You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
100 Respostas
11618 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Ritaraujo
Ritaraujo Juniores
  • ***
  • 351
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #40 em: 12 de Março de 2012, 18:55 »
Assumir para que? Não temos de provar nada a ninguém e nunca precisamos de atenção dos media nem de capas de jornais para ganhar jogos. Estamos muito bem assim.
Vamos é continuar a fazer o nosso campeonato, ganhar jogo a jogo e no fim fazem-se as contas!
brigada da relote
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #41 em: 12 de Março de 2012, 19:28 »
Acho que isto responde à questão:

Mais cabeça, menos coração. Pode ser? :-[ :-X
Anuncios M
Anuncios M
nandes
nandes Equipa Principal
  • *****
  • 2110
  • Gverreiro nandes!!!
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #42 em: 12 de Março de 2012, 19:30 »
Os objetivos foram traçados no inicio da época. Não faz qualquer sentido os alterar.

Reis, estou inteiramente de acordo contigo e com todos os que defendem que devemos estar ... calados!

No início da época, como muito bem já esclareceu o Leonardo Jardim, perfilaram-se 3 candidatos ao título, um candidato aos 4 primeiros lugares e dois candidatos à Europa. Nessa altura é que se devem apontar os objetivos: e o SCBraga fê-lo claramente - ficar num dos quatro primeiros lugares!

Neste momento, em que matematicamente apenas temos asegurado o sexto lugar, não faz qualquer sentido, em meu entender como é evidente, apresentar um «orçamento» retificativo: o nosso objetivo, em devido tempo apresentado, em nada está alterado!

Posto isto, que interesse temos nós em refazer o n/ objetivo se ele ainda é perfeitamente alcançável? Para que em caso de não ser atingido, venhamos a ser alvo da n/ tão querida CS? Será que ao nosso «ego» fará melhor atingir o 3.º, 2.º e 1.º depois de termos apontado como mínimo o 4.º lugar, ou atingir o 2.º, 3.º ou 4.º depois de termos projetado o 1.º?

Quando garantirmos, matematicamente o 4.º lugar, devemos fazer «uma revisão em alta», passando a definir como objetivo um dos 3 primeiro lugares e assim sucessivamente.

Como também aquiu já alguém disse, os n/ objetivos atuais são o de ganhar ... o próximo jogo! Se assim o fizermos, lá teremos que ficar com o caneco no final da época. Mas o n/ objetivo não tem que ser alterado agora!


Até estou a citar estes dois post's, por tão de acordo estar com eles. Muito bem CCPM!!!
UNS TÊM INVEJA DA NOSSA ASCENSÃO
OUTROS TÊM MEDO DA NOSSA AMBIÇÃO
SCB / BL
barinho
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #43 em: 12 de Março de 2012, 19:39 »
O que conta é a ambição dentro do grupo e aí não tenho dúvidas que todos estão a lutar para serem campeões.Para fora não vale a pena modificar o discurso,não temos nada a ganhar,bem pelo contrário.

