Quantcast
Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
454 Respostas
94789 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Bruno Silva Juvenis
  • **
  • 113
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #240 em: 06 de Janeiro de 2016, 15:53 »
Pensava que o contrato do Braga eram 7 anos, mas são 10 a partir de 2019/20! Assim a noticia do jornal estará correta 12,5 anos (13 épocas). Contas simples 100M€/12,5 = 8 milhões/época, 90M€/10 =9 milhões época! Eles em principio recebem mais por época em média (deve ser um valor em crescendo para os dois clubes), mas nós recebemos mais no inicio! Se somarmos o que eles vão receber nestas 2 épocas e meia da PPTV (talvez 3,5M€/ano) somam um total de 90M€ + (3.5*2.5=8,75M€)=98,75€.

Ou seja, contas à merceeiro, a diferença (seja para lá que lado for) será irrelevante, mas acho bom começar a receber mais , mais cedo, porque o dinheiro não vale o mesmo agora ou daqui a 10 anos!
Não sei se é assim. O contrato com a NOS, que é referido no comunicado são 10 anos a partir de 2019/20 (ou 2018/19 já não sei ao certo). A renegociação deverá ser posterior e estar fora dos 100 M€. Sendo assim, não será antes 100M vs 90 e XX vs 8,75

Exato e enquanto o clube ou a operadora NOS não falar em valores só podemos supor, não podemos dizer que o nosso é melhor ou que o deles é melhor, porque segundo a CS também diz que renegociámos com a pptv, por isso penso que o valor que se fala é 10 anos com inicio na época 2019/20
LS
LS Equipa Principal
  • *****
  • 4620
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #241 em: 06 de Janeiro de 2016, 21:40 »
O presidente do vitória garantiu que o clube irá receber mais de 100M. Não se sabe é se incluiu patrocínios.
Anuncios M
Anuncios M
Invest NO Braga
Invest NO Braga Juniores
  • ***
  • 696
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #242 em: 06 de Janeiro de 2016, 22:17 »
Rio Ave também já exibe Meo nas camisolas....
Setúbal Kia
FCP, Rio Ave Meo
Benf# Emirates
Sport. Nos
Belenenses TVI24
Nacional, Marítimo Santander
Spain, Arouca, Paços, Estoril BIC
Académica,União,Boavista,Tondela, uns patrocinadores locais

Braga e Moreirense ainda em branco...
SEMPRESCB
SEMPRESCB Equipa Principal
  • *****
  • 6225
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #243 em: 06 de Janeiro de 2016, 22:41 »
O presidente do vitória garantiu que o clube irá receber mais de 100M. Não se sabe é se incluiu patrocínios.
Não brinquem com coisas sérias se o torinha receber 100M por 10 épocas é obrigatório rever o nosso contrato, não é possível nem admissível que esses gajos tenham uma receita de direitos televisivos próxima da nossa.
Robalo
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #244 em: 06 de Janeiro de 2016, 22:56 »
O presidente do vitória garantiu que o clube irá receber mais de 100M. Não se sabe é se incluiu patrocínios.

Neste fórum não se pode dizer uma coisa destas... Palminhas para a frente.

Afinal seguindo as justificações deste tópico , a nossa loja do centro fechava no natal ao domino , que era para os diretores do rival não virem tirar informações dos nossos preços ....
D3cktor08
D3cktor08 Juvenis
  • **
  • 147
Bruno3429 Equipa Principal
  • *****
  • 12965
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #246 em: 07 de Janeiro de 2016, 17:35 »
Esperem pelos comunicados na CMVM, aí sim podemos todos opinar.
joaoPC Equipa Principal
  • *****
  • 1453
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #247 em: 07 de Janeiro de 2016, 19:01 »
O do Braga e igual ao do Sporting... A NOS no comunicado anunciou o valor dos 10 anos(a comecar quando o contrato atual acabar), no nosso caso 100 milhoes e depois o Sporting no comunicado tinha um valor maior que era a renegociação dos direitos atuais com a IPTV

Enviado do meu LG-D802 através de Tapatalk
« Última modificação: 07 de Janeiro de 2016, 19:08 por joaopcorreia26 »
Anuncios M
Anuncios M
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 24230
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #248 em: 07 de Janeiro de 2016, 21:34 »

E ainda bem que nao divulgamos, assim eles estão completamente a deriva neste assunto....fizeram foi no dia 29 de dezembro um contrato com a Meo que mete o nosso no bolso.


