You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
14 Respostas
2405 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Coelho SCB
Coelho SCB Equipa Principal
  • *****
  • 1468
  NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« em: 05 de Maio de 2011, 00:48 »
#VãoTerDeContarConnosco
#BragaoléAndFriends
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #1 em: 05 de Maio de 2011, 07:40 »
Eis a batalha do século

Dublin está tatuada no corpo, é o sangue que alimenta as veias do guerreiros, num nome que agita as emoções, que faz o coração acelerar à velocidade de uma nave espacial. Este é o último embate dos guerreiros, a batalha para a história, o momento do século, para perdurar pela eternidade...
Ficar na história ou ser ultrapassado? A campanha dos minhotos é longa, é aliás a formação do velho continente com mais embates disputados ao longo deste ano. Sonho após sonho, conquista após conquista, a história é dourada na capital do Minho. É a monumentalidade de um estilo, um registo que tem tanto de elegante como de suor, num misto de brilho e força, no encantamento e no deixar o planeta encantado.
A dona águia é uma velha conhecida. De longa data aliás. A sua forma de actuar em campo está estudada, escalpelizada e o guerreiro não deve abrir o peito ao sonho. Pelo contrário, e na mesma medida do que tem sido esta operação de charme no futebol europeu, a pressão não é boa conselheira. O guerreiro é adulto, sabe que tem noventa minutos para chegar a apenas um golo, um momento que pode valer tudo e, como tal, a ventura de não ter pressa será um dos grandes trunfos. Esse trabalho começou a ser planificado no Estádio da Luz, a partir do momento em que Vandinho fez o tempo parar, fez os olhos sorrirem, levando o couro a beijar as redes. Foi aí que Domingos Paciência começou a planificar a batalha épica de Braga. Nesse momento, voltou a colocar a razão acima da emoção.
A campanha começou cedo e tem sido arrepiante o comportamento dos arsenalistas no panorama europeu. Glasgow foi a primeira paragem, cidade que até tem vista para Dublin. Todavia foi Sevilha que elevou os guerreiros à condição de heróis, numa entrada directa no reino dos deuses. Seguiu-se uma campanha mágica na elite do futebol, com triunfos únicos e memoráveis numa Champions que teve equipas nos oitavos-de-final com menos pontos conquistados que os guerreiros na fase de grupos.
Saída da auto-estrada em direcção a outro trilho com carimbo. Leste, Grã-Bretanha, novamente leste, é o mesmo que definir Poznan, Liverpool e Kiev, territórios históricos onde os guerreiros deixaram o lacre.
A última paragem foi Lisboa, capital portuguesa, onde veio a esperança, a confiança alicerçada num 2-1. Hoje é o dia de todos os sonhos, eis que chegaram os noventa minutos da confirmação, de nova entrada em solo sagrado, em território divino. Eis a batalha do século e é para triunfar...

António Salvador: “Vamos mostrar ao Mundo toda a nossa grandeza”

O presidente do Sp. Braga dirigiu-se ontem aos associados e adeptos bracarenses, através de um comunicado publicado no site oficial do clube, apelando ao apoio massivo da legião arsenalista para o jogo desta noite, contra o Benfica, no Estádio AXA, que pode valer a passagem inédita à final da Liga Europa. Numa carta aberta à massa associativa do clube, carregada de sentimento, orgulho e determinação, António Salvador pediu aos adeptos do Sp. Braga para mostrarem hoje ao Mundo a grandeza do clube.
“Num momento histórico para o nosso SC Braga, com a presença inédita na meia-final da Liga Europa, apelo a todos os sócios, adeptos e simpatizantes a estarem ao nosso lado nesta caminhada que desejamos que nos leve até Dublin, no dia 18 de Maio, na República da Irlanda. É, pois, a altura de todos nos unirmos em torno de um objectivo comum, demonstrando a toda a Europa futebolística a força do nosso emblema e da nossa região”, afirmou o presidente arsenalista, considerando ainda “um momento histórico” no futebol português “a presença de três equipas portuguesas” na meia-final da Liga Europa. Algo que se deve “enaltecer e respeitar”, sinal da “nossa qualidade”, frisou, em tom patriótico.
“Nesse sentido, devemos demonstrar a todo o Mundo o nosso amor e paixão pelo futebol, fazendo destes jogos uma verdadeira festa de família, com respeito, fair-play e lealdade para com os nossos adversários e seus adeptos”, apelou também.
Salvador lamentou ainda “a imagem que nos últimos dias alguma comunicação social e alguns agentes desportivos têm tentado passar do Sp. Braga”, e por isso reforçou o apelo ao fair-play dos adeptos arsenalistas.
“Sempre soubemos receber e respeitar os adversários, dentro e fora de campo, e amanhã (hoje) será igual”, disse.
A terminar o apelo à mobilização em massa dos adeptos do Sp. Braga para o jogo desta noite, António Salvador destacou: “só juntos conseguiremos ultrapassar este grande desafio que temos pela frente”.

“A final pode estar reservada para nós”

Na habitual conferência de imprensa de antevisão da partida, Domingos Paciência mostrou-se extremamente confiante na capacidade da equipa para dar a volta ao resultado negativo.
Domingos confessa que como técnico de futebol tem o objectivo de ganhar o máximo de competições e ir sempre mais longe e é isso que quer fazer nesta altura, assegurando um lugar na final da Liga Europa.
“Para mim o limite é o sucesso e isso passa por ganhar e ser o primeiro em todas as competições. Todos conhecem o percurso que o Sp. Braga tem feito na Liga Europa. Temos sido uma equipa guerreira, com enorme coragem e temos conseguido ultrapassar vários obstáculos. Chegar a uma meia-final e pensar que é possível ganhar e passar à final, eu acredito. A equipa também está confiante e acredita que é possível chegar à final da Liga Europa”, referiu o técnico, acrescentando que a equipa vai manter o seu estilo de jogo na partida desta noite, ou seja, vai ser intensa e acutilante a nível ofensivo para tentar marcar e ganhar o jogo: “Neste momento o país está dividido. Há muito benfiquista que quer que o Benfica ganhe, como é lógico, mas também há muita gente a torcer por nós para nos ver na final em Dublin. Este é um jogo diferente. Não jogo para empatar ou para ganhar 1-0, jogo sempre da mesma forma. Perante o nosso público temos que manter o nosso estilo de jogo, ser muito acutilantes e intensos em termos ofensivos e procurar não sofrer golos. É importante não sofrer golos e se não sofrermos de certeza absoluta que vão aparecer oportunidades para nós marcarmos. Este é o jogo mais importante da história do Sp. Braga. O clube não tem na sua história uma presença numa final ou meia-final como esta. Queremos deixar esta marca e estamos a dois jogos de o conseguir”.
Mostrando toda a sua crença, Domingos Paciência terminou a análise ao jogo afirmando que “se Deus quis o Braga na Liga Europa é porque pode estar algo reservado” para o clube.
“Sou muito crente. Se Deus achou que devíamos passar para a Liga Europa e achou por bem colocar no nosso caminho equipas como Liverpool e Dínamo e nós conseguimos ultrapassa-los penso que algo pode estar reservado para nós e só nos resta trabalhar e acreditar que é possível e levar também estes adeptos a acreditar”, finalizou o técnico.