Vamos continuar assim passo a passo e acredito que desta vez vamos chegar lá!
Anuncios V
Armando Coelho Equipa Principal
  • *****
  • 1636
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #44 em: 12 de Março de 2012, 20:03 »
Muito sinceramente, na minha opinião, não vejo porque razão havemos de assumir a "responsabilidade" de lutar pelo título? Que benefícios nos poderá trazer a não ser outro tipo de responsabilidade? Porque raio anda a CS a bater sistemáticamente nesta tecla se até agora nos ignoraram? Será pelos nossos lindos olhos?
Será que ao fim de 9 anos de presidência Salvador os adeptos do próprio clube ainda não o conhecem? Pois meus amigos, desde há uns anos a esta parte, no início de cada época, estou sempre com as expectativas altas em relação às aspirações do Braga quanto à questão do título, e não é agora por assumir ou deixar de assumir que vamos ser mais candidatos do que eramos há umas jornadas atrás. Que eu saiba, no início da época em curso, o nosso presidente assumiu indirectamente a luta pelo título, toda a gente já deveria conhecer a sua ambição. Ele nunca afirmou objectivamente que a meta seria o quarto lugar, sempre disse que o objectivo seria UM DOS PRIMEIROS QUATRO LUGARES, tanto poderia ser o 1º, o 2º, o 3º ou o 4º, e porquê? Porque como não nasceu há dois dias, sabe perfeitamente que não pode e não deve exigir ao grupo de trabalho a responsabilidade de assumir a luta pelo título, não investiu para isso mas acredita piamente que os jogadores que contratou para formar o plantel tem qualidades suficientes para lutar pelo mesmo. E se incluiu no respectivo contrato (como já foi por aqui sugerido) uma cláusula que preveja prémios monetários no caso de serem campeões, é mais uma prova de que o objectivo passava pela luta pelo 1º lugar correndo por fora e retirando pressão aos jogadores. Como se tem vindo a constatar, a estratégia tem resultado na perfeição. Então, porquê agora mudar o que quer que seja? Salvador, também prova outro tipo de maturidade e traquejo nas questões da luta pelo título, tem ainda bem presente a péssima experiência e que nos custou o justíssimo 1º lugar, quando há 2 anos assumiu publicamente a luta numa fase mais adiantada do que esta, também ele se deixou levar pela euforia do adepto comum. Mas, só é burro quem não aprende com os erros, ainda por cima numa liga recheada de armadilhas colocadas pelos Srs do poder instituido (3 metralhas, CS, CA, LPFP, FPF, CJ e CD) ainda por cima estando ele (nós) desprotegido, (sem "valentões" a servir de escudo protector). Ao contrário do que muita gente possa pensar, a CS não apostaria um tostão furado num Braga campeão.
Ainda o Braga estava a 8 pontos da liderança e quando já todos (CS, paineleiros, cronistas) davam o boifica como mais que provável campeão, eu insistia e até apostava com os adeptos desse ridiculo clube que a luta do Braga passava pelo 1º lugar e que ultrapassariamos os protegidos farsolas da CS, eles riam-se com desdém. Pois bem meus caros, no espaço de 15 dias o riso de desdém transformou-se num ápice num envergonhado sorriso amarelo.
Para rematar. Estou plenamente de acordo com a estratégia adoptada pelo clube, muito embora nós saibamos que o objectivo é o 1º lugar e a conquista do título, não devemos nem temos obrigação moral de assumir o que quer que seja. Ponto parágrafo.
Mais Norte
Mais Norte Equipa Principal
  • *****
  • 2893
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #45 em: 12 de Março de 2012, 20:32 »
Já todos perceberam que jogamos para o título. Estamos a fazê-lo num ambiente totalmente adverso e em que só podemos contar com as nossas próprias forças.

A posição assumida por ric é pertinente. Entendo que é possível encontrar bons argumentos, como aliás ele o faz, para a defender. Do mesmo modo, os que defendem a posição contrária não deixam de ter razão nas muitas “razões” que apresentam.

Concordo com os últimos.

Percorrendo os posts que são colocados, neste e noutros tópicos, é evidente que todos os braguistas têm uma noção clara daquilo que é o futebol nacional e da forma como os mais variados interesses nele se movem: comunicação social, jornalistas individualmente considerados, empresários, organismos associativos como a Liga e a FPF, árbitros e arbitragens, dirigentes, comentadores, eu sei lá, um mundo intrincado através do qual é necessário saber navegar para que não naufraguemos.

Levo muitos anos a acompanhar o Braga e sei que é necessário manter a cabeça fria no meio deste caldeirão de ambições pessoais, vantagens financeiras, promoção mediática e, “vagamente”, estou a ser irónico, interesses desportivos.   

O nosso treinador tem sido um exemplo de como se deve dirigir uma equipa no contexto em que se move o Braga e tem dado provas de que é um líder exemplar. Contra insultos vergonhosos e contra assobiadelas miseráveis. Claro que também erra e nem sempre concordei, ou concordo, com as suas opções.

O nosso Presidente tem tido a habilidade de saber gerir correctamente as várias vertentes do jogo em proveito do nosso Clube. Não significa isso que não cometa erros, mas o balanço é tão positivo, em termos desportivos e financeiros, que só podemos esperar o melhor da sua gestão.

