Quantcast
Mais uma cabala contra os clubes do Norte !
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.
Anuncios M
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
antimouros
  Mais uma cabala contra os clubes do Norte !
« em: 09 de Setembro de 2006, 15:14 »
"Apito Dourado: Na época 2002/2003
Pinto da Costa escolheu árbitro da final da Taça


O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, escolheu o nome do árbitro que devia apitar a final da Taça de Portugal na época 2002/2003, avança este sábado o jornal Público, citando escutas do processo ‘Apito Dourado’, depois de ontem ter noticiado também o teor de uma escuta de uma conversa entre Valentim Loureiro, presidente da Liga, e Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica.
Última Hora 
 
 

2006-09-09 - 12:43:00

Apito Dourado: Na época 2002/2003
Pinto da Costa escolheu árbitro da final da Taça

 
O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, escolheu o nome do árbitro que devia apitar a final da Taça de Portugal na época 2002/2003, avança este sábado o jornal Público, citando escutas do processo ‘Apito Dourado’, depois de ontem ter noticiado também o teor de uma escuta de uma conversa entre Valentim Loureiro, presidente da Liga, e Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica.

 
  A conversa entre Pinto da Costa e o presidente do Conselho Superior de Arbitragem da Federação, Pinto de Sousa, em que o presidente do clube indicava o nome do árbitro Pedro Henriques, de Lisboa foi objecto de escuta telefónica, a 26 de Maio de 2003.

O teor da conversa foi uma das razões pelas quais Pinto da Costa foi indiciado e que motivaram a sua detenção, até ser ouvido em interrogatório, em Dezembro de 2004, refere o Público.

Nessa escuta, que antecedeu a final FC Porto-União de Leiria, o presidente do Conselho de Arbitragem deu conta a Pinto da Costa da possível nomeação do árbitro Isidoro Rodrigues e que esta não agradava ao presidente do União de Leiria, que ameaçava fazer um escândalo.

O presidente do FC Porto sugere o árbitro António Costa e depois Pedro Henriques, sobre quem acaba por recair a escolha, por Pinto da Costa entender ser o árbitro ideal, uma vez que é o primeiro classificado pelo Conselho de Arbitragem, de acordo com a escuta telefónica transcrita no processo principal do ‘Apito Dourado’.

Refira-se que esta escuta telefónica levou o procurador de Gondomar a entender que havia indícios de crime, por considerar que o presidente do FC Porto estava a influenciar a escolha do árbitro, tentando obter benefícios para o clube. "

www.correiodamanha.pt







Depois do ataque ao gil vicente, mais um clube do norte sofre dos ataques do poder de lisboa e da comunicaçao social ! Temos de estar atentos o SCBRAGA tambem pode sofrer ataques destes!
 

Anuncios M
Anuncios M