You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Lateralus
  Liga Zon Sagres 2010/2011
« em: 14 de Agosto de 2010, 02:24 »
Este tópico serve para discutir todos os jogos, casos, tranferências e outros referentes a esta época, mormente dos outros clubes que disputam a competição.
Façam aqui os vossos comentários aos jogos das outras equipas da Liga, para que assim nos outros tópicos se fale apenas e só do Braga.
Aproveitem e coloquem aqui também todos as notícias, vídeos e fotos sobre o nosso campeonato.
Aos moderadores, peço que ajudem, enviando para este tópico todos os posts relacionados com outros clubes, ajudando assim também a revitalizar esta secção. Se puderem, sensibilizem também os demais foristas para a existência deste tópico.  ;)
  
« Última modificação: 15 de Agosto de 2010, 01:45 por Lateralus »
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #1 em: 14 de Agosto de 2010, 02:34 »
Aqui fica o calendário completo da 1ª jornada:

13-08
Sp. Braga 3-1 Portimonense  ;D

14-08
Marítimo - V. Setúbal (16:00)
Naval - FC Porto (19:15) SportTV
P. Ferreira - Sporting (21:15) TVI

15-08
Rio Ave - Nacional (16:00)
Beira-Mar - U. Leiria (17:00)
Benfica - Académica (20:15) SportTV

16-08
Olhanense - V. Guimarães (20:15) SportTV

PEDRØ XVI
PEDRØ XVI Equipa Principal
  • *****
  • 2371
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #2 em: 14 de Agosto de 2010, 23:15 »
Até ver, surpreendeu-me o vitória que foi ganhar à madeira
quanto ao resto, porto a meu ver ajudadinho e sporting é mais do mesmo (continua muito aquém do que se espera de um "grande" daí a derrota ser natural no meu ponto de vista)
Pireks_23 Juniores
  • ***
  • 277
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #3 em: 15 de Agosto de 2010, 01:21 »
Alguém me consegue dar uma dica para fazer um onze competitivo usando os jogadores da liga sem utilizar os dos três ditos grandes nem os do ENORME?
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #4 em: 15 de Agosto de 2010, 01:43 »
Alguém me consegue dar uma dica para fazer um onze competitivo usando os jogadores da liga sem utilizar os dos três ditos grandes nem os do ENORME?

O máximo que te posso recomendar é nomes de alguns bons jogadores que andam pela Liga.
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #5 em: 15 de Agosto de 2010, 01:54 »
Marítimo-V. Setúbal, 0-1 (crónica)

O Marítimo perdeu e só se pode queixar de si mesmo. Rematou muito mas falhou muito. O Vitória de Setúbal defendeu a bom defender e Jailson foi a figura do jogo ao marcar e lesionar-se. Os sadinos foram felizes mas também fizeram pela vida, defendendo com unhas e dentes a vantagem conseguida. Os madeirenses precisam de um finalizador e os seus centrais também mostraram intranquilidade.

Num relvado novo e com o estádio em obras, o Marítimo começou a todo o vapor perante um adversário que pareceu surpreendido com a atitude dos madeirenses. Mitchell van der Gaag apostou em Adilson para a frente de ataque, deixando Tchô no banco de suplentes. Manuel Fernandes apostou em três centrais, numa equipa muito povoada no meio campo, com Henrique e Sassá na frente de ataque.

Nos primeiros cinco minutos da partida, Adilson, por duas vezes, e Danilo Dias estiveram perto de marcar, mas Diego e Anderson evitaram o pior para os sadinos. Praticando um futebol rápido e com uma marcação subida, os verde rubros não davam espaços aos setubalenses que surgiram algo adormecidos.

Aos 16 minutos, Adilson viu Diego levar uma vez mais a melhor e defender para canto um remate seu. Três minutos depois, Baba rematou contra o corpo de Collin que salvou mais uma boa situação dos locais. Os pupilos de Manuel Fernandes raramente incomodaram Marcelo e Neca só fez um remate à baliza aos 19 minutos com algum perigo.

Ao minuto 40, Marquinho viu Anderson salvar sobre a linha de baliza um remate seu, após uma falha de Diego numa saída dos postes. Até ao intervalo, a história do jogo não mudou.

