Quantcast
2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
291 Respostas
76522 Visualizações
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 23483
  Re: 2012/2013...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2012/2013...2011/12...2010/11...2009/10
« Responder #280 em: 17 de Maio de 2022, 08:50 »



Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 23483
  Re: 2012/2013...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2012/2013...2011/12...2010/11...2009/10
« Responder #281 em: 17 de Maio de 2022, 08:51 »
Miséria de estádio.
Anuncios M
Anuncios M
(S)oon(C)hampion(B)raga
(S)oon(C)hampion(B)raga Equipa Principal
  • *****
  • 7181
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #282 em: 12 de Junho de 2022, 15:23 »








https://twitter.com/elonmusk/status/1529193812949614594

DEPOIS ESPANTAM-SE QUE CADA VEZ HAJA MENOS GENTE NO ESTÁDIO AXA(em particular) E NAS BANCADAS DO FUTEBOL EM GERAL...

nem levem a mal... eu já estou a dizer isto faz ANOS... só estou a dizer... mas a mim ninguém em liga... a ver se ligam ao dono da Tesla, Space X, etc e tal...  ;)
https-://youtu.be/Jk2FFrKKb1o
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 23483
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #283 em: 10 de Julho de 2022, 07:57 »
O Jogo

ESTÁ A SER DIFÍCIL TIRÁ-LOS DO SOFÁ

Um estudo do IPAM acerca da forma como os adep­tos inte­ra­gem com os clu­bes de fute­bol aponta a tele­vi­são como a ban­cada mais pro­curada


Inqu­é­rito online a 1169 indi­ví­duos con­tra­ria a ideia de que no cora­ção dos adep­tos só há lugar para um clube: 58 por cento garante haver espaço para mais. A influ­ên­cia da famí­lia pesa na esco­lha.

“Gos­tas mais do pai ou da mãe?”Quem­te­mes­ta­per­gunta como a mais des­con­for­tá­vel da infân­cia, segu­ra­mente, não cres­ceu numa daque­las famí­lias em que levar a cri­ança a pro­cla­mar que deter­mi­nado clube é o maior é um desa­fio cole­tivo a raiar a obses­são. Um estudo do Baró­me­tro & Obser­va­tó­rio da Liga e do IPAM con­du­zido pelo Ins­ti­tuto Por­tu­guês de Admi­nis­tra­ção e Mar­ke­ting demons­tra que essa pres­são resulta: é a famí­lia que des­perta o inte­resse naquele que vem a ser o clube do cora­ção. Des­mente, con­tudo, a ideia de que só há espaço para um emblema - ou uma cor, “o azul e branco”, como é sobe­ja­mente conhe­cido: 58 por cento dos inqui­ri­dos são adep­tos de mais do que uma equipa por­tu­guesa; a segunda favo­rita tende a ser a da terra natal (36 por cento); quanto à pri­meira, 58 por cento diz ter sido cati­vado pela famí­lia. Mais difí­cil do que con­quis­tar-lhes a afei­ção, porém, é levá-los ao está­dio e con­vencê-los a faze­rem-se sócios. A ban­cada pre­fe­rida é mesmo o sofá.

O estudo das for­mas de inte­ra­ção dos adep­tos com os clu­bes de fute­bol foi con­du­zido atra­vés de inqu­é­ri­tos online: entre 13 de maio e 7 de junho, 1169 indi­ví­duos resi­den­tes em Por­tu­gal e mai­o­res de 18 anos, 70 por cento do sexo mas­culino, 48 por cento da faixa etá­ria entre os 18 e os 34 anos aju­da­ram a per­ce­ber melhor esta rela­ção, que tem muito por onde cres­cer: ape­sar da liga­ção afe­tiva, 68 por cento não são sócios; dos que são, 39 por cento é-o há mais de 21 anos. Para a Liga e as socie­da­des des­por­ti­vas que dão corpo aos cam­pe­o­na­tos pro­fis­si­o­nais fica o desa­fio de encher os está­dios, uma vez que ape­nas 25 por cento dos inqui­ri­dos diz assis­tir aos jogos no está­dio do clube que tem como prin­ci­pal. É pela tele­vi­são, seja atra­vés de canais pagos (47 por cento) ou gene­ra­lis­tas (27 por cento) que assis­tem aos jogos de fute­bol. A Liga “fará um estudo mais apro­fun­dado” sobre esta maté­ria.

em: https://www.pressreader.com/portugal/o-jogo/20220710/282102050383847
Anuncios V
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 23483
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #284 em: 10 de Julho de 2022, 08:21 »
Na temporada 21/22 (I Liga) fomos o quarto clube/estádio com a pior % média de ocupação das bancadas, 26,08%...pior que nos só a BSAD com 6,20%, o Santa Clara com 12,52% e o Boavista com 18.92%.

