Quantcast
Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
351 Respostas
56366 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1204
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #300 em: 03 de Setembro de 2021, 15:02 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
bstrider
bstrider Equipa Principal
  • *****
  • 1830
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #301 em: 03 de Setembro de 2021, 15:27 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
Pesquisa por Curdos em Rojava. Não tens de quê.
Anuncios M
Anuncios M
Chiquitilha Juniores
  • ***
  • 265
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #302 em: 03 de Setembro de 2021, 15:33 »
   Somente para deitar achas para a fogueira.
   Faço apenas um pergunta:
   Se PCP, BE, LIVRE, PAN, são da extrema esquerda, qual o partido português que é de esquerda?
   Responder PS não conta.
   Não queria entrar nesta discussão.
   Politiquice causa-me náuseas. No entanto a politica, essa sim é, deveras interessante.
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1204
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #303 em: 03 de Setembro de 2021, 15:53 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
Pesquisa por Curdos em Rojava. Não tens de quê.

Obrigado, não estava a par. No entanto, do pouco que li, não percebi como é que essa região serve como forma de validação do comunismo.
Anuncios V
bstrider
bstrider Equipa Principal
  • *****
  • 1830
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #304 em: 03 de Setembro de 2021, 16:17 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
Pesquisa por Curdos em Rojava. Não tens de quê.

Obrigado, não estava a par. No entanto, do pouco que li, não percebi como é que essa região serve como forma de validação do comunismo.
Em Rojava, uma parte do povo curdo ( com as mais variadas etnias e religiões) está constantemente em clima de guerra (que facilmente propicia autocracias) com o Isis, Turquia e Síria. No entanto, organizaram centenas de comunas que se auto-governam através de democracia direta, onde nasceu uma forte força feminista, liberdade religiosa, igualdade de género e procura por sustentabilidade ambiental. Chama-lhe o que quiseres (confederalismo democrático, socialismo libertário, anarco-comunismo), é-me igual ao litro. O que eu queria contrapôr era a tua afirmação que a natureza humana não é capaz de viver através de ideais comunistas (o comunismo verdadeiro, como o EnormeGuerreiro explicou e bem).
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 14206
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #305 em: 03 de Setembro de 2021, 18:55 »
E no passado, muito antes do comunismo, em meios rurais existia "comunismo". O comunismo é uma resposta ao capitalismo selvagem que existia na altura e foi determinante para que se desse resposta aos problemas gerados, com a criação de regras, reguladores e supervisores. Mesmo assim é o que é. Foi um movimento extremamente importante tal como iluminismo (que teve os mesmos pecados do dito comunismo).

O comunismo nunca foi verdadeiramente aplicado porque é um ideal. Nenhum ideal foi ou será devidamente aplicado por causa da condição humana e porque haverá sempre quem queira mais, quem queira ter sempre uma posição dominante sobre os outros.
Tal como as religiões todas puras nos seus ideais, mas rapidamente distorcidas com estruturas hierárquicas poderosas e ricas, também os movimentos políticos foram rapidamente deturpados. Foi assim na Grécia antiga, na república romana, iluminismo. o comunismo não foi diferente.
A obra de Karl Marx e Engels, que continua a ser muito utilizada nas teorias económicas, era uma obra teórica e uma análise sobre o capitalismo e em como iria naturalmente mudar para um comunismo (os fracos de tão oprimidos e numerosos iriam depor os tiranos). No entanto no seu último livro, que no entanto é rejeitado pela ala esquerda e dito que não é de sua autoria, Marx reconhece que no final irá vingar uma versão "enfraquecida" (ou menos radical) do capitalismo.

Isso é a teoria. Lenin viu-se no local certo na altura certa, ainda por cima com o alto patrocinio do império alemão (uma larga soma) aproveitou a tempestade perfeita, para chegar ao poder. Mas não implementou o comunismo. Deturpou-o completamente apenas para consolidar e aumentar o poder de uma nova elite. Foi a subsituição de um tirano por outro. O comunismo servia tanto, como Alá ou Deus serve aos fundamentalistas religiosos. As comparações de marx e lenin são comuns e bastante fáceis de encontrar. E já não falamos do assassino que se seguiu a lenine.