“Não vamos cometer os mesmos erros”

Domingos Paciência mostra-se confiante na conquista de um lugar na final da Liga Europa, mas sabe que para isso tem que dar a volta a um resultado negativo.
Para que isso aconteça é imperial, segundo o técnico, que não se cometam novamente os erros que foram cometidos no encontro da primeira ‘mão’ e que a equipa terá que estar muito concentrada e jogar com grande intensidade.
“Temos que jogar de forma intensa, concentrada e com grande agressividade, no bom sentido, claro. A equipa está confiante e acredita que pode passar à final. Vamos trabalhar para ter um Braga diferente do que o que esteve no Estádio da Luz, onde acusou algum nervosismo e alguma displicência, mas foram erros que não vamos cometer amanhã (hoje)”, revelou o técnico, acrescentando que o grupo é muito forte e não se deixou afectar pela polémica recentemente criada à volta do clube (jogo com o União de Leiria): “este é um grupo muito forte e já o pro-vou nesta época, já vivemos algumas situações internas muito complicadas e ultrapassou-as todas demonstrando sempre grande capacidade para não se deixar abater. Tenho muito orgulho neste grupo de trabalho que tem sido sempre inexcedível no seu esforço e dedicação ao trabalho que temos realizado ao longo da temporada”.

Hugo Viana: “É o maior jogo na história do Braga”

Vencer o Benfica, dar a reviravolta na eliminatória e passar à final da Liga Europa é o único pensamento que passa pela cabeça do médio do Sp. Braga, Hugo Viana, para o jogo decisivo desta noite, no Estádio AXA. O maestro dos arsenalistas assegura que a equipa está preparada para repetir mais uma noite mágica na ‘pedreira’ e conta com o apoio dos adeptos bracarenses para ajudar a eliminar o Benfica.
“Quem trabalha como nós trabalhamos só pode acreditar. É legítimo pensar na final. Temos de manter a concentração, à semelhança do que fizemos noutras noites europeias”, afirmou ontem o jogador na conferência de imprensa de antevisão, considerando este jogo como o maior da época do Sp. Braga.
“Sim, é o maior jogo na história do Braga. É o jogo mais importante da época para o clube e para a cidade. Talvez até para a história do clube. Temos de encarar o encontro dessa maneira pois só assim poderemos alcançar um resultado positivo”, destacou Hugo Viana, desejando ver hoje um forte apoio dos adeptos no Estádio AXA.
“Vamos jogar em casa e teremos certamente muito público do nosso lado. Só pensamos na vitória e contamos com os muitos adeptos para ultrapassar o Benfica. Trata-se de um adversário como todos os outros, não encontro nenhuma diferença, dado que a nossa vontade de vencer não se altera”, rematou.

Rodriguez abriu o coração a uma rádio peruana: “Seria lindo estar na final”

Para Rodriguez, defesa central do Sp. Braga, “está tudo em aberto” para o jogo desta noite frente ao Benfica. Sobre a possibilidade de jogar a final da Liga Europa, em Dublin, o internacional peruano abriu o coração a uma rádio do seu país: “seria lindo”, afirmou. Apesar de optimista na vitória bracarense neste segundo jogo, Rodriguez avisou, porém, que para o Sp. Braga passar à final tem primeiro de ultrapassar “um jogo muito difícil” frente ao Benfica, e recuperar de uma desvantagem de 2-1.
“Vai ser difícil, mas jogamos em casa e esperamos ganhar este segundo jogo”, frisou o central.
A meia-final portuguesa da Liga Europa, entre Sp. Braga e Benfica, corre fronteiras, e está assim a ter um grande impacto nos quatro cantos do ‘planeta futebol’. Se a marca benfiquista não suscita grande surpresa, pelo seu historial e estatuto de crónico candidato a um triunfo europeu, já a marca bracarense está a despertar enorme interesse mundial, pela campanha sensacional, e a todos os níveis surpreendente, dos ‘Guerreiros do Minho’ na UEFA, onde deixou pelo caminho vários colossos europeus, como Liverpool (oitavos-de-final) e Dínamo de Kiev (quartos-de-final), para além da eliminação do campeão polaco Lech Poznan e presença honrosa na Liga dos Campeões.
Dos jogadores do Sp. Braga, o internacional peruano, Alberto Rodriguez, pelo peso que tem na sua selecção, é sistematicamente foco de atenção do outro lado do Atlântico, sobretudo na imprensa do seu país natal, que acompanha ao pormenor a sua carreira em Portugal, dando naturalmente também visibilidade do Sp. Braga na América do Sul.


CORREIO DO MINHO
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #2 em: 05 de Maio de 2011, 07:42 »



Acesso à final pode render três milhões aos jogadores

Líder minhoto está um mãos-largas. Triunfo frente ao Benfica e sucesso total na Liga Europa soará à equipa como verdadeiro «jackpot». Arsenalistas com prémio idêntico ao das águias.

António Salvador está um mãos-largas. O presidente do SC Braga persegue há muito um título e, com a final da Liga Europa tão próxima, a probabilidade de esse sonho adquirir forma real aumentou consideravelmente. O convite à superação da equipa, no duelo de hoje, já seguiu para o balneário bracarense e foi embrulhado por um cheque de valor elevadíssimo que a Administração da SAD promete dar a cada jogador se o acesso a Dublin for confirmado.

A prova de confiança numa jornada épica e no sucesso pleno do SC Braga nesta competição da UEFA pode ser medida pelo recente anúncio do líder arsenalista ao plantel de que o prémio total poderá atingir montante nunca vista nestas paisagens, isto se o troféu da Liga da Europa, a 18 de Maio, vier para o Minho.

