You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
384 Respostas
48702 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
rpo.castro

rpo.castro Equipa Principal

  • *****
  • 9963
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #280 em: 28 de Fevereiro de 2018, 10:05 »
INQUÉRITO A JOÃO CAPELA POR CAUSA DO RELATÓRIO DO TONDELA-SPORTING

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol abriu um processo de inquérito ao árbitro João Capela para esclarecer porque razão, no relatório do Tondela-Sporting, da passada semana, escreveu que Murilo Freitas, avançado do Tondela, o terá insultado utilizando as seguintes palavras: «hijo de *****».
Causou estranheza o facto de o jogador alegadamente ter falado em espanhol, quando na realidade é brasileiro.

A BOLA


Tondela questiona relatório de João Capela: "O Murilo não fala espanhol"

Murilo foi expulso já após o fim do Tondela-Sporting. No relatório sobre a partida, o árbitro refere que o jogador auriverde disse: 'És uma vergonha, hijo de p...".

Vítor Ramos, diretor de comunicação do Tondela, abordou o relatório do árbitro João Capela sobre o Tondela-Sporting, ironizando com os alegados insultos de Murilo, detalhados pelo juiz da AF Lisboa. Vítor Ramos questiona o facto de no relatório do árbitro ter sido explicado que o avançado insultou Capela em espanhol, sendo ele brasileiro. E recorda Jhon Murillo, jogador venezuelano que alinhou no clube na passada temporada.


TONDELA
"Minuto 137. O árbitro chega ao seu balneário e inicia a redação do relatório de jogo com o seguinte diálogo entre si e assistentes:

A [João Capela] - Eu expulsei o Murillo, não foi?

AA [assistentes] - Expulsaste.

A - Ah, muito bem. E o que foi que ele disse?

AA - Não sei, tu é que ouviste.

A - Hum... pois. Foi o Murillo, não foi? Ele é venezuelano...

AA - Exato.

A -Ok. Escrevemos então 'hijo de p...'.

Voltando à realidade: o Murilo é brasileiro, não fala espanhol, muito menos insulta em espanhol. Nunca jogou noutro país que não Brasil ou Portugal. Era isto...", escreveu Vítor Ramos no Facebook

Recorde-se que Murilo foi expulso já após o fim do Tondela-Sporting. De acordo com o relatório do árbitro João Capela, o futebolista da equipa orientada por Pepa viu o cartão vermelho por ter dito: 'És uma vergonha, hijo de p...'.
« Última modificação: 04 de Março de 2018, 15:31 por rpo.castro »
Quem não sente não é filho de boa gente.
ombaiz

ombaiz Equipa Principal

  • *****
  • 1164
  • Quem não sente não entende...
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #281 em: 04 de Março de 2018, 15:22 »
Boa crônica!
AMartins

AMartins Equipa Principal

  • *****
  • 1319
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #282 em: 06 de Março de 2018, 14:41 »
Dizia o Vieira "kadafi dos pneus" que não precisava de espreitar pela fechadura da porta...isto só lá vai quando tomarem todos o pequeno almoço no xadrez
ombaiz

ombaiz Equipa Principal

  • *****
  • 1164
  • Quem não sente não entende...
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #283 em: 11 de Março de 2018, 22:40 »
Link Externo

O que é isto?!?! Estão a gozar com está ***** toda não estão?!?!
Bracarense

Bracarense Equipa Principal

  • *****
  • 1584
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #284 em: 11 de Março de 2018, 22:51 »
Link Externo

O que é isto?!?! Estão a gozar com está ***** toda não estão?!?!
O que foi? Não consigo abrir esse link...
ombaiz

ombaiz Equipa Principal

  • *****
  • 1164
  • Quem não sente não entende...
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #285 em: 11 de Março de 2018, 22:53 »
Link Externo

O que é isto?!?! Estão a gozar com está ***** toda não estão?!?!
O que foi? Não consigo abrir esse link...
Votação da liga para o treinador do mês de fevereiro!!!