Dito isto, [a existência] o comunismo/socialismo continua a fazer sentido, não como um objectivo (porque 1) é utópico, 2) porque o que os regimes comunistas fazem não é comunismo) mas como um instrumento para controlar o capitalismo. Dois pratos da mesma balança cuja equilibrio está em constante mudança.
Sobre o apoio cego a regimes só porque partilham determinados ideais (ou assim proclamam) acontece só no lado da esquerda?
Que regimes têm tido anuência ou apoiados pelas democracias ocidentais? Quantos ditadores e violadores dos direitos humanos têm sido recebido com honras e procurado €€€? Não foi só o Chávez que esteve cá. Desde a fotos com o libio na tenda aos convites à muito recomendável Guiné Equatorial. Os bons partidos de direita fofa europeia a dizerem que o problema dos refugiados não é com eles (a fazer lembrar os 3 metralhas), anos e anos de olhos fechados ao que Israel faz (uma guerra completamente causada pelos poderes ocidentais que prometeram a mesma terra a 2 nações, à semelhança do que fizeram em tantos lados, como na Grécia-Turquia).
Ou a criação de um estado fantoche, e depois abandonar-lo porque surpresa! o fantoche não se aguenta sozinho em pé.

Considerar o partido comunista português atual, que apesar de manterem a roupagem de há 60 anos atrás (nisso são o partido mais conservador de todos) têm como objectivos reais e palpável (claro que todos dizem querer e poder ser governo e fazer tudo e mais alguma coisa, não ser governo dá muita liberdade) a diminuição das desigualdades, luta pelos direitos dos trabalhadores etc é ridículo. Não se tem de gostar da ideias ou das formas como se propõe a atingir, mas o que se tem visto nas últimas décadas é que de extremista tem pouco.
O André Ventura é extremista? Se lhe der votos eles até canta a internacional. É populista o que é bem diferente. Agora que tem muito lixo de extrema direita lá dentro, e quando digo lixo não são gajos que simpatizam com certo regimes, são gajos com real vontade fazer (e que alguns já cumpriram pena por o terem feito) o que eese regimes já fizeram.
Quem não sente não é filho de boa gente.
A4
A4 Equipa Principal
  • *****
  • 1837
  • Braga Sempre!
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #306 em: 03 de Setembro de 2021, 19:04 »
Tem sido interessantíssimo ler os vossos textos, aprende-se muito por aqui. Obrigado a todos.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 14206
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #307 em: 03 de Setembro de 2021, 19:11 »
Ah, e outra coisa que me deixa estupefacto: dizerem que o Livre é de extrema esquerda... Um partido assumidamente europeísta ser catalogado de "extrema esquerda" é para rir. Escolheram mal a candidata? Sim, tal como eles próprios se aperceberam pouco depois. Daí a todo o partido ser de extrema esquerda, vai uma loooonga distância. Mas lá está, quem diz estas coisas normalmente não se deu ao trabalho de sequer ir ver o site dos partidos só para ver o mínimo da ideologia do partido. Até a wikipédia serve para isso...  Tão engraçado como o Livre ser de extrema esquerda é ver o CDS dizer que é um partido do centro. E para completar o ramalhete, porque vi alguém também dizer que o PAN é extremista: o PAN não pode ser extremista, porque o PAN nem sequer tem ideologia política... O PAN é um movimento ativista dos direitos dos animais, até ver não é mais do que isso. Por isso, dizer que um partido que a única coisa que faz é dizer "não batam nos bichos" é extremista, parece-me um bocado parvo.

