You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
405 Respostas
62711 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
joelvm
joelvm Equipa Principal
  • *****
  • 1334
  • We are SCBraga!!!
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #320 em: 07 de Março de 2019, 17:04 »
Conhecendo este país como conheço, depois de se andar a adiantar quantias para os 3 bonecos, não vai tardar para a NOS vir dizer que já não tem dinheiro para cumprir com o resto dos contratos. E mais uma vez quem vai sair beneficiado são os eucaliptos do costume, pois tesos como são não têm vergonha de andar a ir ao porquinho mealheiro sempre que precisam. Quando acabar a mama, arranjam outra. O resto dos clubes que querem ser sérios é que se f****.
Exacto: os valores não são adiantados pela NOS: é feito uma espécie de empréstimo junto de banco ou grupo de investimento em que esses valores são a contrapartida (como se fosse uma hipoteca da casa).

É factoring, a NOS não adianta nada. Além disso, nós fizemos o mesmo para ter dinheiro para a academia.

Pronto, então no fim lá irá existir um bom samaritano que lhes vai perdoar a dívida. Btw, não sabia que o Braga também tinha utilizado essa estratégia. Qual foi o valor "adiantado"?

É o que 3 porquinhos já andam a pedir adiantado desde o início desta "distribuição".

Neste caso não há hipótese, basicamente há uma cedência de  créditos futuros, pelos quais o banco / entidade financeira cobra uma "pequena" taxa.
É uma operação muito frequente em empresas para fazer face à falta de liquidez.
Basicamente é isto https://www.bancobpi.pt/empresas/tesouraria/factoring
Eskol Equipa Principal
  • *****
  • 2445
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #321 em: 31 de Julho de 2019, 16:32 »
https://www.guimaraesdigital.com/index.php/informacao/desporto/55655-moreirense-sem-acordo-para-venda-de-direitos-televisivos

Situação interessante para seguir nos próximos dias. O desfecho mais provável é a SportTV oferecer mais uns cobres e fica o assunto resolvido, mas está aqui uma boa oportunidade para a concorrência espetar mais uma facadinha.
Anuncios M
Anuncios M
tiago1992 Equipa Reservas
  • ****
  • 830
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #322 em: 31 de Julho de 2019, 17:27 »
https://www.guimaraesdigital.com/index.php/informacao/desporto/55655-moreirense-sem-acordo-para-venda-de-direitos-televisivos

Situação interessante para seguir nos próximos dias. O desfecho mais provável é a SportTV oferecer mais uns cobres e fica o assunto resolvido, mas está aqui uma boa oportunidade para a concorrência espetar mais uma facadinha.

Assunto interessante e a seguir sem dúvida...

Já agora alguem tem dados dos valores recebidos por cada clube?
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 2406
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #323 em: 31 de Julho de 2019, 20:30 »
Sinceramente desejo que não cheguem a um acordo acerca dos direitos televisivos...ia ser animado
Anuncios V
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12890
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #324 em: 31 de Julho de 2019, 23:27 »
Afinal os clubes espanhóis (menos Real) querem jogos à 2ª e 6ª. Money
Quem não sente não é filho de boa gente.
AMartins
AMartins Equipa Principal
  • *****
  • 2406
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #325 em: 01 de Agosto de 2019, 01:58 »
Afinal os clubes espanhóis (menos Real) querem jogos à 2ª e 6ª. Money

Hoje (ontem) foi noticiado que nenhuma oferta pelos direitos de transmissão da liga espanhola por parte dos operadores no Reino Unido foi aceite pela detentora dos direitos (ElevenSports UK). Sendo que o prazo inicial expirou no dia 25 de Julho.
Não se aventura fácil, ainda para mais sendo que a partir da próxima época serão 200 os jogos da PL transmitidos na TV (divididos pela Sky Sports, BT Sports e Amazon Prime).