Os nossos jogadores têm sido um exemplo de determinação, espírito de sacrifício, dedicação ao clube, espírito de equipa e vontade de vencer que tudo devemos fazer para os proteger. Está criada, de forma altamente positiva, a imagem do “jogador à Braga”. Quem para cá vem já sabe como é, salvo uma ou outra excepção.

Temos que os proteger de nós próprios e dos outros:   

- Todos os jogos são difíceis. Veja-se Benfica e Porto nesta jornada. No Sábado aos 6/7 minutos o Rúben Amorim estava arrumado com uma entrada selvagem que o árbitro fez que não viu. Depois foi o Mossoró. O jogo estava complicado. Tínhamos falhado muitos golos. Junto a mim, embora houvesse mais gente a apoiar, lá se ouvia um ou outro parvalhão a insultar tudo e todos. Temos inimigos entre nós e é necessário combatê-los;

- A imprensa e os outros clubes, maiores e mais pequenos, admito que haja excepções, estão todos contra o Braga.

Os nosso jogadores lêem jornais, vêem televisão e ouvem rádio. Sentem o ostracismo a que são voltados. Uma ou outra frase simpática e o resto é Benfica, Porto e Sporting.

Tudo o que de bom e de positivo fazemos é subalternizado ou menorizado. Dão-nos uns rebuçados de vez em quando.

Tudo o que acontece de negativo ganha foros de escândalo e de “tratantice”.

Veja-se o jogo com o Leiria. As entradas selvagens sobre os nossos jogadores nem são referidas. Mas o lance do fora de jogo é por todos referenciado como um escândalo.

Para os nossos jogadores, que tudo têm dado em campo ao longo de tantas jornadas, ser tratado assim deve ser altamente penalizador.

Assumir a candidatura ao título nesta fase ainda é prematuro. Assim pensam a equipa técnica e a direcção.

Confiemos no seu juízo pois terão razões para isso.

Penso que fazê-lo iria dar espaço à imprensa e aos seus agentes para que a nossa equipa, assim como os nossos jogadores, lhes servissem de tiro ao alvo. E não temos vozes públicas para, diariamente, responder a esse tiroteio.

Mostremos ambição, muita ambição para cada jogo. Caiamos sobre os nossos adversários com todo o fogo possível.

Quem tiver possibilidades para ir a todos os jogos que não falhe.

Dispensemos os que só aparecem na hora das vitórias e das celebrações.

…E não falhemos tantas oportunidades de golo.

 

Augustita
Augustita Juniores
  • ***
  • 368
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #46 em: 12 de Março de 2012, 21:09 »
A CS e o país querem forçar o Braga a dizer com todas as letras que quer ser campeão para depois, nos poderem dizer: "caiam na real", "reduzam-se a vossa insignificancia", "vao morrer na praia", etc, etc.
Eles querem é alimentar-nos o ego para nos ver cair logo a seguir.

O objectivo do Braga, realisticamente falando é ficar nos 4 primeiros lugares. Dentro destes, quanto mais alto chegarmos melhor. Internamente podemos e devemos ambicionar ganhar, mas o objectivo oficial foi definido como sendo ficar nos quatro primeiros e estamos a conseguir alcança-lo, mas nada està garantido ainda.

Prudência até ao fim. Pés bem assentes no chao. Nao são estas 11 vitórias seguidas que nos garantem os 24 pontos que faltam.

No ano passado perdemos o terceiro lugar na ultima jornada...
El Che
El Che Equipa Principal
  • *****
  • 1709
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #47 em: 12 de Março de 2012, 22:00 »
Amigos Braguistas,
O nosso objectivo é ficar nos quatro primeiros, ainda não garantimos o 4 lugar, logo não faz sentido estarmos a candidatar-mo-nos aos outros lugares cimeiros.
Para quê queimar etapas na nossa progressão no campeonato, colocar pressão na equipa?
Se no conseguirmos a frustração será maior, vamos garantir o quarto lugar, pois de estar garantido partimos para consolidar o terceiro e se nessa altura ainda estivermos na luta aí tentamos o assalto ao segundo e ao primeiro.

Temos é e estar todos com a equipa mesmo que venhamos a ter uma desilusão no jogo recente, nunca nos podemos esquecer que o nosso objectivo é um dos quatro primeiros lugares e não ser campeão ou mesmo ser vice-campeão.

