Quantcast
O sucesso do Sporting Clube de Braga
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
O sucesso do Sporting Clube de Braga
17 Respostas
5244 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
RIKYSCB
RIKYSCB Equipa Principal
  • *****
  • 1023
  • BRAGA - CIDADE DAS CONQVISTAS
  O sucesso do Sporting Clube de Braga
« em: 27 de Março de 2012, 15:46 »
O sucesso do Sporting Clube de Braga
Vou falar do maior sucesso desportivo de Portugal, chamado Sporting Clube de Braga. Hoje em dia o Braga começa a ter mais reconhecimento quer nacional quer internacional devido não só aos feitos desportivos mas, sobretudo, nos feitos económicos

Vamos recuar 15 anos, nesta história magnífica deste clube minhoto. Na época de 97/98 chegámos á final da Taça de Portugal, infelizmente perdemos, e também não passamos dos 16-avos de final da Taça UEFA mas acabámos em 10º lugar no campeonato. A partir deste ano até 2003 o clube atravessou tempos difíceis a todos os níveis, com lutas para não descer, mudanças constantes de treinadores, contratações sem sentido, enfim aquilo que todos os clubes, actualmente tentam evitar.



Mas isto acabou com a chegada do presidente António Salvador á frente de um projecto que na altura era gozado, que queria ver este clube chegar há “Liga dos Campeões” . De então o clube sofreu muitas mudanças radicais, desde logo a passagem do velhinho estádio 1º de Maio, para o Estádio Municipal de Braga, mais conhecido por AXA.

Nesta altura o Braga contratou Jesualdo Ferreira, treinador experiente com passagens, efémera, pelo Benfica – trouxe desde de cedo uma nova mentalidade - o clube têm de atingir outros patamares -, na verdade no 2º ano deste treinador o Braga chega ao 4 lugar e vai as meias-finais da Taça de Portugal.
Apesar de 2 épocas confusas (três treinadores e um interino) o Braga termina em 4º em 2006 e 2007- nesta época chega novamente as meias-finais da Taça de Portugal.

Em 2007/2008 o Jorge Jesus remodelou um plantel trazendo novos jogadores de melhor qualidade e o Braga nesta época apesar de acabar em 7º lugar faz uma campanha europeia fantástica (eliminado nos 4 minutos contra o Paris Saint-Germain), nos oitavos de final da Liga Europa, onde foi 0 4º clube português a ganhar UEFA Intertoto Cup. Foi nesta época em que o Braga apresentou desde que entrou A. Salvador o melhor futebol praticado mas sem resultados desportivos no mínimo exigíveis.
 

                                                                       


Nos próximos 2 anos o Braga conhece o melhor período da sua história onde luta até ao fim pelo titulo, onde chega a Champions League e acaba em Beleza na final da Europe League numa final épica entre duas equipas portuguesas, no qual o nosso clube perdeu por 1-0.

                                                                     

Na presente temporada muitos não acreditavam no momento do Braga que durasse muito mais tempo, apostavam, comentavam de forma violenta que clube iria perder tudo , descer de divisão ter novas dividas – o novo caso do Boavista.

MAS O NOSSO PRESIDENTE ACREDITOU NAS SUAS CAPACIDADES e contratou jovem treinador madeirense com o nome de Leonardo Jardim, que trazia na sua história uma subida do Desportivo das Chaves para a segunda liga e levou o Beira- Mar para a 1º liga do futebol em Portugal.
Com Leonardo Jardim o Braga quebra novos recordes:
-  Vençe pela primeira vez em Inglaterra
- Vai as meias-finais da Taça da Liga
- A equipa fair-play do ano
- Bate recorde de outros treinadores do Braga, com 13 vitórias consecutivas.
-……
E ainda pode ser campeão!!! Contra os maiores clubes de Portugal: Benfica e Porto.

Este Braga tem ainda o sucesso económico:
Resultados económicos sempre a ganhar, com vendas por altos valores e compra de jogadores de equipas de pequena dimensão por baixos valores, o mais gritante foi o do Matheus comprado por 100 mil euros vendido por 850 mil.
Jogadores com as carreiras renascidas( Custódio, Hugo Viana), jogadores com preocupações financeiras tranquilas e acima de tudo o constante sucesso futebolístico.
Um clube que têm bastantes jogadores de qualidade e aposta em jovens promessas ( Gulherme, Zé Luís, Aníbal, Elderson, Ukra ....)