Números redondos: Salvador reservou três milhões de euros para distribuir pela equipa, com a vantagem de os jogadores às ordens de Domingos já terem começado a ver as respectivas contas bancárias reforçadas com os créditos obtidos desde que, em Janeiro, entraram na prova e, depois, foram ultrapassando, sucessivamente, Lech Poznan, Liverpool e Dínamo de Kiev.

A BOLA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #3 em: 05 de Maio de 2011, 07:45 »



Mais de 3 milhões a premiar o feito
SALVADOR DÁ MAIS DO QUE LUÍS FILIPE VIEIRA
   
Luís Filipe Vieira estipulou um prémio de 3 milhões de euros para o plantel encarnado, mas só no caso de vitória na Liga Europa. António Salvador vai dar um pouco mais do que isso, cerca de 3,2 milhões de euros no total, se for o Sp. Braga a sair vencedor da final de Dublin.

O confronto dos dois presidentes, que continuam com as relações muito cordiais, também se faz no investimento de um sonho, mas no caso dos minhotos grande parte do dinheiro já entrou no bolso de todos os elementos do plantel. É que António Salvador decidiu-se por estipular o “caderno” de prémios mal viu confirmada a passagem da equipa pela via da Champions. Naturalmente, isso não fazia parte do que estava previsto desde o início da época, com prémios para o apuramento para a fase de grupos da prova milionária da UEFA e eventual passagem aos oitavos-de-final. Está também tudo definido quanto à posição no campeonato, sendo que a conquista do 3.º lugar, o que seria inédito no clube, representa uma boa quantia a distribuir por todos.

RECORD
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #4 em: 05 de Maio de 2011, 07:51 »



Prémios ascendem a 3 milhões

Se vencer a Liga Europa, jogadores e técnicos minhotos vão repartir um prémio que, no seu total, é superior a três milhões de euros, precisamente tanto quanto o prémio instituído pela UEFA pela dita conquista. Mas não se pense que este valor se refere exclusivamente ao jogo decisivo, em Dublin. Três milhões de euros foi o que a SAD estipulou gastar em gratificações para todo o percurso nesta competição. Significa isto que muito já foi gasto em cada eliminatória superada.

Se vencer o Benfica, mais uma parcela é queimada e, se estiver em Dublin e levantar o troféu, a equipa capitaneada por Vandinho, arrebata a última fatia, perfazendo o tal bolo que se cifra acima dos três milhões de euros.

Três milhões de euros é precisamente o valor que ontem foi apontado como prémio para os jogadores do Benfica no caso de idêntica conquista. Apenas uma diferença, que no caso faz toda a diferença. Para o Benfica só há prémio no caso de conquista, ao passo que os bracarenses já têm valores intermédios acumulados para receber. Significa isto que, se nenhuma equipa vencer a Liga Europa, só os jogadores bracarenses terão direito a prémio financeiro. Mas, claro está, conquistar a prova vale a mais choruda das parcelas.

A estratégia de António Salvador foi clara a partir do momento em que a equipa foi relegada da Liga dos Campeões para a Liga Europa. Ou seja, por cada patamar atingido, o grupo é valorizado. Tanto mais conforme o nível ultrapassado.

Os quartos-de-final foram o primeiro registo histórico atingido, pois permitiram que o clube atingisse uma fase nunca antes imaginada. E ultrapassar um colosso como o Liverpool adensa o feito, de tal forma que António Salvador resolveu pagar cerca de 400 mil euros ao grupo. Mais do que os 360 mil reservados pela UEFA ao vencedor da dita eliminatória.

A ambição do presidente de clube e SAD fica bem patente na metodologia utilizada. Por exemplo, vencer o Lech Poznan valeu uma soma praticamente irrisória por comparação com a já descrita contra o Liverpool, uma vez que o Braga já mais do que uma vez tinha chegado aos oitavos-de-final. E, quando se apurou para a fase de grupos da Liga dos Campeões, só havia prémio de apuramento para a segunda fase e não para um eventual terceiro lugar e relegação para a Liga Europa.


A figura do Braga
Alan

Jorge Gomes admite que "não era um prodígio" de técnica, explicando que o seu estilo se caracterizava mais "pela raça, pela presença física e pelo instinto na finalização" - no Braga actual, identifica-se com Alan. "É um jogador inquieto, mexido, tem velocidade... Muito perigoso", resume o antigo futebolista brasileiro, compatriota do 30 do Braga. Figura destacadíssima da equipa de Domingos, Alan tem nove golos na época, três dos quais nas provas europeias - um na Champions e dois na Liga Europa. É por ele que passa grande parte do volume ofensivo arsenalista e é também ele que define os tempos de jogo da equipa, acelerando ou travando, consoante as necessidades - e o resultado.



Salvador garante Benfica bem recebido

As divergências dos últimos tempos não terão qualquer reflexo no jogo de hoje. O Benfica será bem recebido em Braga. Garantia de António Salvador, em carta aberta aos sócios publicada no sítio do clube. "Queremos demonstrar a todo mundo a nossa paixão pelo futebol, fazendo destes jogos uma verdadeira festa, com respeito, fair-play e lealdade para com os nossos adversários e adeptos. Apesar da imagem que se tem tentado criar, o Braga sempre soube receber e respeitar os seus adversários. E amanhã [hoje] vai ser igual", vincou o presidente, que apela à lotação do estádio. "Num momento histórico, apelo a todos a estarem ao nosso lado nesta caminhada que desejamos que nos leve até Dublin. É a altura de nos unirmos, demonstrando a toda a Europa futebolística a força do nosso emblema e da nossa região", pediu.


Viana tem pontaria para a águia


É impossível recordar os dois últimos Braga-Benfica e ignorar os golos de Hugo Viana, tão importantes que se revelaram para o triunfo dos bracarenses. Os remates foram praticamente idênticos - cruzados e em força -, só os guarda-redes mudaram. Se em 2009/10 foi Quim quem teve de ir buscar a bola ao interior da baliza benfiquista, há cerca de dois meses a tarefa tocou a Roberto. Por isso, a questão ao médio impunha-se: imagina-se a marcar novamente nesta meia-final? "O aspecto pessoal não conta muito. O importante é que o Braga consiga atingir os seus objectivos, não quem marca; embora todos desejem marcar e jogar bem", defendeu o internacional português, que na carreira já fez o gosto ao pé por duas vezes contra as águias.