Só descemos dois lugares em relação à última temporada pré pandemia...nessa época, 18/19, com uma % média de ocupação das bancadas de 39,74% fomos o sexto pior clube/estádio da Liga nesse rácio...longe vai a temporada 11/12 onde conseguimos uma uma % média de ocupação das bancadas na ordem dos 50%.

Estes números são um grande argumento a favor da construção de um novo estádio, moderno, central, com 20 000 a 25 000 lugares...

assistências em:  https://www.ligaportugal.pt/pt/liga/estatisticas/espectadores/clube/20212022/ligaportugalbwin
« Última modificação: 23 de Agosto de 2022, 08:42 por Lipeste »
Lipeste
Lipeste Equipa Principal
  • *****
  • 23483
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #285 em: 23 de Agosto de 2022, 09:10 »

UmaRth Juvenis
  • **
  • 125
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #286 em: 23 de Agosto de 2022, 17:54 »
https://tribuna.expresso.pt/futebol-nacional/2022-08-22-Em-Leiria-nao-querem-o-futebol-como-bem-de-luxo-e-a-comunidade-voltou-ao-estadio-eis-o-que-levou-12.581-pessoas-a-um-jogo-da-Liga-3-81b59845

Saliento 2 pontos fulcrais deste texto, que é muito interessante:

1 - "O “trabalho” começou no ano passado, conta André Lucas, visivelmente orgulhoso. Sentenciou-se, em reuniões de cartolas e conversas informais, que um clube daqueles não podia ter 200 ou 300 pessoas, em média, no estádio a apoiar a equipa. Queriam mais. Era necessário cativar o povo. Fizeram-se estudos, analisaram-se percepções. Definiu-se o primeiro objetivo: devolver pessoas às bancadas do Municipal de Leiria."

2 - “Percebemos o que os adeptos queriam para vir”, reflete. “Percebemos que teríamos de estar mais junto da comunidade. Não estamos na fase de esperar que as pessoas venham até nós, mas antes nós irmos ter com as pessoas. É quase transversal a todos os clubes, sem contar com os três grandes: acho que os clubes têm de fazer esse caminho de se aproximarem da comunidade.”

É assim tão difícil?
Pedro Bala
Pedro Bala Equipa Principal
  • *****
  • 1589
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #287 em: 23 de Agosto de 2022, 19:22 »
Comparação absurda. Quando se está na Liga 3, sempre a ganhar, entrada livre, jogo ao domingo à tarde, dá pra comer uma bifana e beber uma cerveja aparece tudo.

Quando o Leiria voltar à primeira lembram-se todos dos verdadeiros clubes e ainda vão achincalhar o clube local por cobrir muito aos estarolas.
Anuncios M
Anuncios M
bstrider
bstrider Equipa Principal
  • *****
  • 2156
  • 2932
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #288 em: 23 de Agosto de 2022, 19:35 »
Comparação absurda. Quando se está na Liga 3, sempre a ganhar, entrada livre, jogo ao domingo à tarde, dá pra comer uma bifana e beber uma cerveja aparece tudo.

Quando o Leiria voltar à primeira lembram-se todos dos verdadeiros clubes e ainda vão achincalhar o clube local por cobrir muito aos estarolas.
Ah então em Braga (que aparentemente há menos bi-clubistas e ainda mais sucesso desportivo) é mais difícil fazer algo do género? 
Eu entendo que seja difícil quando continuam a existir o mesmo número de autocarros que servem o jogo e que por consequência proporciona uma cena grotesca de carros em cima dos passeios (guess what, os passeios não são para os carros). Eu entendo que seja difícil quando só agora é que começou a haver oferta de alimentação digna. Eu entendo quando só agora começou a haver animação pré-jogo que aglomere e convide famílias. Ainda falta muita coisa pra tornar o jogo ainda melhor. Mas isso está dependente da vontade de quem gere o clube. Agora vir dizer que o que o Leiria está a fazer é fácil porque é enquanto estão na mó de cima e não têm de disputar adeptos com os estarolas. Enfim, e o Braga tá onde há mais de 15 anos? Na mó de baixo? Quantos adeptos bi-clubistas ainda temos?
rpo.castro
rpo.castro Equipa Principal
  • *****
  • 14906
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #289 em: 23 de Agosto de 2022, 22:39 »
Não deixam de ser 2 pontos validos:
1) um clube procurou (de acordo com suas palavras) perceber porque os adeptos se tinham afastado e fez acções concretas para o trazer de volta

2) é muito mais fácil de o fazer quando partes de um estado 0 baixo, em que pelo facto de seres um grande te atrai mais adeptos do que quando sobes de divisão e passas a perder mais do que ganhas, e isto foi um jogo enorme para a liga 3 e se calhar sem futebol se calhar levava nas mesmas perto das 12k só pela festa (música, comida).