Uma massa adepta cada vez mais a favor do clube da região e não dos 3 “grandes” portugueses. Em 20º3 o clube tinha 6 mil sócios, no máximo neste momento tem acima dos 25 mil ! – FANTÁSTICO

Podemos concluir que nesta época do Salvador atingimos patamares interessantes:
- Uma final europeia
- Uma taça Intertoto
- 2 Meias-finais da Taça de Portugal
- 1 Meia-final da Taça da Liga
- prémio de gestão do Ano em 2011 da UEFA
- Chegada á Liga dos Campeões
- Vice-campeão nacional em 2009
- Campeão Nacional 2012/2013  ;) ;) ;) ;) ;)

Viva o Sporting Clube Braga[/size][/color]
Força Braga - Com raça e atitude é meio caminho para ganhar os jogos!!
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #1 em: 27 de Março de 2012, 20:13 »
A RTP acaba de informar que o Trio D'Ataque irá ter desde hoje um representante do Sp. Braga. Oxalá sejamos bem representados. ;)
Anuncios M
Anuncios M
andre_carneiro
andre_carneiro Equipa Principal
  • *****
  • 1040
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #2 em: 28 de Março de 2012, 15:27 »
Em termos de contratações acho que melhor exemplo da boa politica do Salvador é o Sílvio... comprado por tute e meia se é que chegamos a pagar alguma coisa (não me recordo) e vendido por 8M€... em apenas um ano..
« Última modificação: 28 de Março de 2012, 20:28 por A.COSTA »
ZT143
ZT143 Equipa Principal
  • *****
  • 1028
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #3 em: 28 de Março de 2012, 21:24 »
Na epoca do jesus ficamos em 4 ou 5, e na dos 3 treinadores ficamos em 7.

tb não tenho a certeza se chegamos duas vezes seguidas as meias finais, acho que uma delas foi aos quartos com o Setubal
SCB | ABC | HCB | Braga Warriors | Braga Rugby | CTB
Anuncios V
Gui40
Gui40 Equipa Principal
  • *****
  • 1534
  • Orgulho em ser bragvista <3
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #4 em: 28 de Março de 2012, 21:27 »
Na epoca do jesus ficamos em 4 ou 5, e na dos 3 treinadores ficamos em 7.

tb não tenho a certeza se chegamos duas vezes seguidas as meias finais, acho que uma delas foi aos quartos com o Setubal

Na época do Jesus ficamos em 5º
Carvalhinha
Carvalhinha Equipa Principal
  • *****
  • 5298
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #5 em: 29 de Março de 2012, 07:59 »
FIFA destaca série vitoriosa

A série de 13 vitórias consecutivas obtidas pelo Braga na Liga foi destacada pela FIFA como um dos factos da semana. O organismo que tutela o futebol mundial explica no seu sítio oficial que os arsenalistas "não deixaram escapar nenhum ponto desde novembro e são a única equipa, a par do FC Porto, a conseguir uma série tão longa nas últimas duas décadas".

notícia @ O JOGO
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #6 em: 29 de Março de 2012, 13:10 »


in Record
Carvalhinha
Carvalhinha Equipa Principal
  • *****
  • 5298
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #7 em: 29 de Março de 2012, 15:55 »
Adorei estas palavras de Jorge Sequeira:
"Os outros que façam as despesas, já que têm maiores orçamentos; o Braga já ganhou por ter chegado onde chegou e se vencermos na Luz ficaremos muito mais perto do céu. Mas se perdermos, continuamos no paraíso, os outros é que estão a ficar com o rabo perto do fogo do inferno..." :)
Anuncios M
Anuncios M
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #8 em: 29 de Março de 2012, 23:22 »
"Ser ou não ser [do Braga], eis a questão"

Duzentos anos passaram desde que um senhor alemão, conhecido pelo seu bigode farfalhudo, defendeu que uma das piores limitações dos oprimidos e pobres em geral, e aquilo que os torna inferiores em que relação à classe dominante, é "nada mais, nada menos" do que o ressentimento. Este ponto constitui um dos pilares da sua moral aristocrática: o pobre odeia o rico. Este, por seu turno, em vez de odiar, tem tempo para coisas mais criativas. Logo, o rico é melhor que o pobre e mais vale que seja ele a mandar no mundo. Que se lixe o pobre!