Apesar de tudo, Viana encara o Benfica "como um adversário normal" e só pensa numa coisa: atingir a final para poder vingar a derrota sofrida em 2005, frente ao CSKA de Moscovo. "Infelizmente esse momento não acabou muito bem para nós. Por isso, o nosso pensamento agora é acabar da melhor maneira a competição. No entanto, para isso temos de ganhar amanhã [hoje] e depois sairmos vitoriosos de Dublin", vincou o médio bracarense, que classifica o embate de hoje como "o mais importante da época para a cidade e para o clube". "Temos de encarar este encontro como se fosse o último da temporada", referiu Viana, desvalorizando o facto de o Benfica marcar sempre como visitante.

"Roberto já realizou grandes exibições"

Apesar de o guarda-redes ter sido bastante fustigado com críticas nos últimos tempos e de unanimemente ter sido culpado pelo golo que Hugo Viana marcou no último Braga-Benfica, o médio arsenalista recusou entrar na onda das apreciações negativas sobre o guarda-redes espanhol. "Não podemos estar a olhar para o Roberto como uma fragilidade do Benfica, até porque já realizou grandes exibições este ano", comentou Viana.


Polémica desde o primeiro jogo

Nas últimas épocas, Braga e Benfica têm coleccionado polémicas que, pelos piores motivos, ficarão na memória dos adeptos e devidamente documentadas - como sucedeu logo no primeiro jogo entre estes emblemas, a 3 de Abril de 1927, e foi relatado no jornal "Diário do Minho". Evandro Lopes, investigador e co-autor de "A história da bola em Braga" - que revelou que o clube foi fundado em 1914 e não em 1921, como se julgava -, divulgou, através do blogue "Alfarrábios de Braga", a crónica desse desafio, disputado no Campo do Raio e relativo ao Campeonato de Portugal, que o Benfica venceu, por 4-3. Antes do pontapé de saída, "a escolha de campo" coube ao Benfica e "beneficiou o Sporting [de Braga] que ficou com o sol a seu favor". O relato detalhado do que se seguiu ao pontapé de saída dá conta de um jogo emotivo, equilibrado até nos penáltis (um para cada lado) e com vários artistas em destaque: Alberto, Laurêta, Gumercindo e Romão, no Braga; no Benfica, "Victor Hugo, Tamanqueiro e Germano, óptimos, e os restantes razoáveis", escreve o jornal bracarense que dedica um último e arrasador parágrafo ao trabalho do árbitro: "prejudicou bastante o Sporting Clube de Braga, tendo, no entanto, o nosso grupo feito um resultado brilhante, atendendo à categoria do seu adversário" - o tempo diluiu o desnível.


Rodriguez sonha com uma presença "linda" na final


Rodriguez considera que "está tudo em aberto" na eliminatória e apesar de se dizer "concentrado na meia-final", já antevê Dublin. "Seria lindo estar na final", afirmou a uma rádio peruana. O central quer "aproveitar o facto de jogar em casa" para ganhar.



Custódio junta-se a Viana no meio-campo arsenalista

Sem Vandinho, Domingos vai juntar novamente Custódio e Hugo Viana no meio-campo arsenalista. Os dois chegaram a começar o último encontro com o Benfica, para o campeonato, mas o trinco alinhou apenas os 15 minutos iniciais devido a um problema físico.


Estádio não vai encher

Pela procura de bilhetes registada até ontem, é muito pouco provável que o Estádio AXA encha para o jogo da meia-final. Ainda assim, estará próximo da melhor casa da época, pois deve registar uma assistência na ordem dos 25 mil espectadores. Desses, 1500 serão afectos ao Benfica. Mas é seguramente a melhor receita.

Mais Faixas de incentivo

Começa a tornar-se um hábito os adeptos do Braga colocarem faixas de incentivo à porta do AXA nos momentos mais importantes. E ontem lá estavam elas, não deixando nenhum jogador indiferente. "Quem não sente não entende...", "Orgulhosamente Guerreiros do Minho" e "Façam história" foram três das mensagens mais importantes.

Peterson em vez de Vandinho

O haitiano Peterson é a novidade da convocatória de Domingos Paciência, que, face à ausência de Vandinho, teve de improvisar com um jovem do satélite Vizela. Entra assim na lista o único médio à disposição, o que até nem é uma estreia absoluta. Cristiano, também do Vizela, será o guarda-redes suplente. Dani, que tem treinado com a equipa, fica de fora.



Soma das partes confirma equilíbrio

A ideia de equilíbrio que se tem desta eliminatória não desaparece nem quando o histórico Jorge Gomes aprecia cada um dos 11 jogadores que Braga e Benfica devem lançar esta noite. Não foi uma comparação que O JOGO pediu ao brasileiro que defendeu arsenalistas e encarnados - foi mesmo o primeiro estrangeiro a jogar pelo clube da Luz -, mas da soma das partes conclui-se facilmente que os colectivos se equiparam. Claro que há jogadores mais influentes do que outros, seja, no lado do Braga, o "tocador de piano" Rodriguez, o "alfinete" Sílvio ou o "homem de área completo" Meyong, ou, pelo Benfica, "o defesa-avançado" Fábio Coentrão, o "imprevisível" Gaitán, ou Saviola, o avançado que "põe a cabeça em água a qualquer defesa"; mas a sensação de taco a taco resiste. "É natural que assim seja. É impossível prever quem vai seguir em frente, apesar da vantagem do Benfica. São equipas igualmente fortes", justifica Jorge Gomes.

Considerando que a ausência de Vandinho talvez não se faça sentir, uma vez que Custódio, "mesmo não sendo tão agressivo, está à altura" de substituir o influente brasileiro, Jorge Gomes acentua ainda a dinâmica de Salino, "o baixinho que corre muito", e as bolas paradas de Hugo Viana. Já em desacordo com os críticos de Roberto, o antigo avançado - que jogou três anos no Benfica e sete no Braga - entende que o espanhol "é um bom guarda-redes", e o único jogador dos encarnados a quem detecta algumas limitações é Jardel. Não por falta de qualidade, mas porque chegou há pouco tempo ao clube. "E eu também tive a minha tremedeira quando fui para o Benfica", recorda Jorge Gomes, elogioso até para com o mal-amado César Peixoto. "Está num momento de forma espectacular!", afirma, confessando-se "dividido" quanto a quem prefere ver na final de Dublin: "Vou ficar feliz seja qual for o vencedor."

