You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
Estádio Municipal de Braga
1502 Respostas
136931 Visualizações
0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.
Duarte
Duarte Equipa Principal
  • *****
  • 3657
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1220 em: 11 de Março de 2019, 20:40 »
Meter os adversário na Poente para mim não é solução. E se invertêssemos a coisa como fizeram Aves, Rio Ave, Chaves, etc?

Desde que o preço das quotas ficou igual que a bancada Poente começou a ter tanta ou mais gente que na nascente (mesmo sendo os lugares anuais mais caros) e nos jogos de campanhas ou de maior montra chega mesmo a ter muita mais gente (refiro-me só a Braguistas, claro). Seja pela facilidade de acesso à inferior e superior ou por ser mais resguardada, a malta prefere essa bancada. Como a F4 da Taça da Liga demonstrou (e tivemos o portão do bairro fechado), o acesso pela poente aproxima muito mais o estádio da cidade, de cafés, restaurantes e potencia um melhor clima de festa, julgo ter até melhores condições para aplicar uma Fan Zone. Infelizmente os arquitectos e urbanistas não tiveram essa visão, pois aquela zona com uma requalificação urbanística para melhorar os acessos e criar mais estacionamento teria muito potencial.

Porém ainda vamos a tempo de mudar algumas coisas. Passar a TV e imprensa para a nascente (ocupando os piores lugares do estádio, a nascente superior) e executar as anunciadas obras de melhoria (elevadores, bares, divisão de adeptos, etc...) seriam os primeiros passos.
O FÓRUM DE BRAGA:
www.forum.bracarae.com
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 1782
  Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1221 em: 12 de Março de 2019, 00:14 »
Meter os adversário na Poente para mim não é solução. E se invertêssemos a coisa como fizeram Aves, Rio Ave, Chaves, etc?

Desde que o preço das quotas ficou igual que a bancada Poente começou a ter tanta ou mais gente que na nascente (mesmo sendo os lugares anuais mais caros) e nos jogos de campanhas ou de maior montra chega mesmo a ter muita mais gente (refiro-me só a Braguistas, claro). Seja pela facilidade de acesso à inferior e superior ou por ser mais resguardada, a malta prefere essa bancada. Como a F4 da Taça da Liga demonstrou (e tivemos o portão do bairro fechado), o acesso pela poente aproxima muito mais o estádio da cidade, de cafés, restaurantes e potencia um melhor clima de festa, julgo ter até melhores condições para aplicar uma Fan Zone. Infelizmente os arquitectos e urbanistas não tiveram essa visão, pois aquela zona com uma requalificação urbanística para melhorar os acessos e criar mais estacionamento teria muito potencial.

Porém ainda vamos a tempo de mudar algumas coisas. Passar a TV e imprensa para a nascente (ocupando os piores lugares do estádio, a nascente superior) e executar as anunciadas obras de melhoria (elevadores, bares, divisão de adeptos, etc...) seriam os primeiros passos.


O facto de a direção andar a brincar aos sectores a cada ano que passa, só poderia ter este efeito.

-Primeiro com a criação dos corporativos que resultou na remodelação à medida (porta comum tornou-se privada) como resultado veio tb a redução dos cativos;

Depois o despovoamento” da nascente...
-a criação do “sector ultra” fez com que muitos sócios da nascente se transferissem para a poente e houve até muitos que não renovaram as suas cadeiras anuais porque perderam o lugar.
- não há possibilidade de comprar na nascente superior, porque a direção prefere vender mais bilhetes aos adversários nos jogos “grandes”; o que é certo é que havia quem comprasse lugares anuais na superior seja porque gostava, ou via melhor ou não porque não estava para apanhar chuva (coisa quem nem é comum).
-O factor que é mais visível é a falta de interesse no antigo sector dos RB (junto às Gverreiras), ninguém está para levar na cabeça com tudo o que os animais das claques adversárias optam por arremessar lá para baixo, visto que só na pedreira é que a polícia fecha o olhos a tudo isto, inclusivamente deixando as claques adversárias quase em cima do varandim msm sem presença de elementos da psp na bancada (e isto não é por acaso).