Ou seja, num país que tinha 100 jogos do campeonato interno televisionados na época passada e na próxima época vai passar a ter 200 (cerca de 53% dos jogos) não há interesse em pagar muito para ter jogos da liga espanhola, a passar nas tv’s inglesas.

Já aqui acomoda-se tudo e todos ao sabor do que vem de fora. Os visionários estão todos neste retângulo da Europa.
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12890
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #326 em: 01 de Agosto de 2019, 13:35 »
Não é de admirar em inglaterra não estarem dispostos a pagar muito dinheiro por jogos muito inferiores.
Em todas as ligas existem meia duzia de jogos de grande interesse (os classicos) e depois jogos de moderado ou nenhum interesse.
Eu pessoalmente não tenho interesse nenhum em ver um jogo normal da liga espanhola italiana alemã ou francesa. Mesmo um real madrid-getafe, que até foi 5o ou 6o, para mim tem interesse pouco mais que zero. Vê-se o Barcelona pelo Messi, a Juventus pelo CR7 como se via o Real. Os jogos da liga italiana, mesmo a juventus são uma seca.
Mas mesmo num campeonato competitivo e de qualidade, a Bundesliga, falta uma ligação emocional entre eu e algum clube para que me sinta atraído.


A única diferença é a Premier League, muito muito competitiva e com enorme tradição que permite criar o tal laço emocional. Um produto que sempre foi bem tratado e preocupado por manterem autêntico. É um bom produto daí o seu valor e a projeção mundial.

Enviado do meu SM-J610FN através do Tapatalk

Quem não sente não é filho de boa gente.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 7901
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #327 em: 01 de Agosto de 2019, 19:28 »
A Premier League não é só "mais competitiva" e mais interessante que todas as outras, é também muito mais Marketing, Branding e muito bem trabalhados...tão bem trabalhado que até jogos tão desinteressantes ou interessantes como muitos outros, de outras ligas, são vendidos e interiorizados por quem os consome como mais espectáculares, como a última cola do deserto...a Premier League é uma grande marca, são muitos anos a trabalhar, valorizar, gerir e rentabilizar o produto, a esse nível (e em vários outros) está muitíssimo à frente de todas as outras ligas.
Anuncios M
Anuncios M
Enorme1921
Enorme1921 Juvenis
  • **
  • 204
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #328 em: 01 de Agosto de 2019, 23:38 »
A Premier League não é só "mais competitiva" e mais interessante que todas as outras, é também muito mais Marketing, Branding e muito bem trabalhados...tão bem trabalhado que até jogos tão desinteressantes ou interessantes como muitos outros, de outras ligas, são vendidos e interiorizados por quem os consome como mais espectáculares, como a última cola do deserto...a Premier League é uma grande marca, são muitos anos a trabalhar, valorizar, gerir e rentabilizar o produto, a esse nível (e em vários outros) está muitíssimo à frente de todas as outras ligas.

Embora deva concordar que tem o seu quê de marketing (e nisso eu sou perito), o que é certo é que o futebol inglês não deixa de ser um produto muito apetecível. Sei que nem toda a gente é assim, mas eu até prefiro ver um Stoke - Swansea do que jogos que por vezes são tão badalados e acabam por ser enfadonhos. O futebol inglês promete - e acaba por cumprir - emoção de início a fim, quase sempre com resultados em aberto e disputados até ao último segundo. Para além do mais, não é nenhuma surpresa o último classificado ir ganhar a casa do primeiro, ou uma equipa de habituais estadias na segunda metade da tabela ficar nos primeiros cinco lugares. Não existe viciação - ou melhor, até existe, mas pelo menos não em quantidades óbvias como por cá se vê - daquilo que é o jogo. A única emoção do futebol português é saber como é que os três clubes do sistema vão ganhar: se será bater em ceguinhos, se será preciso anular um golo limpo ao adversário e depois cair um penalti inexistente do céu... De resto, já se sabe que, em 90% dos jogos, essas equipas vão ganhar. Devo confessar que, tirando os jogos do Braga, mal vejo futebol português, apenas por ocasião ou se estiver em algum sítio que esteja a passar o jogo. A incerteza é a parte mais bonita do futebol, e não é à toa que o melhor campeonato - ou pelo menos aquele que maioria das pessoas aprecia - tem como característica principal isso mesmo.
HenDua
HenDua Equipa Principal
  • *****
  • 1583
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #329 em: 02 de Agosto de 2019, 08:37 »
A Premier League não é só "mais competitiva" e mais interessante que todas as outras, é também muito mais Marketing, Branding e muito bem trabalhados...tão bem trabalhado que até jogos tão desinteressantes ou interessantes como muitos outros, de outras ligas, são vendidos e interiorizados por quem os consome como mais espectáculares, como a última cola do deserto...a Premier League é uma grande marca, são muitos anos a trabalhar, valorizar, gerir e rentabilizar o produto, a esse nível (e em vários outros) está muitíssimo à frente de todas as outras ligas.