Não quero irritar ninguém nem despoletar mais discussões, dei só a minha visão do mundo  ;D
Não posso deixar de fazer alguns reparos.
Desde quando o CDS é um partido do Centro? Só se for no pós 25-Abril em que ninguém se declarava de direita pelas razões óbvias
Eles são chamados de centristas porque causa do nome do partido: Centro Democrático Social. A ideologia é a Democracia Cristã. É direita, nem sequer centro direita (que é/era o PSD).
Sobre o PAN aí é que enganam muitos com serem só pelos animais e não terem ideologia. Eu sei que não leste, praticamente ninguém leu, o programa que apresentaram para as últimas legislativas. Pudera, se não estou em erro tinha mais de 2000 medidas. Algumas muito "engraçadas" de completa intolerância e rejeição de outro estilo de vida que não o deles. Nada relacionado com ativismo pelos direitos animais. Intolerância para mim só cabe dentro de extremismo.
Do Livre não sei o que é. Volta e meia mudam de ideias, e juntam-se e saiem, e já são a favor e já são contra. Mas quando tiveram hipótese de falar, de propor medidas, e de votar propostas de outros, acabaram por ter posição mais à esquerda que o bloco. Se são foram para além de um partido extremista, só de derem a volta e forem parar ao outro lado. Pode ter sido (foi) um erro de casting, mas foi a única vez que o partido teve voz.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Anuncios M
Anuncios M
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4863
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #308 em: 03 de Setembro de 2021, 19:33 »
Na minha opinião o Livre seria um CDS de esquerda na sua base e penso que continua por lá apesar daquela deputada lunatica que elegeram e que rapidamente correram.
Quando falo num PCP de extremos é olhar para o que defendem ainda recentemente na Bielorrússia por exemplo. Continuam a apoiar todas as ditaduras de esquerda existentes por esse mundo fora.
Admito facilmente que o BE hoje está muito menos radical, tanto que temos gente no PS se calhar mais à esquerda que algum pessoal do BE. É olhar para um Pedro Nuno Santos. E claro o poder vai toldando a ideologia. Que é o que vai acontecer com o Chega com grande probabilidade se chegar a ser parte de um governo ou pelo menos fizer algum acordo estilo Açores.
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1204
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #309 em: 03 de Setembro de 2021, 20:23 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
Pesquisa por Curdos em Rojava. Não tens de quê.

Obrigado, não estava a par. No entanto, do pouco que li, não percebi como é que essa região serve como forma de validação do comunismo.
Em Rojava, uma parte do povo curdo ( com as mais variadas etnias e religiões) está constantemente em clima de guerra (que facilmente propicia autocracias) com o Isis, Turquia e Síria. No entanto, organizaram centenas de comunas que se auto-governam através de democracia direta, onde nasceu uma forte força feminista, liberdade religiosa, igualdade de género e procura por sustentabilidade ambiental. Chama-lhe o que quiseres (confederalismo democrático, socialismo libertário, anarco-comunismo), é-me igual ao litro. O que eu queria contrapôr era a tua afirmação que a natureza humana não é capaz de viver através de ideais comunistas (o comunismo verdadeiro, como o EnormeGuerreiro explicou e bem).

Devia ter reformulado nesse caso: o comunismo é impossível de implementar à grande escala, à escala de um país por exemplo. Claro que numa pequena comunidade, autossuficiente e que se governe a si própria, é possível de alcançar.
Viriato
Viriato Juniores
  • ***
  • 562
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #310 em: 03 de Setembro de 2021, 21:03 »
Até falhar, depois já passa a não ser verdadeiro comunismo
Anuncios G
Somos Braga! Equipa Principal
  • *****
  • 1839
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #311 em: 03 de Setembro de 2021, 21:40 »
Brigadas Vermelhas, Baader-Meinhoff, Grupo 17 Novembro...PCP. é tudo o mesmo. Tudo extremo.

Sendo o PCP e BE extrema esquerda, sendo o PS centro, a esquerda em Portugal deve estar reduzida ao Manuel Alegre. Porreiro.

Sobre Comunismo digam me um país que tenha sido de facto fiel à doutrina comunista, isto é que tenha abolido as classes e o próprio estado?
Ou será o PS mesmo socialista ou apesar do nome é Social Democrata (na mesma linha do SPD ou do partido trabalhista)?

Já agora gostava também de saber qual o país democrático em que seja aplicada a castração física, que foi apenas uma das bestialidades dita por André Ventura, e como se pode ouvir uma coisa destas e achar normal ou achar comparável com ideologias e utopias.