O JOGO
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #5 em: 05 de Maio de 2011, 07:55 »
Domingos Paciência
"Tenho amigos benfiquistas que preferem o Braga na final"

As inúmeras perguntas feitas a Hugo Viana fizeram Domingos Paciência levantar-se da cadeira e simular a saída da conferência de Imprensa, mas não porque receasse o que estava para vir. Visivelmente bem-disposto e confiante, o treinador do Braga regressou à cadeira e admitiu uma enorme vontade de satisfazer o desejo de muitos portugueses. "Tenho amigos benfiquistas, e muitos até, que brincam dizendo que era preferível ir o Braga à final. Eles lá saberão porquê... A verdade é que as pessoas que me abordam na rua, sejam portistas, benfiquistas ou sportinguistas, me dizem sempre que querem ver o Braga na final", revelou o técnico, que vê "um País dividido" nas aspirações e também nas análises ao resultado que os arsenalistas obtiveram há uma semana na Luz. "Sabemos que há um resultado que tem de ser recuperado. Muitos acham que o 2-1 é difícil, mas o 1-0 seria pior, porque nos obrigaria a marcar dois golos. Assim basta-nos ganhar 1-0", lembrou.

Esperançado em que o Braga seja "uma equipa mais forte do que foi na primeira mão" das meias-finais, Domingos mostrou-se pouco preocupado com a possibilidade de perder alguns jogadores para a final devido a castigo. O lote de disponíveis nas competições europeias pode não ser extenso, mas soluções não faltam. "Se perder Custódio, tenho Vandinho e, se perder Rodriguez, tenho Kaká. A minha preocupação é ganhar. O Benfica, que é maior e tem mais condições, se calhar não tem um substituto para o Maxi [Pereira], Carlos Martins ou Javi García", evidenciou, embora esteja consciente de que o encontro de hoje vai ser "diferente" dos outros disputados entre as duas equipas. Ainda assim, a receita para o sucesso é a mesma de sempre. "Se o Braga for uma equipa com intensidade, concentrada e agressiva no bom sentido, de certeza que terá mais hipóteses de ganhar", apontou.

Ver o Braga "no meio de três equipas que apostaram muito na Liga Europa, entre as quais uma [Benfica] que no início da época apostou em ganhar a Liga dos Campeões", é, para Domingos, "um sinal de grandeza", mas isso não o deixa satisfeito. Aliás, nem mesmo a hipótese de estar na final o levaria a abdicar de uma outra qualquer proeza. "Se trocaria o segundo lugar do ano passado pela final? Não troco nada. Quero o segundo lugar, o terceiro lugar este ano e a Liga Europa. Quanto mais se conseguir, melhor", frisou o técnico bracarense, convicto de que "se Deus achou por bem que o Braga devia passar para a Liga Europa e que devia ultrapassar Liverpool e Dínamo de Kiev", então é porque tem algo reservado para os minhotos. "Agora temos de fazer a nossa parte", afirmou antes do verdadeiro adeus.


Pergunta O JOGO
"Grupo ultrapassa qualquer situação"

Esta semana, o Braga viu-se envolvido numa polémica [fotografias colocadas no balneário do árbitro Bruno Paixão]. Isso mexeu com o plantel?

Este plantel é muito forte e já o provou. Durante esta temporada, o grupo deparou-se com várias situações muito complicadas que podiam mexer com ele e conseguiu ultrapassá-las sempre. Tenho muito orgulho no grupo de trabalho, nestes grandes profissionais, que dão tudo, vão até à exaustão, jogam nos limites, procuram a superação.


O JOGO
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #6 em: 05 de Maio de 2011, 07:59 »
Sp. Braga
Salvador: “Sabemos receber”

António Salvador convocou os adeptos do Sp. Braga para a 2ª mão das ‘meias’ da Liga Europa e prometeu receber o Benfica de Jorge Jesus. Numa carta aberta aos sócios do clube, o líder minhoto fez questão de desvalorizar os incidentes que mancharam o último duelo em casa do Sp. Braga, frente à U. Leiria (0-0).

"Apesar da imagem criada publicamente nos últimos dias por alguma comunicação social e alguns agentes desportivos, o Sp. Braga sempre soube receber e respeitar os seus adversários, dentro e fora de campo", pode ler-se na carta do líder minhoto, que não gostou de ver o nome do Sp. Braga associado a agressões. O U. Leiria acusou Salvador e Fernando Couto, director desportivo do clube, de terem agredido Iturra no balneário.

O dirigente vincou, também, a crença "numa caminhada até Dublin", pedindo a presença massiva dos adeptos: "Apelo a todos os sócios, adeptos e simpatizantes a estarem ao nosso lado nesta caminhada que desejamos que nos leve a Dublin, a 18 de Maio. É, pois, a altura de nos unirmos em torno de um objectivo comum, demonstrando a toda a Europa a força do nosso emblema e da nossa região."


Sp. Braga
"País está dividido”

Domingos Paciência diz que há muita gente a torcer pelos minhotos, incluindo benfiquistas.

Depois da derrota (1-2) na Luz, com que espírito é que o Sp. Braga encara a 2.ª mão com o Benfica?

Domingos Paciência - Vamos jogar para ganhar. O Sp. Braga tem sido uma equipa guerreira na Europa, tem dado a volta por cima mesmo com muitas lesões e castigos. Será um jogo diferente, com menos nervosismo. Seremos bem mais fortes.

- A ideia de jogar a final com o FC Porto anima a sua equipa?

- Um passo de cada vez. Para chegar à final, teremos de eliminar o Benfica. E acreditamos que é possível.

- Todas as atenções vão estar focadas neste jogo. Qual a sensação?

- Lidamos bem com a atenção. Acho que o País está dividido. Há muitos benfiquistas a torcer pela sua equipa e muita gente de outros clubes a querer ver o Sp. Braga em Dublin. Também tenho amigos benfiquistas que preferem ver o Sp. Braga na final.

- Há vários jogadores em risco de exclusão. É uma preocupação para a final?


- Se eu perder o Custódio, tenho o Vandinho. Se perder o Rodríguez, tenho o Kaká. O Benfica estará pior porque não tem alternativa para o Maxi Pereira, para o Javi ou para o Carlos Martins.



Liga Europa: Dez mil águias vão estar espalhados na ‘Pedreira’
Encarnados fintam Braga nos bilhetes

Entre 8 e 10 mil adeptos do Benfica vão estar nesta noite no estádio do Sp. Braga para apoiar a equipa. É um número muito superior àquele que previa o presidente dos arsenalistas, António Salvador, para criar um ambiente de máxima pressão sobre a equipa visitante.

Os bracarenses enviaram para a Luz 1500 bilhetes, correspondentes a 5 por cento da lotação do estádio, 29 800 lugares, mas posteriormente disponibilizaram mais mil. Até agora foram vendidos 20 mil ingressos.