Por fortuna do destino, diga-se que, nesta temporada 2011/2012, o futebol português tem-nos ensinado precisamente o contrário, e vinque-se este ponto: o nosso futebol não é para adormecer as massas em almofadas de clubite crónica e lençóis de ódios sem finalidade nem princípio nenhum que se veja. Não-não-não-não---não!! Nada disso. O futebol português é filosofia em movimento e nele se notam claramente aspectos psicológicos, existencialistas e fenomenológicos que nos ajudam a ter uma imagem infinitamente mais clara da espécie humana e da sua organização social. Como? Ora vejamos...

Comece-se por definir, de forma simplista e grosseira, o Ressentimento: será aquilo que controla a vida dos que, sofrendo de qualquer espécie de privação, se viram contra o grupo de indivíduos com posses e poder, pela simples razão de invejarem esses atributos. São, então, incapazes de se definirem senão em oposição ao outro: o adepto português desatento às propriedades iluministas do nosso futebol diria que "o Benfica é m€£§@" ou que o "Porto é pior que m€£§@" e por aí a fora. Dominados pelo ódio, mostram-se incapazes de ver mais além e de se deixar levar pela beleza transcendente das declarações dos treinadores portugueses, essa nova fonte inesgotável de orgulho nacional.

Do feio ressentimento surge a prima gira, de nome "Revolta". Enquanto o primeiro é um acto isolado de ódio gratuito e sem sentido para além de si mesmo, a revolta pressupõe a adesão a uma ideia, a uma visão de um mundo diferente. A revolta leva, então, o homem a dizer que este mundo não devia existir, não havendo ainda, no entanto, uma acção concertada para o mudar. Esta absoluta negação do real é exemplificada desde há longos anos pelos dirigentes do Sporting: falam ininterruptamente no "sistema" que, por sinal, está sempre contra eles, e na necessidade de o derrubar. Numerosos estudos metafísicos tendo por objecto as declarações destes senhores estão neste momento a ser desenvolvidos e serão sem dúvida publicados em revistas e obras de enorme prestígio e de consequências inigualáveis.

Por fim, temos a filha adolescente da revolta, chamada "Revolução". Esta passa das palavras aos actos: não pensa, faz! E leva tudo à frente no seu movimento transformador. O exemplo da mesma é o nosso querido Braga. Não precisa de milhões, de truques, de décimos segundos jogadores e muito menos de desculpas esfarrapadas sobre o penálti que não foi marcado mas devia ter sido. Nada disso. O Braga faz o seu trabalho, ultrapassa os grandes, e pouco barulho que não é para todos. Mas o que faz a "aristocracia" do futebol português, esses tais nobres livres do ressentimento? Entregam-se ao ódio contra os árbitros, contra as frutas, contra as novas regras, contra as regras antigas, enfim, contra tudo e contra todos. Incluindo contra si próprios, como se tem notado nos últimos jogos. E porquê? Porque o pequeno Braga é infinitamente mais nobre (e livre de vícios e de ódios) do que os milionários (e endividados) três grandes do nosso campeonato. Pode não terminar em primeiro lugar, mas já ganhou em tudo o que realmente importa.

Conclusão? Infelizmente, penso que vivemos na era do ressentimento. Isto acontece, pelo menos em parte, porque já não conseguimos (nem nos deixam) acreditar na revolta e nas revoluções, pelas razões que todos conhecemos e que também envolvem outros dois famosos bigodes. Deus "morreu" (tal como Jesus no final desta época) e deixou ao homem a responsabilidade de criar o seu próprio mundo. Não tendo resultado os grandes projectos (comunistas, fascistas e neoliberais) do século XX, é tempo de dar oportunidade às pequenas acções e às boas - embora insignificantes - ideias. Se o Braga consegue ser primeiro, nós também conseguimos. Deixe-se de lado o Obama, a Merkel, os bancos e as petrolíferas, o jornal das 9 e as grandes questões da actualidade, e concentremo-nos no "aqui e agora". Coloque-se na linha da frente a Graciosa, a nossa vida, as nossas terras, os nossos vinhos, o nosso mar e as nossas festas. Os outros são todos demasiado grandes e comem demasiada fast-food. Nós somos pequeninos. Façamos coisas pequeninas. Mas hoje, não amanhã. Com coragem, humildade e inocência q.b., façamos deste o século da formiga, com muita calma e persistência (sem esquecer que ser cigarra também sabe bem de vez em quando).