Quem dera às restantes ideologias do espectro político poderem refugiar-se numa desculpa do género "isso não era verdadeiro comunismo". Deve ser muito reconfortante.

O facto de as tentativas de estabelecer sociedades comunistas acabarem como acabam quase sempre devia dar que pensar; talvez simplesmente não seja atingível atendendo à natureza básica do ser humano.
Pesquisa por Curdos em Rojava. Não tens de quê.

Obrigado, não estava a par. No entanto, do pouco que li, não percebi como é que essa região serve como forma de validação do comunismo.
Em Rojava, uma parte do povo curdo ( com as mais variadas etnias e religiões) está constantemente em clima de guerra (que facilmente propicia autocracias) com o Isis, Turquia e Síria. No entanto, organizaram centenas de comunas que se auto-governam através de democracia direta, onde nasceu uma forte força feminista, liberdade religiosa, igualdade de género e procura por sustentabilidade ambiental. Chama-lhe o que quiseres (confederalismo democrático, socialismo libertário, anarco-comunismo), é-me igual ao litro. O que eu queria contrapôr era a tua afirmação que a natureza humana não é capaz de viver através de ideais comunistas (o comunismo verdadeiro, como o EnormeGuerreiro explicou e bem).

Devia ter reformulado nesse caso: o comunismo é impossível de implementar à grande escala, à escala de um país por exemplo. Claro que numa pequena comunidade, autossuficiente e que se governe a si própria, é possível de alcançar.
Eu tenho um sistema 100% comunista em minha casa e funciona muito bem, excepto quando a minha mulher se chateia. Aí passa a ser uma ditadura de esquerda liderada por uma mulher...


« Última modificação: 03 de Setembro de 2021, 21:42 por Somos Braga! »
O verdadeiro adepto vê-se nas derrotas!
Enorme_Guerreiro
Enorme_Guerreiro Equipa Principal
  • *****
  • 2637
  • Sempre presentes!!!
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #313 em: 06 de Setembro de 2021, 10:08 »
Ah, e outra coisa que me deixa estupefacto: dizerem que o Livre é de extrema esquerda... Um partido assumidamente europeísta ser catalogado de "extrema esquerda" é para rir. Escolheram mal a candidata? Sim, tal como eles próprios se aperceberam pouco depois. Daí a todo o partido ser de extrema esquerda, vai uma loooonga distância. Mas lá está, quem diz estas coisas normalmente não se deu ao trabalho de sequer ir ver o site dos partidos só para ver o mínimo da ideologia do partido. Até a wikipédia serve para isso...  Tão engraçado como o Livre ser de extrema esquerda é ver o CDS dizer que é um partido do centro. E para completar o ramalhete, porque vi alguém também dizer que o PAN é extremista: o PAN não pode ser extremista, porque o PAN nem sequer tem ideologia política... O PAN é um movimento ativista dos direitos dos animais, até ver não é mais do que isso. Por isso, dizer que um partido que a única coisa que faz é dizer "não batam nos bichos" é extremista, parece-me um bocado parvo.

Não quero irritar ninguém nem despoletar mais discussões, dei só a minha visão do mundo  ;D
Não posso deixar de fazer alguns reparos.
Desde quando o CDS é um partido do Centro? Só se for no pós 25-Abril em que ninguém se declarava de direita pelas razões óbvias
Eles são chamados de centristas porque causa do nome do partido: Centro Democrático Social. A ideologia é a Democracia Cristã. É direita, nem sequer centro direita (que é/era o PSD).
Sobre o PAN aí é que enganam muitos com serem só pelos animais e não terem ideologia. Eu sei que não leste, praticamente ninguém leu, o programa que apresentaram para as últimas legislativas. Pudera, se não estou em erro tinha mais de 2000 medidas. Algumas muito "engraçadas" de completa intolerância e rejeição de outro estilo de vida que não o deles. Nada relacionado com ativismo pelos direitos animais. Intolerância para mim só cabe dentro de extremismo.
Do Livre não sei o que é. Volta e meia mudam de ideias, e juntam-se e saiem, e já são a favor e já são contra. Mas quando tiveram hipótese de falar, de propor medidas, e de votar propostas de outros, acabaram por ter posição mais à esquerda que o bloco. Se são foram para além de um partido extremista, só de derem a volta e forem parar ao outro lado. Pode ter sido (foi) um erro de casting, mas foi a única vez que o partido teve voz.