Já que conheces os 2 contratos mete aí "faladura", porque eu estou curioso! E já que os clubes não falam nada, ao menos temos-te a ti para ir sabendo das novidades!!

Isto ainda nao pode ser muito divulgado.

Praticamente é o mesmo valor mas eles por menos anos, mas só começam em 2018.

A questão dos anos, pode fazer a diferença, mas não me acredito que eja como disseste "meter o nosso no bolso", não devem ser muito diferentes como se suponha.

O nosso também não começa só em 2018? Pelo que percebi, a NOS assinou por sete anos a partir de 2018. O deles vai ser menos de sete anos?
Segundo li algures, renegociámos o contrato com a PPTV que vigorava até 2017.

Para seguir com interesse, mas para mim estes contratos (de muitos anos e muitos milhões) ainda vão fazer correr muita tinta, e não ficaria nada surpreendido que isto fosse mais show-off que outra coisa qualquer!

Enquanto os três metralhas negociavam e fechavam contratos AS disse que não estava preocupado porque o Braga ainda tinha mais três temporadas de contrato, entretanto li que o SCB renegociou essas três temporadas de contrato em vigor com a IPTV que termina(va) em 17/18. (este contrato incluía e inclui os direitos de transmissão televisiva e a publicidade estática) passando agora a receber por cada uma dessas épocas €5 milhões (recebíamos €3,250 época)...face à pouca informação disponível o dito contrato para a década assinado com a NOS valerá €100 milhões apenas pelos direitos de transmissão televisiva falta saber em que época começa, será em 18/19, ou 19/20 como também já li, ou começou com a renegociação cujo a entidade é também detida/parceira NOS?

Será que esses 10 anos correspondem às três épocas da renegociação (€15 milhões) mais as sete seguintes (€85 milhões)? Não creio.

Ou será que esses 10 anos se iniciam na temporada 18./19 e terminam na época 27/28. a troco de €100 milhões? Julgo que será isto mas tudo não passa de suposições.
Mais Norte
Mais Norte Equipa Principal
  • *****
  • 2893
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #249 em: 07 de Janeiro de 2016, 23:00 »

Sobre a publicitação ou não dos termos do acordo SC Braga/NOS pode haver muitas opiniões. Todas são aceitáveis, e respeitáveis, mas a minha é a de que o Clube não deve publicitar mais do que aquilo que é necessário, e legalmente obrigatório, sobre os contratos. Deverá, obviamente, fazê-lo em sede própria aos sócios e aos accionistas. E tem que o fazer. Não me preocupam muito as notícias vindas na imprensa. Nem sobre nós nem sobre os outros clubes.

Fui, e sou, totalmente contra este modelo. Defendo que os direitos deveriam ser centralizados, mas a força do “arco do poder” do futebol português conseguiu vencer mais uma vez e vai continuar a reproduzir, agravando, as desigualdades entre os clubes. O SISTEMA continua no seu melhor.

Espero que seja encontrada uma solução para a II Liga.
 
Tendo em atenção o que foi veiculado, até no próprio comunicado da NOS, e de acordo com as notícias também transmitidas pela imprensa, o acordo estabelecido por aquela empresa com os Clubes inclui Sp. Braga, Académica, Belenenses, Nacional, Arouca, Paços de Ferreira, Marítimo e Vitória de Setúbal sendo que, não sei se exactamente assim, “os contrato são para sete temporadas, a começar na temporada de 2019/20, com excepção do Sporting Clube de Braga que tem um compromisso mais alargado para dez temporadas”.

Se, de facto,  o valor acordado é de 100 milhões de euros, são 100 milhões para 10 temporadas.

Li, isso sim, conforme refere Lipeste, que teria sido renegociado um valor para as épocas que ainda não estariam contempladas no acordo.