Contudo, o grosso da falange de apoio aos encarnados advém da ‘infiltração' de adeptos no feudo dos rivais. O CM apurou que muitos desses bilhetes foram comprados nas lojas oficiais do Sp. Braga, com a ajuda de sócios, amigos e familiares de pessoas afectas ao clube da casa.

A procura de bilhetes, nestes moldes, foi tanta que surpreendeu os dirigentes locais, que tudo tentaram fazer para que os jogadores orientados pelo técnico Domingos Paciência tivessem um grande apoio, numa noite em que os ‘guerreiros do Minho' poderão alcançar o feito maior da sua história: chegar à final de uma competição europeia. Tradicionalmente, a ‘Pedreira' era um estádio ‘amigo' para o Benfica mas a situação alterou-se nos últimos anos sob a gestão de António Salvador, devido aos brilharetes da equipa, em Portugal e na UEFA.

No último jogo entre as duas equipas, em Março (2-1), para a Liga, o Benfica queixou-se da hostilidade dos adeptos bracarenses. Mas nesta noite, tratando--se de um jogo da UEFA, os dirigentes encarnados acreditam que não haverá bolas de golfe e actos de violência nas bancadas.


CORREIO DA MANHA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #7 em: 05 de Maio de 2011, 08:01 »
Sp. Braga-Benfica (antevisão): decisões em português

Minhotos e águias numa inédita meia-final entre duas equipas lusófonas. Domingos e Jesus apostam tudo na qualificação para Dublin. Vantagem de 1-2 na eliminatórias para os da Luz


O percurso

Sp. Braga: na pré-qualificação para a Liga dos Campeões afastou o Celtic (vitória 3-0 em casa e derrota 2-1 fora) e o Sevilha (1-0 e 3-4). Na fase de grupos fez seis jogos (três vitórias e três derrotas). Acabou com nove pontos, atrás de Shakhtar e Arsenal e à frente de Partizan. Na Liga Europa afastou Lech Poznan (16-avos-de-final), Liverpool (oitavos) e Dínamo Kiev (quartos).

Benfica: na fase de grupos da Liga dos Campeões somou duas vitórias e quatro derrotas. Somou seis pontos, atrás de Schalke 04 e Lyon e à frente de Hapoel. Na Liga Europa eliminou Estugarda (16-avos-de-final), PSG (oitavos) e PSV (quartos).

O momento interno

Sp. Braga: luta pelo terceiro lugar na Liga com o Sporting. Empatou a última partida a zero bolas, na recepção ao Leiria. Já não perde para o campeonato desde 20 de Fevereiro (há mais de dois meses).

Benfica: vai acabar a Liga no segundo lugar, bem longe do F.C. Porto (está a 21 pontos). Venceu somente dois dos últimos sete jogos no campeonato. Eliminado nas meias-finais da Taça de Portugal pelo F.C. Porto. Conquistou a Taça da Liga ao bater o P. Ferreira na final por 2-1.

Os ausentes

Sp. Braga: Vandinho e Paulo César estão castigados. Marcos, Ukra e Keita não fazem parte dos inscritos para as provas da UEFA, tal como Marco Ramos, Guilherme e Vinícius.

Benfica: Pablo Aimar cumpre um jogo de suspensão. Luís Filipe, Rúben Amorim, Nuno Gomes e Salvio têm problemas físicos e não jogam.

A palavra dos treinadores:

Domingos Paciência: «Há benfiquistas a querer o Sp. Braga em Dublin». A revelação foi feita pelo técnico dos minhotos. «Não sei o que eles querem dizer com isso.»

Jorge Jesus: href= "Link Externo" target= "blank">«Roberto vai ser a escolha para a baliza». Técnico do Benfica reafirma a confiança no guarda-redes espanhol, mesmo depois de mais um erro, desta vez no empate em Olhão.

A palavra dos jogadores:

Hugo Viana: «É o maior jogo na história do Sp. Braga». O médio dos minhotos já perdeu uma final da Taça UEFA na época 2004/05. Viana jogava no Sporting e foi surpreendido pelo CSKA Moscovo em Alvalade.

Fábio Coentrão: «Quero ganhar a Liga Europa para esquecer esta época». O lateral está ainda marcado pelos insucessos na Liga e na Taça de Portugal, diante do F.C. Porto.

EQUIPAS PROVÁVEIS:

SP. BRAGA: Artur Moraes; Miguel Garcia, Alberto Rodríguez, Paulão e Sílvio; Leandro Salino, Custódio e Hugo Viana; Alan, Lima e Hélder Barbosa.

Outros convocados: Cristiano, Kaká, Elderson, Aníbal, Márcio Mossoró, Peterson e Meyong.

BENFICA: Roberto; Maxi Pereira, Luisão, Jardel e Fábio Coentrão; Javi Garcia, Carlos Martins, César Peixoto e Nico Gaitán; Saviola e Cardozo.

Outros convocados: Moreira, Júlio César, Roderick, Carole, Sidnei, Airton, Felipe Menezes, Fernández, Franco Jara, Weldon e Kardec.

MAIS FUTEBOL
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #8 em: 05 de Maio de 2011, 08:04 »
Domingos diz que muitos portugueses querem ver o Braga em Dublin


'O país está dividido '


Treinador dos «arsenalistas» garante que a sua equipa será melhor do que foi na Luz e confia num resultado que garanta a final.

Para além dos mais de 25 mil bracarenses que vão estar no Estádio AXA, o Sporting de Braga vai contar com o apoio dos milhões de portugueses que não são benfiquistas. Esta é, pelo menos, a convicção do treinador Domingos Paciência, que revelou, inclusivamente, que tem 'amigos benfiquistas', que vão torcer pela sua equipa. 'O país está dividido. Há muitos benfiquistas a torcer pela sua equipa e muita gente de outros clubes a querer ver o Braga em Dublin. Tenho muitos amigos benfiquistas e eles dizem que seria preferível estar o Sporting de Braga na final da Liga Europa. Não sei o que eles querem dizer com isso', ironizou o técnico bracarense, na conferência de imprensa de antevisão ao encontro desta noite (20h05).
A primeira parte do sonho de marcar presença na primeira final europeia da sua história não correu muito bem ao Sporting de Braga, mas Domingos considera ser 'possível', derrotar o Benfica por números que permitam aos bracarenses ter vantagem na eliminatória. 'Temos de dar a volta ao resultado. 2-1 é difícil? O 1-0 era pior. Com o 2-1 basta-nos vencer por 1-0. É possível ganhar por essa diferença ao Benfica. Temos sido corajosos, guerreiros, capazes de dar a volta por cima na ausência de vários jogadores. Chegar a uma meia-final nestas condições faz com que acreditemos ser possível estar em Dublin', confidenciou Domingos Paciência.
Para que a presença na final da Liga Europa seja uma realidade, o treinador dos «arsenalista» reconhece que a sua equipa não poderá cometer os mesmos erros que cometeu no encontro da semana passada e promete um Sporting de Braga mudado para melhor e mais agressivo, apesar de alguns jogadores estarem em risco de poder falhar a final. 'Não vamos cometer esses erros agora. Vamos ser melhores. Teremos de ser agressivos no bom sentido. Não queremos sofrer golos e sabemos que vamos ter oportunidades para marcar. Este grupo é muito forte. Já vivemos situações muito complicadas e ultrapassou tudo', sublinhou Domingos, que deverá deixar o Minho no final da temporada.
Por fim, o timoneiro bracarense mostrou o seu orgulho pela caminhada da sua equipa nas competições europeias desta época, mas não pretende ficar por aqui. 'Nunca estou satisfeito quando há algo mais para conquistar. O limite é o sucesso máximo. Nós já somos um grande. Há equipas com orçamentos muito superiores e estar no meio delas é sinal de grandeza', completou Domingos Paciência.