J. Simão, Conceição e Luís Castro!!!

ombaiz

ombaiz Equipa Principal

  • *****
  • 1164
  • Quem não sente não entende...
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #286 em: 11 de Março de 2018, 23:00 »
Luís Castro:
4 jogos
3 vitórias, 1 derrota, 0 empates,5 golos marcados 5 golos sofridos

Sérgio Conceição:
4 jogos
4 vitorias, 0 derrotas, 0 empates, 15 golos marcados, 1 sofrido

Jorge Simão:
4 jogos
2 vitórias, 2 derrotas, 0 empates, 5golos marcados, 7 sofridos


Abel Ferreira:
4 jogos
3 vitórias, 1 derrota, 0 empates, 10 golos marcados, 4 sofridos


Não percebo está falta de respeito!!!!!
rpo.castro

rpo.castro Equipa Principal

  • *****
  • 9963
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #287 em: 13 de Março de 2018, 14:24 »
Paços cada vez mais raros, o fosso está mesmo a crescer
A vitória do Paços Ferreira sobre o FC Porto que reanimou o campeonato representa algo cada vez mais raro num campeonato marcado por grande desequilíbrio, em campo e no olhar generalizado sobre o jogo

     
A vitória do Paços Ferreira sobre o FC Porto que reanimou o campeonato, embora reforce uma tendência de dificuldades dos dragões na Mata Real, representa algo cada vez mais raro num campeonato marcado por grande desequilíbrio, em campo e no olhar generalizado sobre o jogo, como notaram dois treinadores nesta ronda: precisamente o técnico do Paços, João Henriques, e o treinador do Desp. Chaves, Luís Castro. O fosso cresce, mesmo com o Sp. Braga a intrometer-se pelo menos na luta pelo pódio. Curioso o caso dos minhotos, aliás, a reforçar no limite a ideia do fosso para os três ditos «grandes».

A equipa de Abel é em absoluto aquela que perdeu menos pontos com os chamados pequenos: seis, nas duas derrotas com V. Setúbal e Marítimo.  A diferença, para o Sp. Braga, está mesmo nos jogos com FC Porto, Benfica e Sporting. Em cinco encontros (falta apenas receber o Sporting, daqui por duas rondas), perdeu quatro jogos e empatou um, precisamente frente aos «leões»: portanto, conseguiu apenas um em quinze pontos. A quatro pontos do Sporting, uma vitória sobre a equipa de Jorge Jesus podia fazer toda a diferença, mas o facto é que este Sp. Braga ainda não conseguiu passar essa barreira.

Se olharmos só para FC Porto, Benfica e Sporting, os crónicos candidatos ao título perderam até agora 25 pontos com outras equipas. Os «dragões» perderam sete, primeiro nos empates com Desp. Aves e Moreirense e agora na derrota com o Paços que tirou ao dragão o estatuto de invicto. Era a penúltima equipa na Europa que ainda não tinha perdido para o campeonato, agora resta apenas o Barcelona.

O Benfica deixou nove pontos em duelos com equipas que não os dois rivais: empates com Rio Ave, Marítimo e Belenenses, derrota com o Boavista. Tantos como o Sporting, que empatou com Moreirense, Sp. Braga e V. Setúbal e perdeu com o Estoril.

Com oito jornadas por disputar, este número caminha para ser bastante inferior ao das últimas temporadas. Em 2016/17 foram 57 os pontos que os «grandes» não ganharam fora dos duelos diretos. Nas duas épocas anteriores, 41 em cada.

Esta temporada ainda não houve nenhuma equipa a conseguir repetir a conquista de pontos frente a um «grande», muito diferente da última época, quando o V. Setúbal, por exemplo, ganhou um jogo e empatou outro com o Benfica e arrancou dois empates ao FC Porto. E o Marítimo ganhou pontos aos três, e o V. Guimarães forçou o Sporting a dois empates.

A polarização da discussão em torno dos três «grandes» não é nova, mas nesta ronda houve dois treinadores a acentuar como esse discurso está a dominar o futebol português e a acentuar desequilíbrios.