É bom? É mau? Ultrapassa-me. Confesso que também não tenho ainda uma opinião bem formada porque aguardo, se é que ainda vem, um patrocinador para as camisolas e a confirmação dos valores em jogo.

Genericamente, sobre este assunto, importa dizer, na sequência do que já foi afirmado por outros foristas, que estes acordos com Benfica, Sporting e Porto são uma tentativa para salvar estes Clubes, apertados que estão  pelo estrangulamento dos canais de financiamento. É também  a tábua de salvação de toda a indústria que se move à volta do futebol, designadamente a imprensa – jornais, televisão, rádios – e da clientela que vive do acessório e do folclore da festa. Aliás, é bom de ver que, enquanto se despedem jornalistas da outra imprensa, extinguindo-se jornais, os papagaios da CS social ligados ao futebol têm garantido o seu poleiro tri-falante.

Transcrevo do Jornal de Negócios de 30. 12 de 2015 parte do artigo titulado “Pacotes de TV facilitam negociação com os bancos”, que tem em subtítulo “ Os acordos milionários que os clubes vão assinar com a MEO e com a NOS são bem vistos pela banca. Vão permitir facilitar a antecipação de receitas e aliviar o passivo do Benfica, do F. C. Porto e do Sporting”:

“………Os contratos milionário com a MEO e com a NOS vão facilitar a negociação com a banca de modo a melhorar a frágil situação financeira dos clubes portugueses.
A entrada destas futuras quantias milionárias nas contas dos clubes vai trazer vantagens nos contratos de “factoring”, cedência de crédito a curto prazo, permitindo assim antecipar receitas e, no limite, baixar os custos da dívida, explicaram ao Negócios fontes do sector financeiro”.
Salienta ainda o jornal que o Sporting e o Porto tinham em Junho de 2015, respectivamente, em linhas de “factoring”, 21 milhões e 29 milhões de euros. Naquela data o Benfica não titulava factoring.

De notar, saliento também de outra notícia retirada da NET que “…A situação financeira do Novo Banco continua a causar preocupação e as contas complicam-se agora, por causa de uma dívida do Sporting, da ordem dos 27 milhões de euros, cujo pagamento o clube pretende adiar.

Em causa estão títulos de dívida convertíveis em acções, dos quais 27 milhões de euros vencem no próximo dia 17 de Janeiro.

No entanto, o clube de Alvalade pretende prolongar por dez anos o prazo do financiamento, revela o jornal Sol na sua edição deste sábado.
Esta situação está a preocupar os responsáveis do Novo Banco, que não terão ainda aprovado a reestruturação solicitada pelo Sporting, descreve o semanário.
Perante a difícil situação financeira da instituição, os seus administradores têm sido pressionados pelo Banco de Portugal a “desinvestir em áreas não prioritárias” como é considerado o futebol, atesta o Sol”...

As notícias sobre o Sporting estavam mais à mão e dão para perceber o que faz mover estes valores tão elevados.

Para bom entendedor…

Espero que tenhamos feito um bom negócio.
joaomf
joaomf Equipa Principal
  • *****
  • 2512
  • Nós somos gverreiros!
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #250 em: 08 de Janeiro de 2016, 00:12 »
Anda tudo contente com os milhões, mas no fim quem vai pagar a fatura é o consumidor.
As relações contratuais com as operadoras vão se modificar e presumo que o preço vá subir de forma significativa.
Anuncios G
anti-lampioes
anti-lampioes Equipa Principal
  • *****
  • 1203
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #251 em: 09 de Janeiro de 2016, 10:26 »
Anda tudo contente com os milhões, mas no fim quem vai pagar a fatura é o consumidor.
As relações contratuais com as operadoras vão se modificar e presumo que o preço vá subir de forma significativa.
ainda bem que eu tenho a vodafone nao por acaso que é a mais barata de todas enquanto na NOS pelo mesmo tarifario  pagava 37euros na VODAFONE PAGO 24.99 e com mais megas
paulop Juniores
  • ***
  • 267
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #252 em: 11 de Janeiro de 2016, 00:36 »
sobre os direitos... acho que numa negociação coletiva o braga ia buscar sensivelmente o mesmo que isoladamente....  mas de todos os clubes da primeira divisão acho que apenas o braga e talvez os espanhois fossem buscar valores muito perto dos que estao a ir buscar isoladamente,,,,,

uma conta basica...