Embora deva concordar que tem o seu quê de marketing (e nisso eu sou perito), o que é certo é que o futebol inglês não deixa de ser um produto muito apetecível. Sei que nem toda a gente é assim, mas eu até prefiro ver um Stoke - Swansea do que jogos que por vezes são tão badalados e acabam por ser enfadonhos. O futebol inglês promete - e acaba por cumprir - emoção de início a fim, quase sempre com resultados em aberto e disputados até ao último segundo. Para além do mais, não é nenhuma surpresa o último classificado ir ganhar a casa do primeiro, ou uma equipa de habituais estadias na segunda metade da tabela ficar nos primeiros cinco lugares. Não existe viciação - ou melhor, até existe, mas pelo menos não em quantidades óbvias como por cá se vê - daquilo que é o jogo. A única emoção do futebol português é saber como é que os três clubes do sistema vão ganhar: se será bater em ceguinhos, se será preciso anular um golo limpo ao adversário e depois cair um penalti inexistente do céu... De resto, já se sabe que, em 90% dos jogos, essas equipas vão ganhar. Devo confessar que, tirando os jogos do Braga, mal vejo futebol português, apenas por ocasião ou se estiver em algum sítio que esteja a passar o jogo. A incerteza é a parte mais bonita do futebol, e não é à toa que o melhor campeonato - ou pelo menos aquele que maioria das pessoas aprecia - tem como característica principal isso mesmo.

Basicamente é isto.

A nossa liga não tem interesse nenhum para a maioria dos portugueses como é que a querem valorizar?
Os parolos querem é ver o Benfica ou o Porto ou o Sporting. Não há competitividade nenhuma porque está tudo feito e pensado de forma a que o Benfica ou o Porto sejam campeões e a que o Sporting fique logo atrás.

Mas enquanto houver guita da SporTV este mama vai continuar e os mamões vão continuar profanar os nossos campeonatos.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4557
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #330 em: 02 de Agosto de 2019, 10:15 »
A liga Inglesa ainda é o topo, mas por exemplo na última época tinha meia dúzia de equipas cujo valor de mercado é pouco mais que zero. A liga vale pelo seu todo, pelo estatuto que conseguiram criar ao longo dos anos (que nem são assim tantos quantos parecem). Sabem vender bem o produto, e diria que são o exemplo oposto da liga Portuguesa. Se o pessoal se sentasse em casa sem saber que aquela era a liga inglesa duvido que perdessem tempo a ver um Brighton-Bournemounth. (em Portugal deve corresponder a um Tondela-Aves ou nem isso).
Vê-se guerras entre Tvs com valores completamente absurdos por jogo que mais dia menos dia vão acabar mal. O não comprarem a liga espanhola é normal, não é porque não seja interessante, é apenas porque os valores são absurdos. Aqui em Portugal estão a pagar 6 ou 7 vezes mais pela liga inglesa que o que se pagava à meia dúzia de anos, isto por uma Tv que tem meia dúzia de assinantes. (gostava de saber de onde vem o dinheiro... já que não vem dos assinantes)