João Henriques, treinador do Paços Ferreira, resumiu assim a questão, depois da vitória sobre o FC Porto: «Quando as equipas pequenas perdem 5-0 há suspeitas. Quando dificultam é antijogo. Nunca dão o mérito.» E continuou com outra ideia a fazer pensar: «As pessoas deviam ficar felizes por haver estes jogos onde os grandes perdem pontos, seria melhor para o campeonato. Depois vê-se nas provas europeias, onde enfrentam equipas com orçamento muito superior.»

Luís Castro, o treinador do Desp. Chaves, reforçou essa ideia da desconfiança e da falta de crédito que se dá às equipas mais pequenas, após a derrota com o Sporting: «Chegámos ao ponto em que se perdemos por três, quatro ou cinco, estamos vendidos não sei a quem. Se ganhamos, estamos comprados não sei por quem.»

Mas Luís Castro já tinha lançado para o debate a questão dos desequilíbrios na Liga ainda antes de entrar em campo, na antevisão ao jogo com o Sporting, onde a equipa flaviense voltou a dar boa réplica mas não conseguiu qualquer ponto. O treinador falava em hipocrisia e notava, a propósito do jogo com os «leões», a diferença abissal entre o terceiro e o sexto lugares na Liga portuguesa, que é de 23 pontos.

Se fizermos esse exercício, entre terceiro e sexto classificados, o facto é que essa discrepância não acontece em mais nenhum dos principais campeonatos europeus, em nenhum ela chega sequer aos 20 pontos. Castro deu outro exemplo, o do saldo de golos.

Notou como na Liga portuguesa do quinto classificado para baixo já não há equipas com saldo positivo de golos. E disse que isso não acontecia em mais lado nenhum. É, mais uma vez, uma singularidade portuguesa e que reforça essa ideia do enorme fosso logo a partir de posições altas na tabela classificativa. Há exceções, como Espanha, que tem o Sevilha a baralhar estes dados. Os andaluzes são quintos, mas têm saldo negativo de golos, menos seis marcados do que sofridos. Mas abaixo dessa posição ainda há várias equipas com saldo positivo, até ao saldo nulo da Real Sociedade, na 14ª posição.

Nada que se pareça na Liga, onde abaixo do saldo nulo do Rio Ave no quinto lugar, ninguém tem melhor do que sete golos negativos. Mundos diferentes mesmo.

MAISFUTEBOL
Quem não sente não é filho de boa gente.

Observador Juniores

  • ***
  • 499
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #288 em: 14 de Março de 2018, 09:57 »
Quando o erro for só erro o Braga será campeão!

Cão Vadio

Cão Vadio Juniores

  • ***
  • 387
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #289 em: 15 de Março de 2018, 09:16 »
É a vergonha total do nosso País, mais uma vez! Depois de todos os casos relacionados com governantes, banqueiros etç...temos mais este para demonstrar o quão ineficaz e corrupto é o ministério publico, assim como os juízes inerentes  a estes casos. Clubite a este nível?? É simplesmente vergonhoso! Somos um País da treta!
Como é que alguma vez podemos sonhar ser campeões? Esqueçam! Enquanto não houver mão dura, e mudanças na forma de olhar e tratar os outros clubes com igualdade por parte dos agentes da liga e federação, vai ser mais do mesmo!
Layne Staley

Layne Staley Equipa Principal

  • *****
  • 3999
  O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #290 em: 15 de Março de 2018, 10:03 »
Isto ultrapassa em muito o futebol e o SCB.

Quem anda atento já desconfiava que isto se passasse, não fôssemos nos o país dos tachos. O nível de corrupção neste país deve estar na medida dos países menos desenvolvidos de África. Não há valores, não há princípios.
« Última modificação: 15 de Março de 2018, 10:09 por Layne Staley »

PAF Equipa Principal

  • *****
  • 3864
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #291 em: 15 de Março de 2018, 10:28 »
Esta é uma situação mais que óbvia e não é só dos 3 grandes como é óbvio, acontece a nível local em praticamente todas as terrinhas do país, seja no futebol, na politica, etc, etc.
Felizmente começa-se a ver alguma mudança, mesmo que ténue.
Na maior parte dos casos nem é corrupção propriamente dita e às vezes nem sequer trafico de influencias, é apenas o querer agradar e fazer o favorzinho para ficar bem visto! Algumas vezes as pessoas nem noção têm que estão a cometer crime.

