BASTA DESTA VERGONHA ARBITRAL » Superbraga.com
You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

BASTA DESTA VERGONHA ARBITRAL

BASTA DESTA VERGONHA ARBITRAL

A arbitragem em Portugal vai de mal a pior e nem a tecnologia consegue reduzir os erros dos seus intervenientes. A última jornada foi simplesmente miserável em relação ao baixo nível a que desceu o desempenho dos árbitros, no relvado e na Cidade do Futebol. Ter o descaramento de colocar a mesma pessoa como VAR, no mesmo fim de semana, de serviço no jogo do Sporting, frente ao Farense, e no jogo do Porto, frente ao Nacional, tendo o trabalho sido negativo em ambos os jogos, é algo preocupante. Pelo meio, para que ninguém fique triste, em Barcelos o Benfica também beneficiou de ajudas da arbitragem. Mau de mais, para quem (não) usa a tecnologia.

A pressão dos clubes que se julgam acima dos outros é inaceitável e depois tem consequências em várias decisões erradas, que definem resultados e que devem envergonhar quem as toma e quem as valida tecnologicamente. A verdade desportiva que os dirigentes apregoam, numa demonstração clara de hipocrisia, não passa de mera retórica para enganar o povo, através da comunicação social. Eles não querem verdade nenhuma, mas apenas que as suas equipas ganhem.

Lamento dizer isto, mas é mais fácil concorrer a nível europeu do que a nível interno. Com árbitros estrangeiros acredito que as coisas seriam diferentes, mas não me parece que o sistema queira uma opção que lhe fuja do controlo. A nível internacional a credibilidade do futebol português está em níveis muito baixos. O lamaçal em que se está a tornar o futebol português é analisado por “assalariados” que opinam nos jornais e nas televisões, alguns com ligações aos clubes e por "especialistas" de arbitragem que analisando as imagens têm, inúmeras vezes, opiniões díspares, dando seguimento aos maus trabalhos que fizeram enquanto árbitros. É caso para dizer, basta desta vergonha arbitral.

Na liga portuguesa, o SC Braga vs Rio Ave disputado na Pedreira proporcionou uma primeira parte controlada pelos visitantes e as ocasiões de golo rarearam. Só perto do intervalo o placard foi desbloqueado com a ajuda de André Castro, um jogador que se entrega de forma sentida, apaixonada e sempre nos limites, o que agrada bastante aos adeptos, que serviu Horta para um golo fácil. A lesão de Galeno foi o lado negativo do jogo e obrigou a ajustes relevantes, que demoraram algum tempo a produzir efeitos. Os golos de Fransérgio e Paulinho confirmaram uma vitória da eficácia e do coletivo dos Gverreiros do Minho.

O sorteio da Taça da Liga ditou um SC Braga vs Benfica na meia final, dando a ilusão de que o estádio de Leiria é a casa do SC Braga. O outro jogo é o Sporting vs FC Porto, uma espécie de jogo entre amigos. Nesta competição, o atual campeão mora no Minho e, também por isso, deve lutar de igual para igual pelo triunfo final com os outros clubes envolvidos. No relvado as diferenças podem ser diminuídas, como tem acontecido nos últimos tempos, em vários jogos, frente a estes adversários.

Parabéns a Carvalhal por manter o SC Braga em todas as frentes, que o forçará a dormir menos, certamente. Mas a razão é boa, pois outras equipas gostariam de estar nesta posição.

Bom Natal a toda a Legião.

 

In Diário do Minho de 24-12-2020

Partilhar

Anuncios G
Anuncios M