benfica, porto, sporting (tirando os tais valores relativos a patrocinio e ás tvs proprias) iriam cada um bucas sensivelmente 30 milhoes(media).. o que dá 90 milhoes..

depois braga uns 10 milhoes e os espanhois 9 milhoes...

os restantes 15 clubes imagino que a media não chegará a 5 milhoes mas faremos as contas com 5 milhoes... o que dá mais 75 milhoes...

somando isto tudo temos 184 milhoes de euros...

imaginemos que a divisão seria semelhante a inglaterra.... metade a dividir por todos 25% por resultados desportivos  e 25% por audiencia...

teriamos que 92 milhoes seriam divididos por 20... o que dá 4.6 milhoes a cada um..(os tais 15 clubes só desta forma já receberiam basicamente o mesmo que vao buscar com a negociação individual...

depois haveriam mais 92 milhoes para distribuir por resultados e audiencias...

assumamos que desses 92 milhoes 60% iam para os tres metralhas,... depois braga e espanhois iam buscar cada um 10%.. sobrabam "apenas" 20% para dividir por 15 clubes... o qque são 18.4 milhoes... o que a dividir por 15 dá pouco mais que 1.2 milhoes...


fazendo estas contas teriamos que os tres porquinhos recebiam 4,6 milhoes mais 20% de 92 milhoes o que no total da 23 milhoes a cada um...(cada um recebia 7 milhoes a menos

depois o braga recebia 4,6 mais 9.2... 13.8 milhoes .. recebia mais 3.8 milhoes que o que vai receber...

os espanhois recebiam o mesmo que Braga por isso mais 4.8 que o braga

(NOTA: CONSIDERANDO AS ULTIAMS 10 EPOCAS O BRAGA IRIA RECEBER MAIS QUE OS ESPANHOIS,,,, POR ISSO SEM MECHER NOS RESTANTES.. O BRAGA RECEBERIA ALGO POR VOLTA DOS 15 MILHOES E OS ESPANHOIS 13 MILHOES)

depois os restantes clubes recebiam os tais 4.6 milhoes mais os 20% a dividir por 15.... o que d+a 1.2 milhoes... no total(e em media) cada um ia receber 5.8 milhoes...

isto sao valores minimos pois a experiencia da liga inglesa mostra que a negociação coletiva faz subir o valor total recebido pelos direitos de TV...


daqui se conclui que os tres porquinhos iam receber menos e todos os restantes iam receber mais..(sendo que os valores para Braga e espanhois ia variar muito em função da classificação).... e todos os restantes iam igualmente receber mais..... uma equipa como tondela que não deve estar a receber nem 1 milhao da TV ia receber mais de 5 milhoes... a diferença é o suficiente para pagar a epoca do tondela....

com base nisto é absurdos os clubes mais pequenos não se unirem e obrigarem a negociação coletiva (o poder dos pequenos se se unissem era suficiente para conseguir isso.. pois numa liga a maioria decide)... so nao o fazem pois têm medo de ficar sem os emprestado... mas por um lado com mais 3 ou 4 milhoes... conseguiriam por si so ter planteis competitivos... e por outro.. os emprestimos sao igualmente importantes para quem empresta.... pois eles precisam de colocar os seus jogadores a jogar .....

rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 15086
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #253 em: 11 de Janeiro de 2016, 13:16 »
Citar
MEO assina por 9,5 milhões com clubes da II Liga

A operadora chegou a acordo com os 19 emblemas da Segunda Liga por forma a garantir os direitos de transmissão da prova durante três anos.

De acordo com o jornal O Jogo, o negócio entrará em vigor a partir da próxima temporada e deverá render 500 mil euros por época a cada um dos clubes, com o aliciante de o valor passar a 3,5 milhões nos casos que subirem à principal liga. «A MEO apresentou uma proposta a alguns clubes. A comissão de clubes reuniu-se e aceitou, mas centralizando os direitos televisivos», disse o porta-voz da comissão de clubes da Segunda Liga, e presidente da Oliveirense, José Godinho.