Resumindo e concluindo, se tudo continuar como está, nem em grandes jogos se vai chegar aos 15mil (nem com uma superior nascente vendida ao adversário) porque ninguém com o mínimo de bom senso está para aturar isto e sujeitar os outros a este tipo de situações em “sua casa”.
« Última modificação: 12 de Março de 2019, 00:25 por AMartins »
Cão Vadio
Cão Vadio Juniores
  • ***
  • 524
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1222 em: 01 de Abril de 2019, 08:59 »
Hoje temos mesmo noticia de 1 de Abril. Comprador Saudita...100 milhões... ;D ;D ;D
Bb0y Equipa Reservas
  • ****
  • 913
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1223 em: 01 de Abril de 2019, 10:01 »
Num clube que cada vez se rege mais pela lei da Sharia, faz todo sentido a entrada de capitais vindos da família Real da Arábia Saudita.

Mas o mais provável é ser mentira.

« Última modificação: 01 de Abril de 2019, 10:05 por Bb0y »
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 11179
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1224 em: 01 de Abril de 2019, 13:01 »
Pensei que era pro Qatar. Desmontavam levavam pro mundial

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
SCB.GUERREIRO Equipa Reservas
  • ****
  • 839
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1225 em: 01 de Abril de 2019, 16:21 »
Pensei que era pro Qatar. Desmontavam levavam pro mundial

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Isso é que era.....
OBracarense Iniciados
  • *
  • 98
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1226 em: 03 de Abril de 2019, 16:13 »
Exelente artigo da página de facebook -> Link Externo  , que retrata na plenitude o que se passa no estádio que no meu ver atualmente não podemos considerar nosso.

Somos muito mal tratados na nossa suposta casa.
Sinceramente Iniciados
  • *
  • 30
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1227 em: 14 de Abril de 2019, 14:17 »
Ricardo Rio a forçar a venda em grande reportagem da RTP. 
BRG
BRG Juniores
  • ***
  • 413
  • Que nunca por vencidos nos conheçam!
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1228 em: 14 de Abril de 2019, 14:52 »
Excelente reportagem sobre o actual estado em que se encontra o Estádio Municipal de Braga, a Câmara Municipal de Braga e o Sporting Clube de Braga.
Depois de tudo o que ouvi o que mais me parece interessante e existe essa possibilidade é a do estádio ser vendido (e parece que já existem interessados). Para criação de um pólo de empresas, um recinto para espectáculos... Mas a camara já garantiu que empresa que comprar tem que garantir que o SCB jogue no municipal até data já estipulada.
O Braga ficaria assim com uma academia, um pavilhão e um mini estádio numa zona mais calma da cidade. O dinheiro da venda do muncipal  vai ser canalizado para a remodelação do mítico estádio 1º de Maio, que no futuro próximo voltaria a ser a nova casa do SCB  ::) Para mim a situação ideal no sentido em que a verdadeira história do SCB e a dos arsenalistas está diretamente ligada aquele magnifico estádio.
Em ultimo caso teremos de construir o nosso próprio estádio. Mas fazer do estadio 1º de Maio um novo estádio com 15000/20000 pessoas com cobertura talvez ao estilo do "Olimpico de Roma" ou "Olímpico de Berlim" onde se desse prioridade ao conforto e ao melhor do que se tem feito na europa ao nível de estádios. A mistura antigo/moderno iria ficar sensacional. E aí sim faria sentido o clube e a autarquia se juntarem para criar esse projecto para os verdadeiros bracarenses.
PS. Com cadeiras vermelhas obviamente  ;D e já agora a dizer SCBRAGA em cadeiras brancas. E colocar também um capacete de guerreiro a cadeiras brancas na curva  ::) Deixem-me sonhar...
BRG
BRG Juniores
  • ***
  • 413
  • Que nunca por vencidos nos conheçam!
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1229 em: 14 de Abril de 2019, 15:25 »

