CAMPEÃO DE INVERNO CHEGA AO PÓDIO » Superbraga.com
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

CAMPEÃO DE INVERNO CHEGA AO PÓDIO

CAMPEÃO DE INVERNO CHEGA AO PÓDIO

O SC Braga surgiu em Moreira de Cónegos com o estatuto de novo Campeão de Inverno, curiosamente no dia em que passavam três anos daquela final mal perdida no Algarve frente ao Moreirense, algo que os adeptos locais fizeram questão de recordar. Mas o presente diz que os Gverreiros do Minho regressaram agora aos títulos, o que suporta certamente o desejado crescimento, ambicionado pela legião, bem como pela liderança do clube. Rúben Amorim estava ciente do eventual cansaço de alguns jogadores fruto da desgastante, mas proveitosa, final four, pelo que procedeu a várias alterações, com entrada direta no onze de Murilo, João Novais, Trincão, Rui Fonte e Wilson Eduardo, o que colocava um banco de luxo ao lado do treinador. Foi de peito cheio que a equipa arsenalista surgiu em campo, pelo que aos dez minutos de jogo já vencia por 2-0, com um golo de Trincão, que depois assistiu Rui Fonte para o segundo tento da partida, um resultado que se manteve até ao intervalo, mas que podia ser bastante mais amplo, tal foi a superioridade demonstrada. No segundo tempo voltaram a ser falhadas mais algumas chances de golo, até que Rosic marcou um golo de todo inesperado, pedindo desculpas pelo facto à sua antiga equipa. O jogo situava-se numa incerteza inesperada até final, mas no final os três pontos seguiram para Braga e com eles a aproximação ao pódio.

Seguia-se a receção ao Sporting, no último domingo. O jogo frente aos leões era muito importante, uma vez que as equipas estavam separadas por dois pontos na tabela, com os bracarenses a terem possibilidade de chegar ao terceiro lugar, em caso de vitória. Rúben Amorim não tinha Palhinha, por estar emprestado, nem João Novais, que tinha sido mal expulso em Moreira de Cónegos. A estas duas ausências somavam-se mais duas, de Tormena, que vai estar ausente várias semanas devido a lesão e Raúl Silva, que apresentava problemas físicos. Assim, o treinador arsenalista colocou David Carmo na defesa ao lado de Bruno Viana e Wallace, André Horta ao lado do regressado Fransérgio, para além de fazer regressar ao onze inicial Sequeira, Galeno, Ricardo Horta e Paulinho, em comparação com o jogo disputado a meio da semana.

O primeiro tempo foi equilibrado, com oportunidades para ambos os lados e muitos cartões amarelos, em especial para os leões, mal-habituados na relação com os árbitros portugueses. No segundo período, o SC Braga foi mais forte, criando várias oportunidades que por várias razões não eram concretizadas. Entretanto, Trincão foi lançado a jogo e viria a marcar o golo do triunfo, o que levou à loucura os cerca de vinte mil adeptos presentes na Pedreira. O menino da formação bracarense teve uma semana inesquecível, uma vez que assinou o golo de um triunfo importante, depois de se ter tornado blaugrana na última semana. Até ao final do jogo, o resultado não se alterou, apesar de se notar algum cansaço arsenalista, que permitiu ao Sporting atacar mais na parte final do encontro, mas sem sucesso.

O treinador Rúben Amorim entrou diretamente da história do SC Braga, ao ser o primeiro treinador a começar o seu trabalho em Braga com sete triunfos consecutivos, onde se incluem Porto e Sporting duas vezes cada. Parabéns, Mister pela excelência dos resultados que já guiaram a equipa ao pódio.

No que concerne à formação, a equipa de Sub-23 venceu o rival V. Guimarães por 4-0 e apurou-se para a fase decisiva para o apuramento de campeão. A equipa de Sub-19 terminou em beleza esta fase, ao golear o Feirense por 5-1 e terminando sem derrotas, tendo atingido números absolutamente elogiáveis. Está de parabéns Artur Jorge e a sua equipa, que deixa fundadas esperanças de lutar pelos lugares de topo na etapa que se segue. A equipa de Sub-17 venceu o Padroense por 3-0 e situa-se em zona de apuramento. Mas até final a tarefa será exigente, a pedir resposta à altura dos “rapazes de Custódio”. A equipa de Sub-15 venceu no terreno do Gil Vicente por 3-1 e segue no segundo lugar da classificação.

A equipa feminina perdeu para a Taça da Liga e adiou o a decisão de apuramento para a final para o jogo no terreno do Sporting, onde foi feliz recentemente para a Taça de Portugal.

Terminou o mercado de inverno, na maioria dos países. De Braga saíram Lucas, Caju, Murilo, Agbo, Claudemir, Xadas e Hassan, tendo entrado Bruno Wilson, que regressa após meia época em Tondela, Abel Ruiz, que chega de Barcelona e Vítor Gabriel, proveniente do Flamengo e que deve, para já, rodar na equipa B. Mas a maior novidade de mercado foi mesmo a venda de Trincão ao Barcelona, por 31 milhões de euros, conforme esclareceu o clube em comunicado, detalhando ainda as comissões envolvidas. Como braguista sinto um orgulho muito grande em ver um jogador da minha equipa a chegar a um clube tão grande, pelo que desejo que o Trincão tenha um futuro sorridente na Catalunha a partir da próxima época, abrindo uma porta de parceria profícua.

Partilhar

Anuncios G
Anuncios M