in RTP Açores
Gui40
Gui40 Equipa Principal
  • *****
  • 1534
  • Orgulho em ser bragvista <3
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #9 em: 29 de Março de 2012, 23:31 »
Excelente!!!!!
Aquiles Equipa Principal
  • *****
  • 1178
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #10 em: 29 de Março de 2012, 23:35 »
Muito bom o texto acabado de postar, bem assim como as palavras de Jorge Sequeira.

Para mim humilde adepto de bancada do Axa, o principal sucesso é mesmo eu sentar-me e ver que a Equipa que transportas as cores da minha Paixão, entra sempre em campo para Vencer!

Este sentimento, esta forma de estar em campo, sem manhas, o fazer sempre mais com menos do que muitos outros, o ultrapassar adversários ainda há pouco anos apenas imaginaveis, como Liverpool e Sevilha. Chegar á final da Liga Europa realizando 19 jogos numa só época, marca nunca alcançada por outro clube Português, disputar os primeiros lugares da Liga sistematicamente com orçamentos 6 ou 7 vezes mais baixos que os adversários. Isto é para mim o sucesso do meu SCBRAGA.

Obrigado a todos os que contribuem para que tudo isto seja possivel.

Acreditem que muito mais ainda seremos capazes de alcançar!
Anuncios G
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #11 em: 02 de Abril de 2012, 16:09 »
Sp. Braga: para o ano é que é?
Significados da derrota na Luz


Este texto é um «desce», mas começa com um elogio: o Sp. Braga esteve bem na Luz e não desiludiu, demonstrando que é legítimo contar com a equipa de Leonardo Jardim.

O Sp. Braga foi forte na defesa (embora menos competente do que em jogos anteriores), apresentou um meio-campo sério (embora com menos Hugo Viana do que em outras partidas) e fez o sufiente na frente para incomodar o Benfica (embora Lima não tenha marcado).

Na prática, o Sp. Braga foi fiel a si próprio. Sem ferrolhos, sem autocarros, com uma estratégia definida que apontava à vitória. Desperdiçou três excelentes oportunidades, também permitiu algumas ao Benfica. É uma equipa muito boa, construída com atenção aos detalhes, trabalho de mestre.

Cometeu um erro grave (a grande penalidade é infantil) e uma distração, por isso perdeu. Mas a ideia essencial do jogo não é, creio, essa. O que ficou da partida é que se a vitória do Benfica é aceitável e compreensível, qualquer outro resultado também faria sentido, face ao que se jogou.

Mas a derrota do Sporting de Braga significou o fim do ciclo de treze triunfos consecutivos e foi também a segunda perante candidatos, esta época. Já tinha perdido no Dragão.

Com apenas um jogo entre os três para jogar, Leonardo Jardim conseguiu apenas um ponto (em casa, com o Benfica). Mesmo que vença o F.C. Porto, no sábado, somará apenas quatro nesse campeonato a três. o Benfica tem cinco e o campeão já leva sete.

Que significa este facto? Pode querer dizer que ainda falta qualquer coisa ao Sporting de Braga, quando se trata de enfrentar os maiores. Pode ser qualidade individual (no caso do lateral esquerdo acho que é disso que se trata, Elderson é demasiado irregular e por vezes ingénuo), pode ser capacidade para suportar a pressão (não creio), pode ser apenas coincidência (se cair no sábado esta hipótese desaparece).