Este ponto 2 deveria resultar numa conclusão interessante: fazer do futebol uma festa atrai mais gente do que fazer do futebol uma guerra.

O facto de o Leiria dificilmente conseguir manter 12k não os deve demover o excelente trabalho.
O facto de o Braga ter sucesso desportivo não pode ser desculpa para o Braga não perceber porque as pessoas se afastam (e não, o problema não é o estádio).
Quem não sente não é filho de boa gente.
PAF Equipa Principal
  • *****
  • 5166
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #290 em: 24 de Agosto de 2022, 01:37 »
Comparação absurda. Quando se está na Liga 3, sempre a ganhar, entrada livre, jogo ao domingo à tarde, dá pra comer uma bifana e beber uma cerveja aparece tudo.

Quando o Leiria voltar à primeira lembram-se todos dos verdadeiros clubes e ainda vão achincalhar o clube local por cobrir muito aos estarolas.

Pedro
Desculpa lá mas não percebeste o que se passou em Leiria.
Dizer que se está a ganhar na liga 3 e aparece tudo, nem é digno de se dizer, mais ainda quando estamos à 2 ou 3ª jornada. E estamos a falar da 3ª liga, *****!  num país em que mesmo o Braga a ir a finais europeias numa cidade de 200mil pessoas consegue ter médias destas, nem nada lá perto nos últimos anos sequer.
Há muitos adeptos que nem a pagar mexem o rabo do sofá para ver um jogo da 1ªliga, quanto mais da 3ªliga! O que o Leiria conseguiu é um feito extraordinário, provavelmente até dificilmente repetível.

Tem que haver um grande, mas grandioso mesmo, trabalho por trás duma assistência destas, numa cidade que não liga nada ao clube da terra, que não liga muito ao futebol em geral.
Nem indo sequer à receita, que era pouco mais que nula com bilheteira e continuou nula com entradas grátis, com uma vantagem, tiveram uma visibilidade que nunca teriam e isso por exemplo para patrocínios vale muito, mas muito mais que a bilheteira.
Que sirva de exemplo para todos os clubes, é o que se pede. (embora se saiba que é quase impossível)

Quando o Leiria voltar à 1ª liga e o futebol for uma porcaria onde não há festa, todos se insultam e agridem por vezes com bilhetes a preço da lagosta, o pessoal vai à sua vida ou apoio o clube grande uma vez ao ano... porque na realidade também nunca ninguém fez nada para que apoiasse o da terra, zero. Porque o da terra acha que é obrigação ser do da terra, mesmo que durante 365 dias do ano só ouça falar de 3 clubes seja n tv, nos jornais ou na rua.
Anuncios G
UmaRth Juvenis
  • **
  • 125
  Re: 2009/2010...ASSISTÊNCIAS DA PEDREIRA...2021/2022
« Responder #291 em: 24 de Agosto de 2022, 08:47 »
A questão era mais essa que foi dita anteriormente. Mais do que as medidas específicas que o Leiria aplicou, e que até podem nem funcionar com todos (eu em particular discordo muito dos bilhetes gratuitos, salvo raras exceções) é importante realmente avaliar porque é que o publico vem ou não ao estádio e trabalhar isso como se faz com qualquer outro cliente, e não enfiar a cabeça na areia. Até porque esta festa maior só aconteceu nesta jornada mas já tinham tido números muito interessantes anteriormente, inclusive contra nós. A questão da fan zone acho que é um bom exemplo do que se pode fazer, mesmo a questão que o Leiria fez com as juntas de freguesia, alia maior público com apoio local e eventualmente social.

No fundo, e não estou a dizer nada de novo, o importante é avaliar a motivação do público, trabalhando-a e tentando agregar toda a cidade.

Outra questão que lanço, a comunidade Brasileira que tem chegada à nossa cidade e que diria que ainda não terá clube em Portugal, o que é que está a ser feito para a cativar? Confesso que não sei se as idas às escolas se mantêm.

 

Anuncios M
Anuncios M