Jailson marca contra a corrente do jogo

No recomeço, Baba demorou muito a rematar e Ney conseguiu cortar o lance para canto. O V. Setúbal surgiu com Jailson no lugar de Henrique no segundo tempo mas sem mudar a sua forma de jogar, enquanto os madeirenses continuavam a desperdiçar ocasiões para marcar. Aos 54 minutos, após uma saída em falso de Marcelo, Jailson rematou mas a bola desviou em Robson e foi para canto. O aviso foi dado e, aos 59 minutos, Jailson marcou mesmo após um bom trabalho individual, mas que contou com a apatia dos centrais locais. Balde de água fria nos Barreiros!

O Marítimo acusou o golo sofrido. Nem mesmo as entradas de Djalma e Fidelis animaram o conjunto da Madeira. Os sadinos foram fechando cada vez mais o caminho para a baliza de Diego.

Miguelito salva o empate

Mesmo meio atordoados, os pupilos de Van der Gaag continuaram a mandar. Na cobrança de um livre directo, aos 78 minutos, João Guilherme rematou de forma perfeita mas Miguelito estava sobre a linha de baliza e salvou o golo de cabeça para desespero dos adeptos maritimistas.

Os madeirenses começaram então a jogar mais com o coração do que com a razão. Muitas vezes caíram na tentação de despejar bolas para a área sadina e os centrais setubalenses foram agradecendo e levando a melhor.


http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&videoid=106221746#pm_cmp=vid_OEV_P_P
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #6 em: 15 de Agosto de 2010, 01:58 »
Naval-F.C. Porto, 0-1 (crónica)

O F.C. Porto venceu a primeira batalha da Liga, graças a um castigo máximo convertido por Hulk, na recta final da partida (0-1). A Naval 1º de Maio caiu pelo próprio pé, sucumbindo à pressão azul e branca na segunda metade, até à ingenuidade de Jonathas.

E tudo o vento levou. O F.C. Porto esqueceu-se das promessas reforçadas pelo brilharete na Supertaça Cândido de Oliveira e assinou uma exibição cinzenta, longe do admirável mundo novo anunciado por André Villas-Boas.

Distância vertiginosa entre a capacidade de motivação dos portistas, entre um duelo clássico frente ao Benfica e uma visita pachorrenta à Figueira da Foz, onde mora uma Naval 1º de Maio sem largo historial de resistência.

Há uma semana, o F.C. Porto estava por baixo, jogava-se um título e a opinião pública inclinava-se para o lado encarnado. Villas-Boas espicaçou os seus jogadores com capas de jornais e anúncios de derrota categórica. A fórmula resultou.

Lógica invertida na Figueira

Com a Supertaça no bolso e a confiança em alta, os dragões chegaram à Figueira da Foz com a lógica invertida. Adormecidos, por vezes sobranceiros, caíram na pasmaceira e deixaram o adversário desenhar venenosos contra-ataques.

Bendita falta de recursos. Quando escasseiam os milhões, olha-se para o produto nacional e encontram-se talentos consideráveis. João Pedro, vindo da Oliveira, e Hugo Machado, outrora perdido no Azerbaijão, são bem-vindos ao escalão principal.

A Naval provocou alguns sobressaltos mas Helton, melhor que nunca, respondeu sem hesitações. Ao minuto 23, João Pedro caiu na área em lance com Alvaro Pereira. Protestos intensos, permanecendo a dúvida sobre o responsável pelo contacto entre os jogadores. Paulo Baptista mandou seguir.

O mesmo João Pedro, aliás, obrigou Helton a defesa providencial, após corte falhado do seu opositor uruguaio. O F.C. Porto jogava contra o vento, algo que tentara evitar na moeda ao ar, e ressentia-se.

O losango e o erro

Entre alguns bocejos, chegou o intervalo e a esperança de maior animação na etapa complementar. André Villas-Boas recuperou o losango que sustentou o F.C. Porto a partir de Março, lançando Guarín para o lugar do desgastado Varela. Hulk conquistou liberdade total e pegou na equipa em ombros. Tudo girava em torno do talento indomável do brasileiro.

Ao minuto 51, equipararam-se as queixas, com burburinho azul e branco após fora-de-jogo mal tirado a Sapunaru. Crescia o Dragão, empurrado pelo vento que corria de feição e a noite fria que aconselhava correrias mais regulares.