Não posso também eu de deixar de responder aos reparos  ;D
O CDS não é do centro, é precisamente esse o meu ponto... Se leres o que eu disse, verás que eu estava a "gozar" com o CDS quando este se apresenta como partido de centro. E isso não me digas que não acontece, porque basta ver qualquer declaração da Assunção Cristas sobre posicionamento ideológico para ver que ela se refere ao partido como centro-direita (exemplo: https://expresso.pt/politica/2021-07-21-Assuncao-Cristas-deixa-avisos-Entristece-me-ver-o-CDS-nas-noticias-sempre-pelas-mas-razoes-dc9b1fee).
Depois, estás a ser um bocado incoerente, e eu também estarei a ser no sentido contrário. Estás a dizer que o PAN é extremista baseado no programa deles mas ignorando que eles se abstêm em "qualquer votação" (na maioria delas, obviamente não são todas) no parlamento que não envolva os direitos dos animais ou o ambiente. E depois dizes que o Livre é extremista com base nos seus votos no parlamento (que duraram "meia dúzia" de meses, até a deputada sair do partido), ignorando o seu programa... Eu se calhar também ignorei em demasia o programa do PAN, mas a verdade é que até já foi motivo de paródia a quantidade de vezes em que eles se abstêm em votações de matérias importantes, daí eu dizer que não têm ideologia definida (ser vegan, por muito respeitável que seja - e para mim é bastante - está longe de ser uma ideologia política).
Quanto ao Livre, não é verdade que dêm tantas voltas como dizes, apenas deram uma: apostaram na Joacine, viram que foi uma má escolha, e voltaram atrás, simples. Posso-te dizer que o Livre é o único partido em Portugal com primárias abertas (isto é, qualquer pessoa pode chegar lá e apresentar-se como candidato pelo partido, seja membro do partido ou não, desde que se guie pela mesma linha ideológica), penso que é também o único que defende uma democracia transnacional europeia (ou seja, nas eleições para o parlamento europeu, eu e tu não votaríamos só para eleger os deputados portugueses, mas sim os deputados de toda a Europa, além da proposta incluir também uma maior equidade no peso que cada país tem na UE). O Livre tem um nome por trás da sua fundação e ideologia, e esse nome é Rui Tavares. Para mim, o Rui Tavares é zero extremista, e por consequência não consigo ver o partido como extremista. Acabaram por eleger como cabeça de lista uma pessoa mais extremista, e quando o perceberam já era tarde demais. Eu acho que o Rui Tavares se deveria ter candidatado, mas percebo que do ponto de vista eleitoralista, uma mulher negra gaga consiga atrair mais eleitorado que um homem branco intelectual, que parece mais do mesmo aos olhos da maioria do povo. Falharam na aposta, e assumiram o falhanço. Dificilmente voltam a eleger alguém tão cedo, fruto do próprio falhanço. Mas o Livre, em termos de ideologia política, está claramente entre o PS e o PCP e BE, e não à esquerda de PCP e BE, como muitos fazem crer. Aliás, basta olhar para quem apoiaram nas presidenciais, a Ana Gomes. Ou será que a Ana Gomes também é extremista?
Bracarense eu sou, onde tu fores eu vou
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 9111
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #314 em: 11 de Setembro de 2021, 10:33 »
Para os interessados, este fim-de-semana decorra a terceira edição do Têpluquê, o festival da palavra de Braga, para miúdos e graúdos, conta com a presença escritores, Ilustradores, músicos, etc. Capicua, Mafalda Veiga são alguns dos convidados, entrada gratuita, programa no link:

https://bragatv.pt/mosteiro-de-tibaes-acolhe-3-a-edicao-do-tepluque-festival-da-palavra-de-braga/
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 9111
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #315 em: 20 de Setembro de 2021, 15:21 »
Ontem houve debate com os 8 candidatos às próximas eleições, quem quiser assistir:
https://www.facebook.com/radiorum/videos/257231559619867/
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 9111
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #316 em: 20 de Setembro de 2021, 15:37 »
Juntos por Braga pode reforçar maioria e PS registar o pior resultado de sempre