'Há mais para conquistar', Domingos quer a final da Liga Europa



Hugo Viana


'Jogo mais importante da história do clube '

O médio do Sporting de Braga pode estar a um jogo de repetir a presença na final da Liga Europa. Depois de ter estado no encontro decisivo pelo Sporting (ainda como Taça UEFA), Hugo Viana acredita vai estar em Dublin e que o final será mais feliz. 'Quem trabalha como nós só pode acreditar. É legítimo pensar na final. Temos de manter a concentração, à semelhança do que fizemos noutras noites europeias. Desta vez quero que acabe bem. Isso passa pela vitória frente ao Benfica, chegar a Dublin e ganhar', frisou.


PRIMEIRO DE JANEIRO
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #9 em: 05 de Maio de 2011, 10:49 »
Sp. Braga x Benfica: Quando um golo faz toda a diferença

Sporting de Braga e Benfica voltam a encontrar-se esta quinta-feira para um escaldante duelo futebolístico. Depois de um equilibrado 2-1 na primeira mão, a favor dos lisboetas, desta vez o resultado é mesmo definitivo. Desta vez vai haver um deles a cair, irremediavelmente. Desta vez vai haver um deles eufórico com a seguinte deslocação europeia, a Dublin, à final da Liga Europa.

E pode ser apenas um único golo a fazer toda a diferença. Possivelmente, vai ser esse golo a resolver a partida, a resolver com o poder... psicológico.

É que se o Sp. Braga marcar primeiro faz mais do que empatar a eliminatória: passa para cima nas contas finais. O golo apontado na Luz pode, então, valer ouro aos guerreiros arsenalistas. Em caso de vantagem caseira, os bracarenses acalmam a mente para gerir a seu bel-prazer os minutos restantes do encontro, sempre com a simpática «almofada» do apoio do seu público para controlar melhor as incidências do jogo. A cidade dos arcebispos já provou estar com o clube, já deu mostras de querer contribuir para o crescimento do clube.

Que o diga o próprio Benfica, que lá perdeu para o campeonato por 2-1, no meio de um ambiente... infernal. Típico dos grandes estádios, dos grandes adeptos.

Mas se, porventura, é o Benfica quem activa o placar, Domingos Paciência vai ter uma tarefa hercúlea pela frente: a de recuperar animicamente os seus para o resto de uma partida sem falhas e com, pelo menos, dois golos, para empatar a eliminatória. Se o Benfica se coloca à frente do marcador em pleno Estádio AXA faz o 1-3 e reforça aspirações. Com Jorge Jesus a ter assim «desculpa» para reforçar também a defesa e o meio-campo de forma a (as)segurar a passagem à final. Como já o vimos fazer noutras noites até menos importantes.

Neste momento, é provável que os treinadores tenham a vida facilitada nas respectivas palestras, porque uma única palavra chega para motivar as equipas: Dublin. É a meta, é o sonho, é o objectivo. Traduz naquelas seis letras a ambição de dois plantéis, de duas cidades... e de um país. Um país que em Maio se muda de malas e bagagens para a capital da República da Irlanda para, no dia 18, assistir ao vivo e a cores à consagração do futebol nacional. Porque tudo indica que o FC Porto vai lá estar também.

Relativamente a Sp. Braga e Benfica, a história já arquivada diz-nos que nos 122 confrontos oficiais  entre ambos os lisboetas levam a melhor. De longe. As águias têm 80 vitórias sobre o Sp. Braga. Os guerreiros têm 15 triunfos sobre os encarnados. E há registo ainda de 27 empates.

Mesmo nos duelos directos no relvado desta noite, no norte do país, é o Benfica quem tem mais lembranças felizes: venceu 31 de 61 partidas. Mas só ganhou uma das últimas sete (1-3), contra quatro perdidas (2-1, 2-0, 3-1 e 3-2).

Curioso também é o facto das duas vezes que o Sp. Braga perdeu 2-1 fora, na primeira mão das eliminatórias, ter passado à ronda seguinte. Aconteceu em 1997/98, contra o Vitesse, com os minhotos a virarem depois por 2-0 e na Taça UEFA de 2007/08, contra o Hammarby, com os arsenalistas a qualificarem-se graças ao excelente 4-0. Do lado do Benfica as contas também não são más: das dez ocasiões em que venceram por 2-1 em casa os encarnados passaram seis, tendo caído nas outras quatro vezes contra Juventus, Parma, Dortmund e Liverpool.

Mas hoje, antes de Dublin, essas contas não contam. Na antiga Bracara Augusta há um jogo decisivo. E quando um golo faz toda a diferença....

ZEROZERO
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #10 em: 05 de Maio de 2011, 12:24 »
Manhã no hotel com vista sobre Braga

O plantel do SC Braga optou por não sair do hotel na manhã desta quinta-feira, substituindo o curto passeio por actividades no interior da unidade que acolhe a comitiva, no Bom Jesus, local carismático que oferece uma portentosa e inspiradora vista sobre uma cidade hoje vibrante.

A comitiva minhota vai almoçar cerca das 12.30 horas, seguindo-se, depois, um período de descanso.

O lanche está marcado para as 17 horas, após o qual Domingos Paciência reunirá os jogadores para uma curta conversa antes da partida para o Estádio, agendada para as 18 horas.

À espera da equipa, já se sabe, vai estar um estar toda uma cidade que espera poder festejar a qualificação para a final da Liga Europa.