Ser Braguista é um orgulho e um prazer que não tem igual.
Anuncios M
Anuncios M
ribas
ribas Juvenis
  • **
  • 169
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #48 em: 12 de Março de 2012, 23:01 »
Depois do jogo da Luz falamos. Até lá é o 3º lugar e a Taça da Liga. Não deixamos de mostrar ambição tendo em conta que se chegarmos à final em Coimbra teremos pela frente Benfica ou Porto.
NightHawk
NightHawk Equipa Principal
  • *****
  • 3286
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #49 em: 12 de Março de 2012, 23:36 »
Ric, se nao fosses tu a postar quase que diria que só por desconhecimento do futebol portugues é que se pode estranhar as declarações oficiais dos responsáveis do Braga. Percebo a tuda ideia na teoria e concordo com ela. na pratica, em Portugal, para um clube que nao seja dos 3 grandes isso não funciona.

Há 2 anos quando começamos, a sério, a ser candidatos (ainda sem o assumi-lo oficialmente) o que nos fizeram foi mandar o nosso capitão 3 meses para a bancada e o nosso jogador em melhor forma 3 jogos.

Assumir uma candidatura é expormo-nos a tudo o que o "sistema" tem de pior. Nós não vendemos jornais, os 3 grandes sim. Assumir a candidatura é expormo-nos para que os "jornaleiros" coloquem pressao sobre os nossos jogadores, pressao sobre os arbitros e, inclusive, pressao sobre os nossos adversários para nos vencer.

Todo o esquema de publicidade e de direitos economicos desportivos vive em torno dos 3 grandes. Se eles não ganham estas empresas nao tem o retorno que esperam.

A unica, repito, ÚNICA, hipotese do Braga poder pensar em ser campeão é andar todo o mundo desportivo preocupado com a luta benfica vs porto. Preocupados se o jesus e o VP sao bons ou nao e se o hulk e o cardozo rendem ou não. E já agora, até que é bom este pequeno momento alto do Sporting para retirar ainda mais focos sobre nós.

Bastou estarmos perto dos grandes para na primeira jornada após se falar numa possivel candidatura do Braga se falar vezes sem conta em lances onde formos favorecidos. Isto é pressao sobre os arbitros, mais precisamente pressao sobre o arbitro que nos vai arbitrar no proximo jogo.

O jesus ja se queixou de 2 penalties e que é sempre a mesma coisa, o VP entre linhas queixou-se de 1 penalty e 1 fora de jogo. É pressao sobre os arbitros para favorecerem os grandes e prejudicarem o Braga.

Ainda nem sequer temos o 4º lugar garantido. Jogamos contra o ultimo em casa e apesar das facilidades da 1ª parte acabamos a sofrer com os jogadores a mostrarem impaciencia. Não precisamos de lhes passar mais pressão, eles já a sentem.

A maior qualidade do LJ é abordar cada jogo individualmente, como uma final e é isso que nos tem dado vitorias. temos que nos manter assim. Cada jogo é uma final, deve ser preparado como tal, com toda a concentração.

Percebo a ideia do Braga se assumir, mas isso seria num campeonato decente onde todos os clubes sao tratados igualmente como na França, Holanda e na Alemanha. Aqui? não.
Zeus
Zeus Equipa Principal
  • *****
  • 2561
  • Guerreiro nº1445
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #50 em: 12 de Março de 2012, 23:45 »
Assumir a candidatura ao título?!! Que candidatura? Então mas nós já n dissemos que o que interessa é ganhar jogo a jogo, para bom entendedor.............
Tudo o resto são conversas de jornalistas, bem esteve o LJ ( se vocês nos considerassem candidatos ao título n estavam 10 jornalistas na antevisão dos jogos).~
No futebol n há candidaturas.
Sob a direção de um forte general, não haverá jamais soldados fracos.
Anuncios G
miguel_afonso
miguel_afonso Equipa Principal
  • *****
  • 1138
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #51 em: 13 de Março de 2012, 08:49 »
Eu já dei a minha opinião na 1 ou 2 pagina do tópico.

Só vim aqui para dizer que estou surpreendido e muito satisfeito com o que tenho lido.
A quase totalidade dos que aqui escreveram estão em sintonia e isso é absolutamente essencial para o que ai vem...