Sinceramente não sei qual o futuro, mas o que se vê é a explorar tudo até ao tutano, seja Liga inglesa, seja UEFA seja em todo o lado. No fim não sei o que vai sobrar.
A liga Portuguesa vai caminhar para a venda conjunta dos direitos, não tenho duvidas disso, pode demorar 1 ano, 2 ou 10, os grandes não vão ter outra hipótese, mesmo achando que a curto prazo possam perder. Ainda assim os bons jogos continuam a ter boas audiências mesmo não estando os grandes.
Relembro que o Braga nos seus jogos europeus em canal aberto praticamente sempre teve grandes audiências, penso que sendo até o programa mais visto do dia.
Falta saber vender o peixe como faz por exemplo a seleção.
E como diz o presidente do Moreirense e bem, um Moreirense Benfica vale mais que um Benfica Moreirense. Sendo que no mínimo estes clubes mais pequenos têm 5 jogos interessantes em termos de TVs, os 3 grandes e Braga e Guimarães.
Anuncios G
Guerreiro03 Equipa Reservas
  • ****
  • 906
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #331 em: 02 de Agosto de 2019, 10:29 »
A liga Inglesa ainda é o topo, mas por exemplo na última época tinha meia dúzia de equipas cujo valor de mercado é pouco mais que zero. A liga vale pelo seu todo, pelo estatuto que conseguiram criar ao longo dos anos (que nem são assim tantos quantos parecem). Sabem vender bem o produto, e diria que são o exemplo oposto da liga Portuguesa. Se o pessoal se sentasse em casa sem saber que aquela era a liga inglesa duvido que perdessem tempo a ver um Brighton-Bournemounth. (em Portugal deve corresponder a um Tondela-Aves ou nem isso).
Vê-se guerras entre Tvs com valores completamente absurdos por jogo que mais dia menos dia vão acabar mal. O não comprarem a liga espanhola é normal, não é porque não seja interessante, é apenas porque os valores são absurdos. Aqui em Portugal estão a pagar 6 ou 7 vezes mais pela liga inglesa que o que se pagava à meia dúzia de anos, isto por uma Tv que tem meia dúzia de assinantes. (gostava de saber de onde vem o dinheiro... já que não vem dos assinantes)

Sinceramente não sei qual o futuro, mas o que se vê é a explorar tudo até ao tutano, seja Liga inglesa, seja UEFA seja em todo o lado. No fim não sei o que vai sobrar.
A liga Portuguesa vai caminhar para a venda conjunta dos direitos, não tenho duvidas disso, pode demorar 1 ano, 2 ou 10, os grandes não vão ter outra hipótese, mesmo achando que a curto prazo possam perder. Ainda assim os bons jogos continuam a ter boas audiências mesmo não estando os grandes.
Relembro que o Braga nos seus jogos europeus em canal aberto praticamente sempre teve grandes audiências, penso que sendo até o programa mais visto do dia.
Falta saber vender o peixe como faz por exemplo a seleção.
E como diz o presidente do Moreirense e bem, um Moreirense Benfica vale mais que um Benfica Moreirense. Sendo que no mínimo estes clubes mais pequenos têm 5 jogos interessantes em termos de TVs, os 3 grandes e Braga e Guimarães.
O problema é que temos os três grandes a olhar apenas para o seu "umbigo" , com uma atitude que acaba por aumentar o fosso para as restantes equipas. Outro problema é o facto de a liga não se "saber vender". 