Segundo uma sondagem do Instituto de Pesquisa de Opinião e Mercado Lda (IPOM) para a RUM e Diário do Minho, se as eleições autárquicas se realizassem este domingo, a coligação de direita reforçaria a votação, elegendo mais um vereador que há quatro anos e o PS alcançaria o pior resultado de sempre. Já a CDU perderia a representação na vereação.

De acordo com uma sondagem para a RUM/Diário do Minho publicada hoje, se as eleições autárquicas se realizassem este domingo, dia 19 de setembro, Ricardo Rio, candidato da coligação Juntos por Braga, seria reeleito presidente do município de Braga com 55,5% dos votos, resultado que representaria uma nova maioria absoluta e o melhor resultado de sempre, elegendo oito vereadores, mais um do que há quatro anos.

Em segundo lugar ficaria Hugo Pires, o candidato do Partido Socialista, com 23,3% das intenções de voto dos bracarenses, mantendo o número atual de vereadores, três, mas registando o pior resultado de sempre, inferior a 2017.
A sondagem prevê que o executivo municipal passe a ficar composto por estas duas forças políticas, já que a CDU, encabeçada por Bárbara de Barros, com 5,1% dos votos perderá o seu lugar na vereação do executivo municipal composta por 11 vereadores, obtendo uma votação mais baixa que o Bloco de Esquerda, representado por Alexandra Vieira, com 5,3%.

Com quatro novas forças políticas na corrida autárquica face a 2017, o Chega, liderado por Eugénia Santos, seria o quinto partido mais votado com 2,7% dos votos, seguido do PAN, encabeçado por Rafael Pinto com 1,6% dos votos. 1,2% dos votos seriam divididos pelo partido de Olga Batista, o Iniciativa Liberal (0,8%), e o LIVRE (0,4%) de Teresa Mota, de acordo com o estudo realizado para a RUM e Diário do Minho nos dias 13, 14, 15 e 16 de setembro.

TAXA DE ABSTENÇÃO PODE BATER RECORDE HISTÓRICO
Com 166.091 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais, e apesar de concorrerem oito forças políticas, o trabalho realizado pelo IPOM para a RUM e para o Diário do Minho antecipa um recorde histórico de abstenção, que atinge os 47,7%, batendo o máximo de 42,37%, registado nas eleições autárquicas de há quatro anos.
Se as eleições autárquicas se realizassem este domingo, 85,7% dos inquiridos 'iria votar de certeza', com 8,7% a assumir 'não estar muito motivado' e 5,7% decidido a 'não ir votar'.

HABITAÇÃO É A ÁREA QUE MAIS PREOCUPA OS CIDADÃOS
Dos 796 inquiridos neste estudo, a maioria (39,3%) admite que a habitação é a área que mais preocupa e à qual deve ser dada "mais atenção para melhorar a qualidade de vida em Braga", seguida do ambiente com 32, 8%. Já 19,5% aponta a mobilidade como um dos problemas mais sérios a resolver, 3,6% a cultura e 2,1% o património. 2,6% respondeu não ter opinião ou não saber.

À questão 'Para que Braga atinja nos próximos quatro anos a projeção nacional e internacional, que merece, qual das seguintes personalidades e candidatos a presidente da câmara tem melhor perfil para atingir esse objetivo?', a maioria (49,5%) escolhe Ricardo Rio, 9,7% Hugo Pires, 3,1% Alexandra Vieira, 2,9% Bárbara de Barros, 1,0% Rafael Pinto, 0,6% Eugénia Santos, 0,5% Olga Batista e 0,1% Teresa Mota. Já 11,2% não escolheria nenhum dos oito candidatos e 21,4% diz não ter opinião.