Arsenalista
Arsenalista Equipa Principal
  • *****
  • 1640
  • Bracara Avgvsta Fidelis et antiqva
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1230 em: 14 de Abril de 2019, 16:31 »
Falta saber quanto é que os investidores interessados estão dispostos a investir, pois também não pode ser "dado", como aconteceu em Guimarães. Mas é sem dúvida uma iniciativa inovadora e que pode inspirar outros municipios com o mesmo problema.
Nós a cantar por ti, tu por nós a vencer!
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 11179
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1231 em: 14 de Abril de 2019, 17:27 »
Deve ter intetessados do caraças. Eu vejo polos para tudo e mais alguma coisa nas publicações da CMB. Na rua vejo esses espaços a cair de podre. Isto só pode ser afirmado por alguém que é irresponsável ou mal intencionado.

E só para frisar que num dia como hoje se vê como cada vez mais caótico o trânsito fica a cada ano que passa.

Já agora fica uma ideia: transformar o EMB num silo de estacionamento para quem tiver assinatura/bilhete da TUB e cortar trânsito ao centro (excepto moradores) do nó com a rodovia para cima.

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 1782
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1232 em: 14 de Abril de 2019, 18:27 »
Nunca a noção esteve tão longe de tanta gente...

O RR gosta tanto de se ver a ele próprio que desta vez até deve ter reunido a família e os amigos para verem o telejornal da RTP.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4087
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1233 em: 15 de Abril de 2019, 00:31 »
Nunca a noção esteve tão longe de tanta gente...

O RR gosta tanto de se ver a ele próprio que desta vez até deve ter reunido a família e os amigos para verem o telejornal da RTP.
Depois de Braga ter aquele que é provavelmente o estádio mais aberrante construído no seculo XXI as tuas palavras surgem um pouco deslocadas no tempo parece-me.
Custa-me entender que o pessoal foque o problema no RR quando o problema é desde 30 de dezembro de 2003 o estádio (basta ler este forum desde esse dia). Custa-me entender que se "ataque" o mensageiro quando infelizmente o problema é a mensagem e o conteúdo da mesma. RR está lá hoje, mas antes esteve MM e daqui por uns anos vai lá estar outro qualquer e o problema vai continuar lá para mal do Braga e dos cidadãos de Braga.
Depois de 165 milhões de euros o clube para continuar a jogar lá e oferecer condições mínimas aos seus sócios tem que lá investir mais uns milhões de euros (como é isto possível?), isto já depois de ter gasto uns milhões a fazer uma zona "Vip" que já lá devia estar desde o 1º dia e acrescento, face ao que o estádio custou bordada a ouro.
E mesmo depois de gastar mais uns milhões o estádio só vai ter mínimos e aqui é que reside o problema, estamos em 2019, já ninguém vive com mínimos, muito menos a pagar bem como se paga no futebol.
E o estádio vai custar cada vez mais (mesmo que se acabe de pagar em 2023) em custos de manutenção por exemplo e vai continuar a ter um rendimento de ZERO.
Alguém vai ter que tomar decisões e assumir riscos, se o melhor caminho é este que se fala, não faço ideia, mas há uma coisa que é certa, o Municipal não foi solução para o Braga nestes 16 anos, não o é hoje nem o vai ser amanhã e daqui a 20 anos muito menos.
Acho que seria um milagre alguém pegar naquilo seja para o que for.
Mas desde já digo que se alguém estiver disposto a pegar naquilo, pagar um valor que permita pegar no 1º de maio, era para ontem. Mesmo achando provável que poderá exigir mais investimento público (repito investimento, no verdadeiro sentido da palavra, o que foi feito no municipal não se pode chamar investimento) e investimento do clube. Algo que permita ao clube e à cidade sustentabilidade e até mesmo rentabilidade.

