You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Bipolaridades

Bipolaridades

Este é o melhor arranque na Liga Europa da historia do Sporting Clube de Braga, este é também o pior arranque na Primeira Liga do Sporting Clube de Braga.

Estaremos perante um Sporting Clube de Braga Bipolar?

Na Liga Europa o Sporting Clube de Braga venceu todos os jogos disputados até à data, cinco no total, tendo vencido o Brøndby na terceira eliminatória da Liga Europa por 0-3 na primeira mão e repetindo o resultado na segunda mão, disputada no Estádio Municipal de Braga.

Seguiram-se duas vitórias sobre o Spartak de Moscovo, um adversário teoricamente mais difícil, mas que o Sporting Clube de Braga ultrapassou sem tremer, tendo vencido a primeira mão por 1-0 no Estádio Municipal de Braga, num jogo em que o resultado foi escasso para as oportunidades criadas pelo SC Braga. Na segunda mão disputada em Moscovo o SC Braga voltou a vencer, desta feita por 1-2, demonstrando um grande caracter na forma como dominou o seu adversário, apurando-se assim para a fase de Grupos da Liga Europa.

O inicio da fase de Grupos da Liga Europa mostrou novamente um Sporting Clube de Braga com caracter, conseguindo derrotar o Wolverhampton em Inglaterra por 0-1, jogo que se seguiu a uma derrota em Setúbal e com uma péssima exibição da equipa, nunca o SC Braga seria apontado por sites de apostas como favorito à vitória em Inglaterra, até pelo histórico de confrontos entre equipas Inglesas e Portuguesas.

O Sporting Clube de Braga é neste momento claramente uma equipa Bipolar, embora a equipa tenha sido sobrecarregada com um grande numero de jogos neste inicio de época, nada justifica a diferença de desempenho na Liga Europa e na Primeira Liga a não ser um caso de Bipolaridade.

Contrastando com o SC Braga Europeu temos o SC Braga Nacional, que ao fim de 7 jornadas leva apenas 8 pontos, fruto de duas vitorias, dois empates e três derrotas, embora o SC Braga já tenha jogado com as equipas de Lisboa, teoricamente mais difíceis, o jogo apresentado é lento e previsível, com uma equipa manifestamente perdida em campo.

O SC Braga regressou às vitorias para a Liga Portuguesas, os problemas passados ainda se manifestaram com uma segunda parte sofrível, pese embora o mau trabalho do arbitro, que tem ajudado também aos maus resultados, com vários penaltis favoráveis ao SC Braga que ficaram por marcar, tendo o SC Braga emitido um comunicado solicitando uma reunião com o conselho de arbitragem com caracter de urgência.


Apesar do o SC Braga contar no plantel principal com alguns jogadores oriundos da formação do clube não tem havido uma aposta clara na formação, a própria Argélia pode servir como exemplo. Um dos maiores talentos em tempos recentes da selecção, o versátil Youcef Atal, que pode jogar tanto de lateral quanto de extremo nos dois lados do campo, é um jogador nascido e germinado nas categorias de base do país. Suas excelentes habilidades com e sem a bola lhe garantiriam nesta actual janela de transferências na Europa um espaço em um dos grandes clubes do continente, não fosse por uma lesão infortuna antes de rumar para a Taça das Nações Africanas.
Continuamos à espera de ver Trincão e Xadas com mais oportunidades de mostrarem o que valem na equipa principal, da mesma forma, esperamos ver menos saídas de jogadores promissores, como Pedro Neto, que brilha ao serviço dos Wolfs, sem nunca ter mostrado o seu valor na equipa principal do SC Braga.

Partilhar