ELEITORES EXIGEM MAIS TRABALHO PARA QUALIDADE DE VIDA ACEITÁVEL
Dos 796 inquiridos, 71,5% afirmaram que "para se viver bem em Braga" ainda falta realizar "pequenas coisas" ou "muita coisa". Já para metade dos inquiridos, o presidente de câmara que sair das eleições de 26 de setembro, tem pela frente o desafio de realizar "pequenas coisas". Mas 21,5% destaca que "é necessário realizar muita coisa".
A sondagem faz também saber que 25,5% dos bracarenses gostam "cada vez mais de viver em Braga", mas revela que 2,9% dos inquiridos diz que só vive em Braga porque não tem outra alternativa.

REDES SOCIAIS GANHAM PREPONDERÂNCIA NA COMUNICAÇÃO DA ATIVIDADE DO MUNICÍPIO
Questionados sobre como nos últimos tempos têm tomado conhecimento das atividades da câmara e os projetos que esta tem realizado, 36,6% assume ter sido através do Facebook ou Instagram da Câmara, seguido da opção 'Amigos' com 19,5% e site da câmara com 16,5%. Os restantes dividem-se entre jornais, rádios e televisão.

79% dos inquiridos nesta sondagem residem em Braga há mais de vinte anos.
Quanto ao nível de escolaridade, mais de 41% tem o 10º ou 12º ano; 25,5% entre o 6º e o 9º ano; 23,7% ensino superior e 9,3% (não sabe ler ou primária).

Ficha Técnica Concelho de Braga
Esta sondagem foi realizada pelo IPOM- Instituto de Pesquisa de Opinião e Mercado Lda para o Jornal o Diário do Minho e para a RUM - Rádio Universitária do Minho, com os seguintes objetivos: Conhecer a intenção de voto de voto dos eleitores do Concelho de Braga, caso as eleições autárquicas fossem no próximo domingo. A População em análise é constituída pelos eleitores do concelho de Braga, de ambos os sexos com idades compreendida entre os 18 e 85 anos. A amostra é representativa da população em análise e é constituída por 796 eleitores que se encontram distribuídos da seguinte forma: Sexo, masculinos 358 (45%), femininos 438 (55%). Idade agrupada: 18-29 anos 97(12,2%), 30-39 anos 155 (19,5%), 40-49 anos 145 (18,2%), 50-64 anos 216 (27,1%), 65 ou mais anos 183 (23,0%). Distribuição Geográfica, Adaúfe 32 (4,0%), Esporões 6 (0,8%), Figueiredo 2 (0,3%), Gualtar 22(2,8%), Lamas 16 (2,0%), Mire de Tibães 6 (0,8%), Palmeira 22 (2,8%), Pedralva 4 (0,5%), Priscos 8 (1,0%), Ruilhe 4 (0,5%), S. Vicente 73 (9,2%), S. Vitor 141 (17,7%), Sequeira 6 (0,8%), Sobreposta 2 (0,2%), Tadim 15 (1,9%), Tebosa 13 (1,6%), União das freguesias de Arentim e Cunha 7 (0,9%), União das freguesias de Braga (Maximinos, Sé e Cividade) 76 (9,5%), União das freguesias de Braga (São José de São Lázaro e São João do Souto) 82 (10,3%), União das freguesias de Cabreiros e Passos (São Julião) 11 (1,4%), União das freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro 6 (0,8%), União das freguesias de Crespos e Pousada 4 (0,5%), União das freguesias de Escudeiros e Penso (Santo Estêvão e São Vicente) 73 (9,2%), União das freguesias de Este (São Pedro e São Mamede) 7 (0,9%), União das freguesias de Ferreiros e Gondizalves 33 (4,1%), União das freguesias de Guisande e Oliveira (São Pedro) 4 (0,5%), União das freguesias de Lomar e Arcos 14 (1,8%), União das freguesias de Merelim 18 (2,3%), União das freguesias de Morreira e Trandeiras 4 (0,5%), União das freguesias de Nogueira, Fraião e Lamaçães 50 (6,3%), União das freguesias de Nogueiró e Tenões 19 (2,4%), União das freguesias de Real, Dume e Semelhe 54 (6,8%), União das freguesias de Vilaça e Fradelos 16 (2,0%). O erro de amostragem deste estudo para um nível de confiança de 95,5% é de +/- 3.5 pontos percentuais. A seleção do elemento amostral foi feita de forma aleatória com base numa lista de contatos telefónicos (moveis e fixos) para o concelho. A recolha da informação foi efetuada através do método de entrevista telefónica, tendo utilizado um questionário estruturado. A taxa de resposta foi de 85%. A recolha de informação decorreu nos dias 13,14,15 e 16 de setembro das 16.00 as 21h. Estiveram envolvidos 9 entrevistadores que foram todos controlados através de um supervisor apoiado com sistema CATI. Os resultados finais da intenção de voto foram obtidos através de uma distribuição aritmética dos eleitores, que pergunta em questão responderam nos seguintes itens: Não decidiu, Não responde e Não vai votar.