Belluschi obrigou Salin a defesa apertada e, logo depois, Hulk tabelou com Guarín para desperdiçar uma oportunidade soberana. Na cara do guarda-redes adversário, em esforço, o «incrível» picou a bola com o pé direito, o mais fraco, ligeiramente para fora.

A Naval parecia andar à deriva. Do nada, o fresco Camora vislumbrou uma linha de passe soberba, permitindo a Previtali ficar com uma via aberta para a baliza do F.C. Porto. O avançado local esperou, esperou e depois, esperou mais um pouco. Tanto que Alvaro Pereira, num instante decisivo, veio de carinho para manter o nulo.

Entre o sucesso e o fracasso

A história é rica em relatos do género. Pequenos detalhes que desenham a grande fronteira entre o sucesso e o fracasso.

Enquanto Hulk ensaiava bombas sem nexo, a Naval desperdiçava um golo e entregava os pontos logo depois. Um erro involuntário, claro está, mas imensamente infantil.

Ukra preparava-se para entrar, Villas-Boas ia queimar o último cartucho mas Jonathas mudou o guião. Guarín dominou a bola na área da Naval e o defesa brasileiro, por instinto, acabou por desviar com o braço.

Hulk agradeceu e fuzilou Salin. Tudo resolvido. De forma justa, pela supremacia azul na segunda parte. Nota final para a cena de Sapunaru, a contorcer-se de dores no chão, antes de uma recuperação milagrosa para anular um lance de perigo. Desnecessário.

1ª Jornada: Resumo Naval 0-1 FC Porto - SAPO Desporto
Pireks_23 Juniores
  • ***
  • 277
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #7 em: 15 de Agosto de 2010, 02:02 »
Alguém me consegue dar uma dica para fazer um onze competitivo usando os jogadores da liga sem utilizar os dos três ditos grandes nem os do ENORME?

O máximo que te posso recomendar é nomes de alguns bons jogadores que andam pela Liga.

Se poderes faze-lo agradecia, e a posição a que habitualmente joga.
Obrigado. ;)
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #8 em: 15 de Agosto de 2010, 02:04 »
P. Ferreira-Sporting, 1-0 (crónica)

O Sporting virou na primeira curva e perdeu velocidade no arranque da Liga. Para o F.C. Porto, por exemplo. O que é desesperante. Em qualquer caso seria mau, aliás, tratando-se do Sporting é mais do que isso: é desesperante. Para a formação leonina todos os jogos são preciosos, não tem tempo a perder.

Ora uma derrota nestas circunstâncias, esta derrota em particular, num campo difícil, sim, mas com um adversário de outro campeonato, uma derrota destas, dizia-se, só vem alimentar de razão as vozes que colocam o Sporting num segundo patamar. O Sporting não tem tempo a perder na afirmação como candidato, repete-se.

Esta noite perdeu todo o tempo do mundo. Por isso arranca atrás na corrida pelo título, alimenta a desilusão dos adeptos e justifica o sorriso sarcástico dos adversários. Pelo caminho esvazia de motivação a própria equipa. Ela que luta desesperada para se afirmar como digna de um candidato do patamar da frente.

Durante muito tempo, aliás, foi a capacidade sacrifício que colocou o Sporting mais perto do golo. A primeira parte, por exemplo, foi claramente leonina. Perante um adversário que não muda um milímetro ano após ano, defendendo a fortaleza da Mata Real com uma garra inigualável, o Sporting impôs-se com querer.

Falha um, falha dois, falha três...

Nem sempre jogou bem, teve por exemplo muitas dificuldades em assentar o futebol, mas lutou, lutou e lutou. Paulo Sérgio improvisou com a subida de Carriço, o que deu força ao meio-campo e manteve a capacidade de remate. Uma alteração feliz, por sinal. A partir daí foi um Sporting competente e consistente que se impôs.

Só por uma gritante incapacidade de concretização, aliás, não marcou. Oportunidades para isso não lhe faltaram, de facto. Postiga atirou à trave, por exemplo. O mesmo Postiga, Polga, Liedson e Carriço remataram com muito perigo. Do outro lado, o P. Ferreira era incapaz de manter as expectativas à mesma altura.

É verdade que Mário Rondon e Manuel José também atiraram com perigo, mas foi manifestamente pouco para o muito que o Sporting criou nesse período. Na segunda parte, porém, tudo mudou. Tudo começou a mudar com a alteração táctica de Paulo Sérgio: abdicou do clássico 4x4x2 e apostou em três avançados.