Passo a passo meus amigos, esta jornada os 5 primeiros vão perder pontos há jogos complicados, um deles é o nosso. Se vencermos será fenomenal, se perdermos pontos ainda estamos dentro dos objectivos.
E para a semana podemos garantir uma final que ao que parece será a ultima da competição...l
ric Equipa Principal
  • *****
  • 3325
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #52 em: 13 de Março de 2012, 10:02 »
caros:

Iniciei este tópico precisamente para suscitar discussão e deixarmos de trazer temas "banais". Verifiquei aqui posts muito interessantes e "adultos" defendendo posições e com explicações dignas e muito válidas. Está provado que podemos ter discussões em elevado tom sobre aquilo que nos une sem deitar abaixo ninguém nem achincalhar .

è quase unanime a ideia de que assumir candidatura poderia ser um tiro no pé.
Várias razões foram aqui esgrimidas. Compreendo-as. Aceito-as. Mas também continuo a achar que não nos caía os parentes na lama se nos configurassemos como candidatos e depois, por alguma razão que o desporto bem conhece, falaharmos. Não seriamos os promeiros nem os últimos a fazê-lo e a passar por isto.
Invoquei algumas razões para tal.
Defendi que a situação actual, apesar de ainda incerta, nos pode atirar para tal. Dizer que seriamos candidatos como objectivo de temporada é que não. O Lima, atirou uma meta de 30 golos. Foi quase...gozado. Hoje, face á excelente prestação da equipa e á sua qualidade nata, é hoje líder dos marcadores e está perto da meta traçada. Se falhasse perderia alguma coisa? O Lima arrisca-se mesmo a ser o primeiro bota do SCB em toda a sua história.

O clube e o treinador tem a sua estratégia bem definida. Mesmo antes deisto tudo, LJ afirmou que luta por objectivos graduais e intermédios. è a sua filosofia. Respeito-a .

Eu, e aqui reservo-me o direito de falar como adepto apaixonada e "algo irracional" gostaria de dar mais enfase e projecção aos nossos feitos. Antecipar uma comunhão de esforços que um anúncio destes - por mais falivel que possa ser - pode trazer. Uma massa adepta mais compacta lutando por um objectivo ENORME. A própria cidade poderia acirdar da sua letargia. O pais podia acordar.Por outro lado, mostrariamos arrojo, vontade e perseverança. Crença! Não vejo que causasse pressão demasiada sobre os jogadores mais do que a que têm agora e vão conseguindo conter.

Continuamos a ser muito low-profile. está na hora de soar o "grito do ipiranga".
Dizem que a CS está prontinha por nos cair em cima. E depois? não é o que nos têm feito há décadas? vamos importarmo-nos com isto?
Ainda ontem, a "nossa querida RTP!! no telejornal da noite tinha um spot que anunciabva os 3 candidatos. Só que a peça de anúncio continha imagens de porto, benfica e... Sporting. Só no desenvolvimento da noticia é que compunham o leque com o Braga. isto iria mudar com o tal anúncio?...

Tb não me referi a que esse "anúncio" fosse transmitido pela equipa e/ou tecnico.O presidente, o presidente da AG e mesmo o Mesquita machado podiam proferir tal frase, libertando assim o tal "ónus" sobre a equipa.

Mas pronto, são ideias. Minhas e como adepto apaixonado. Sei que estou sózinho mas ainda temos liberdade para pensar e dar opinião.


VIVA O BRAGA! CAMPEÃO OU "BRAGUINHA  DA LOJA DOS 300". PARA MIM SERÁ SEMPRE O MAIOR!
jaimec
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #53 em: 13 de Março de 2012, 22:29 »
Resumindo, quando alcançarmos o objectivo "3º lugar" matemáticamente, temos obrigação de o redefinir para "atingir a melhor classificação possível". E é só. A conjuntura determina o discurso.
FIDELIS
FIDELIS Equipa Principal
  • *****
  • 1407
  • BRAGAHOLICS FAN CLUB - BRAGA E BASTA
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #54 em: 13 de Março de 2012, 22:39 »
Resumindo, quando alcançarmos o objectivo "3º lugar" matemáticamente, temos obrigação de o redefinir para "atingir a melhor classificação possível". E é só. A conjuntura determina o discurso.

ora

Fidelis Bracara
Braga e basta
enormeBRAGA
enormeBRAGA Equipa Principal
  • *****
  • 5868
  • QUEM NÃO SENTE NÃO ENTENDE
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #55 em: 13 de Março de 2012, 23:48 »
Resumindo, quando alcançarmos o objectivo "3º lugar" matemáticamente, temos obrigação de o redefinir para "atingir a melhor classificação possível". E é só. A conjuntura determina o discurso.