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

Guerreiro03 Equipa Reservas
  • ****
  • 906
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #332 em: 02 de Agosto de 2019, 10:34 »
E a TV que tem meia dúzia de assinantes, não é bem assim , cada vez têm mais assinantes. Acho que é mesmo o que a SportTV precisava, porque é absurda a estratégia deles com um preço excessivo para os direitos que agora têm

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

Quim
Quim Juniores
  • ***
  • 262
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #333 em: 02 de Agosto de 2019, 11:05 »
A Premier League não é só "mais competitiva" e mais interessante que todas as outras, é também muito mais Marketing, Branding e muito bem trabalhados...tão bem trabalhado que até jogos tão desinteressantes ou interessantes como muitos outros, de outras ligas, são vendidos e interiorizados por quem os consome como mais espectáculares, como a última cola do deserto...a Premier League é uma grande marca, são muitos anos a trabalhar, valorizar, gerir e rentabilizar o produto, a esse nível (e em vários outros) está muitíssimo à frente de todas as outras ligas.

Embora deva concordar que tem o seu quê de marketing (e nisso eu sou perito), o que é certo é que o futebol inglês não deixa de ser um produto muito apetecível. Sei que nem toda a gente é assim, mas eu até prefiro ver um Stoke - Swansea do que jogos que por vezes são tão badalados e acabam por ser enfadonhos. O futebol inglês promete - e acaba por cumprir - emoção de início a fim, quase sempre com resultados em aberto e disputados até ao último segundo. Para além do mais, não é nenhuma surpresa o último classificado ir ganhar a casa do primeiro, ou uma equipa de habituais estadias na segunda metade da tabela ficar nos primeiros cinco lugares. Não existe viciação - ou melhor, até existe, mas pelo menos não em quantidades óbvias como por cá se vê - daquilo que é o jogo. A única emoção do futebol português é saber como é que os três clubes do sistema vão ganhar: se será bater em ceguinhos, se será preciso anular um golo limpo ao adversário e depois cair um penalti inexistente do céu... De resto, já se sabe que, em 90% dos jogos, essas equipas vão ganhar. Devo confessar que, tirando os jogos do Braga, mal vejo futebol português, apenas por ocasião ou se estiver em algum sítio que esteja a passar o jogo. A incerteza é a parte mais bonita do futebol, e não é à toa que o melhor campeonato - ou pelo menos aquele que maioria das pessoas aprecia - tem como característica principal isso mesmo.

Basicamente é isto.

A nossa liga não tem interesse nenhum para a maioria dos portugueses como é que a querem valorizar?
Os parolos querem é ver o Benfica ou o Porto ou o Sporting. Não há competitividade nenhuma porque está tudo feito e pensado de forma a que o Benfica ou o Porto sejam campeões e a que o Sporting fique logo atrás.

Mas enquanto houver guita da SporTV este mama vai continuar e os mamões vão continuar profanar os nossos campeonatos.

E o mais engraçado é que muitos desses parolos dizem à boca cheia que a liga inglesa é que é a melhor do mundo e etc., mas depois, ao contrário do que lá se passa, preferem apoiar clubes a 100, 200 ou 300 km de casa, só porque sim. Ou melhor, porque para eles o futebol é poderem ir para o café ou para a escola dizer "a minha equipa ganhou"
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4557
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #334 em: 02 de Agosto de 2019, 14:08 »
E a TV que tem meia dúzia de assinantes, não é bem assim , cada vez têm mais assinantes. Acho que é mesmo o que a SportTV precisava, porque é absurda a estratégia deles com um preço excessivo para os direitos que agora têm