Em busca de um acordo que fosse mais vantajoso para os emblemas de menor dimensão, o dirigente deixou ainda algumas críticas ao presidente da Liga, Pedro Proença: «Não foi capaz de negociar. Era a bandeira eleitoral e saiu muito fragilizado, mas acho que tem condições para continuar».

Para a tarde desta segunda-feira estará ainda agendada uma nova reunião com Proença para debater assuntos como o nome da competição e outros patrocínios
Quem não sente não é filho de boa gente.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5221
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #254 em: 11 de Janeiro de 2016, 14:03 »
Parece-me um negócio relativamente interessante para a 2ªliga. Para a quase totalidade dos clubes deve ser mais do dobro do que recebiam e provavelmente vão ter uma visibilidade bem maior (deduzo que vão haver mais jogos transmitidos). E o mais positivo é que parece houve alguma união. Também é por 3anos, um prazo que não é muito alargado e permite para o futuro alguma abertura para outras negociações. Estranho mesmo é não ter sido a liga a concretizar (ou pelo menos a tentar) o negócio.
Sérgio Gonçalves
Sérgio Gonçalves Equipa Principal
  • *****
  • 3375
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #255 em: 11 de Janeiro de 2016, 14:14 »
3 anos é o prazo máximo que Autoridade da Concorrência permite nestes contratos.
Sócio nº 2014
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5221
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #256 em: 11 de Janeiro de 2016, 14:33 »
3 anos é o prazo máximo que Autoridade da Concorrência permite nestes contratos.
Eu sei, mas podiam ter feito como os outros clubes, que venderam por 3 (porque é o limite), anunciaram por 10 anos (que é na realidade o contrato) e obviamente há algo ali pelo meio que limita todo o negócio! Provavelmente valores muito mais baixos no início do contrato e mais altos no fim para obrigar a que eles sejam mesmo de 10anos e não de 3 como os clubes estão limitados. Sendo curioso que antes até queixas contra a Olivedesportos houve por causa dos contratos de 7anos e agora fazem-se por 10!
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 15086
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #257 em: 11 de Janeiro de 2016, 14:34 »
Parece-me um negócio relativamente interessante para a 2ªliga. Para a quase totalidade dos clubes deve ser mais do dobro do que recebiam e provavelmente vão ter uma visibilidade bem maior (deduzo que vão haver mais jogos transmitidos). E o mais positivo é que parece houve alguma união. Também é por 3anos, um prazo que não é muito alargado e permite para o futuro alguma abertura para outras negociações. Estranho mesmo é não ter sido a liga a concretizar (ou pelo menos a tentar) o negócio.
Pois, a Liga não conseguiu fazer os que os clubes fizeram sozinhos. Sendo assim para que serve o presidente da Liga? Apenas para retirar Fernando Gomes da presidência?

Penso que os 3 anos é o máximo que Comissão Europeia permite. Os dos restantes clubes deve ser como o do benfica 3 anos renováveis.
Quem não sente não é filho de boa gente.
Invest NO Braga
Invest NO Braga Juniores
  • ***
  • 696
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #258 em: 11 de Janeiro de 2016, 15:24 »
Os "grandes" nacionais (sem publicidade,etc) nem aos £25 milhões/época nacionais devem chegar... "Big fish in a small pond"

Repare-se como as receitas na Premiere League são de tal forma brutais que os clubes italianos já nem entram no top 30 da Europa.. Clubes como o Stoke City ou Watford recebem mais, no campeonato, que PSG e Bayern Munique juntos!

Pedro A.
  Re: Distribuição dos dinheiros dos direitos televisivos. A ditadura dos grandes.
« Responder #259 em: 11 de Janeiro de 2016, 15:27 »
Os "grandes" nacionais (sem publicidade,etc) nem aos £25 milhões/época nacionais devem chegar... "Big fish in a small pond"

Repare-se como as receitas na Premiere League são de tal forma brutais que os clubes italianos já nem entram no top 30 da Europa.. Clubes como o Stoke City ou Watford recebem mais, no campeonato, que PSG e Bayern Munique juntos!


Entre o Nápoles em 25º
 

Anuncios M
Anuncios M