A BOLA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #11 em: 05 de Maio de 2011, 14:26 »
Final da Liga Europa antecipa 30.ª jornada para 14 de Maio

A presença de pelo menos um clube português na final da Liga Europa, marcada para 18 de Maio, ditou a antecipação dos jogos da 30.ª jornada da Liga para dia 14 (sábado).

De acordo com o comunicado divulgado hoje pela Comissão Executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), a antecipação é feita com base na alínea f) do artigo 16.º do regulamento de competições, que prevê que «quando um clube dispute uma final das competições UEFA, a jornada anterior da competição em que participe será toda antecipada para o sábado anterior».

No mesmo documento, a Comissão Executiva ressalva a possibilidade de «excepcionalmente alterar a data e hora de realização de determinados jogos cujos resultados não tenham interferência directa ou indirecta na tabela classificativa».

Da meia-final entre SC Braga e Benfica sairá um representante português na final de Dublin, que poderá ser 100 por cento lusa, caso o FC Porto ultrapasse o Villarreal.

A BOLA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #12 em: 05 de Maio de 2011, 15:12 »
Direcções de Braga e Benfica almoçam juntas

As Direcções de SC Braga e Benfica vão confraternizar à mesa durante um almoço que terá como pano de fundo o jogo de logo à noite, no Municipal bracarense.

O respato — o local foi mantido em segredo — realça as boas relações existentes entre os elencos presididos por António Salvador e Luís Filipe Vieira.

A BOLA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #13 em: 05 de Maio de 2011, 17:37 »
Ambiente tranquilo nas imediações do AXA

Tudo calmo nas imediações do Estádio AXA, a pouco menos de três horas do início da partida entre SC Braga e Benfica.

Os primeiros adeptos começam a chegar ao recinto bracarense, mas ainda em número reduzido. Montadas estão já as habituais caravanas de comércio, aproveitando as horas que antecedem o encontro para o negócio que sempre envolve este tipo de eventos.

A BOLA
JotaCC
JotaCC Equipa Principal
  • *****
  • 32784
  • Allez Braga Allez nos somos a tua voz...
  Re: NOTICIAS DO ENORME DO DIA 05/05
« Responder #14 em: 06 de Maio de 2011, 00:20 »


SC Braga vence Benfica e vai à final


A meia-final do encanto e do desencanto, uma vez que eram duas as equipas portuguesas a discutir o acesso ao último degrau da Liga Europa. O SC Braga ficou com esse direito, ao vencer o Benfica por 1-0 e anular a derrota por 1-2 no encontro da primeira mão. Alguém tinha de ficar em terra...

Custódio, aos 19 minutos, desviando de cabeça dentro da área cruzamento da esquerda para a área do Benfica, na sequência de pontapé de canto, foi o autor do golo que valeu a qualificação ao SC Braga.

Histórico, sem dúvida, só se lamentando que pelo caminho ficou outra equipa portuguesa, mas isso já se sabia quando SC Braga, Benfica e FC Porto garantiram o apuramento para estas meias-finais.

Agora, na final, novamente histórica, uma vez que haverá novo duelo português, desta feita com os bracarenses a terem pela frente o FC Porto. Dublin será o palco do jogo a 18 de Maio.


«Estar na Final é inacreditável» - Hugo Viana

O médio do SC Braga Hugo Viana enalteceu a campanha do clube depois de um arranque intermitente no início da temporada.

«Depois de todos os problemas que tivemos no princípio da época, chegar a uma final e ter a possibilidade de ficarmos em 3.º lugar no campeonato é inacreditável. É fruto do trabalho de todos, não só dos jogadores, mas de todos os trabalhadores do Braga que nos deram condições para chegarmos aqui», afirmou.


«Acreditamos que em Dublin tudo é possível» - António Salvador

O presidente do SC Braga, António Salvador, enalteceu a atitude dos seus «guerreiros» não só frente ao Benfica, mas ao longo de toda a temporada, reconhecendo que a equipa tem algumas limitações e que esta tudo tem feito para triunfar em campo.

«É preciso descomprimir e acreditar que em Dublin tudo é possível. Sempre disse que tínhamos as nossas limitações, mas estas foram sempre superadas dentro do campo pela paixão e união da equipa. Jogámos como guerreiros e estamos na Final com mérito. As finais são para se disputar e para se ganharem. A superação ultrapassa todas barreiras », disse António Salvador, lembrando o projecto que o levou a ser presidente do SC Braga.

«Quando aqui cheguei sempre disse que o clube tinha de chegar a este patamar. Muitos disseram que era uma utopia. Começou com Jesualdo Ferreira, depois foi Jorge Jesus e agora Domingos Paciência», recordou António Salvador, frisando que o SC braga agora é dos bracarenses.

«Pela primeira vez o clube mostrou a sua grandeza. Abriu a bilheteira apenas aos sócios. A região tem de se aproximar do clube e é para isso que trabalhamos todos os dias», reiterou.

A continuidade ou não de Domingos Paciência no comando da equipa também mereceu um pequeno comentário por parte do dirigente.

«Se nos vier a deixar ele terá saudades deste clube», concluiu.



«As finais são para ganhar» - Domingos Paciência

O treinador do SC Braga, Domingo Paciência, garantiu que depois de carimbar o passaporte para a Final da Liga Europa que a sua equipa irá a Dublin para trazer o troféu para a Cidade dos Arcebispos.

«As finais são para ganhar, o SC Braga já provou isso e vamos lá estar para ganhar», disse Domingos Paciência em tom de aviso ao FC Porto, o outro finalista da prova.

A vitória sobre o Benfica e o marco histórico da final europeia levaram Domingos a elogiar toda a equipa.

«Este foi um jogo com sentimento especial. Estou contente pelo grupo, que tem grandes profissionais. Merecemos estar na Final. Foi feita justiça. Por tudo o que foi feito até hoje, onde houve alturas em que tivemos 12 ou 13 jogadores. Chegar até aqui e garantir a final é muito bom», atirou na zona de entrevistas rápidas.


«É fantástico» - Custódio


Herói da qualificação para a final, fruto do golo que valeu a vitória frente ao Benfica, Custódio estava naturalmente feliz com o feito alcançado pelo SC Braga.

«É fantástico. Não somos só uma equipa, somos um grupo de guerreiros, que tem vindo a crescer ao longo do tempo», afirmou o jogador, que recusou o estatuto de herói e fez questão de distribuir louros por todo o grupo de trabalho e pelos adeptos.

A BOLA