(é um pouco off topic, mas é uma chapada das grandes aos futebois que por cá se vêem, ontem 2 brasileiros de meia tigela, um deles nem sei se aquilo se chama música (Kevinho) e outro que juro nunca tinha ouvido falar até hoje de manhã (lucas qualquer coisa, esgotou bilhetes 2 ou 3 meses antes do concerto pelos vistos), um em Braga outro em Guimarães meteram cada um 10 mil pessoas nos 2 pavilhões da cidade a pagar preços de 20, 30, 40€, 50€ pessoa... depois estranhem que os estádios tenham cada vez menos gente, pudera, futebol de porcaria, produto de porcaria, condições péssimas, promoção inexistente, tudo um valente zero, o inverso do que estes conseguem fazer.
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 1782
  Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1234 em: 15 de Abril de 2019, 02:56 »
Nunca a noção esteve tão longe de tanta gente...

O RR gosta tanto de se ver a ele próprio que desta vez até deve ter reunido a família e os amigos para verem o telejornal da RTP.
Depois de Braga ter aquele que é provavelmente o estádio mais aberrante construído no seculo XXI as tuas palavras surgem um pouco deslocadas no tempo parece-me.
Custa-me entender que o pessoal foque o problema no RR quando o problema é desde 30 de dezembro de 2003 o estádio (basta ler este forum desde esse dia). Custa-me entender que se "ataque" o mensageiro quando infelizmente o problema é a mensagem e o conteúdo da mesma. RR está lá hoje, mas antes esteve MM e daqui por uns anos vai lá estar outro qualquer e o problema vai continuar lá para mal do Braga e dos cidadãos de Braga.
Depois de 165 milhões de euros o clube para continuar a jogar lá e oferecer condições mínimas aos seus sócios tem que lá investir mais uns milhões de euros (como é isto possível?), isto já depois de ter gasto uns milhões a fazer uma zona "Vip" que já lá devia estar desde o 1º dia e acrescento, face ao que o estádio custou bordada a ouro.
E mesmo depois de gastar mais uns milhões o estádio só vai ter mínimos e aqui é que reside o problema, estamos em 2019, já ninguém vive com mínimos, muito menos a pagar bem como se paga no futebol.
E o estádio vai custar cada vez mais (mesmo que se acabe de pagar em 2023) em custos de manutenção por exemplo e vai continuar a ter um rendimento de ZERO.
Alguém vai ter que tomar decisões e assumir riscos, se o melhor caminho é este que se fala, não faço ideia, mas há uma coisa que é certa, o Municipal não foi solução para o Braga nestes 16 anos, não o é hoje nem o vai ser amanhã e daqui a 20 anos muito menos.
Acho que seria um milagre alguém pegar naquilo seja para o que for.
Mas desde já digo que se alguém estiver disposto a pegar naquilo, pagar um valor que permita pegar no 1º de maio, era para ontem. Mesmo achando provável que poderá exigir mais investimento público (repito investimento, no verdadeiro sentido da palavra, o que foi feito no municipal não se pode chamar investimento) e investimento do clube. Algo que permita ao clube e à cidade sustentabilidade e até mesmo rentabilidade.

(é um pouco off topic, mas é uma chapada das grandes aos futebois que por cá se vêem, ontem 2 brasileiros de meia tigela, um deles nem sei se aquilo se chama música (Kevinho) e outro que juro nunca tinha ouvido falar até hoje de manhã (lucas qualquer coisa, esgotou bilhetes 2 ou 3 meses antes do concerto pelos vistos), um em Braga outro em Guimarães meteram cada um 10 mil pessoas nos 2 pavilhões da cidade a pagar preços de 20, 30, 40€, 50€ pessoa... depois estranhem que os estádios tenham cada vez menos gente, pudera, futebol de porcaria, produto de porcaria, condições péssimas, promoção inexistente, tudo um valente zero, o inverso do que estes conseguem fazer.

Só porque citaste o meu comentário para fazer essa dissertação (digo sem querer ser depreciativo), onde até concordo com a maioria dos pontos e até já os defendi por diversas vezes, digo-te que quem está desfasado no tempo é o RR!
E está bem desfasado aliás, porque se deveria ter “mexido” há muito mais tempo!