... falha, e ponto final

Vukcevic entrou para o lugar de Valdés, Postiga caiu para uma ala e Liedson ficou sozinho no meio. Mais atrás o meio-campo continuava entregue a Carriço, Maniche e Matias. Uma alteração que procurava claramente aumentar o domínio sobre o adversário e travar a subida dos laterais no apoio ao ataque.

Procurava sobretudo travar Baiano na direita. Ora as intenções eram as melhores, o resultado foi catastrófico. O Sporting ficou parado no tempo e Baiano continuou a subir pelo flanco. Ameaçou uma e duas vezes, à terceira serviu Manuel José para assistência que ofereceu o golo a Rondon. O golo que deitou tudo a perder.

A partir daí o P. Ferreira cresceu no jogo e por mais três vezes podia ter marcado. O mesmo Rondon, Manuel José e David Simão ficaram a centímetros de sentenciar o resultado. O Sporting só na parte final, na parte do sufoco, voltou a ameaçar. Vukcevic e Polga quase marcaram. Foi demasiado tarde: O Sporting entrou em falso.


http://vids.myspace.com/index.cfm?fuseaction=vids.individual&videoid=106221643
Lateralus
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #9 em: 15 de Agosto de 2010, 02:15 »
Alguém me consegue dar uma dica para fazer um onze competitivo usando os jogadores da liga sem utilizar os dos três ditos grandes nem os do ENORME?

O máximo que te posso recomendar é nomes de alguns bons jogadores que andam pela Liga.

Se poderes faze-lo agradecia, e a posição a que habitualmente joga.
Obrigado. ;)


Assim de cabeça, lembro-me de alguns:

Rafael Bracalli - GR, Nacional.
Pedrinho - Defesa direito, Académica.
Diegon Ângelo - Central, Naval.
Valdomiro - Central, Guimarães.
Alonso - Defesa esquerdo, Marítimo.
Baba - Avançado, Marítimo.
Djalma - Avançado, Marítimo.
Vítor Gomes - Médio, Rio Ave.

joaosousabraga Juvenis
  • **
  • 194
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #10 em: 15 de Agosto de 2010, 10:30 »
A derrota do Sporting vem mostrar que se calhar é realista jogarmos para os 3 primeiros lugares.
brigada da relote
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #11 em: 15 de Agosto de 2010, 20:43 »
GOLO!!!! Miguel Fidalgo
joaosousabraga Juvenis
  • **
  • 194
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #12 em: 15 de Agosto de 2010, 21:50 »
a vergonha começou.... o benfica já está a jogar com 14 contra 10 e assim conseguiu o empate.
luisbrg
luisbrg Juniores
  • ***
  • 296
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #13 em: 15 de Agosto de 2010, 21:53 »
e a agressão do manjerico do david luiz
Braga o meu club Braga a minha cidade
Kramer
Kramer Equipa Principal
  • *****
  • 2762
  • Dream until your dream come true
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #14 em: 15 de Agosto de 2010, 21:54 »
Comecei há pouco a ver o jogo dos lampiões e já 2 gajos deviam ter sido expulsos, o cabeçudo do david luiz e o toino do cardozo.
\\\\"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos
luisbrg
luisbrg Juniores
  • ***
  • 296
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #15 em: 15 de Agosto de 2010, 22:07 »
gooooooooooooooooooooooooooooooooooooolo
Braga o meu club Braga a minha cidade
Lukka
Lukka Iniciados
  • *
  • 33
  • ARMADA BRACARENSE!!
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #16 em: 15 de Agosto de 2010, 22:09 »
Goooooooooooooooooooolo
Kramer
Kramer Equipa Principal
  • *****
  • 2762
  • Dream until your dream come true
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #17 em: 15 de Agosto de 2010, 22:10 »
Grande chapelada  ;D  ;D

\\\\"Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos
luisbrg
luisbrg Juniores
  • ***
  • 296
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #18 em: 15 de Agosto de 2010, 22:10 »
mamai lampiões
Braga o meu club Braga a minha cidade
Lukka
Lukka Iniciados
  • *
  • 33
  • ARMADA BRACARENSE!!
  Re:Liga Zon Sagres 2010/2011
« Responder #19 em: 15 de Agosto de 2010, 22:12 »
Acho k é unanime: laionel golo da jornada looooooooool