 ;) Certinho, direitinho
#VãoTerDeContarConnosco
Augusto Gomes Equipa Reservas
  • ****
  • 966
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #56 em: 14 de Março de 2012, 00:23 »
O objectivo agora é , sem dúvida, o 3º lugar.
Com 11 pontos sobre o quarto classificado, tenho receio de o perder, porque seria absolutamente frustrante...
Quanto ao titulo, claro que só queremos ganhar todos os jogos a começar pelo próximo, mas isso não será possível, portanto, garantido o 3º lugar, o objectivo seguinte é obter o apuramento directo para a Liga dos Campeões...
Preocupa-me é que agora todos os clubes querem, pelo menos, empatar com o Braga e interromper o ciclo vitorioso!
FORÇA BRAGA, RUMO À LIGA DOS CAMPEÕES!!!
SCB Monsul
SCB Monsul Equipa Principal
  • *****
  • 1674
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #57 em: 14 de Março de 2012, 00:33 »
Eu faço das palavras do Hugo Viana minhas:

Quem tem de assumir a candidatura são aqueles que gastam milhões para isso. O que nós temos de assumir é que, independentemente de tudo, vamos dar o nosso melhor para chegarmos longe o máximo possível! O resto é treta...
14 Novembro de 1994 - Sócio nº2854
lmcoelho
lmcoelho Juniores
  • ***
  • 384
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #58 em: 14 de Março de 2012, 11:07 »
Para mim os objectivos tem que ser por escalas:

1º Objectivo : (desculpem a brincadeira) garantir a manutenção GARANTIDO
2º Objectivo : Liga Europa GARANTIDO
3º Objectivo : 4º Lugar Faltam 13 pontos
4º Objectivo : 3º Lugar Faltam 13 pontos
5º Objectivo : 2º Lugar Faltam 24 pontos
6º Objectivo : 1º Lugar Faltam 24 pontos

Por isso, neste momento, alinho pelo que pensa o LJ: O nosso objectivo ainda é o de assegurar o 4º lugar (que não está garantido)... daqui a (no máximo) 4 jornadas, falaremos se podemos ambicionar a mais alguma coisa.
Orgulhosamente Bracarense!
O meu nick é LMCOELHO, não IMCOELHO
Kriticus
Kriticus Equipa Principal
  • *****
  • 5709
  • #2210 - desde 14/08/1989
  Re:"Assumir" ou não a candidatura? Em que ficamos?
« Responder #59 em: 14 de Março de 2012, 11:16 »
Para mim os objectivos tem que ser por escalas:

1º Objectivo : (desculpem a brincadeira) garantir a manutenção GARANTIDO
2º Objectivo : Liga Europa GARANTIDO
3º Objectivo : 4º Lugar Faltam 13 pontos
4º Objectivo : 3º Lugar Faltam 13 pontos
5º Objectivo : 2º Lugar Faltam 24 pontos
6º Objectivo : 1º Lugar Faltam 24 pontos

Por isso, neste momento, alinho pelo que pensa o LJ: O nosso objectivo ainda é o de assegurar o 4º lugar (que não está garantido)... daqui a (no máximo) 4 jornadas, falaremos se podemos ambicionar a mais alguma coisa.

Por acaso até nem precisamos de ganhar os jogos todos para ser campeões ;D um empate a 2 na Luz e uma vitória por 1-0 ou 2-1 contra o Porto dão-nos vantagem no confronto directo com ambos e, sem contar com pontos perdidos em outros jogos, chegam para empatar os 3 no 1º lugar ;) e se aqueles 2 golos do Lima no Dragão, ao cair do pano, fizessem toda a diferença no final? ;D
 

Anuncios M
Anuncios M