O RR é presidente da autarquia desde 2013, e é candidato à câmara desde 2005! Onde é que ele andou nos últimos anos?? Desde a primeira hora em que se sentou deveria ter abordado o problema, em vez de o empurrar com a barriga até ficar com as contas da câmara penhoradas. Claro está que o encargo com o estádio é mais do que criminoso, mas foi para gerir a autarquia que ele foi eleito...e não foi eleito há um par de meses. Ele foi e é para mim um incompetente!

Empurrou um problema grave, com a barriga, para se ir mantendo. Inicialmente não quis melindrar ninguém porque ainda temia uma “não reeleição”, mas depois das últimas autárquicas e como de momento o PS local está moribundo, já não tem de se preocupar em melindrar ninguém. Não me venham falar na propalada mistura de política com futebol, porque não existe “casamento” mais perfeito entre as duas vertentes do que o caso do EMB.

Por exemplo, aquando da cedência dos terrenos, deveriam ter sido negociados novos contratos de “exploração” com o clube/SAD. Para salvaguardar (além das contas da câmara) a exploração do estádio e da sua envolvente com uma perspectiva de futuro e de qualidade para quem lá vai...onde hoje em dia ninguém tem palavra a dizer.

A questão do referendo é demagogia, não precisa de o fazer, tem legitimidade para vender ou deixar de vender o estádio (quem me dera que fosse vendido!). Isto é apenas uma forma de se escusar à responsabilidade. E atirar responsabilidades para os cidadãos. Mas fazer algo que nunca foi feito (já dizia o Abel) traz notoriedade, e que o RR gosta de notoriedade isso é bem sabido. Voos mais altos (do que a câmara) devem ser o seu objectivo político e nada melhor do que assuntos controversos.

O EMB é um problema, e só veria a coisa melhorada com mais dinheiro enterrado ali. Infelizmente é assim. Aquilo é um esqueleto, sem vida, sem envolvente e apenas com as mínimas condições. O problema é que as mínimas condições não vão durar muito mais (aquilo deteriorar-se-á ainda mais) e nós estamos em 2019 e não em 1989...um estádio sem condições, com um produto fraco não chama mais pessoas. Na perspectiva do adepto, a única solução positiva será algo relacionada com a 2a fase da academia (se efectivamente avançar) para “acordar” aquela zona e despoletar algo. Em termos financeiros, talvez uma parceria com o clube...um patrocínio, naming que trouxesse investimento. Alguma empresa estratégica que comprasse o estádio, estabelecesse um contrato de exploração misto com o clube para criar comércio e outros tipos de rendimento da área envolvente.

Não sei, são ideias...alguém que ligue para a Allianz! Pode ser que seja interessante para eles ter um Pritzker no portfólio.
« Última modificação: 15 de Abril de 2019, 03:02 por AMartins »
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4087
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1235 em: 15 de Abril de 2019, 09:51 »
AMartins
No geral estamos de acordo. O problema é antigo, a CMB já o deveria ter "resolvido há mais tempo. Na realidade o estádio tornou-se problema a sério quando deixou de haver dinheiro. Havendo dinheiro ninguém se preocupa com o futuro (veja-se como é governado o país, a visão de futuro é de meia duzia de meses).
E deixou de haver dinheiro basicamente com o acumular de custos que não existiam e que se foram agravando, nomeadamente a parceria dos sintéticos, foi isso que fez disparar o problema. Sem a parceria o Municipal ia continuar no seu sitio até descambar por completo. A juntar à parceria a CMB fez 2 ou 3 obras como rodovia, Forum e ficou completamente nas lonas. Isto para uma 3ª cidade do país é surreal. Penso que é um facto (tendo em contas noticias) que as contas da CMB em 2013 estavam longe de ser aquilo que toda a gente pensava, infelizmente e particularmente no que toca ao estádio.
O assunto estádio é um problema que não interessa a ninguém, ao PS porque é fardo pesado e ao PSD porque é assunto que só traz problemas e nenhum beneficio.