Observador Juniores

  • ***
  • 499
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #292 em: 20 de Março de 2018, 09:35 »
Lutar como?



O contribuinte através de novos bancos e caixas geral pagou e anda a pagar a vida dos 3 eucaliptos, incluindo academias....

Observador Juniores

  • ***
  • 499
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #293 em: 21 de Março de 2018, 08:27 »
O Sp. Braga foi multado em 5.738€ por «eventuais agressões a agente da força de segurança pública», à margem dos desacatos ocorridos entre adeptos antes do dérbi minhoto, diante do V. Guimarães.

Multado por eventuais agressões?

Já o Vandinho foi suspenso 3 meses por eventuais agressões  ao Raul José ....porreiro pah!

Eventualmente não andaram a brincar com isto?

Somos Braga! Equipa Reservas

  • ****
  • 908
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #294 em: 21 de Março de 2018, 13:25 »
O Sp. Braga foi multado em 5.738€ por «eventuais agressões a agente da força de segurança pública», à margem dos desacatos ocorridos entre adeptos antes do dérbi minhoto, diante do V. Guimarães.

Multado por eventuais agressões?

Já o Vandinho foi suspenso 3 meses por eventuais agressões  ao Raul José ....porreiro pah!

Eventualmente não andaram a brincar com isto?
O Vandinho foi por tentativa de agressão.

O verdadeiro adepto vê-se nas derrotas!
AMartins

AMartins Equipa Principal

  • *****
  • 1319
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #295 em: 02 de Abril de 2018, 17:09 »
O Wilson Eduardo esteve presente hoje à tarde na reunião entre os capitães, o sindicato dos jogadores e o presidente da liga portugal. Apenas 7 jogadores estiveram presentes.
Luís Duarte

Luís Duarte Equipa Principal

  • *****
  • 2951
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #296 em: 02 de Abril de 2018, 21:31 »
Apenas 7 jogadores estiveram presentes.

Foram os capitães das equipas do Norte. Vai haver outra reunião no Sul.
07/09/2007 - 07/09/2017
10 anos de SuperBraga
AMartins

AMartins Equipa Principal

  • *****
  • 1319
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #297 em: 02 de Abril de 2018, 23:28 »
Apenas 7 jogadores estiveram presentes.

Foram os capitães das equipas do Norte. Vai haver outra reunião no Sul.

Não estavam todos...

"Além de Tarantini (Rio Ave) e Ricardo (Paços de Ferreira), também Wilson Eduardo (Braga), Nélson Lenho (Aves) e Henrique (Boavista) representaram os clubes da Liga. Da LigaPro, estiveram presentes Bruno China (Leixões) e Luís Dias (Penafiel)"
rpo.castro

rpo.castro Equipa Principal

  • *****
  • 9963
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #298 em: 03 de Abril de 2018, 17:57 »
Apenas 7 jogadores estiveram presentes.

Foram os capitães das equipas do Norte. Vai haver outra reunião no Sul.

Não estavam todos...

"Além de Tarantini (Rio Ave) e Ricardo (Paços de Ferreira), também Wilson Eduardo (Braga), Nélson Lenho (Aves) e Henrique (Boavista) representaram os clubes da Liga. Da LigaPro, estiveram presentes Bruno China (Leixões) e Luís Dias (Penafiel)"
Mais 5 hoje: benfica, vitoria, estoril, académica e penso que belenenses
Quem não sente não é filho de boa gente.
Viriato

Viriato Juniores

  • ***
  • 336
  Re: O “sistema” e a falta de respeito pelo Braga
« Responder #299 em: 09 de Abril de 2018, 17:39 »
Cheira-me que ainda vamos apanhar um ou dois jogos à porta fechada pelo incidentes com o arbitro no jogo com os lagartos.

Foram instaurados 3 processos nessa jornada, e o relatorio do nosso jogo é um dos que não estão disponiveis