como Danilo está agora em dúvida para o jogo da primeira mão da meia-final, viajou mas não entrou nas contas de José Peseiro. Adrián Lopez já era do FC Porto, mas estava emprestado ao Villarreal. Tal como Fabiano, que tem sido o guarda-redes portista na Taça de Portugal esta época. Já não tem André Silva, que marcou ambos os golos, o último dos quais em cima do apito a forçar o prolongamento. Rui Fonte e Josué, os autores dos golos bracarenses, também já não moram em Braga.


O FC Porto tem agora Sérgio Conceição no banco, ele que na época anterior tinha perdido a final da Taça de Portugal pelo Sp. Braga, frente ao Sporting, e que chegou ao Dragão na época passada para conquistar o título de campeão nacional em ano de estreia. O Sp. Braga tem Abel Ferreira, o treinador que deu novo fôlego à ambição assumida pelo clube de se intrometer entre os «grandes», mas chega aqui pressionado pelos últimos resultados negativos. E que nunca conseguiu vencer Conceição. Abel perdeu todos os confrontos frente ao FC Porto, os dois do campeonato da época passada e o da primeira volta desta temporada.

Depois da final de 2016, de resto, o Sp. Braga não voltou a vencer o FC Porto. Em cinco duelos para a Liga perdeu quatro e empatou um.

Voltando à Taça de Portugal, o empate que valeu o troféu em 2016, o segundo da história do Sp. Braga, foi o ponto alto de um histórico recente que reduziu o desequilíbrio nos duelos entre os dois para a competição. Mas nas contas gerais o domínio é claramente do FC Porto, que em 17 confrontos venceu 12.

Há três vitórias do Sp. Braga e duas delas foram neste século, nas únicas vezes em que seguiu em frente depois de defrontar o FC Porto na prova: em 2001/02, vitória por 2-1 ainda nas Antas para os quartos de final, e em 2012/13, também por 2-1 e para os oitavos de final.  Houve apenas dois duelos a duas mãos e ambos foram ganhos pelo FC Porto: em 1951/52 e em 1957/58, ambos para os oitavos de final.


O Sp. Braga e o seu treinador chegam aqui sob pressão adicional. Duas derrotas seguidas, com Sporting e Belenenses, deixaram a liderança a oito pontos e permitiram uma aproximação do Sporting, quarto classificado, que está a três pontos de distância, depois de não ter conseguido vencer nesta segunda-feira na visita ao Marítimo. A Taça é um objetivo assumido, como lembrou o presidente do clube, que veio a público dizer igualmente que ficar abaixo do terceiro lugar seria uma desilusão.

Para o FC Porto, que segue na frente da Liga, com um ponto de vantagem sobre o Benfica e tem Clássico marcado para sábado, a Taça é também um objetivo assumido. Até porque é um troféu que foge há muito ao FC Porto, que tem 16 Taças no palmarés. O último triunfo portista data de 2010/11, são já sete épocas inteiras sem voltar a ganhar a prova-raínha. Desde que venceu pela primeira vez a Taça de Portugal, em 1955/56, o FC Porto só teve dois períodos de maior intervalo entre vitórias.

Maisfutebol
Anuncios M
Anuncios M
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12964
  Re: NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 26/02
« Responder #2 em: 26 de Fevereiro de 2019, 13:24 »
Bruno Torres: “A ambição é tremenda”

O Futebol de Praia do SC Braga partiu esta segunda-feira para a Rússia para disputar o Mundialito de Clubes. Bruno Torres, em declarações à scbraga.pt, afirmou que os Gverreiros do Minho têm o objetivo de conquistar “um título que falta no museu” do clube minhoto.  O líder do conjunto arsenalista sublinhou ainda que a sua equipa está preparada para lidar com o peso de ser bicampeã europeia e que vai fazer de tudo para dar mais uma alegria a todos os adeptos.

Ambição de conquistar o primeiro título mundial para o clube: “Vamos disputar este mundialito com a maior das ambições e vamos fazer de tudo para vencer a competição. É a primeira vez que vamos participar no mundialito, é um título que falta no nosso museu e a ambição é tremenda”.

O que os adeptos podem esperar dos Gverreiros nesta competição: “Aquilo que os adeptos podem contar desta equipa é aquilo que todos eles sabem. Vamos ser autênticos guerreiros dentro do campo a lutar para que o SC Braga possa conquistar mais um título”.

Preparados para lidar com a pressão: “Temos em cima dos ombros o peso do bicampeonato europeu, mas estamos habituados a lidar com a pressão e preparamo-nos para encarar a competição da melhor maneira possível”.

SC Braga
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12964
  Re: NOTÍCIAS DO ENORME SC BRAGA DO DIA 26/02
« Responder #3 em: 26 de Fevereiro de 2019, 13:27 »
FC Porto-Sp. Braga: árbitro é João Pinheiro
Hugo Miguel é o VAR do juiz da AF Braga

O Conselho de Arbitragem nomeou João Pinheiro para dirigir o FC Porto-Sp. Braga, da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, que tem lugar nesta terça-feira, às 20h15.

O juiz da AF Braga terá como assistentes Bruno Rodrigues e Nuno Eiras, enquanto Rui Costa é o quarto árbitro.  Hugo Miguel será o VAR e António Godinho o AVAR.

Maisfutebol
 

Anuncios M
Anuncios M