A CMB deveria ter renegociado o contrato? Se calhar devia, os 500€ são simbólicos, mas o próprio estádio é um fardo para o clube, não lhe dá rentabilidade nenhuma. O contrato na realidade não sendo revisto o Braga assumiu custos que antes não tinha desde eletricidade a limpeza que fizeram disparar os gastos para o clube (segundo indicaram à umas semanas 750mil ano)
A única hipótese de aparecer alguém a investir é para o deitar abaixo e construir ali, sinceramente não vejo outra forma de alguém retirar algum rendimento daquilo.
Quanto a RR não sei quais os voos que quer, nem me interessa tão pouco, é problema dele e acho completamente irrelevante para o problema em causa desde que o resolva, seja com um referendo ou de outra maneira qualquer. E em minha opinião não tem qualquer legitimidade para por exemplo demolir o estádio que pode muito bem ser uma das propostas apresentadas e mesmo para venda a legitimidade não é total porque nunca foi abordada em qualquer campanha. Num assunto desta importância (estamos a falar do maior investimento de sempre em Braga em muitos séculos) convém fazer as coisas de forma bem clara.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 11179
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1236 em: 15 de Abril de 2019, 12:12 »
PAF
Concordo com a maioria das coisas, que são conhecidas e repetidas de 2003. Estamos a falar de um acumular inacreditável de erros.

Mas não posso concordar com a forma como o actual presidente da CMB coloca (diria atira) as coisas para a praça pública. Acho que neste aspeto tem tido comportamento demagogo e que em nada ajuda a resolver o problema.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Cão Vadio
Cão Vadio Juniores
  • ***
  • 524
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1237 em: 16 de Abril de 2019, 11:35 »
Está a parecer que, todos os problemas, colapsos e buracos financeiros que a autarquia venha a ter, irão ter aquele "mamarracho" como bode expiatório.
Assim como a falta de investimento em novas acessibilidades á volta da cidade em geral, ou até um simples tapar buracos existêntes na via pública, estão a ser parte de desleixo desta câmara, tb devido aos custos do estádio..!! Tretas! Este presidente não passa de um "xoninhas" e acima de tudo um chorão. A ver vamos se no fim do mandato, não irá tb ter ter muita coisa em nome da família.  Ainda por cima lagarto assumido...eu até podia ser, mas não dizia. Dizia-me Bracarense. Ficava-lhe bem! Este comigo não vai mais á missa. Nas próximas eleições...ala que faz tarde!
Gverreiro99 Iniciados
  • *
  • 67
  Re: Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1238 em: 17 de Abril de 2019, 14:46 »
Está a parecer que, todos os problemas, colapsos e buracos financeiros que a autarquia venha a ter, irão ter aquele "mamarracho" como bode expiatório.
Assim como a falta de investimento em novas acessibilidades á volta da cidade em geral, ou até um simples tapar buracos existêntes na via pública, estão a ser parte de desleixo desta câmara, tb devido aos custos do estádio..!! Tretas! Este presidente não passa de um "xoninhas" e acima de tudo um chorão. A ver vamos se no fim do mandato, não irá tb ter ter muita coisa em nome da família.  Ainda por cima lagarto assumido...eu até podia ser, mas não dizia. Dizia-me Bracarense. Ficava-lhe bem! Este comigo não vai mais á missa. Nas próximas eleições...ala que faz tarde!
Ora nem mais!!
D_PAC
D_PAC Equipa Reservas
  • ****
  • 762
  Que fazer para ter um EMB "à maneira"?
« Responder #1239 em: 18 de Abril de 2019, 01:08 »
Pela transparência e rigor, o SCBraga deveria informar os sócios em que ponto se encontra a 2a fase!
« Última modificação: 18 de Abril de 2019, 12:08 por D_PAC »
#VãoTerDeContarConnosco