You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
Projecto da Formação e Objectivos
2 Respostas
2751 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Projecto da Formação e Objectivos
« em: 26 de Setembro de 2011, 07:32 »
Guarda-redes no 1º de Maio

Reabre hoje, num dos relvados secundários do Estádio 1º de Maio, a escola de guarda-redes do Braga, que nas últimas épocas contou com forte adesão. Para assinalar o arranque das "aulas" e dar algumas explicações aos jovens aspirantes, Quim, Berni e Marcos, os três guardiões do plantel principal do clube, também vão estar presentes.
« Última modificação: 26 de Setembro de 2011, 08:19 por JotaCC »
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re:Projecto da Formação e Objectivos
« Responder #1 em: 26 de Setembro de 2011, 08:20 »
Inicio de época para os Gvardiões dos Gverreiros

O projecto, "Os Gvardiões dos Gverreiros do Minho"- escola de guarda-redes, esta temporada, continua.

Em 2011/12 e sob a coordenação de Rui Correia, treinador e Coordenador dos guarda-redes do SC Braga, esta escolinha arranca para mais um ano esta segunda-feira, dia 26 de Setembro, no campo da Ponte, ao 1º de Maio, pelas 19 horas com a presença de Rui Correia e dos 3 Gvardiões da equipa sénior, Quim, Berni e Marcos, além de todos os outros Gvardiões de todos os escalões.

O estatuto alcançado pelo SC Braga no panorama actual do futebol nacional e internacional não é algo que surgiu do nada, nem se trata de um fenómeno repentista e prematuro.

A história desta família desde 1921 foi-se construindo degrau a degrau ganhando o respeito de todos pelos feitos conseguidos mas também, e não menos importante, pela forma correcta, responsável e respeitosa com que o SC Braga se apresenta todos os dias.

A formação dos Gverreiros é a base, pedra basilar de uma estrutura segura que cresce e se projecta no futuro.

A formação do SC Braga é, hoje e já no passado o era, a imagem de um presente que garante uma história com continuidade.

A Escolinha de Guarda-Redes: “Os Gvardiões dos Gverreiros do Minho” é já, à imagem de toda a formação uma referência e é mesmo apontada  como uma das melhores, senão a melhor, escola de guarda-redes nacional.


Tal como Rui Correia, ex-internacional, referência das balizas que brilhou pelo SC Braga, também Quim agora é uma das referências que ficará para a história.

Ainda internacional português, o camisola nº1 do SC Braga é um exemplo para todos aqueles que um dia sonham ser Gvardiões.


Berni, italiano e o brasileiro Marcos, não sendo fruto da formação dos Gverreiros, são parte da família e oferecem diariamente o seu enorme talento em nome de uma causa.


Também eles são exemplo de tenacidade, profissionalismo e qualidade que os colocam entre os melhores.

Este projecto pretende:

Fomentar o interesse dos jovens pelo posto específico de Guarda-Redes;

Prospecção de talentos com potencial inato;

Oferecer a oportunidade a jovens guarda-redes de alcançar o máximo das suas capacidades seguindo uma metodologia de treino idêntica à dos Guarda-Redes profissionais.
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re:Projecto da Formação e Objectivos
« Responder #2 em: 27 de Setembro de 2011, 07:37 »
Sporting de Braga: formar guarda-redes de topo




É a geração do futuro. Num projecto de olhos postos em formar guarda-redes de topo. A nova época da escola de guarda-redes do Sp. Braga ‘Os guardiões dos Guerreiros do Minho’ deu o pontapé de saída na nova temporada, este ano sob a coordenação de Rui Correia, com mais de 30 jovens, entre os oito e os 15 anos de idade. O primeiro dia contou com a presença especial dos três guarda-redes da equipa sénior - Quim, Berni e Marcos - que apadrinharam o projecto e deram conselhos aos futuros craques.

“A escola baseia-se em tentar formar um guarda-redes que possa vir a servir o Sp. Braga no futuro e, se tivermos um já no escalão dos juvenis ou juniores, as coisas são muito melhores. Na primeira abordagem que tive com o presidente, disse-me que era um trabalho extremamente importante, porque tínhamos que formar um guarda-redes de topo”, sublinhou Rui Correia.

O antigo internacional e ex-guardião arsenalista - agora no papel de coordenador e treinador - lembra que “existe uma falta muito grande de guarda-redes portugueses”, perante o elevado número de estrangeiros, por isso, é claro: “mais do que nunca, é importantíssimo retirar deles o maior pos sível de valor, para que um dia mais tarde sejam uns grandes guarda-redes, é para isso que trabalhamos”.

O Sp. Braga é um clube já reconhecido e com forte tradição na formação de guarda-redes, um trabalho que Rui Correia diz “ir ao encontro do que foi feito com Quim e Eduardo”, os grandes nomes das balizas portuguesas formados em Braga.

“É um método diferente agora, quando eu jogava também não se podia jogar com os pés, não se podia jogar com as mãos quando nos atrasavam, por exemplo, o futebol tem evoluído muito. Ainda bem que existe esta escola, é uma escola que pode vir a dar frutos, por isso, só temos que estar empenhados juntamente com os sete treinadores”, sublinhou o coordenador.

O projecto pretende fomentar o interesse dos jovens pelo posto específico de guarda-redes, assim como permite a prospecção de talentos. A prioridade passa “pelos escalões do clube”, mas a escola está também aberta à inscrição de outros jovens atletas, permitindo abranger entre 30 a 50 miúdos. O trabalho desenvolvido vem na sequência da época transacta, com os treinos semanais agendados para as segundas-feiras, sempre a partir das 19 horas

Correio do Minho