Nº do depósito: 2021108.1
Sondagem depositada no dia 17.09.210

Em https://www.rum.pt/news/juntos-por-braga-pode-reforcar-maioria-e-ps-registar-o-pior-resultado-de-semprenbsp
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
(S)oon(C)hampion(B)raga
(S)oon(C)hampion(B)raga Equipa Principal
  • *****
  • 6180
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #317 em: 21 de Setembro de 2021, 14:41 »
one of the guys some users love to hate here in the forum
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 9111
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #318 em: 25 de Setembro de 2021, 08:39 »
Para quem gostar de arte urbana, este fim-de-semana no Altice Forum Braga:


« Última modificação: 25 de Setembro de 2021, 08:44 por Legião »
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
Legião
Legião Equipa Principal
  • *****
  • 9111
  • Mágico Braga, Amor Eterno
  Re: Bracara Augusta - Vivendo a cidade mais antiga de Portugal
« Responder #319 em: 25 de Setembro de 2021, 09:47 »
Empresa de trotinetas oferece duas viagens de 30 minutos para ir votar em Braga

A empresa de mobilidade partilhada de veículos elétricos, Bird, vai oferecer duas viagens gratuitas de 30 minutos, no próximo domingo, de forma a “facilitar a vida aos eleitores” que queiram ir votar nas eleições autárquicas. A medida está prevista para Braga e outras cidades onde a Bird está implementada, como é o caso de Lisboa, Porto, Gaia ou Coimbra.

Em declarações a O MINHO, o diretor geral da Bird Portugal, Toni Riera, salienta que esta ação trata-se de um incentivo à participação da sociedade no ato eleitoral, de forma a que cumpram “o ato de cidadania”.

Para ‘resgatar’ a ‘borla’, basta introduzir o código EUVOTO na aplicação instalada no telemóvel e recebe automaticamente “duas viagens, de 30 minutos”, para que possam deslocar-se de e para as mesas de voto de forma segura, sustentável e económica”.

“A Bird não podia deixar de assinalar este dia tão importante para a vida e o futuro dos portugueses e para a democracia no país”, considerou Toni Riera, relembrando que “nas eleições autárquicas de 2017 a abstenção rondou os 45%, uma percentagem que este ano queremos ajudar a diminuir”.

Riera considera que”votar” é um dos “direitos fundamentais, enquanto cidadãos”, e quer “na Bird, garantir aos portugueses uma forma simples, segura e prática de cumprir esse exercício de cidadania”.

“Proporcionar mobilidade a todas as pessoas é uma tarefa que encaramos com a máxima responsabilidade e ficamos profundamente satisfeitos por ajudar e facilitar a missão dos portugueses na hora de irem votar”, concluiu o responsável pela empresa em Portugal.

Em https://ominho.pt/empresa-de-trotinetas-oferece-duas-viagens-de-30-minutos-para-ir-votar-em-braga/
Bracara Avgvsta - Fidelis et antiqva
 

Anuncios M
Anuncios M