You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
"Uma coisa coisa que me aborrece perfundamente é a atitude dos adeptos"
1 Respostas
1911 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
smik2
Democracia à portuguesa

 
Não estou aqui para explicar o termo mas sim para apontar as desigualdades existentes na actualidade do futebol português. Tudo o que resulte numa punição inferior a 3 meses de suspenção para Jorge Jesus consistiria uma verdadeira desgraça, mas todos nós já sabemos o que vai acontecer. Nada. Tudo depende da equipa que se representa, o que me enoja. Começo a ficar mais aborrecido com o que se passa fora de Braga do que com o facto de ainda faltar muito para jogar esta época.

Certamente que surgirá uma teoria qualquer em como Jorge Jesus terá reagido a insultos proferidos pela outra parte e certamente que este acabará com uma suspensão de 2 jogos. O tapate para baixo do qual a Liga varre os seus problemas terá de ser vislumbrado fora do País. Terá de surgir alguém para proteger os clubes mais pequenos daquilo que pode apenas ser denominado por bullying. E mesmo com o dinheiro a falar sempre mais alto, todos os clubes teriam de alinhar sob pena de sofrer concequências pesadas.

Não vou sequer falar do que se passa dentro das quatro linhas quando, fora delas, comissões tentam desesperadamente defender (péssimas) decisões de arbitragem e implicam nessas tristes justificações o sempre inultrapassável facto de que todo o ser humano erra. A alavanca da arbitragem actual está a um nível ridiculamente baixo. É triste que vários destes árbitros pertençam ao rol de juízes nomeáveis pela UEFA para jogos internacionais – e, inclusive, para o Campeonato do Mundo – quando inundam os relvados com erros tremendos (por vezes, com consequências igualmente grandes) que, na larga maioria das vezes, acabam ignorados por a equipa prejudicada ser menos rica, ou de pergaminhos menores. Trata-se apenas de mais uma vertente da já célebre história do rico a ficar mais rico enquanto o pobre se alimenta de restos.

Por motivos de saúde e profissionais perdi dois jogos em casa esta época (Beira-Mar e Vitória de Setúbal) e devo assumir que me é muito difícil não poder estar no estádio a transmitir o meu apoio à equipa. Acho que certos adeptos mudam como muda direcção do vento. Se num dado momento estão a apoiar a equipa de forma constante e veemente, noutro, estão a insultar os jogadores, no fundo, não os tratando com o respeito quem eles merecem. De facto, a equipa não está bem. Enquanto alguns jogadores estão ao seu nível, outros estão mesmo muito abaixo daquilo que seria de esperar. Pessoalmente, acho que jogadores como Hélder Barbosa e Custódio não encaixam no tipo de jogador que eu gostaria que permanecesse em Braga. Tudo o que me lembro sobre a prestação do Hélder Barbosa contra o Sporting foi que ele perdeu toda e qualquer bola que lhe chegou aos pés. Pura e simplesmente não consigo vislumbrar um futuro para ele enquanto parte integrante desta equipa. É um jogador tecnicamente evoluído, mas que não joga para a equipa. No caso do Custódio, apenas digo que é um jogador que não me transmite nada mais do que o legítimo interesse em auferir um ordenado no final do mês mas que, claramente, não sente nada pelo Clube. De resto, é notório que muitos dos outros jogadores estão a tentar dar tudo o que têm, mas as coisas não estão a sair bem.

Uma coisa que me aborrece profundamente é a atitude dos adeptos face aos maus resultados. Quando a equipa está a ganhar tudo é bom. Quando os resultados começam a piorar começam também os assubios e os insultos. Será que estamos prestes a regressar aos (maus) tempos em que apenas cerca de 3 ou 4 mil pessoas se deslocavam ao estádio? Será que as pessoas não se apercebem de que os assubios e os insultos têm um impacto muito negativo nos jogadores? Será que não percebem isto? Tudo leva o seu tempo a concretizar-se. António Salvador elevou este clube (pelo menos) ao nível dos melhores do País. O trabalho realizado na formação certamente dará frutos em breve e benificiaremos dele durante muitos anos. Mais uma vez, tudo leva o seu tempo. Sejam pacientes. Nós lá chegaremos. Mas para tal teremos de apoiar os nossos jogadores desde o primeiro até ao últimos minutos de cada jogo.

Power by Karl no Site: Planet Braga

smik2
  Re:"Uma coisa coisa que me aborrece perfundamente é a atitude dos adeptos"
« Responder #1 em: 26 de Fevereiro de 2011, 12:31 »
Força Braguista.
A equipe mostra a sua raça em campo e nós temos que a mostrar no Estadio.
Nostrem a vossa raça e ambição por um Braga Campeão.