No sábado, com o F.C. Porto, o Sporting de Braga dir-nos-á se já está capaz de levar a disputa do título até ao fim (e continuo a achar que sim) ou se teremos de voltar a falar no tema para o ano.

in Mais Futebol
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #12 em: 02 de Abril de 2012, 16:11 »
Os novos "três grandes"

O Braga ganhou a corrida ao Guimarães e está a um passo de irradiar o Sporting do mundo dos "três grandes" – aqueles que têm direito ao dinheiro da Liga dos Campeões. E, hoje, quem não faz parte desses grupo arrisca-se a ficar a patinar na maionese o resto da vida.
A poucas jornadas do final do campeonato, há uma coisa óbvia: se há equilíbrio no trio da frente é porque não há nenhuma grande equipa capaz de mostrar a sua superioridade. E há, claro, a confirmação de uma tendência visível: o Braga vai tentando impor-se como o "terceiro grande", em troca com o Sporting. Se houvesse uma equipa determinante, já teria aproveitado a irregularidade das outras, especialmente FC Porto e Benfica, que têm esbanjado pontos como se fossem acessórios dispensáveis. Benfica e FC Porto têm mostrado esta época uma grande irregularidade (é visível a falta de frescura física de ambas as equipas), fraquejando quando é menos expectável. Uma equipa que quer ganhar não pode perder cinco pontos em duas jornadas, como fez o Benfica. Para além disso, é evidente algo: FC Porto e Benfica deixaram de meter medo aos adversários. O respeito, às vezes, ganha jogos. Ambas as equipas têm plantéis fabulosos mas por vezes os jogadores que decidem apagam-se. E há jogadores, nas duas equipas, que não deveriam lá estar.

Não é só isso que determinou este campeonato equilibrado onde quem está na frente olha para a vitória mas, também, para as benesses disso: o dinheiro que vem da Liga dos Campeões. Que é determinante para orçamentos enormes e para aliviar um pouco as dívidas colossais do passado. É também aí que o Sporting de Braga está a dar uma lição de inteligência aos adversários directos. O Braga tem um orçamento muito mais reduzido do que Benfica ou FC Porto (e mesmo Sporting). Mas tem tido à frente um presidente, o sr. António Salvador, que obviamente sonha com outros voos, talvez até mesmo fora de Braga, que faz uma gestão muito rigorosa do orçamento. Com o tempo, foi escolhendo treinadores que se adaptam ao seu plano. Lembremos: o sr. Jesualdo Ferreira, o sr. Jorge Jesus, o sr. Domingos, o sr. Leonardo Jardim. Soube aproveitar o apoio que a Câmara Municipal deu ao clube. E transformou o Braga no clube da sua cidade, e não apenas no segundo clube da maioria dos bracarenses.

Tem feito equipas quase com sobras dos grandes. E tem feito bons negócios nas vendas. Junta-se a isso uma atenção muito especial ao poder paralelo no futebol: o sr. António Salvador foi buscar nomes com traquejo profissional e tem hoje um peso determinante num sector onde é preciso ser forte: o da arbitragem. O Braga não tem tido tantos problemas como FC Porto, Benfica ou Sporting com os árbitros. Mas sabe pressioná-los, como já se sentiu. Quando se junta tudo isso: apoio regional, profissionalismo sério e gestão forte, os dados estão lançados. O Braga ganhou a corrida ao Guimarães e está a um passo de irradiar o Sporting do mundo dos "três grandes" – aqueles que têm direito ao dinheiro da Liga dos Campeões. E hoje, quem não faz parte desse grupo arrisca-se a ficar a patinar na maionese o resto da vida.

in Jornal de Negócios
lmcoelho
lmcoelho Juniores
  • ***
  • 384
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #13 em: 02 de Abril de 2012, 17:04 »
Os novos "três grandes"


Tem feito equipas quase com sobras dos grandes. E tem feito bons negócios nas vendas. Junta-se a isso uma atenção muito especial ao poder paralelo no futebol: o sr. António Salvador foi buscar nomes com traquejo profissional e tem hoje um peso determinante num sector onde é preciso ser forte: o da arbitragem. O Braga não tem tido tantos problemas como FC Porto, Benfica ou Sporting com os árbitros. Mas sabe pressioná-los, como já se sentiu. Quando se junta tudo isso: apoio regional, profissionalismo sério e gestão forte, os dados estão lançados. O Braga ganhou a corrida ao Guimarães e está a um passo de irradiar o Sporting do mundo dos "três grandes" – aqueles que têm direito ao dinheiro da Liga dos Campeões. E hoje, quem não faz parte desse grupo arrisca-se a ficar a patinar na maionese o resto da vida.