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
Os assinantes que a eleven tem não devem chegar para pagar os direitos da liga espanhola, quanto mais champions e outras ligas.
A longo prazo é um projeto completamente falido, diga-se tal como tem sido a Sporrttv que ainda assim tinha custos imensamente inferiores aos que tem atualmente para os mesmos conteúdos.
A Sporttv mesmo com os direitos que tem, tem um preço +- razoável, convém não esquecer os valores dos novos contratos que têm sido assinados, seja liga portuguesa seja das outras ligas. Preços completamente absurdos.
Se a sporttv já nem lucrativa era antes quanto mais agora.
A sporttv perdeu direitos, mas provavelmente em termos de custos ainda subiram. (por isso mantiveram os jogos do Slb no canal do clube, assim garantem mais receita)
Tem liga Portuguesa que é o fundamental e depois tem inglesa e italiana que no momento são as que mais interessam aos portugueses, falta-lhes a champions.
No fim quem perde é o futebol, porque cada vez tem menos gente interessada no produto, se não vês os jogos, perdes o interesse. E a cada dia que passa os tele espectadores mais condicionantes têm para ver os jogos. Alguém acima metia que em Inglaterra há 3 ou 4 canais com os direitos, provavelmente com 3 ou 4 assinaturas, não faz qualquer sentido.
Guerreiro03 Equipa Reservas
  • ****
  • 906
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #335 em: 02 de Agosto de 2019, 14:15 »
Em Abril já tinham mais de 100 mil assinantes, mais receitas resultantes dos contratos com as operadoras, pelo que me parece que é minamente sustentável.  E é precisamente para  um modelo semelhante à Eleven que a SportTV tem que caminhar se quiser ser sustentável,  enverdando mais pela distribuição OTT

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

Guerreiro03 Equipa Reservas
  • ****
  • 906
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #336 em: 02 de Agosto de 2019, 14:16 »
Mas concordo que quem perder é o público. No entanto, por comparação de preços acho a SportTV extremamente para a "bolo" de conteúdos que oferece atualmente

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk

rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 12890
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #337 em: 02 de Agosto de 2019, 15:34 »
A Eleven está longe de ser um caso de sucesso por essa europa fora.
A multiplicação de pacotes e os preços praticados leva a que haja cada vez mais inácios.
A Eurosport também comprou os direitos da Formula 1 e acabou por revender à Eleven. Sinceramente não vejo dinheiro para pagar os valores que pedem pelos direitos. Estão altamente inflacionados por causa de países extremamente populosos, como a China, que mesmo que tenha 0,1% da população a aderir vai ter lucro enorme. Não é o mesmo que um país com 300 ou 500k assinantes.
Quem não sente não é filho de boa gente.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 4557
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #338 em: 02 de Agosto de 2019, 15:36 »
Em Abril já tinham mais de 100 mil assinantes, mais receitas resultantes dos contratos com as operadoras, pelo que me parece que é minamente sustentável.  E é precisamente para  um modelo semelhante à Eleven que a SportTV tem que caminhar se quiser ser sustentável,  enverdando mais pela distribuição OTT

Enviado do meu Redmi Note 7 através do Tapatalk
A distribuição OTT é bonita na teoria, na prática pelo menos em Portugal ainda está a centenas de kilometros de ser uma boa solução, diga-se que a principal dificuldade da Elevem foi precisamente estar disponível só pela net.
Mesmo com 100 mil assinantes (se lá chegaram, que é bem diferente de ter 100mil assinantes, mais ainda quando ofereceram 1mês grátis) continua a ser um buraco sem fundo.
Com 100mil assinantes fixos penso que nem sequer a liga espanhola pagam!!
O nosso mercado é demasiado pequeno e pobre já agora para ter 3 ou 4 contratos de canais de desporto.
A sporttv apesar de cara como dizem, não chega para manter os custos, têm que ser as operadoras (donos) a meter lá dinheiro.
PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 3118
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #339 em: 02 de Agosto de 2019, 16:02 »
Mas vocês acham mesmo que a sporttv se mantinha no activo se desse prejuízo durante vários anos consecutivamente?!  ???
A sporttv dá lucro meus amigos, caso contrário já à muito que tinham abandonado e convém lembrar que as fontes de rendimento não se limitam a apenas aos assinantes... O caso da eleven sports é diferente, pelo menos em Portugal, pois ainda estão a começar mas não tenho dúvidas que a nível global o saldo seja amplamente positivo. Convençam-se  de uma coisa, ninguém cria ou mantém empresas para estas terem prejuízos.

 

Anuncios M
Anuncios M