in Jornal de Negócios

Pelos vistos andamos todos enganados... o SCBraga manda na arbitragem! e os outros coitadinhos sofrem as consequências... se calhar foi isso que (não) se passou este fds...
Orgulhosamente Bracarense!
O meu nick é LMCOELHO, não IMCOELHO
brigada da relote
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #14 em: 03 de Abril de 2012, 22:31 »
Internet: Projeto revela quais os temas mais em voga nas redes sociais

O Barómetro Social Media Portugal pretende saber quais os temas mais discutidos nas redes sociais no país. Política e futebol são dois dos tópicos que vão estar na agenda do projeto.

A partir de agora é possível saber qual o político que mais ecoou nas redes sociais ou qual a ferramenta digital preferida dos internautas para falar sobre futebol. O Barómetro Social Media Portugal é um projeto da Identidade Digital (ID) e da Cision, duas consultorias de comunicação que pretendem analisar, mensalmente, quatro temas em Portugal: dois permanentes, política e futebol, e dois variáveis.

Renato Póvoas, parceiro da Identidade Digital, salienta a pertinência deste estudo que procura perceber "o que os portugueses escrevem diariamente nas redes sociais, local onde, efetivamente, passam cada vez mais tempo e onde exprimem as suas opiniões, sem filtro".

Quanto aos resultados do mês de março [PDF], Vítor Gaspar foi o ministro com maior número de referências, chegando a ser citado quase três mil vezes, seguido de Miguel Relvas, que também foi mencionado em mais de duas mil ocasiões. Quanto aos líderes partidários, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, é, de longe, o mais falado, com 8891 referências. Paulo Portas, do CDS-PP, surge na segunda posição, um pouco à frente de António José Seguro, do PS.

No futebol, o estudo verificou que o Benfica é o clube mais referido em todas as redes sociais analisadas, seguido do Porto, Sporting e Braga, respetivamente. Também se concluiu que, enquanto o Facebook é o canal predileto para se falar sobre futebol, a política ganha um maior espaço de discussão nos blogues.

Os principais espaços online observados neste estudo são o Facebook, o Twitter, blogues e fóruns de discussão. Este projeto pretende examinar diariamente os temas que mais ressoaram nestes meios de comunicação, sendo os resultados publicados na primeira semana de cada mês.

in http://jpn.icicom.up.pt/2012/04/03/internet_projeto_revela_quais_os_temas_mais_em_voga_nas_redes_sociais.html
darkshines
darkshines Equipa Principal
  • *****
  • 2201
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #15 em: 04 de Abril de 2012, 01:01 »


Leiam bem! Esta é uma das nossas maiores armas.....

Enquanto os outros foram campeões mas faziam parte de uma cidade onde outro clube já era rei, no caso do boavista, o porto e no caso do belenenses o benfica e sporting, nós temos uma cidade e região que certamente fará deste clube um clube cada vez maior!
Tuga2006
Tuga2006 Equipa Reservas
  • ****
  • 768
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #16 em: 04 de Abril de 2012, 01:29 »
Pelo que sei a SIC E A TVI Recusaram ter um representante do SCB. Só a RTP  aceitou discutir o assunto dizendo desde logo que concordava, entretanto julgo que devido a este forum e a cartas expostas aqui, que os foristas usaram fizeram cair o João Gobern.
É um bom sinal a meu ver.
« Última modificação: 04 de Abril de 2012, 01:30 por Alexandre Machado »
lmcoelho
lmcoelho Juniores
  • ***
  • 384
  Re:O sucesso do Sporting Clube de Braga
« Responder #17 em: 04 de Abril de 2012, 09:45 »



Leiam bem! Esta é uma das nossas maiores armas.....

Enquanto os outros foram campeões mas faziam parte de uma cidade onde outro clube já era rei, no caso do boavista, o porto e no caso do belenenses o benfica e sporting, nós temos uma cidade e região que certamente fará deste clube um clube cada vez maior!

Se tu reduzires a imagem e a colocares aqui, teria muito maior leitura. Assim, está desfocada e maior que o ecran...
Orgulhosamente Bracarense!
O meu nick é LMCOELHO, não IMCOELHO
 

Anuncios M
Anuncios M